História Imperfectly Perfect - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Hoseok, Jikook, Jikook!flex, Jimin, Jin, Jk!bottom, Jk!top, Jm!bottom, Jm!top, Jungkook, Kookmin, Namjoon, Taehyung, Yoongi
Visualizações 212
Palavras 3.517
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hoje é dia de que? Hein? Hein?

♥ DE ATT! ♥

Espero que gostem .nhonho ♥

PS: DUVIDAS E RESPOSTAS SERÃO ESCLARECIDAS NO DECORRER DA FIC

PS²: QUEREM QUE EU FAÇA UM JORNAL? FAÇAM PERGUNTAS QUE EU RESPONDEREI ❤

PS³: QUEREM A FIC DO JK!BOTTOM? ❤❤❤

Só isso mesmo, vão ler okay? ♥

Capítulo 24 - Reconciliação?,,,,


Fanfic / Fanfiction Imperfectly Perfect - Capítulo 24 - Reconciliação?,,,,

Jeongguk acorda com JeonMin pulando em cima de si.

- Gukkie Appa! Minnie Appa voltou! Ele voltou!

Jeongguk arregala os olhos.

- O QUE?!

- Ele está na sala! Ele vai levar JeonMin e o Gukkie Appa para comprar brinquedos e sorvete!! - Jeongguk suspira, sabia que seu filho era louco por sorvete — especialmente flocos —

- Pode descer, vou me trocar...

~ ☯ ~

MinMin estava sorridente no colo de Jimin.

- Minnie Appa onde você estava por todinho esse tempo?! Eu fiquei triste! Gukkie Appa ficou triste e as vezes dormia falando de seus beijinhos!

Jeongguk cora até o último fio de cabelo, coloca as mãos no bolso do moletom e devia o olhar de Jimin.

Jimin olha para Jeongguk sorrindo, então ainda estava no coração de gelo do grandioso Maknae de Ouro?

- Ei Kookie-ah é verdade? - Jimin sorri mais ainda ao ver Jeongguk mais vermelho ainda.

- F-Fique q-quieto...

Chegaram onde Jimin queria, a grande loja de brinquedos de Busan.

- Minnie Appa!! Eu posso comprar quantos brinquedos eu quiser?!

- Mas é claro, é minha forma de me desculpar pelo tempo que passei longe okay? - MinMin confirma sorrindo, Jimin bagunça seus cabelos dando um beijo em sua testa.

- Eu te amo um montão Minnie Appa!

JeonMin corre para dentro do loja.

Estava lado a lado do Maknae, suas mãos se tocaram levemente e Jeongguk abaixou o olhar para os olhos de Jimin que estava receoso.

Jeongguk olhou para o outro lado entrelaçando os dedos com os de Jimin.

- Isso não significa que voltamos, é pelo MinMin.

- Claro. - Jimin fala sorrindo mas seu coração estava a mil, fogos de artifício iam para alto e soltava as grandes cores, e claro o Maknae não estava diferente.

Entraram na loja vendo MinMin com um grande boneco do Capitão América.

Jeongguk torce o nariz.

- Céus, você criou MinMin errado Jimin, era para ele ser Team Stark.

Jimin sorri e vê uma grande pelúcia do Homem de Ferro, era de seu tamanho!

- Ei Kookie-ah. - Jeongguk o olha e Jimin aponta para o boneco.

Jeongguk arregala os olhos corando, ele queria tanto esse boneco mas... Não tinha mais coragem de pedir para Jimin.

- O que é que tem? - Jeongguk se faz de inocente.

- Você quer não é? Olhe só sobrou um... Tem muitas crianças aqui...

Jeongguk morde o lábio inferior, suspira e então decide ser quem sempre foi.

- Jimin Hyung! Leva pra mim pro favor! - Jeongguk balançava seus ombros, Jimin sorriu grande.

Pegou o boneco e entregou para Jeongguk que sorria feito uma criança da idade de MinMin.

- Você é um crianção... - Jimin murmura e Jeongguk escuta mostrando a língua.

Ambos cessaram as risadas e se encararam, isso foi tão... Natural? Não sabem ao certo mas sabiam que era assim que agiam.

- A-Ahn... E-Eu vou ali... - Jeongguk sai rápido soltando a mão de Jimin.

Jimin suspira ele achava que tudo estava ficando bem novamente... Mas aí ele lembra de Jihyun...

Foi até MinMin e JeonMin que estavam agachados vendo um lego da Marvel.

