História Imagines EXO - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Tao, Xiumin
Tags Baby
Visualizações 197
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OI flores, mais um capitulo saindo do forno, eu espero que vocês gostem. Boa leitura.

Capítulo 22 - Imagine Luhan (Á conexão)


Fanfic / Fanfiction Imagines EXO - Capítulo 22 - Imagine Luhan (Á conexão)

Imagine EXO – Lu Han.

Eu estava em casa, fazendo uma planilha dos livros da biblioteca, quando a campainha tocou.

- Já vai. – gritei.

Eu abro á porta é Lu Han. Ele estar usando uma camisa cinza, uma camisa jeans aberta e uma calça jeans preta.

- Oi. – cumprimenta o Lu Han.

- Oi, entrar. – cumprimentei.

Eu me afastei e o Lu Han entrar e fechar á porta. Com passar do tempo eu e o Lu Han acabamos nos tornando amigos.

- Não sabe o que eu te trouxe? – perguntou o Lu Han que se jogou no meu sofá.

- Comida? – respondei.

- Não. – comentou o Lu Han.

- O que Oppa trouxe? – perguntei.

- Nada. – respondeu o Lu Han.

- Sem graça. – comentei.

Eu me sento no sofá. E o Lu Han coloca seus pés na minha mesinha de centro.

- Você é folgado. – comentei.

- É isso, você dá liberdade para ás pessoas. – comentou o Lu Han.

- Mas Oppa é única pessoa para quem eu dou liberdade. – comentei. – Lu Han Oppa tire seus lindos peszinho da minha mesa, ou eu vou te bater. – completei.

- Você não teria coragem. – desafiou o Lu Han.

Eu estava pronta para bater nele quando ele faz aegyo e fica muito fofo.

- Eu te disse. – comentou o Lu Han.

- Mas tem uma coisa que eu posso fazer. – comentei.

- O que é? – perguntou o Lu Han.

Eu olho para ele, e lançou um sorriso, eu vou para cima dele já fazendo muitas cócegas na sua barriga, ele tenta segurar as minhas mãos. Mas á nossa pequena diversão é interrompida com a campainha tocando.

- Esperando alguém? – perguntou o Lu Han.

- Não, só Oppa. – respondei. – Pode atender. – completei.

- Porque eu? – perguntou o Lu Han.

- Porque eu vou pedir uma pizza para nós. – respondei.

- Affs, depois eu sou o folgado. – comentou o Lu Han.

- Oppa disse alguma coisa? – perguntei.

- Que eu vou atender a porta. – respondeu o Lu Han.

Eu pego telefone e ligo para á pizzaria e depois de fazer meu o pedido eu vou até á porta.

- Lu Oppa quem é? – perguntei.

- Esse cara quer falar com você. – respondeu o Lu Han.

O Lu Han voltou para o sofá, ele tira a sua camisa jeans e coloca os pés em cima da mesinha, o rapaz era o meu ex.

- Namorado novo? – perguntou o meu ex.

- Não é sua conta, o que você quer? – respondei.

- Eu vir buscar o carro. – comentou o meu ex.

- Você sabe que eu vou precisar do carro. – comentei.

- Não estou nem ai, eu vir buscar o carro. – comentou o meu ex.

- Ta bem, espera aqui. – comentei.

Eu voltei peguei as chaves e documento do carro e entreguei para ele. Não o deixo nem dizer tchau já fecho á porta na sua cara e volto para sofá.

- Esse é seu ex? – perguntou o Lu Han.

- Sim. – respondei.

- Porque ele veio aqui? – perguntou o Lu Han.

- Por causa do carro, nós dividimos. – respondei.

- Quer fazer alguma coisa? – perguntou o Lu Han.

- Sim, vamos ver um filme. – respondei.

Alguns minutos depois de tanto ficar procurando um filme, O Lu Han coloco um filme de suspense, e com á pizza que tinha acabado de chegar, nós começamos á ver o filme.

- Que começo chato, quem escolheu esse filme? – perguntou o Lu Han.

- Foi Oppa, agora fecha a boca, por filme de suspense nos temos assistir o começo com atenção para entender. – respondei.

- Eu vou tirar. – comentou o Lu Han.

Ele pegou o controle e eu tentei pegar da sua mão, e ficamos puxando o controle de um lado para outro, até que o Lu Han soltou e eu cair no sofá, ele veio em cima de mim.

- O que Oppa vai fazer? – perguntei.

- Algo melhor do que filme. – respondeu o Lu Han.

Eu fico olhando para ele, á mão direita vem parar minha cintura onde ele aperta por cima da camisa branca que eu estou usando e á mão esquerda vem parar no meu pescoço, ele se aproxima e morde o meu pescoço, beija. O Lu Han vira o meu rosto e morde á minha orelha direita, vem mordendo á minha bochecha e ele vira o meu rosto e me dá um selinho bem demorado, vários selinhos começam, até eu mordo seu lábio inferior, pego no seu pescoço e puxo seu cabelo. Á sua língua passa pelos meus lábios pedindo passagem, eu chupo á sua língua e beijo começa e ás nossas línguas exploram todos os cantos das nossas bocas. Para o beijo com um selinho o Lu Han se afasta ele senta no sofá, eu nem penso muito já sento no colo, ás mãos do Lu Han se encontram na minha cintura, eu começo a rebolar lentamente. Começo a beija o seu pescoço, ele vai subindo á camisa que eu estou usando, eu me afastou ele tira á camisa que eu estava usando e joga em algum canto.

 Eu já tirei a sua camisa e também jogo, eu passo as minhas unhas pelo seu abdômen, o Lu Han me puxa para mais perto, suas mãos apertam á minha costela e vai subindo até chegar ao meu sutiã, onde ele aperta ainda mais. Sua boca ataca o meu pescoço e eu pego na sua nuca e puxo seu cabelo.

- Vêm Oppa, vamos para o meu quarto. – sussurrei.

- Só se for agora Baby. – comentou o Lu Han.

Eu saio do seu colo, ele levanta do sofá, eu levo o para o meu quarto, paro bem na porta, ele me empurra contra á parede e me beija bem selvagem, suas mãos pegam fortes nas minhas coxas e as minhas mãos brincam com seu cabelo.

Eu não sabia o que estava acontecendo comigo, mas desde que eu o conheci o Lu Han eu me sentia diferente como se precisasse dele. Eu tente diversas vezes para de pensar nele, mas aquele homem conseguiu mexer comigo de jeito que nem outro homem mexeu.


Notas Finais


Desculpem pelos erros ou por qualquer coisa.
Por hoje é só, até o próximo.
Beijinhos da Tiah e Tchauzinho.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...