História Imagines kpop - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Tags Astro, Big Bang, Exo, Kpop, Shinee
Visualizações 50
Palavras 1.557
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Uhu
Olá, galeros
Esse é o primeiro capítulo
Provavelmente publicarei aos fins de semana, Sábados e domingos
Qualquer dia ausente, vocês serão avisados

Capítulo 1 - Eunhyuk


Fanfic / Fanfiction Imagines kpop - Capítulo 1 - Eunhyuk

~Flashback on~

 

- Você me da nojo, EunHyuk. Como pode fazer isso comigo? Durante todos esses anos, era com ela que você ficava até mais tarde no trabalho? Era por ela que você me rejeitava? Por isso que nunca me apresentou pros seus amigos? Então pode esquecer esse casamento - Tiro a aliança do dedo e deixo-o cair no chão - Seja feliz com ela e seu filho, Lee HyukJae, mas não venha mais me procurar

 

~Flashback off~

 

Um, dois, três, quatro anos se passaram desde que eu descobri uma traição com 6 anos de duração. Eu realmente amava muito o EunHyuk e sabia que as vezes ele me traia, mas não que tinha uma família por trás do nosso namoro e noivado, por isso sempre o respeitei quando algum outro homem vinha até mim. Nunca passou pela minha cabeça que ele tinha um caso com outra pessoa, a ficha ainda não caiu completamente. Depois de ter deixado ele no altar, tentei ficar com outros caras, mas não consegui. Talvez por medo de ser traída de novo, ou só porque seria meu destino ficar sozinha pra sempre. Sinto o meu celular vibrando em cima da minha barriga e noto a mensagem da minha melhor amiga. Ela é irmã do meu último namorado e virou minha melhor amiga quando namoro acabou.

 

*Chat on*

 

Dara♡: S/n, você tá em casa?

 

Eu: To sim, como sempre, por que?

{Enviado/Visto}

 

Dara♡: Então vai arrumar as malas agora

 

Eu: O que? Como assim?

{Enviado/Visto}

 

Dara♡: Nós vamos viajar amanhã e não adianta negar, você vai querendo ou não

 

Admito que até hesitei um pouco, mas faz tanto tempo que eu não me divirto. Acho que já tá na hora de sair e conhecer outras pessoas.

 

Eu: Tá, mas pra onde a gente vai?

{Enviado/Visto}

 

Dara♡: Vegas, minha cara, nós vamos pra Vegas

 

Eu: AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

{Enviado/Visto}

 

Dara♡: Me agradece depois. Vai arrumar suas coisas que eu vou te buscar amanhã bem cedo

 

*Chat off*

 

{No dia seguinte com tudo pronto}

 

06:00 da manhã e eu já estou de pé. Minhas malas na sala e eu na cozinha comendo, até eu ouvir o som de uma buzina na frente da minha casa. Era a Dara, com certeza. Deixo a louça na pia e saio correndo com a mala até o táxi que nos deixaria no aeroporto. Ponho tudo no porta malas e vou para o banco de trás.

 

- Dara, me responde... Quanto tempo a gente vai ficar lá?

 

- Umas duas ou três semanas. Olha, amiga, quando chegarmos lá ninguém me segura - Se eu conheço bem a Dara, a primeira coisa que ela vai fazer quando chegar no hotel é dar em cima do atendente. Ri um pouco dela. Peguei meus fones de ouvido e passei o trajeto todo ouvindo músicas.

 

{Depois da viajem}

 

Ela me deixou sozinha num casino pra namorar com um cara ai que ela encontrou. O lugar é bastante espaçoso, mas como tinha muita gente, parecia que eu estava dentro de uma lata de sardinha. Resolvi ir pegar uma bebida no bar, porque se é pra ficar sozinha, vamos pelo menos beber. Chegando lá, peço a coisa mais forte que eles tiverem e espero até chegar.

 

- Uma linda dama como você não deveria beber tanto - Ouço o comentário e reviro os olhos

 

- Olha, não to com saco pra esse papinho, tá? - Me viro pra conseguir olhar o ser humano que estava do meu lado e me arrependi profundamente. - Você não...

 

- ...S/n? - Meu ex noivo parecia muito surpreso em me ver. Tá, dessa vez eu vou tentar ter uma conversa civilizada com ele

 

- Olá, Lee HyukJae. Você por aqui? Que interessante... Deixou sua mulher de novo? - Acho que não deu certo

 

- Y-Yah, s/n... - Ele olhava pro chão e lugares aleatórios - Na verdade sim...

 

- Você não mudou nada, não é mesmo? Nem com um filho você criou responsabilidade. - Se bem que mudou sim. Seu rosto estava completamente acabo. Se eu olhasse bem no fundo de seus olhos... Era vazio. Ele estava mais corcunda. Pra ele estar desse jeito só poderia ter acontecido algo bem sério.

 

- S/n, eu sei que errei e errei de mais, eu sinto muito. Me arrependo todos os dias pelo que eu fiz com você. Eu mudei, s/n... Volta pra mim. Eu sinto tanto a sua falta.