Típico do Maknae.

- Vocês querem levar?

- Não pr-

Jeongguk é cortado por MinMin.

- Sim, sim!

Jimin ri e pega o lego olhando para Jeongguk.

- Ei Kookie-ah, quer levar mais alguma coisa? Eu disse que os dois podem levar o que quiserem!

Os olhos de MinMin brilharam mais ainda e correu até outros brinquedos.

- Você está gastando muito com MinMin...

- Não tem problema é sério! - Jimin arregala os olhos. - É só isso que posso fazer para me redimir com ele... - Jimin fala com a voz embargada.

Jeongguk se sentiu péssimo novamente.

~ ☯ ~

Já estavam na fila para pagar, JeonMin estava no colo de Jimin e os brinquedos com o pobre Jeongguk.

Jimin começava a ficar assustado, alguém estava roçando algo em seu bumbum.

Ele começa a ficar trêmulo, a loja estava cheia, ninguém ia perceber.

- MinMin, chama seu Appa... - Jimin sussurra apenas para MinMin. - Mas chama baixinho...

MinMin cutuca o maior e sussurra algo em seu ouvido.

Jeongguk estranha e olha para o menor que mordia os lábios e tinha os olhos brilhando em lágrimas.

Jimin aponta discaradamente para trás e então Jeongguk olha para trás.

Ele não sabe o que aconteceu mas só soube dar um soco no rosto daquele homem.

- Qual o seu problema?! - O homem pergunta com a mão no nariz.

A loja inteira encarava, Jimin enfim deixou as lágrimas caírem, droga... Por que isso sempre acontece comigo ?! — Pensava Jimin.

Jeongguk segura no colarinho do homem a sua frente e fala:

- Toca novamente no meu noivo que eu termino de quebrar isso que você chama de rosto! - Jeongguk lhe dá outro soco.

~ ☯ ~

Os pais de Jimin o encontraram na rua e perguntaram se MinMin podia ir com eles para tomar um sorvete e claro que o menor assentiu.

Colocaram as sacolas do carro e deixaram o casal sozinho andando, foram em Silêncio, Jeongguk seguia Jimin sem saber para onde ele iria.

Jimin se sentou em um balanço e Jeongguk no outro.

- Eu já disse que o balanço é meu lugar favorito depois que te conheci? - Jimin sorri fraco, ainda meio trêmulo pelo o que aconteceu.

- Por qual motivo? Por termos transado em um parque as três da manhã, enquanto guardas rondavam o local e felizmente não fomos pegos ou porque sempre conversamos e nos resolvemos em um?

Jimin ri alto e bate no braço do Maknae.

- Seu idiota! - Jimin grita rindo fazendo Jeongguk rir.

Ficaram quietos até Jeongguk se levantar e se agachar a altura do balanço, onde Jimin estava sentado.

- Ele não tocou em você não é? Está bem?

- Estou bem... - Jimin cora. - Obrigado, eu estava começando a ficar com medo... Sabe, eu ainda ando com isso. - Jimin mostra a pulseira.

- Que bom que está bem. - Por puro impulso o antigo Jeongguk acaricia a bochecha de Jimin que estava vermelha.

Se encararam por um tempo e sorriram.

- eu não consigo sentir raiva de você. - ambos falam juntos rindo. - e me desculpe por tudo que eu fiz, fui um idiota eu... Eu te amo... - ambos falam juntos novamente.

Arregalam os olhos ao falarem juntos novamente.

Eles gargalham, as crianças olhavam confusas, o que dois adultos estavam fazendo ali?

