História Imagines BTS - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Drama, Ficção, Revelaçoes, Romance
Visualizações 78
Palavras 712
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção Científica, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Resolvi atualizar logo gente pra n deixar vcs aí na expectativa e além disso, eu sei que tem algumas pessoas que querem imagines com outros membros.
Me pediram para fazer um extra do ponto de vista do Jin sobre essa história de Runaway, pedido aceito!
Tô pensando em fazer uma atualização de sinopses de algumas outras ideias minhas para imagines com os outros membros, aí a minha proposta é fazer uma votação para eu saber qual o próximo imagine que eu deveria postar, o que acham? Se quiserem votação, deixem um comentário ;)

Capítulo 41 - Imagine Jin - Runaway (capítulo extra)


Eu soltei as suas mãos, deixando-a finalmente ir e nesse momento eu tive a certeza que ela havia levado consigo um pedaço de mim.

Desde que S/N chegara os meus dias tiveram uma cor. Era como se todo o meu passado, as mil e umas discussões com os meus pais simplesmente tivessem tido dobradas em um papel e guardadas em uma gaveta, arquivadas em algum canto da minha mente. Era como se eu estivesse no topo de uma montanha russa, sentindo o vento balançar meus cabelos ouvindo as risadas dela, apreciando a viagem no topo do mundo. Foi como se eu estivesse andando pela primeira vez nesse brinquedo, tão anestesiado pela paixão que nem notei os sinais de que é aquele babaca estava de volta.

A montanha russa já começou a descer havia muito tempo: a falsa namorada de Jimin, o homicídio que Jungkook teve que cometer, até mesmo o quase afogamento de Taehyung, tudo acontecendo bem debaixo do meu nariz. Agora só restou a parada final, onde os carrinhos param e toda o êxtase e a adrenalina de estar lá em cima acabam de vez. É fácil dizer que é simples você esquecer de toda a viagem, mas só quem nunca a fez, pode ficar indiferente aos seus efeitos.

-- Ei cara, aconteceu alguma coisa? Você está tão pálido -- Ouço a voz de Jimin ao meu lado. -- Por acaso sabe onde está a S/N? Eu preciso…

-- Ela se foi -- Interrompo a sua fala.

-- Como assim se foi? -- Ele pergunta confuso.

-- Yoongi a achou antes de nós. O desgraçado já estava no hospital, foi mais rápido que nós. Eu só pude vê-la partindo, sem poder fazer nada. -- Nessa altura as lágrimas já caíam, molhando todo o meu rosto. Decidi omitir a parte em que eu me despedi dela no banheiro.

Para a minha surpresa, Jimin também está com olhos marejados.

-- Eu jamais deveria tê-la acusado de destruir a minha vida. Agora é tarde demais para me desculpar. -- Eu não estou em condições de formar um resposta coerente, afinal eu havia acabado de perder a mulher da minha vida.



~*~



-- Nós não podemos simplesmente esperar aqui sentados que o mundo dê outra volta e a S/N esbarre novamente em você -- Namjoon havia nos reunido na sala. Ele estava cansado de me ver chorando pelos cantos, ou de encontrar o resto dos meninos cabisbaixos com saudade da minha garota.

-- E o que você quer que eu faça? -- Respondo em um tom ríspido.

-- Talvez ela ainda esteja usando aquela sua pulseira com rastreador. -- Eu esqueci completamente disso. Muito bem lembrado Tae.

-- Eu tenho certeza que sim. -- Subo correndo as escadas, pegando o meu Notebook e acessando nos sistemas operacionais da empresa dos meus pais. Digamos que aquela pulseira eu peguei "emprestado" de uma das salas.

A localização demora um pouco para aparecer, provavelmente o sinal deve estar fraco. O pequeno ponteiro que indicava o exato local anda por vários quilômetros até chegar a uma casa no interior de alguma mata.

-- Eu tenho um plano para chegar até lá. Lembra quando Dawon foi atrás do Tae? Talvez ela tenha achado que ele era o grande amor da S/N, podemos usar isso a nosso favor.

-- Você quer arriscar a vida do Taehyung assim? -- Nessa eu tenho que concordar com o Namjoon. E se mais alguém tivesse o mesmo destino de Hoseok?

-- Eu aceito. Não tenho nada a perder de qualquer maneira.

-- Você é louco? -- Pergunto ironicamente.

-- Sim, louco para ver um sorriso nessa sua cara novamente.

-- Mas como nós vamos chegar lá? -- Eu rebato, preenchendo o silêncio um tanto quanto desconfortável que se formou entre nós.

-- O Tae vai ser a nossa isca, o resto deixem comigo. Tenho alguns contatos que podem nos ajudar. -- Sei que Namjoon participa de uma pequena gangue dessa cidade, então não me surpreendeu muito com a sua afirmação.

Para isso que servem os melhores amigos, te ajudar no que ninguém mais pode. Ele está disposto a arriscar a sua própria vida lidando com um marginal para me ajudar e eu não estou disposto a sair dessa guerra com nada a menos que a S/N.


Notas Finais


Não esqueçam de deixar um comentário se quiserem votar na próxima atualização sobre qual membro eu deveria postar o imagine ✌️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...