História Imperfect Love ;; Min Yoongi - Capítulo 39


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Primeiratemporada, Romance, Yoongi
Exibições 339
Palavras 1.156
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 39 - Aflição


Fanfic / Fanfiction Imperfect Love ;; Min Yoongi - Capítulo 39 - Aflição

Estou começando a achar que o universo está conspirando contra nosso favor, toda vez que eu e Angel e eu temos algum tipo de aproximação, algo nos interrompe.

Não sei por que falei para que Angel atendesse o celular, mas depois de a ligação acabar, ela o desligou com uma cara de imensa preocupação e desespero.

_Y-Yoongi, meu irmão foi preso. _ ela diz gaguejando.

_O que? Mas por quê? O que ele fez de errado?

_Não sei perfeitamente, só sei que vou ter de ir à delegacia o mais rápido possível. Desculpe-me de verdade, mas infelizmente é uma emergência.

_Tudo bem, posso lhe entender, mas irei com você.

_Tem certeza de que irá comigo mesmo de pau duro? _ ela diz olhando para meu amiguinho.

_Esse tipo de problema eu resolvo com uma blusa grande, irei subir para pegar qualquer uma, se troque aqui enquanto subo.

_Okay, faça o mesmo então.

Subo as escadas apressadamente, então pego outra roupa qualquer e a visto descendo logo em seguida.

_Pelo que vejo já está pronta, vamos ir então?

_Claro.

Saímos em disparada à procura de um táxi, achamos um e entramos no mesmo. Depois de oito minutos chegamos ao local, pagamos o taxista e adentramos até lá.

_Erica, o que aconteceu para que meu irmão fosse preso? _ Angel diz.

_É uma longa história.

_Não tem problema, irei lhe escutar com atenção.

_Não darei os mínimos detalhes, contarei brevemente para que não tome muito de seu tempo. Eu fui a uma boate e Sehun insistiu em ficar perto de mim mesmo que eu não quisesse ficar perto dele. Quando chegamos ao local, ele não parava de me seguir, então beijei um garoto com o intuito de fazê-lo desistir de me seguir, mas ao invés disso, ele quebrou uma garrafa de vinho na cabeça do garoto, fazendo com que ele tivesse de ir ao hospital.

_Eu realmente não sei o que dizer Sehun geralmente é um amor de pessoa, não sei por que ele faria tal coisa. _ Angel diz chocada.

_Você realmente não sabe que tipo de irmão tem, não é? Não se engane apenas por sua aparência e pelo jeito com que ele lhe trata isso não condiz com seu verdadeiro caráter.

_Do que você está falando?

_Você já está sofrendo demais, não quero lhe preocupar, mas uma hora ou outro você irá descobrir o que seu irmão realmente é.

_Dessa maneira você acabará por me assustar.

_Não se assuste, estou apenas lhe prevenindo do que pode vir a acontecer.

_Espero que não seja nada demais.

_Talvez para você não seja algo preocupante, apesar de eu duvidar muito.

Passamos alguns minutos em silêncio, até que o policial diz que dois de nós poderíamos o ver, Erica não quis ir, então eu e Angel fomos até lá. Chegando ao local onde Sehun nos esperava, sentamos em frente ao mesmo, que estava de cabeça baixa.

_Por que fez isso Sehun? _ Angel perguntou já em meio a lágrimas.

_Ele beijou minha garota, então ele mereceu sofrer. _ ele diz seco.

_Não foi ele quem a beijou, foi ela quem fez isso.

_Mas ele cedeu ao beijo, Erica só estava um pouco estressada, se ele não tivesse cedido nada disso teria acontecido.

_Não estou lhe reconhecendo neste momento, mas mesmo assim irei ligar para nossos pais para que eles nos mandem dinheiro para podermos contratar um advogado para você.

_Não faça isso, não quero que nossos pais saibam disso, apenas lhe peço esse favor.