 

- Você acha que vai me ter de novo com essa conversa? Você não sabe o que eu passei, EunHyuk. Sabe quanto tempo eu esperei por você depois daquilo? Quantas noites eu chorei pensando em você? Não é com um pedido de desculpas que você vai conseguir apagar tudo aquilo.

 

- Eu sei, s/n. Sei que eu não posso apagar o que fiz, mas se você me der mais uma chance eu posso concertar... Por favor - O maior segura a minha mão com cara de "cachorro abandonado". Juro que eu queria dar o troco. Sair por ai beijando qualquer cara que aparecesse, mas eu não consigo fazer isso.

 

- Olha, eu vim aqui pra me divertir e não pra ficar lembrando do que você fez, entendeu?

 

- S/n.... Só mais uma chance e eu prometo te fazer a mulher mais feliz desse mundo - Ah... eu já ouvi isso tantas vezes

 

- Eu não falei nada sobre voltar com você, eu só vou te dar uma chance de concertar tudo. - Os olhos dele estavam brilhando... tipo, de verdade e não era por causa da luz, porque o lugar era totalmente fechado. Eu conseguia ver no rosto dele a felicidade que o mesmo estava sentindo no momento, mas continuei desconfiando. Ele sempre foi um bom ator.

 

{Mais tarde}

 

"S/n, e se eu te levar pra jantar hoje a noite?" Foi isso que ele disse antes da Dara chegar fazendo escândalo e de me tirar de lá a força. Eu já estava toda pronta quando recebi uma mensagem dele dizendo que já estava na frente do hotel. Peguei minha bolsa e fui pra entrada. Ele estava mais bem arrumado do que no dia do casamento, o seu carro parecia bem caro e pelo que ele mostrava, estava bem sem graça. Entro no carro e analiso ele todo

 

- V-Você tá linda

 

- Obrigada, EunHyuk. Você também não tá tão ruim - Não queria ser tão fácil agora, preferi ver se ele estava a arrependido mesmo.

 

Chegando no restaurante ele abre a porta do carro pra mim e eu saio sem fazer nenhum contato visual com ele. Eu tinha uma expressão séria e ele... Meio deprimido, mas ele se esforçou em esconder isso. Pedimos uma mesa que ficava ao lado da janela e fizemos o pedido.

 

-Pode começar a se explicar, EunHyuk - O mesmo me olhou confuso, mas deve ter entendido logo. Ele olha pra baixo segurando uma de minhas mãos e a acariciando. Deduzi que ele estava um pouco mais nervoso que o normal, já que ele não parava de se mexer e porque estava tremendo um pouco.

 

- É uma longa história, mas eu vou tentar resumir. Eu já era casado com ela antes de você, mas o relacionamento me desgastava. Se você pensou todo esse tempo que ela era a minha amante, pensou tudo ao contrário. 

 

- Então você tá me dizendo que eu fui usada durante seis anos? Tudo o que a gente viveu foi uma mentira? - Em questão de poucos segundos, senti lágrimas brotarem nos meus olhos. Essa foi a pior sensação da minha vida. Tá certo que alguns dizem que tudo isso foi uma história de amor idiota, mas era a minha história de amor idiota e eu adorava viver ela

 

- Não, amor... Quer dizer, S/n. Eu nunca te larguei, porque eu me apaixonei e como meu outro relacionamento não estava mais dando certo, vi que não era necessário te contar, então passou todo esse tempo, eu acabei reencontrando minha ex e... Bem, agora eu tenho um filho - Enxugo um pouco da maquiagem borrada devido a algumas poucas lágrimas que caíram naquele momento. Vejo o garçom trazendo os pratos e vinho um tempo depois. Já comendo, pergunto ao homem sentado a minha frente:

 

- O que você pretende fazer depois daqui?

 

- A gente podia dar uma volta por aqui, afinal estamos em Vegas - Consigo sorrir pela primeira vez essa noite, ele também ficou feliz, até mais que eu. Ele pode estar pensando que vai conseguir o que quer. - De repente surgiu uma lembrança. O nosso primeiro encontro. Foi exatamente assim: Ao lado da janela, lugar meio vazio, troca de olhar constante, sorrisos tímidos. Voltamos no tempo, lá na época em que tínhamos acabado de nos conhecer. Ah, esse filme eu já sabia de cor. - S/n, eu tenho uma proposta pra você. Vamos tentar esquecer tudo que aconteceu e recomeçar. Voltar pro zero. - O mais velho segura minhas mãos e beija as mesmas. Eu não queria, mas do jeito que ele me olhava era muito difícil. Sempre foi muito encantador, tanto que pegou o meu coração na primeira vez que a gente se viu, mas eu não vou me entregar tão facilmente.

 

Depois de sairmos do restaurante ele me levou pra algum tipo de balada, mas se bem que eu nem estranhei muito. Isso é bem a cara dele

 

- Que romântico...

 


Notas Finais


{...Continua... Algum dia}


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...