História Imperfect Dreams - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais, The Flash
Exibições 4
Palavras 995
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - The beginning of the problems


Fanfic / Fanfiction Imperfect Dreams - Capítulo 3 - The beginning of the problems

Hoje havia acordado super cedo me arrumei da melhor maneira possível que alguém se arruma de manhã e fui tomar café quando cheguei meu pai já estava lá.

Rosie - Bom dia pai.
Stuart - Bom dia, dormiu bem ?
Rosie - Como uma princesa .
Stuart - mais você já é uma. Filha vem aqui tenho algo para lhe dar.

Me sentei ao seu lado, pegue uma torrada e um suco e esperei ele falar.

Stuart - filha quero lhe dar isso !!
Rosie - mais é seu medalhão.
Stuart - agora é seu , abra ele !!

Fiz oque ele mandou e quando abri havia uma foto nossa fazendo careta oque me fez ri e lacrimejar.

Rosie - não sei como agradecer pai.
Stuart - não agradeça isso é para a senhorita lembrar que sempre estarei com você sempre mesmo estando longe !!
Rosie - mais o senhor nunca me deu nada quando vai viajar , por que isso ?
Stuart - te conheço filha e ontem via a aflição em seu rosto, mais não se preocupe nada vai acontecer te prometo !!

Eu o abracei forte e depois de alguns minutos me despedi e sai a caminho da escola.
Ouvi alguem gritar meu nome e olhe pela janela era o Christian.

Christian - Olha a garota linda mora aqui !!
Rosie - Você já sabe o meu nome, mais por que me chamou ?
Christian - Quero pedir uma carona, durmi na casa do meu amigo Gus que mora aqui na sua rua e meu carro ficou em casa.
Rosie - Pode entrar

Aquilo estava estranho por que não estava com o amigo decedi perguntar.

Rosie - e seu amigo onde está ?
Christian - decidiu ir mais tarde, e eu não queria ir de ônibus !!
Rosie - huum
Christian - você o conhece ?
Rosie - ele é irmão do Jay
Christian - achei que não o conhecia!!
Rosie - o Jay é meu ex , ele me falou do irmão me contou sobre ele e sua familia , mostrou fotos e contou a respeito mais não cheguei a conhecer.
Christian - por que não ?
Rosie - terminei com ele.
Christian - por que ?
Ele fez uma cara de desconfiança como oque eu falasse fosse mentira sera que ele sabia algo.
Rosie - sinceramente isso não é da sua conta !!.- não queria ser grossa com ele mais era melhor assim eu sabia que poderia haver chances de me apaixonar eu me conhecia muito bem..
Christian - quer sair comigo ?

Me assustei com a perguntar mais iria fazer como a Má disse não nutrir sentimentos , o melhor era manter distancia, mesmo sendo um gato !!

Rosie - Não - disse filme
Christian - Vamos lá , só como amigos estou afim de conhecer gente nova, e você parece ser uma ótima pessoa e sem más intenções comigo como outras garotas.

Fiquei indecisa mais mantive e disse não , por fim ele parou de perguntar, chegamos a escola e cada um foi pra seu canto.

2 mês havia se passado e nunca mais troquei uma palavra com Christian, apenas trocavamos olhares ou era coisa da minha cabeça , achava até que estava me apaixonando por ele mesmo sem conhece - lo é meio idiota , só que sempre ele estava com uma garota diferente então tentei evita - lo mais nutria sentimentos por ele mesmo não querendo, era algo estranho de se explicar como gostar de alguém que nem fala com você.
Meu pai ainda estava viajando e iria ficar mais alguns meses ocorreram problemas na viagem e ele teve que ficar por lá , ele me ligava todos os dias para ver como estava as coisas e eu  fazia o mesmo. Minhas amigas Tara , Josy e a Má estavam dormindo em casa desda partida do meu pai foi difícil comvercer as mães , mais conseguimos. Killer havia virado meu melhor amigo meu porto seguro ficávamos conversando por mensagens e pessoalmente por horas eu só ficava com ele a Má namorava um menino misterioso ela sumia no intervalo , as meninas ficavam fofocando e eu e Killer odiavamos fofocas e tão ficávamos juntos o tempo todo, ele era um ótimo amigo havia me apegado a ele quando precisava de ajuda recorria a ele primeiro e depois as meninas.

** Christian **

Gus - já faz dois meses e você não conseguiu nada com ela !!

Eu não queria mais aquela aposta mais precisava por honra, no dia que peguei carona com Rosie me senti tão bem ao lado dela e ela é tão indefesa que não poderia fazer isso com ela.
Ela foi direta comigo, como poderia fazer uma farsa com ela, por mais que queria ouvir o Dylan e não fazer e me deixar acreditar que ela era diferente e que eu queria só ela , não podia me dar a esse luxo tinha uma reputação e eu iria conquista - la.

Christian - Gus  calma estavamos nós começo das aulas , conquistarei ela e você vai ter que me aplaudir de pé !!
Gus - Okay capitão.

Thomas e o Gabriel só ouviam e soltavam risada de sarcasmo oque me tirava do serio , Dylan não estava ali pra me por controle estava com a namorada que por acaso era a prima de Rosie uns dos motivos pra ele me implorar pra não fazer isso com Rosie, ele me fez prometer que não iria fazer isso por ele, para sua relação com a Mariana não acabar, ele estava apaixonado , só que iria ter que quebrar essa promessa e ele não saberia, se contasse  a ele, ele contaria a Mariana e ela a Rosie e ai já era.
Fui para casa com isso na cabeça eu me sentia horrível por trair o Dylan ele confiava em mim tanto que só eu sabia de seu namoro ,  mais teria que fazer isso por mim  !!




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...