_A é? E como arranjaremos um advogado sem dinheiro suficiente? Ou será que você pretende ficar ai por um longo período de tempo?

Antes que o irmão de Angel pudesse lhe responder, resolvo me intrometer.

_Angel, a Jay tem um irmão que é advogado, talvez ele nos faça um preço bom por sermos amigos de sua irmã.

_Será que ele me ajudaria? _ Sehun diz desesperado.

_Irei ligar para ela, qualquer noticia peço para que lhe avisem. Tchau Sehun e até mais.

_Tchau maninha, desculpe por isso e tchau Yoongi.

_Tchau. _ digo seguindo Angel até a saída.

Sentamos nas cadeiras e nesse momento Angel caiu em lágrimas. Olhei profundamente em sua íris, então cheguei mais perto para poder lhe abraçar.

_Isso pequena, chore chorar é bom para aliviar as dores. Mas quero que se lembre de que sempre estarei aqui para te dar carinho e amor. _ digo enquanto paço meus dedos por seus fios negros.

_Não sei o que seria de mim sem você neste momento. _ ela diz cessando as lágrimas.

_Não sei o que seria de nós se não tivéssemos nos conhecido.

_Acho que valeu a pena sentar ao lado de um garoto arrogante. _ ela diz soltando uma pequena risada.

_Acho que valeu a pena ter mudado meu jeito arrogante de ser por você.

_Que lindas palavras.

Olhamos-nos, então Angel entrelaçou nossas mãos sorrindo de canto para mim.

_Quer que eu ligue para Jay?

_Não precisa, eu ligo para ela.

Angel pega seu celular e disca o número de Jay. As duas conversam por um longo tempo e depois de Angel ter explicado tudo a garota, vejo-a desligar o celular com uma expressão alegre em seu rosto.

_Suga, ela disse que o irmão dela nos ajudaria. Uma coisa que me esqueci de mencionar é que eu não sabia que Jay tinha um irmão.

_Fico feliz por saber que o irmão dela te ajudará, e sério que você não sabia que ela tinha um irmão?

_Sim. _ ela diz rindo.

Ficamos rindo por algum tempo, até que o irmão de Jay entra.

_Olá Yoongi e olá moça, seu irmão que está em apuros, não é? Bem, me chamo Luhan e lhes ajudarei com o maior prazer. _ ele diz mostrando seu sorriso esbranquiçado.

_Olá Luhan. _ digo.

_Olá, sim o meu irmão que está em apuros. Sério, muito obrigada pelo que está fazendo por nós.

_Que nada, já lhe disse que ajudarei com o maior prazer. E seu nome é Angel não é?

_Sim, isso mesmo.

_Nome bonito, assim como a senhorita, se me permite dizer. _ ele diz e sinto uma pontada de ciúme passar por meu corpo.

_Obrigada pelo elogio.

_Não tem de que. Agora irei ver meu cliente, daqui a algum tempo voltarei. _ ele diz saindo do local.

_Eu gostava do irmão da Jay, até ele dar em cima de você. _ digo estressado.

_Ei, ele não estava dando em cima de mim e mesmo que ele o fizesse, saiba que prefiro você.

_Acho melhor que pense dessa maneira. Só irei me controlar porque ele irá ajudar seu irmão.

_Você fica tão fofo com raiva, até biquinho você faz.

_Ei, não sou fofo e não faço biquinho.

_Não discuta comigo que eu sempre estou certa.

Começamos uma pequena discussão por causa disso, mas como o imaginado, ela ganhou.

Luhan chega então fica conversando com Angel, o que faz com que meu sangue comece a ferver de raiva.


Notas Finais


Parece que alguém surgiu para atrapalhar o casalzinho ai :v
Sehun vacilou mano, sorte que Luhan apareceu para ajudar ele.
Então é isso por hoje, bjin te amo vocês e até mais pessoal <3 .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...