História Immortal Love(Imagine Jimin) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, Tao, V
Tags Amor, Colegial, Hentai, Hot, Jimin, Ódio, Romance Imortal, Vampiros
Visualizações 11
Palavras 1.226
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Dayanna Collins Kim


Fanfic / Fanfiction Immortal Love(Imagine Jimin) - Capítulo 2 - Dayanna Collins Kim

A temperatura dos dois dentro daquela sala,esquentaram. Dayanna ficou sem reação ao sentir sua intimidade tocar no membro de Jimin. Pôde perceber que o vampiro estava ereto. Mas o que foi realmente estranho,é que ela não queria sair dali,uma sensação muito boa invadiu seu pequeno corpo gélido. O mesmo acontece com Jimin,seu desejo de dominá-la aumentou,seu membro pulsava por atenção,mas não podia agir de forma impulsiva. Puxou a garota pela nuca para mais perto,a fim de,tomar seus lábios rosados. Dayanna não impediu o ato,talvez,desejasse o mesmo que ele.

"TOC TOC"

-Pensei que odiasse ele,prima.—Disse um garoto ruivo,encostado na porta. Foi o suficiente para tirar os dois do transe. A menina tratou de sair de cima do moreno rapidamente e ajeitando suas vestes. Jimin não teve nenhuma reação,apenas uma pontada de raiva por terem interrompido seu momento.

-Namjoon,você não viu nada aqui,okay? E eu nunca disse que o odeio,apenas não gosto dele.

-Não é o que parece...—Falou Namjoon com um sorriso malicioso em seus lábios,mostrando suas covinhas. Dayanna nunca resistia a elas,então sempre que seu primo sorria,tentava apertá-lo de alguma forma. Desta vez não foi diferente,apertou um pouco mais forte. -Aí! Isso dói,sabia?!

-Não sabia que sentia dores.

-Engraçadinha. Bom,ainda bem que eu cheguei a tempo,porque se não...imagino o que teria acontecido aqui.—Falou olhando para Jimin,que apenas os encarava. Deu um riso diabólico,deixando os dois confusos.

-Você chegou na hora errada,Kim. Estava prestes a tirar minhas dúvidas com ela,mas não foi desta vez. Saiba que da próxima vez que eu pegá-la,não vou devolver tão fácil...—Ditou cada palavra em um tom de desafio,despertando a ira de Namjoon.

-Não coloque nunca mais,estas mãos sujas na minha prima,você entendeu?! Se você arriscar,você é um vampiro morto...—Namjoon havia segurado a gola da camiseta de Jimin,levantando seu corpo da sua cadeira. Fitava Jimin com um olhar raivoso,suas presas estavam à mostra,o que não é boa coisa.

-Namjonnie...recomponha-se.—Pediu sua prima. O mesmo acalmou-se rapidamente,sabera que não era uma boa ideia acabar com Park agora,a escola inteira continha humanos dentro e,a qualquer momento,pode entrar um de seus colegas ali. 

Soltou Jimin,trocou algumas palavras com Dayanna e foi pra sua sala. Esta discussão levou os minutos restantes que tinham e acabou batendo o sinal para a primeira aula. A garota bufou e foi sentar em sua cadeira. Nem virou para o lado,mas sentiu que o vampiro do seu lado a observava atentamente.

 

[...]

 

Após as três longas aulas,a garota foi a primeira a sair correndo da sua sala de aula. Não aguentava mais aquele inferno. Toda semana tinha que escutar explicações de professores e ouvir os argumentos daqueles humanos. Alguns ela até gostava do comentário,mas outros,eram tão idiotas que chegava a irritar. Dayanna costuma ser silenciosa e só ficava na sua,apenas falava quando o professor lhe perguntasse algo. Observava seus colegas atentamente e analisava todos,inclusive Park Jimin. Ela quer descobrir o que ele tem de tão especial,para atrair tanto a sua atenção.

Andara pelos corredores quase correndo,sabera que Jimin vira atras dela mais cedo ou mains tarde. Soltou um suspiro de alívio ao escontrar seus três primos no mesmo lugar:no porão da escola. Qual colégio deixa o porão aberto? Simplesmente nenhum. Os meninos que abram ela a força. Abriu um grande sorriso e foi abraçar cada um deles. 

-Ya! Você demorou,baixinha.—Falou Kim TaeHyung,o mais novo dos três irmãos. 

-Pintou o cabelo de novo?

-Sabe que sou viciado nisso,não é mesmo?—Deu-lhe um grande sorriso. 

-Princesa,Namjoon me informou que o Park incomodou você novamente.—Falou Kim SeokJin,o mais velho. Esse,era mais educado e formal. Apenas no colégio era assim,já quando estão em família,é totalmente diferente.

