História Immortal Gokei - Interativa - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Asui Tsuyu, Bakugo Katsuki, Lida Tenya, Midoriya Izuku, Personagens Originais, Todoroki Shouto, Uraraka Ochako, Yagi "All Might" Toshinori
Tags Boku No Hero Academia, Immortal, Interativa
Visualizações 39
Palavras 1.364
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Ficção, Romance e Novela, Super Power
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente! É, sei que é repentino, mas aqui está mais um capítulo de Immortal Gokei! Vocês me incentivaram demais com os comentários e fichas e queria muito continuar a história por isso decidi me esforçar e fazer esse novo capítulo, agradecimento especial pela criação de personagens a:
~s2MayuQueen
~PudimDePao
~12Bbeto
~Dark_Luunah279
~DorgadoDeDolly
~musicsword

E àqueles que favoritaram (Só vou colocar os que ainda não falei porque os outros de cima favoritaram também):
~Emily52
~salomaocda

Esse apoio me ajuda muito e espero que gostem do capítulo!

Capítulo 2 - Capítulo 1- Conhecendo os Colegas de Classe.


Gōkei-He… cê quer saber? Tem a ver com a minha individualidade… eu sou Gōkei e a minha individualidade é… Imortalidade!!!

Gritou bem alto, para o garoto das explosões entender bem a situação… mas isso não o fez recuar, ao contrário, o irritou numa percentagem de 1000%, começando a fazer movimentos com as mãos para atirar explosões, porém, não saiu nada… porque será? Quando Bōryoku percebeu, sentiu um olhar ameaçador olhando para ele e para Gōkei… ao virar a cabeça para o lado, ele olhou para o grande herói capaz de anular as Individualidades… Aizawa Shouta, ou Eraserhead…

Aizawa-Vocês não se cansam de causar problemas?

Disse, com os olhos brilhando a vermelho, saindo uma faísca deles… para além de notar a raiva nos olhos, dava para ver que o homem estava usando sua Individualidade, que bloqueou a de Bōryoku…

Bōryoku-Senhor Aizawa… nós…

Aizawa-Eu converso com você depois Bōryoku, agora, vai para a sala de apresentação… já vocês os dois…

Se interrompeu, esperando alguma reação da garota das vinhas e do garoto imortal, enquanto viam Bōryoku correndo para fora dali…

Aizawa-Posso saber o que está acontecendo aqui?

Gōkei-Foi aquele garoto! Ele veio e agarrou a minha amiga de uma forma pervertida, aí quando ela revidou o cara deu mole e ficou todo nervosinho!

Aizawa-Tô vendo… mas… vocês estão bem? A explosão foi bem grande…

Numachi-Agh… sim! O meu amigo Goki é o melhor quando se trata de proteger alguém! Afinal, ele é imortal!

Aizawa-Imortal…

Aizawa disse essa palavra com a mão no queixo, pensativo ele já tinha ouvido falar que teriam um aluno imortal, mas não pensou que seria verdade…

Aizawa-Bem que a Reitō falou que teríamos um aluno imortal… eu não acreditei totalmente, mas agora não dá para negar…

Numachi-Reitō?

Aizawa-É uma das professoras… filha do herói ranking 3… vocês devem conhecer… o nome dele é Todoroki Shouto…

Gōkei e Numachi-Todoroki Shouto?!?!

Perguntaram, admirados, não sabiam que o herói Nº3 tinha uma filha, ainda mais que seria uma professora… será que seria a professora dos dois garotos?

Aizawa-Mas o que tão fazendo aí com caras de idiotas? Vão logo para a sala de apresentação!

Gōkei-Mas… não é muito tarde já?

Aizawa-Aghhh… talvez até seja… então vão para a sala de vocês, vejam ali no quadro e metam o pé!

Gōkei e Numachi-Sim senhor!

Gritaram, com medo, indo correndo para o quadro do outro corredor para ver qual era a sala deles… já Aizawa ficou admirando o buraco que o jovem explosão fez… afinal, ele conhecia Bakugou muito bem e se com uma briguinha dessas o filho do mesmo explodiu a parede… imaginava só o que faria se estivesse mesmo furioso…

Gōkei e Numachi corriam desesperadamente para a sala A, com medo que o professor que anula Individualidades viesse atrás dele, chegando lá, eles abriram a porta e Numachi gritou:

Numachi-CHEGAMOS!!!

-Ihhhh!!

Após esse gritinho de menina, os dois jovens tentaram descobrir sua origem, quando repararam, era uma garota de cabelos meio encaracolados num estilo afro, rosa, amarrados por um pano azul e amarelo claro, olhos dourados e usando galochas e luvas… a garota estava nesse momento no chão e assim que percebeu se levantou rapidamente, como se estivesse vendo um fantasma e passou uma espécie de spray pelo chão e depois limpou, ficando a brilhar…

-Ufa… huh? Quem são vocês?

Numachi-Olá, meu nome é Numachi! Qual é o seu?

