Hist√≥ria Imagines Seventeen ūüíú (fofas e +18) - Cap√≠tulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibi√ß√Ķes 120
Palavras 1.309
Terminada N√£o
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Hentai, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Comentem de quem pode ser a próxima imagine *-*

Obs: EU TINHA ESCRITO A IMAGINE ANTES... PORÉM, MEU CELULAR BUGOU E APAGOU TUDO....

Capítulo 4 - Vernon (FOFA)


Fanfic / Fanfiction Imagines Seventeen 💜 (fofas e +18) - Cap√≠tulo 4 - Vernon (FOFA)

 

Me levanto, tomo um banho rápido e penteio meus cabelos... tomo meu café da manhã, e visto um vestido amarelo e saio de casa, eu ia me encontrar com meu melhor amigo Vernon, ele sempre me esperava na praça perto da escola.

Era Sexta feira, hoje seria um dia muito especial para mim... o dia em que eu sairia com Harry, o garoto mais famoso do colégio inteirinho e também o garoto que eu gostava! Sim, foi uma luta conseguir chamá -lo para sair, com aquelas galinhas que não saem de cima dele... enfim tive que jogar "milho" para distrair as galinhas e falar com o Harry... em outras palavras, o milho seria anunciar uma falsa promoção de uma lojinha que as as galinhas adoravam... 

Chego na praça e encontro Vernon com uma garota da nossa escola. Ela parecia estar cheia de assunto... devia estar a fim do Vernon, mas logo quando o mesmo me viu chegando, se despediu da garota e veio até mim.

S/N- Mas você é muito trouxa mesmo ,viu!

O garoto me olha confuso, passando um braço pelo meu pescoço.

Vernon- Por que sou trouxa?!

S/N- Tava na cara que aquela garota tava afim de você cara!

Vernon- Ela tava a fim de mim, mas eu não estava a fim dela... pra mim, a única garota que me importa é a garota que eu gosto!

Ele dá língua pra mim.

S/N- Quem seria essa garota?! Você nunca me conta nada!

Reviro meus olhos dando um soco no ombro dele.

Vernon- Você também não me conta nada S/N!

S/N- Ahhhh sério?! Então, hoje eu vou sair com Harry, vamos naquele parque perto do cais, vamos umas 18:00! Agora você, me conta quem é a garota!

Me viro, ficando de frente pra ele.

Vernon- Não vale a pena, eu falar quem é garota.

S/N-  Por que não?

Quando ele ia dizer alguma coisa, vi Harry chegando no colégio...

S/N- Olha Vernon! Ele tá ali!

Falo puxando o garoto junto comigo, para trás de uma moita para observar Harry chegando na escola.

S/N- Ele é tão lindo... parece um anjo!

Vernon- Você é tão tonta... parece uma..

Dou um soco de leve nele antes que ele terminasse a frase.

Vernon me puxa pela mão, atravessando a rua e me puxando até o colégio.

S/N- HEY!!!!!!

Vernon- Vamos perder a Aula! Pra dizer a verdade já estamos atrasados!

Ele me mostra a hora em seu celular e puxa até a sala de aula. Nos desculpamos com o professor e no final tivemos que ficar até depois da aula para limpar as salas, como castigo.

---- Algumas Horas Depois -----

S/N- Sério mesmo?! Limpar as salas?!

Bufo, jogando um livro de Inglês na mesa do professor, enquanto Vernon varria o chão.

Vernon- Se a Senhorita Tonta não tivesse discutindo comigo e ficado observando o Senhor Imbecil na entrada, não estaríamos aqui varrendo o chão!

Ele havia se alterado... Fazia anos que eu não via esse lado do Vernon. Estremeci e me sentei na mesa, um pouco assustada.

Vernon- Me desculpa...

Ele larga a vassoura e vai até mim, se agachando na minha frente e pegando nas minhas mãos. 

Vernon- Você me desculpa?!

Solto as mãos do garoto e seguro o rosto dele.

S/N- Por que eu não desculparia o meu melhor amigo?!

Ele sorri meio triste e se levanta.

Vernon- Bom... Vamos ?! Já terminamos!

S/N- Claro!

Me levanto, pegando minha bolsa, mas tropeço na vassoura e Caio em cima do Vernon. Caímos juntos no chão, eu por cima dele.

Vernon- Ai!!

Ele solta um gemido de dor.

S/N- Ah Meu Deus! Me desculpa!

Vernon- Não tudo bem..

Ficamos acho que um minuto ali no chão, mas logo ele corta o silêncio.

Vernon- Bom... Vamos ficar aqui o dia todo?!

S/N- Claro que não!

Ele me tira de cima dele e me ajuda a levantar.

Vernon- Quer que eu te deixe em casa?

S/N- Tudo bem.

Ele me leva até o carro, e ficamos em um silêncio gritante até o caminho da minha casa.

Vernon- Bom.. Tenha um bom encontro.

Ele quebra o silêncio, porém não olhava para mim.

S/N- Okay.. Obrigada pela carona.

