História Imagines EXO (Hiatus) - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Tao, Xiumin
Tags Baby
Visualizações 337
Palavras 1.080
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi flores, mais um capitulo saindo do forno, eu espero que vocês gostem. Boa Leitura.

Capítulo 26 - Imagine Xiumin (O desejo)


Fanfic / Fanfiction Imagines EXO (Hiatus) - Capítulo 26 - Imagine Xiumin (O desejo)

Imagine EXO – Minseok.

Eu estava indo para o Studio fotografo quando um carro preto parou do meu lado.

- Quer carona? – perguntou o Minseok.

- Nem sabe para onde eu estou indo. – respondei.

- Se aceitar a carona, eu vou saber. – comentou o Minseok.

Eu entro no carro e digo para onde eu estou indo.

- Então você é modelo? – perguntou o Minseok.

- Não sou assistente do fotografo. – respondei.

- Já pensou em ser modelo? – perguntou o Minseok.

- Não, olhei para mim Oppa eu não tenho o padrão de beleza. – respondei.

-  Quem faz o padrão de beleza é você mesmo, apenas tem que olhar no espelho e dizer. Eu sou bonito. – comentou o Minseok. - Olhei á beleza esta nos olhos de quem ver. – completou.

- Para o Oppa é fácil dizer que é bonito, você é mesmo. – comentei.

Logo chegamos ao Studio onde, eu descobrir que o EXO ia fazer um ensaio fotografo. Começamos acessão de fotos e os meninos estão muito bonitos e sensuais. Algumas horas depois de trabalho nós fizemos uma pequena pausa. Eu estava sentada na cadeira arrumando o meu cabelo.

- Pequena leva essa roupa para o Xiumin. – mandou o fotografo.

Eu levanto da cadeira, pego á roupa e levo até camarim, bato na porta e entro. A cena que eu vejo é do Minseok tirando á camisa.

- Sim? – perguntou o Minseok.

- Essa é roupa que Oppa tem vestir. – respondei.

Ele se aproximou pegou á roupa, e quando eu ia embora, ele rapidamente pega no pulso me puxa contra seu corpo me roubou um beijo.

- Eu tenho que ir. – comentei.

- Agora pode ir. – sussurrou o Minseok.

Ele me solta, da um selinho e depois um sorriso, se afasta e começa desbotar á sua calça.

- Você não tinha que ir? – perguntou o Minseok.

Tudo que eu queria era atacar aquele homem ali e agora, mas não podia. Eu respiro fundo e tento manter o foco. Logo nós voltamos a tirar as fotos, o Minseok mais provocativo e sensual do que nunca. Estava ficando difícil acompanhar aquele ensaio. Finalmente aquela tortura tinha acabo, com ensaio no fim os meninos do EXO foram embora, e outros modelos chegaram.

O dia chega ao fim, eu estava indo para casa, saio do elevador e dou de cara com Minseok encostado na porta da casa dele.

- Boa noite, vizinha. – cumprimentou o Minseok.

- Boa noite, vizinho. – cumprimentei. – Esperando por alguém? – completei.

O Minseok me olha de cima á baixo bem sério, com lábio entre aberto, ele passa á língua pelos lábios bem lentamente.

- Não, estava de saída mesmo. – respondeu o Minseok.

- Para um show? – perguntei.

Ele desencosta da porta andou na minha direção, pegou no meu queixo virando o meu rosto.

- É um show particular. – respondeu sussurrando o Minseok. – Só para você. – completou.

- Quanta honra. – comentei.

O Minseok se afastou, pego na minha mão e andamos até seu apartamento, ele fecha á porta e me abraça. Sua mão direita passeia pela minha barriga levando á minha camisa, e logo ele a tira, jogando em algum canto da sala. Ele aperta o meu corpo contra o seu corpo e morde o meu ombro esquerdo. Eu olho para lado, ele para de morde o meu ombro e morde o meu lábio inferior. O Minseok me vira de frente para ele, me dá um selinho demorado. Á sua língua pede passagem a deixo entrar, e um beijo calmo começa, ás nossas línguas exploram todos os cantos das nossas bocas. Ás minhas mãos vai á direção da sua camisa social preta, onde eu desabotôo, botão por botão, quando ela se abriu, passo as minhas mãos pelo seu peitoral e vou subindo até chegar a seus ombros, onde eu desço á peça e assim a tira.

Eu puxo o laço que ele estava usando deixo cair. Ás mãos do Minseok, começa á subir até chegar ao meu sutiã, ele desabotoar e tira á peça jogando no chão. Eu pego no seu pescoço, ele nas minhas pernas, me levantando, eu prendo as minhas pernas em volta da sua cintura e começamos andar até o seu quarto, onde ele me coloca gentilmente na cama. O Minseok tira os seus sapatos e começa desabotoar a sua calça e o ajudo, aproveito e tiro a sua cueca Box, já começo a tocar-lo, primeiro com as mãos bem lento.

- Oppa eu nunca fiz. – comentei.

- Tudo bem Baby eu vou guiar você. – comentou o Minseok.

Eu faço conforme ele vai me dizendo para fazer, depois alguns minutos eu paro. Eu vou me deitando na cama e o Minseok vem em cima de mim, eu tiro a minha calça e ele me ajuda e aproveita e tira á minha calcinha.

Eu sinto o toque gelado dos seus dedos indo e vindo, fazendo movimentos circulares, eu vou ficando maluca, ele troca seus dedos por sua boca, e sua língua faz um ótimo trabalho me deixando mais louca, eu puxo seu cabelo. Depois alguns minutos ele para. Aproxima-se abrir á gaveta e pega um preservativo o coloca.

- Você quer Baby? – perguntou o Minseok.

- Quero Oppa. – respondei.

O Minseok coloca com um pouco de pressão o que faz descer uma lagrima, onde ele limpa com dedo, ele me beija o meu pescoço, tirando alguns gemidos e me relaxando, logo a dor se tornar prazer. Eu começo me mexer e o Minseok entendem o recado e começa a se mexer, bem devagar, vai aumento aos poucos.

- Mais rápido Oppa. – pedir.

- Tem certeza Baby? – perguntou o Minseok.

Faço sim com á cabeça, ele me beija, e vai mais rápido. Nós giramos e eu fico, começo a subir e descer. Nossos gemidos estão muito altos, as nossas respirações estavam falhando, á cama balançando, eu chego ao meu limite e logo depois o Minseok chegou ao seu limite e fomos paramos aos poucos.

- Eu acho que vou ganhar uma multa de barulho. – comentou o Minseok.

- Mais valeu á pena. – comentei.

Eu o beijo e saio de cima dele, o Minseok saia da cama e vá até o banheiro. Eu coloco uma camisa do Minseok e quando voltou ele pegou um samba - canção e uma coberta, ele deita na cama novamente, e nós nos cobrimos. Eu o abraço e faço carinho no seu peito.

Com o Minseok eu me sentir bem á vontade e relaxada, mesmo não sabendo com será daqui para frente. Não me arrependo do que fiz.


Notas Finais


Desculpem pelos erros ou por qualquer coisa.
Por hoje é só, até o próximo.
Beijinhos da Tiah e Tchauzinho,


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...