-Não aconteceu nada demais,Jin. Ele apenas me provocou um pouco.

-Pra mim,vocês estavam se divertindo...—Pronunciou Kim NamJoon,pensando em cenas obscuras.Ele era o irmão do meio.Normalmente é o mais ciumento em relação a sua prima,mas não perde uma para tirar com a cara dela. -Os dois estavam bem próximos,hyung. Se eu não chegasse a tempo,eu tenho certeza que os dois iriam prosseguir com aquilo.

-Não me diga que eles fariam amor na sala...

-Não! Claro que não,Jin! É...bem...é verdade que estávamos prestes dar um beijo,mas Namjoon chegou bem na hora. Agradeço ao Drácula por ele ter vindo!—Explicou Dayanna. Claro que não entrou em detalhes,não estava em seus planos deixar seu primo mais velho saber disso,com certeza,contaria para o seu appa.

-Se é assim,não temos nada com que se preocupar. Sabemos que a família Kim e a família Park possuem uma certa rivalidade que nunca iremos saber o motivo disto. Por isso,princesa,não se aproxime demais do herdeiro Park,entendeu?—Jin falava seriamente.

-Sim.—Não houve segurança em sua voz,sabia que acabaria se aproximando do garoto,de um jeito ou de outro.

 

[...]

 

Jimin foi o último a sair da sala,ver aquela multidão de humanos uns empurrando os outros lhe dava estresse. Pensou que a novata também permaneceria junto. Acabou enganando-se. Olhou para a carteira ao lado. Vazio. Uma onda de raiva o invadiu e agora ele só queria achá-la. Saiu da sala batendo os pés. Passou por vários corredores,subiu e desceu das escadas,tentou rastrear seu cheiro e nada. Nada,nada,nada. 

-"Onde será que ela se meteu..."—Pensou.

De repente,avistou-a passando pelo final do corredor. Sorriu ao finalmente ter a encontrado. O único pensamento que ele teve foi correr até lá,mas viu a mesma balançando sua cabeça,dizendo para ele não ir até ela. Não entendeu. Mas três silhuetas familiares estavam atrás dela. Compreendeu a mensagem. 

-Está com a cabeça nas nuvens de novo,Jimin?—Uma voz amigável surgiu atrás dele.

-Nao enche,JungKook. Cinco minutos para acabar essa merda de intervalo,por que ainda está aqui?

-Porque eu quero.—Falou sorrindo para Jimin. -Na verdade,estou tentando achar o J-Hope. Viu ele por algum lugar?

-Não. Talvez esteja transando com alguma vadia.

-Não duvido disso, Já está na hora,vamos indo!

O mais novo o arrastou,mesmo não sendo da mesma sala,JungKook gostava de acompanhar Jimin até sua classe.Já admitiu para o mais velho que faz isso pra ele não cabular aula,porque a situação do Jimin estava feia. Deram risadas no caminho até chegarem aos seus devidos lugares. Teriam que aturar mais três longas aulas.

Diferente das três primeiras aulas,as três últimas passaram voando. Jimin cochilou nas três,sem prestar atenção nenhuma.Vampiros que foram criados no mundo dos humanos,possuem as mesmas necessidades que eles,não tem como mudar isso.Não acontece só com eles,com outras raças sobrenaturais também. Não é um incômodo,para Jimin,é um privilégio. Esperou todos os alunos saírem da classe,inclusive o professor para poder ficar a sós com a novata. O moreno estava com muita sede,havia semanas que não tomava sangue nem de animais. O cheiro da vampira o deixava louco,precisava dela neste momento,nada irá impedi-lo. 

Foi indo lentamente até ela,percebendo seus movimentos,Dayanna se vira rapidamente. Olhou para Jimin e percebeu o quanto ele estava sedento por sangue.Sentiu um frio na barriga. O caminho do mal começaria agora.

-Jimin,não faça isso!

O vampiro não deu ouvidos,encaracolou-a na parede colando seus corpos. Levantou suas pernas e obrigou-a prendê-los em sua cintura. Novamente um choque elétrico percorre no corpo dos dois por terem entrado em contado com a intimidade de ambos. Ficou excitado novamente,além de querer saborear seu sangue,também quisera fodê-la agora,nesse instante. Aproximou-se de seu pescoço,cheirou-o e deu um sorriso satisfatório. Suas presas apareceram,logo iria afundar naquela maravilha. Mas acabou sendo interrompido pela mesma,tentando afastá-lo dela.

-P-Para,Jimin...N-Namjoon irá ver....

-Foda-se o Namjoon,baby. Me deixe te experimentar...

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...