História IMAGINES DA MAGCON ❤ - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Blake Gray, Brandon Rowland, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack & Jack, Jacob Sartorius, Magcon, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Sartorius, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Imagine, Imagine Hot, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Sartorius, Magcon, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Shawn Mendes, Taylor Cannif
Visualizações 309
Palavras 649
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Amores esse imagine não é hot
Como eu disse pra vcs no outro capítulo que eu ia começar a fazer uns que não sejam hots ent aí está.
Ele é estilo Bad
Boa leitura ❤

Capítulo 25 - Cameron Dallas (Bad)


Fanfic / Fanfiction IMAGINES DA MAGCON ❤ - Capítulo 25 - Cameron Dallas (Bad)

Já eram três e meia da madrugada e nada dele chegar, mil suposições passavam pela minha cabeça, mas a que mais me abalava era a idéia de Cameron ter me traído, dois anos de namoro, dois anos de alegria e de muito amor, ele não faria isso comigo ou faria? Só de pensar na hipótese eu já estava chorando.

Eu estava na cozinha bebendo um copo de água quando ouço a porta ser denstracada, ele passa por mim em direção às escadas ignorando minha presença ali.

- Não vai falar nada?

- Boa noite

- Boa noite? Mas que merda Cameron você chega três da madrugada - faço uma pausa e me aproximo dele - e esse perfume, você acha que me engana? Eu não acredito que você me traiu, esperava mais de você.

- Eu não fiz nada demais só sai pra beber com uns amigos.

- Claro, compreendo você ficou até agora só bebendo né, me poupe por que mais outro motivo você chegaria essa hora, deve ter passado as últimas horas na cama com alguma puta! - cuspo as palavras na sua cara e vou até o quarto eu não passaria mais uma noite sequer naquela casa.

Pego uma mala no guarda roupa e começo a tacar minhas roupas na mesma.

- Para (s/n), por favor não faz isso, eu te amo - ele fala segurando os meus braços

- Me ama? CAMERON VOCÊ ME TRAIU - me solto dele bruscamente continuando o que eu estava fazendo.

- Eu não te trai! eu só fui em uma boate com uns amigos - ele fala e eu solto uma risada irônica.

- A não me traiu? E essa marca de batom na sua blusa? - ele olha estático para marca em sua blusa engole em seco e olha pra mim sem saber o que responder.

- Eu sabia, você não consegue nem arranjar uma desculpa que preste - falo e fecho minha mala, colocando a mesma no chão, dou um passo mais ele me segura.

- Me desculpa, por favor, eu fui um idiota, eu sei que nada vai mudar o que eu fiz mas eu te amo - ele fala isso e se senta na cama e começa a chorar?

Meu coração quebra em mil pedaços, ao ver ele chorando na minha frente, mas eu não podia perdoar aquilo que ele fez, era demais, ele podia me amar mais que tudo, MAS ELE ME TRAIU e eu nunca o perdoaria por isso, olho para ele uma última vez, sentado na cama, com suas mãos no rosto, cabelos bagunçados e chorando...

Saiu pela porta, quando ele me chama.

- Espera - ele se levanta e vai até mim.

- Posso te dar um último beijo? - ele pergunta e coloca sua mão em meu rosto, fecho os olhos ao sentir seu toque, ele acariciava minha bochecha com o polegar.

- Cameron...

- Por favor (s/a) - ele fala e por um impulso junto nossos lábios, começando um beijo calmo, um beijo que eu queria que nunca mais acabasse, o beijo que eu teria que esquecer.

Quando o maldito ar se faz presente paramos o beijo, ele me abraça, com tanta força, eu podia sentir seu arrependimento mas isso não mudava nada, ambos estávamos chorando, meu coração estava em pedaços, não acreditando no fato dele ter me traído, era um misto de tristeza com raiva, não seria fácil superar tudo isso mas eu iria conseguir.

- Adeus Cameron - falo e me viro abrindo a porta da casa.

- Eu te amo (s/n) - ele fala meio ao choro.

- Eu te amava Cameron Dallas, Eu te amava - falo e saiu daquela casa com minha mala e com as lágrimas que insistiam em cair pelo meu rosto.

 A partir de agora não existia mais Cameron Dallas na minha vida e eu teria que me acostumar com esse fato, me acostumar a ficar longe da sua presença, do seu toque e do seu beijo...


Notas Finais


É um pouco diferente do q eu costumo escrever mais é aí oq acharam??
Doeu no coração escrever esse 💔
Eu não vou parar de escrever hots tá gnt, até pq HOT É VIDA.
Só irei escrever alguns assim, estilo Bad, fofo... com outras histórias pra dar uma diferenciada no conteúdo.
Apoiam a idéia?!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...