História Imagine Hot JungKook - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Bts, Hentai, Imagine Jungkook
Exibições 759
Palavras 1.023
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hello divas! Esse é o primeiro hot que eu escrevi, então, peguem leve comigo!

Capítulo 1 - Imagine JungKook


Fanfic / Fanfiction Imagine Hot JungKook - Capítulo 1 - Imagine JungKook

Eu sentia falta dele, e como.

JungKook, e eu namoramos a mais de dois anos, ele anda ocupado por contas dos shows, mas ele sempre me liga e manda mensagens, mas hoje, ele não me mandou mensagem nem nada. Isso é estranho, muito estranho.

Ouço alguém bater na porta, abro a mesma.

- Kookie? O que você faz aqui?

- Eu preciso de você (S/N)!

Dito isso ele avança sobre mim, seus lábios atacaram os meus com agressividade, JungKook fecha a porta e me prensa na parede mais próxima, suas mãos se direcionaram aos meus seios por baixo do melotom que eu vestia os apertando com violência o que me fez gemer, dou impulso e coloco minhas pernas em volta de sua cintura. Finco minhas unhas em seu pescoço quando nos separavamos em busca de ar, direcionei meus beijos para seu pescoço fazendo-o suspirar e apertar minha cintura, me puxando para si, fazendo com que minha intimidade roçasse em seu membro -que já estava ereto, por sinal- o que me fez gemer e pender a cabeça para trás. JungKook aproveitou minha distração e puxou meu moletom para cima o tirando do meu corpo, eu não estava usando nada por baixo além da langerie.
- tsc, tsc, você foi atender a porta assim, (S/N)? Vai ser castigada. - Ele rasgou o meu sutiã deixando meus seios amostra. JungKook desceu seus beijos para meu pescoço em seguida para o meu seio esquerdo, Kookie chupou o bico me fazendo gemer manhosa.
- Awn, Kookie.. - agarrei seus cabelos.
JungKook sugava meu seio faminto, logo ele vai em direção ao meu seio direito e repete o ato. Kookie passa a massagear minha intimidade, seus dedos faziam uma pressão deliciosa sobre meu clitóris, me fazendo gemer ainda mais alto.
- Kookie, por favor.. - Sussurei.
Senti minha coxa arder, o filho da mãe havia me acertado um tapa -o que não foi ruim- apenas me deixou ainda mais excitada.
- É daddy. - Ele voltou a massagear minha intimidade, mas dessa vez forçou seus dedos contra a minha intimidade fazendo a calcinha ceder.
- awwn, D-daddy.. - JungKook me penetrou dois dedos os alternando entre movimentos rápidos e movimentos lentos. De repente ele para com tudo. - JUNGKOOK!
- Cala a boca. - Ele me leva para o quarto. - ah, (S/N), você não sabe o quanto eu quero te foder agora, mas antes, vamos brincar!
JungKook vai até o closet e pega quatro gravatas, ele prende minhas mãos e meus pés me deixando totalmente exposta a ele, ouço um suspiro dele, em seguida ele venda meus olhos.
- Agora, o daddy vai brincar com você.
Jungkook distribuí beijos e cupões por meus seios e desce para minha barriga em seguida para minha intimidade, ele assopra lá me fazendo arfar.
- Anda logo, porra!
Sinto um tapa na minha intimidade me fazendo gemer mais alto do que eu pretendia.
- Cala a boca, sou eu que mando aqui.
Ele passa a lamber minha vagina, fazendo eu me contorcer de prazer.
- D-Daddy.. ah!
- Isso, geme pra mim! Gostosa!
Ele penetrou três dedos em mim, o que me fez praticamente gritar seu nome e pedir mais, eu estava quase atingindo meu orgasmo quando JungKook para os movimentos, solto um gemido de reprovação. Ele tira a venda dos meus olhos e traça um rastro de saliva desde minha boca até minha intimidade olhando nos meus olhos, foi ai que ele sorriu maliciosamente e mordeu meu clitóris levemente, me fazendo gritar com o orgasmo violento.
Eu estava ofegante, mas já estava planejando  o que fazer com Jeon JungKook. Ele se despiu e me encarou, ah, aquele corpo, como eu queria marca-lo  com chupões e arranhoes.
- adoraria que você me chupasse, mas estou sem paciência.
Em seguida me penetrou de uma maneira bruta.
- Awwn daddy! - gemi.
- Porra, bocetinha apertada do caralho!
  ele se movimentava cada vez mais rápido, e eu não gemia, eu gritava. Eu queria toca-lo. A cama batia contra a parede fazendo um barulho auto. Eu estava perto do meu segundo orgasmo e então JungKook para com os movimentos e se retira do meu interior. Quando eu estava prestes a reclamar JungKook bate com a glande do seu membro em meu clitóris me fazendo chegar no meu segundo orgasmo dessa noite, sem ao menos esperar eu me recuperar ele volta a me penetrar violentamente, não que fosse ruim, pelo contrário, mas minha intimidade estava extremamente sensível, e logo eu chego ao meu terceiro orgasmo. Meu corpo todo tremia, Kookie se retirou de mim e começou a se masturbar.

- K-Kookie? - o chamei ainda apreciando aquela visão dos deuses.

- a-ahn? - ele respondeu sem parar com os movimentos.

- Eu quero.. - senti minhas bochechas corar.

- o que? - perguntou extasiado, soltando um gemido rouco.

Aquilo me fez perder a vergonha.

- Eu quero lhe chupar. Me solte, por favor. - pedi.

Ele me soltou.

Peguei seu membro com minha mão dominante, passei o dedo por sua glande inchada arrancando dele um gemido um tanto alto. Lambi desde a base até a cabecinha de seu membro.

- anda logo (S/N)! 

Abocanhei seu membro e Kookie soltou um gemido rouco e baixo, engoli o máximo que pude sentindo o na minha garganta, JungKook urrou agarrando meus cabelos ditando os movimentos, ele praticamente fodia minha boca. Seus gemidos ficaram mais altos e ele se desfez em minha boca, engoli tudo o beijando em seguida.
Deitamos olhando para o teto.
- Wow! - eu disse.
- É, wow!
Encarei meu namorado todo suado e ofegante.
Mordi o lábio, sentindo um calor naquela parte novamente.
Desci minha mão até minha intimidade, sem vergonha alguma por meu namorado estar ao meu lado, JungKook me encara com luxúria nos olhos, desvio meu olhar para seu membro e mordendo o lábio ao perceber que já estava animado, solto um gemido em  excitação.
- Porra! Eu vou te rasgar hoje, garota! - ele diz começando a se masturbar.
- então me rasga, a-awn.. - fechei os olhos movendo meus dedos rapidamente sobre meu clitóris. - será que você aguenta outro round? - perguntei provocando.
- a pergunta é: será que você vai conseguir andar amanhã?




Notas Finais


Fim? Comenta ai o que achou.
Bjs da Tay.
Plágio é crime, caso vejam este imagine em qualquer site ou algo assim, me contatem.
A cada término de capítulo peço que comentem com quem deverá ser o próximo imagine.
Vocês estão no meu kokoro❣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...