Perguntou, saltando sobre Gōkei que levou com a mão de Numachi na cabeça, assim caindo direto no chão e deixando a garota passar e tentar dar um aperto de mão na garota das luvas, porém, ela estava receosa do fazer…

-Agh… aghhh… he… Sekken Mizu

Sorriu meio torto para a Numachi só pegando no dedo indicador dela e o balançando em forma de cumprimento, mas no mesmo momento já pegou um spray da mochila e colocou nos lugares onde tocou o dedo…

Numachi-O que foi?

Sekken-B-bem… é que eu tenho algo que se chama misofobia…

Numachi-Misofo- quê? Que bruxaria é essa?

Gōkei-Não Numachi… misofobia significa medo de germes…

Numachi-Medo de germes? Mas germes não fazem mal, são parte da vida…

-Mas há gente que tenha medo…

Disse um garoto de cabelos negros, olhos vermelhos e que estava usando seu uniforme da Yuuei… ele estava sentado em uma das mesas olhando para Gōkei e Numachi com ar de curiosidade, mas assim que a atenção dos dois jovens foram direcionadas para ele, o mesmo ficou um pouco envergonhado por ter se metido na conversa…

Gōkei-E quem é você?

-Aghh… meu nome é Eien No Yami, mas gosto que me chamem de Eien…

Numachi-Prazer Ei!

Disse, chegando quase num flash até o garoto e se aproximando muito dele, quase dando para ela o beijar mesmo sem querer, o garoto sentiu uma repulsão imediata, fazendo ele cair da cadeira que estava sentado…

Numachi-Ops…

Eien-Aiiiii… doeu…

Numachi-Foi mal… é que eu fico animada conhecendo novas pessoas…

-Dá para ver…

Disse uma voz feminina que estava a algumas carteiras longe de Numachi, ela tinha cabelos castanho escuro bem longos, olhos da mesma cor e usava o uniforme da Yuuei e, mesmo que pouco, dava para ver uma garota escondida atrás dessa mesma, tentando ao máximo evitar o contacto visual…

Numachi-Oi! Quem é você?

Alice-Meu nome é Alice e essa aqui atrás é a Lunnah…

Lunnah-O-olá…

Alice-E fala mais baixo, acho que só lá na Antártida não te ouviram…

Numachi-Oi? Mas a Antártida não está a uns bilhões de metros daqui?

Alice-Por isso mesmo…

Numachi-Oi? … ainda não entendi…

Todos os presentes deram um tapa na própria testa, até Sekken que ao fazer sentiu sua pele queimar pelos produtos que a luva continha… logo outra voz falou…

-Você podia ser mais simpática? Afinal, ela não te fez nada…

Disse um cara de cabeça de rato eletrónico, mexendo no celular, Alice fez cara feia para ele e disse…

Alice-Pff! Grande coisa, nem sabemos o teu nome ó roedor emo?

-Isso é o melhor insulto que você arranja? Alice do País das Maravilhas?

Logo se ouviu um “ooooooooohhhhhh” vindo por alguns dos alunos que já estavam lá e Alice se enfureceu, indo na direção do garoto e colocando a mão numa das carteiras, transformando-a numa sniper com balas de borracha, apontada à cara do garoto…

Alice-Quer experimentar algo melhor, rato?

JB-Meu nome é JB, “maravilhas”…

Os dois pareciam ir começar a luta, até que uma voz fininha começou a falar…

-Ei gente, parem lá com isso…

Quando todos perceberam, tinha uma criatura do tamanho de um besouro perto de Numachi, ela parecia com um garoto, porém com asas e deitando um pó dos pés… ele tinha de pele azul , três olhos, um amarelo e dois azuis, cabelo liso branco que cobria sua testa e uma marca branca em volta do olho esquerdo, ele tava com uma espécie de roupinha pequena à sua medida… assim que Numachi viu o garoto pequenino, ela gritou pensando que era um bixo e gritou, dando um tapa forte no mesmo…

Numachi-Bixoco dos demónios!

O tapa foi tão forte que o lançou contra a porta de entrada, onde surgira agora mesmo 3 pessoas e o garoto das asas bateu mesmo contra o peito de uma dessas pessoas… era uma garota de corpo não tão escultural, porém bonito, com peitos um pouco grandes para a maioria, cabelos rosas de um lado e cabelos negros do outro, já os olhos era o contrário, o lado rosa ficava do lado negro do cabelo e o olho negro do lado rosa… o garotinho tinha caído mesmo nos peitos da garota escorregando enquanto gemia de dor…

-Meu pai amado… que tapa forte… huh?

Assim que reparou onde estava, uma coloração vermelha tomou a face do pequenino e o mesmo saiu de cima dos seios da garota, se desculpando várias vezes e tendo a garota a abanar as mãos, sem sair nenhum som de sua boca…

Reitō-Já começou animado o ano… bem alunos, meu nome é Reitō Shouto e preparem-se para o inferno gelado que irei criar nas suas vidas!!!

Gritou, confiante e assustando alguns dos garotos… porém Gōkei ficou surpreso foi com o outro que vinha com ela… era Bōryoku que olhava de lado, mas assim que viu Gōkei sua única reação foi…

Bōryoku-VOCÊ!!!!!!

Continua…


Notas Finais


E aí? Gostaram? Comentem o que acharam que como disse me ajuda muito e me faz ficar incentivado a escrever mais capítulos e é isso, até à próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...