História Imagines (GOT7 & BTS) - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Tags Bts, Got7, Imagines
Visualizações 207
Palavras 318
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Hentai, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hmmm, adoro k

Capítulo 32 - Jackson (PT. 3)


Me levantei rapidamente, o olhando com medo, nojo e ódio.  Coloquei minha roupa rapidamente e o olhei assustada, abri a porta de seu quarto, desci as escadas correndo e guardei meu material. Coloquei a mochila nas costas e antes que eu conseguisse sair, o mesmo segura meu braço e me puxa para perto.

Jackson : falei que iria levar você 

Apenas assenti e caminhei até o carro com ele. O caminho todo foi um silêncio, ainda tentava assimilar. Eu estou dentro de um carro com um homem que me usa para seus desejos sexuais. 

Ele coloca sua mão na parte interior de minha coxa e eu dou um tapa o repreendendo. 

-você é idiota? Não encoste suas mãos em mim. 

Jackson: não me culpe, eu lhe dei opção. Não obriguei você a nada,  s/n você mesma disse que aceitaria ser minha. E é sua palavra contra você mesma. 

Ele pegou o celular e mostrou a gravação de voz 

"-Aceite ser minha

-a-aceito"

Ao chegar em casa tentei abrir a porta do carro, mas a mesma se encontrar notava travada. Olhei ao redor do carro e vi algo que mudou completamente meus pensamentos. O filho da puta tem uma arma no carro. Eu não posso deixar de ir na casa dele, aish. Onde eu me meti?

Jackson: meu beijo 

-não vou beijar você 

Jackson: você aceitou ser minha, então deve me obedecer 

Ele pegou a arma e ficou alisando ela. 

-não está pensando em me matar não é? 

Jackson: e se eu estiver? 

-será realmente uma pena, verificando que acabou de conseguir meu corpo para você, e sem contar de que você gosta dele. Se me matar,  além de ficar sem o meu corpo irá preso, e se tentar fazer algo com meu corpo sem vida, irá preso por assassinato e necrofilia.

Perturbado com as minhas palavras, destravou o carro e eu desci com um sorriso vitorioso. Eu também tenho meu veneno, Jackson Wang



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...