Eu abri a porta do carro, já ia me levantando do banco, quando senti ele me puxar pelo braço, me fazendo voltar a me sentar.

S/N- O-o que foi V...

Ele me puxou para mais próximo e me deu um beijo na bochecha e logo em seguida me soltou.

Vernon- M-me desculpa.

Eu saio do carro meio em choque pelo que aconteceu. 

Entro em casa e encontro minha mãe na cozinha, fazendo um bolo.

Mãe - Oi Filha! Como foi a escola?! Por que demorou tanto?!

Me sento na bancada da cozinha, largando minha bolsa encima dela e pegando uma maçã.

S/N- Não foi por nada não...

Ela se vira pra mim, e de repente abre um sorriso.

Mãe - Por que está vermelha ?!

Largo a maçã, virando o meu rosto para o lado.

S/N- Eu não estou vermelha!

Mãe - Sei... Você veio com quem?!

S/N- Com o Vernon!

Largo a maçã, e subo as escadas correndo e me trancando no quarto.

Por que estou tão nervosa?! Por que estou envergonhada?! Vernon é apenas o meu melhor amigo de infância... nada mais.

Me levanto e tomo meu banho, ainda pensando naquela cena.

Saio do banho e visto um vestido azul escuro e coloco um salto baixinho preto. Deixo meu cabelo natural, pois fiquei sem tempo para prancha-lo... Faço uma maquiagem leve e saio de casa, indo até o parque.

Chegando lá, comprei as entradas e fiquei esperando Harry chegar. 

18:00...

18:30...

19:00..

19:30...

20:00..

#ligação on#

Harry- S/N... então, tive uma gripe sabe, agora estou no médico sabe... então, não vou mais sair com você ta?! Espero que entenda

Ouço gemidos na chamada.

S/N- Então que se fod*.

#ligação off#

Comecei a chorar um pouco, depois fiquei mais uma hora ali sentada... não poderia ir para casa depois dessa  humilhação... o que eu contaria para minha mãe?! Que o garoto dos meus sonhos me deu um fora, para poder transar com uma de suas galinhas?! Que humilhação!

Depois de um tempo, sinto meu celular vibrar.

#Ligação on#

S/N- NÃO ME LIGUE MAIS, SEU OTÁRIO!

Vernon- o que eu te fiz?

S/N- Ah é você...

Vernon- O que aconteceu?

S/N- Não quero falar...

Vernon- Para de graça e me fala logo!

S/N- Harry não veio ao encontro, me deixou esperando por horas, e me ligou e disse que não viria porque pegou uma gripe... mas na verdade faltou o nosso encontro por que estava transando com uma daquelas galinhas!

Vernon- Eu vou matar esse otário...

#ligação Off#

Abaixo minha cabeça e começo a chorar e resmungar baixinho... 15 minutos depois sinto alguém me puxar. Olho para ver quem era e era o Vernon.

S/N- O que você está fazendo aqui?!

Vernon- O parque ainda está aberto certo?! você ainda tem as entradas?!

S/N- Sim mas... são 21:00... O parque fecha daqui há 2 horas...

Vernon- 2 horas é o suficiente para fazer a noite de uma garota, especial...

Ele me puxa pela cintura e me abraça. Depois entramos no parque.

Fomos na montanha russa, roda gigante, túnel do terror e outras coisas.

Estávamos andando no parque quando Vernon me puxa até uma máquina de gancho de bichinhos de pelúcia.

S/N- Jura?! Mas você é ruim nessas máquinas!

Começo a rir baixinho, me encostando na máquina.

Vernon- Eu fiquei treinando tá! Só me diz qual bichinho você quer...

S/N- Pode ser esse Leãozinho!

Vernon deposita a moeda na máquina e consegue pegar o bichinho fácil fácil!

Vernon- Quem não ia conseguir mesmo?! Ata!

Ele me entrega o bichinho e apenas dou língua para ele.

O parque já estava para fechar então fomos até o Cais.

Vernon- Sua noite foi especial?!

S/N- Claro que sim!

Vernon- Viu?! Eu consigo fazer uma noite especial em apenas 2 horas... e o Senhor Imbecil?! Ele consegue?!

Lembro de Harry e começo a chorar um pouco. Vernon se aproxima de mim e enxuga minhas lágrimas.

Vernon- Sério mesmo que você vai chorar pelo Senhor Imbecil?! Ele não merece suas lágrimas então pare...

S/N- Mas..

Ele não me deixa completar minha frase e então me encosta no Cais e me dá um Beijo intenso.

Um enorme calor toma conta do meu corpo e apenas retribuo o beijo dele, segurando no rosto do garoto.

Ele se separa do beijo, segurando meu queixo e fazendo carinho em meus lábios.

Vernon- A garota que eu gostava, era você S/N...

//CONTINUA NO PRÓXIMO CAPÍTULO//






Notas Finais


Continua no próximo capítulo! Beijos!

Obs: Sim, eu sou muito má mesmo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usu√°rios deixam de postar por falta de coment√°rios, estimule o trabalho deles, deixando um coment√°rio.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...