História Imagines Ka Popi - Capítulo 25


Postado
Categorias 2PM, A.C.E, Akdong Musician (AKMU), ASTRO, B.A.P, Bangtan Boys (BTS), Big Bang, BLANC7, Block B, Boyfriend, BtoB, DAY6, EXO, Got7, IKON, JYJ, K.A.R.D, Monsta X, SS501, Super Junior, WINNER
Personagens B.I, B.M, Baekhyun, BamBam, Bang Yongguk, B-Bomb, Bobby, Chan, Changsub, Chansung, Chanwoo, Chanyeol, Chen, Cho Kyuhyun, Choi Siwon, D.L, D.O, Daehyun, D-Lite (Daesung), Donghun, Donghyuk, Donghyun, Dowoon, Eunkwang, Eunwoo, G-Dragon, Han Geng, Heechul, Henry Lau, Heo Young-saeng, Hero Jaejoong, Himchan, Hyung Won, Hyunseong, Hyunsik, Ilhoon, I'M, J.Seph, Jackson, Jae, Jaehyo, Jason, JB, Jean Paul, Jeongmin, J-hope, Jimin, Jin, Jinhwan, Jinjin, Jinwoo, Jinyoung, Jiwoo, Jongup, Joo Heon, Jun, Jungkook, Junho, Junhoe, Junhyeok, Junsu, Kai, Kangin, Ki Hyun, Kim Heechul, Kim Hyung-jun, Kim Hyun-joong, Kim Jongwoon, Kim Kibum, Kim Kyu-jong, Kim Ryeowook, Kim Youngwoon, K-Kid, Kris Wu, Kwangmin, Kyung, Lay, Lee Chan-hyuk, Lee Donghae, Lee Hyukjae "Eunhyuk", Lee Seunghoon, Lee Soo-hyun, Lee Sungmin, Lu Han, Mark, Min Hyuk, Minhyuk, Mino, Minwoo, MJ, Moonbin, Nichkhun, P.O., Park Jung-min, Park Jungsu, Park Yoochun, Peniel, Personagens Originais, Rap Monster, Rocky, Sanha, Sehun, Seungri, Seungyoon, Shin Donghee, Shindong, Shinwoo, Show Nu, Somin, Spax, Suga, Suho, Sungjae, Sungjin, T.O.P, Taecyeon, Taehyun, Taeil, Taeyang, Taichi, Tao, Teno, U-Kwon, V, Won Ho, Wonpil, Wooyoung, Wow, Xiah Junsu, Xiumin, Yesung, Young K, Youngjae, Youngjae, Youngmin, Yugyeom, Yunhyeong, Zelo, Zhou Mi, Zico
Visualizações 196
Palavras 757
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


🐨 Desculpe qualquer erro ❤

Capítulo 25 - Shinee - Minho (Part. 2)


[6 meses depois] 


"Os soldados sobreviventes da Guerra voltará para casa dentro de dois dias" 


Seria agora que eu veria ele? Ele sairá pelo portão de embarque? Eu não sei... 


A porta se abriu e olhei para trás vendo Sooh vim em minha direção e agarrar minhas pernas


- Omma, por que eu não tenho um Appa?


(S/N): Você tem um Appa filha... 


- Então cadê ele Omma? 


Deixei uma lágrima escorrer por minha bochecha e senti sua pequena mão tocar meu rosto limpando as lágrimas que já escorriam sem parar... 


(S/N): Seu Appa é um herói minha querida, ele está salvando vidas em outro País... 


Eu não sabia o que falar, nem eu sei se ele sobreviveu aquela guerra terrível.. Por que? Por que eles não ligam, não dão uma notícia...


[2 dias depois]


Eu devo ir no aeroporto? E se ele não sair do portão de embarque? Tudo o que eu não quero é chegar lá e receber um simples sinal de negação com a cabeça dos outros soldados... 


Estávamos prontas para sair, mas meu corpo insistia em ficar ali naquele sofá, me levantei com as pernas bambas e peguei a pequena no colo a levando para o carro, respirei fundo ao travar meu cinto e dar partida no carro... Minhas mãos suavam frio e meus dedos estavam inquietos no volante... 


Chegamos no aeroporto, estacionei o carro e tirei minha pequena da cadeirinha, ela pediu para andar e arrumou o vestidinho rosa batendo suas mãos levemente pelo tecido, ela esticou sua pequena mão em minha direção para que eu pegasse na mesma, peguei em sua mão e ela começou a andar na frente me arrastando enquanto eu tentava não cair por estar um pouco inclinada para frente...


O telão avisava que o pouso já tinha ocorrido, de longe avistei alguns soldados saindo do portão de embarque, Sooh olhava atentamente para os soldados e me perguntava toda hora se era o Appa dela... Todos os soldados saíram do portão de embarque e ele não estava entre eles... Peguei a pequena no colo e sentei ela na cadeira que tinha próximo da gente, me ajoelhei em sua frente e fiquei olhando o chão...


- Omma, aquele é meu Appa? 


(S/N): Não querida, seu Appa não vem mais


- Então por que aquele homem deixou a bolsa cair e está olhando para nós? 


Levantei a cabeça e olhei diretamente para o portão de embarque, e lá estava ele, ele parecia tão perto mas ao mesmo tempo tão distante... Vi ele cair se joelhos no chão e tampar o rosto com as mãos, quando dei por mim vi Sooh correr até ele e abraça-lo, ele tirou as mãos do rosto e olhou a pequena com um sorriso fraco no rosto, ele olhou diretamente para mim pegou Sooh no colo e veio em minha direção, eu já não conseguia mais segurar as lágrimas que lutavam para sair, eu apenas liberei todas elas, seu braço rodeou minha cintura e me puxou para mais perto, eu conseguia escutar seu coração batendo forte, seu peito quente me trazia uma paz que eu não saberia explicar o que estava acontecendo dentro do meu peito agora... 


M: Você me esperou


(S/N): Te esperaria quanto tempo fosse necessário


M: Eu pensei que iria seguir sua vida... Eu fiquei com tanto medo de sair daquele portão de embarque e não ver você...


Soltei meus braços e olhei diretamente para ele, Sooh apenas nos olhava com um sorriso bobo no rosto


- Ele é meu Appa?


(S/N): Ele é o seu Appa minha querida


Ela agarrou o pescoço dele afundando o rosto ali


M: Por que não me contou?


(S/N): Eu tentei... Mas você não deixou eu falar


M: Me desculpe por não te contar (S/N), mas eu fiquei com tanto medo de te perder antes mesmo de eu partir que escondi isso de você


Não falei nada apenas o abracei de novo, seu cheiro doce adentrava em meu nariz me fazendo chorar mais ainda molhando sua fina blusa branca


M: Não chora meu amor, eu estou aqui e nunca mais te abandonarei... Eu te amo tanto (S/N) 


M: Eu também te amo oppa... 


E ali ficamos abraçados no meio do aeroporto em meio das lágrimas, enquanto as pessoas tiravam fotos por ver uma cena tão linda como aquela... Uma mulher que esperou dois anos o amor da sua vida voltar para casa mesmo não sabendo se ele voltaria, uma criança que agarrou o pescoço do soldado e não queria mais soltar, e o soldado aquele que lutou por seu País e que lutou mais ainda para se manter vivo e voltar para a sua família...


Fim....


Notas Finais


🐨 Não sei se ficou muito bom rs' sou mais de escrever finais tristes 😆😆 espero que tenham gostado ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...