História Imoral - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Mamamoo
Personagens Hwasa, Moonbyul
Tags Colegial, Hwamoon, Hwasa, Moonbyul, Yuri
Exibições 55
Palavras 774
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Lemon, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Muita gente não gosta de relações entre duas mulheres, mas eu mesmo assim fiz, sei que muita gente vai julgar ou achar muito vulgar, mas eu ainda estou aprendendo como fazer uma fanfic yuri, essa é minha segunda.


Boa leitura.

Capítulo 2 - Maliciosos 2/2


Fanfic / Fanfiction Imoral - Capítulo 2 - Maliciosos 2/2

Estávamos por horas naquela quadra gigantesca tentando varrer o chão, ainda não passamos disso e eu estava com tanta fome que meu estômago não parava de roncar um segundo sequer.

– Sinto que não aguento mais – me joguei no chão nem ligando se iria sujar minha roupa, Hyejin andou até o primeiro degrau da arquibancada e se sentou, fui até ela e me sentei ao seu lado.

– Estou muito cansada, algumas horas de sono me fariam bem – a ruiva disse com seus olhos atentos nas próprias unhas pintadas com um esmalte nude.

– Ya! Eu também estou cansada e estou com fome, não poderíamos sair um pouco? – ela mordeu o lábio.

– Acho que não, sabe como o diretor é rígido conosco e não deixaria sairmos daqui tão cedo até terminarmos tudo – explicou com uma careta de tristeza.

– Mas que droga... – resmunguei – E se a gente fugisse? – meus olhos já brilhavam novamente em esperança.

– Não, ele nos pegaria e ficaríamos nesse castigo por uma semana inteira – formou-se um bico em seus lábios.

Não estava sendo exagerada se dissesse que não aguentaria por muito tempo, de fato, eu já não aguentava mais mover as mãos em um mesmo movimento enquanto criavam-se alguns calos em minha mão pela pressão que eu fazia para varrer rápido, o pior ainda não havia chegado, ainda teríamos de passar pano no chão todo e arrumar as bolas de basquete jogadas no canto do chão, enfim, teríamos de deixar tudo arrumado para a noite um bando de delinquentes chegarem e desarrumarem tudo. Aquele uniforme já me deixava com mais calor e a temperatura me deixava ainda mais cansada. Hye já parecia ter terminado sua parte e agora estava sentada novamente na arquibancada com suas pernas abertas e uns três botões de sua camisa abertos mostrando seu sutiã vermelho e aquilo de alguma forma me provocou – quem sabe uma rapidinha não fizesse mal já que estamos praticamente sozinhas naquele lugar. Me aproximei de Hyejin que agora estava ainda mais escancarada na bancada, sentei-me ao meu lado e a mirei com os dentes entre os lábios os mordendo com a cena tão provocante, aproveitei que a mesma fechou os olhos e levei minha mão até suas coxas fartas alisando-as lentamente enquanto ainda mirava seu rosto e sua boca entreaberta.

Passei minhas mãos por sua coxa e não tardei em levá-las até debaixo de sua saia e tocar sua calcinha sentindo o líquido molhado ali, apertei o local e a mesma arfou de prazer enquanto abria um pouco mais suas pernas. Ótimo. Discretamente tirei sua saia a levando até o chão e tendo agora a visão completa de sua calcinha que era uma avermelhada e transparente assim como seu sutiã, a provoquei passando minha meus dedos pelo cós de sua calcinha e de repente enfiei toda minha mão dentro da calcinha molhada vendo a mesma arfar mais uma vez quando toquei seu clitóris e fiz uma massagem leve nele, ela soltou um pequeno gemido em prazer e também levou sua mão até a calcinha me ajudando com os movimentos abrindo um pouco mais as pernas ficando totalmente aberta para tirar a calcinha e suspirou em alívio assim que tirou a peça. Observei a mesma se virar de frente para mim e abrir todos os botões de sua camisa deixando seu sutiã à mostra e não tardou em tirar sua camisa e levando suas mãos até a minha abrindo alguns botões. Começou uma leve masturbação em seu clitóris e levou seus dedos até o pequeno buraquinho em sua vagina enfiando todo seu dedo dentro dele gemendo alto em prazer, involuntariamente abri minhas pernas ainda sentada na bancada e repeti o mesmo que ela enfiando minha mão dentro da calcinha e urrando em prazer ao sentir o líquido molhado e comecei a fazer movimentos circulares. Parei meus movimentos e me abaixei tocando sua coxa para pôr minha língua pra fora e tocar em seu clitóris fazendo a mesma gemer involuntariamente enquanto segurava meus cabelos com força, levou sua outra mão para seu sutiã tirando-o e deixando seus seio grandes saltarem assim que ela arrancou o sutiã, apertou seus seios com força enquanto era tomada por prazer, engoli tudo assim que senti os pequenos jatos quentes de seu prazer.

– Não acredito que fizemos isso – disse enquanto recuperava sua respiração – Nós somos amigas e você acabou de me pagar um oral – começou a gargalhar enquanto vestia suas roupas.

– É, mas eu não ligo – pus de volta os botões – O que acha de fugirmos, amorzinho?

– Você é muito imoral.


Notas Finais


Ficou ruim? Se puderem dêem suas opiniões.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...