História Imagines, K-pop - Capítulo 2


Escrita por: ~

Visualizações 125
Palavras 386
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shonen-Ai, Shoujo-Ai, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pedido de
~lilyshy

Capítulo 2 - Aluna nova, Jun - Seventeen


Fanfic / Fanfiction Imagines, K-pop - Capítulo 2 - Aluna nova, Jun - Seventeen

Nesse exato momento, estou entrando na minha nova escola. Vários olhares estão voltados para mim, odeio isso.

Fui andando pelo corredor, tentando achar minha sala. Um garoto passou por mim, derrubando meus livros, me abaixei pra pega-los e fui empurrada, logo recebendo as risadas de todos.

-Do que os pau no cu tão rindo hein? Voltaram pro jardim de infância, idiotas? Circulando. – Um garoto falou.
-Pô, Jun, é  só brincadeira, mano.
-Se quer brincar, vai pra um playground, mano. – todos se calaram, ele se abaixou e me ajudar a levantar e pegar os materiais.
-Obrigada.
-Você está bem?
-Sim, qual seu no – o sinal tocou me impossibilitando de perguntar.
-Tenho que ir, até qualquer hora.

Ele foi pra sala e eu achei a minha.

(°°°)

Saí da escola e fui andando pelo caminho de sempre, quando eu estava passando pelo parque, começou a chover, corri até uma cafeteria. Pedi um chocolate quente e comecei a procurar um lugar, mas todos estavam ocupados.

-Ei, garota... – me virei e vi o garoto de hoje de manhã.
-Oi.
-Quer sentar?
-Não vou te incomodar?
-Claro que não. Senta aí. – me sentei na cadeira à sua frente.
-Obrigada, a propósito, qual seu nome?
-Jun e o seu é (S/n).
-Como sabe?
-Eu não consegui te devolver, hoje de manhã. – Jun disse tirando um caderno da mochila.
-Obrigada.
-Pegou chuva?
-Um pouco.
-Tá afim de pegar mais?
-Como assim? – olhei desconfiada, enquanto tomava o último gole do chocolate quante.
-Vem. – ele me puxou ate o lado de fora, ainda em baixo do toldo.
-Você nem pense em... – não consegui completar a frase. Jun saiu correndo, me puxando pelo parque. – Tá maluco, Jun? Quer morrer?

Ele estava sorrindo, me puxou pra perto.

-Você é muito fofa.
-Eu não sou fofa... Você é maluco. – comecei a rir, ele pisou, forte numa poça, fazendo com que nossas roupas ficassem mais molhadas do que já estavam.

Abracei ele, que no momento retribuiu.

-E se eu te disser que me apaixonei?
-Vou dizer pra você ir num psiquiatra. Eu posso muito bem ser uma psicopata. Nem nos conhecemos. – falei rindo.

Jun separou o abraço, mas permaneceu com as mãos em minha cintura. Fui puxada pra mais perto.

-Mas podemos nos conhecer. – ele disse antes de selar nossos lábios.
-Sim, podemos. -  disse assim que nos separamos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...