- Você me desculpa Kookie-ah? De coração... Olhe meu estado! - Jimin pega a mão do maior colocando em seu peito. - Meu coração está acelerado! Parece fogos de artifício! Eu... Aish, eu te amo muito, amo seu sorriso de coelho, até seu jeito insuportável quando está querendo sexo. Amo quando... Não, não amo quando está jogando Overwath, você me esquece e eu adoro do seu carinho e afagos que o faz em meus cabelos.- Jimin fala manhoso. - Eu amo sua comida! Seu jeito desastrado e quieto, na maioria das vezes inocente quando não entende algo, como disse às vezes. - Eles riem. - Sua risada... Não me canso de ouvi-la... Sua voz que soa como melodia, o jeito em que você é próximo de MinMin, é um ótimo Appa... Nos dois sentidos, e quando digo isso, quero dizer na cama também. E sei... Sei que sou o culpado, não fui fazer exame de sangue até hoje, sei que não devia estar com Choi Hyuk até hoje, todo dia enquanto eu fazia a comida da casa do mesmo... - Jimin dia a voz chorosa e embargada, estava chorando, não estava mais declarando e sim confessando. - E-Eu esperava você ir me abraçar por trás e cochichar coisas fofas e carinhosas no meu ouvido... Mas sabia que nunca ia acontecer... Eu sou cabeça dura Kookie-ah... Não quis dizer que estava cansado de você, eu quis dizer que estava... Eu só queria ficar com você o resto da vida! Não quero o Choi e sim você! Você não se importou com minhas imperfeições! Não se importou com meu dente levemente torto ou com minha voz fina, o fato que troco demais de cabelo ou de ser ciumento, de querer seu carinho toda hora ou até mesmo de quase sempre queimar o arroz. - Eles riem e foi aí que o Maknae percebeu que estava chorando. - Eu só sei fazer miojo, como você me amava assim? Enfim, sobre Choi... Irei terminar com ele... Eu não quero isso! Nunca quis Kookie-ah mas me entenda... Eu estava sozinho, o Bangtan me abandonou, minha família não foi a mesma comigo, eu não tinha ninguém... Eu não devia ter saído aquela noite... Eu prometi que voltaria.

Jimin soluçava e limpava as lágrimas sem sucesso.

Jeongguk segura seu pulso, Jimin o olha e vê o Maknae chorando, Jeongguk limpa as lágrimas do mais velho.

- Eu estarei com você para limpar suas lágrimas... - Jeongguk fala com a aviz embargada. - Me Desculpe pelas palavras que te disse a dois meses atrás... Você não pediu por aquilo eu sei... Você sofreu muito com isso... Eu via o seu sofrimento... E mesmo assim joguei tudo isso na sua cara... Sei que nunca seria capaz de me trair em sã consciência... Devia ter acreditado em você... Não devia ter deixado você sair... Não ter partido para violência... Eu... Eu... Aish... Não o amava... - Jimin arregala os olhos se levantando rapidamente, Jeongguk faz o mesmo o puxando para perto de si pela cintura.

Jimin tenta recuar chorando mais.

- Que saco, me solta. - Jimin fala baixo tentando tirar a mão do Maknae de sua cintura mas uma mãozinha não faria nada comparada a mão e força de Jeon Jeongguk.

- É... Não amava...

- Para de repetir isso! - Jimin​ dá um soco nem tão forte no peito do maior. - Eu sei que fui errado mas pare de repetir isso, não me faça acreditar que foi tudo uma ilusão!

- Não amava você Jimin... Eu amo. Amo até hoje, amava é passado e o que sinto por você é presente.

Jimin levanta o olhar para o do maior que sorria.

- Por que você me assusta assim idiota?! - Jimin o abraça, Jeongguk esconde Jimin em seu peito, o abraçando fortemente.

- Eu te amo... - Jeongguk sussurrava em seu ouvido, fazendo Jimin chorar enfim aliviado. - Amo suas imperfeições... Elas te deixam tão perfeito... Um imperfeito perfeito...

As crianças encaracam curiosas, algumas tinham olhos brilhando por achar a cena fofa.

- Isso significa que enfim voltamos Kookie-ah..? - Jimin olha pra cima com os olhinhos molhados.

Jeongguk cola suas testas.

- nós devemos voltar? Vamos ser que nem éramos antes?

- sim, eu prometo... - Jimin estende o mindinho e Jeongguk o dele, logo colando os dedos em cima.

- Vai terminar com Choi?

- Sim...

Jimin responde e Jeongguk cola os lábios nos do menor.

Estavam morrendo de saudade do beijo dos dois.

Jeongguk adentrou a língua e Jimin cedeu a passagem entrelaçando os braços no pescoço do maior.

Se separaram mas nem tiveram tempo para respirar e já colaram os lábios novamente.

O beijo era quente, perfeito.

- Eu senti saudades disso... - Jimin fala. - Choi não beija bem. - Jimin fala com um biquinho fazendo eles rirem alto.

- E você beijava ele? Como assim? - Jeongguk pergunta cruzando os braços.

- Aigo. - Jimin o abraça. - Eu te amo, você sabe que é perfeito em tudo.

Jeongguk o abraça novamente.

- Você é perfeito meu Mochi, mas prometa terminar com Choi e não falar mais com ele.

- Prometo sim... - Jimin fala sorrindo.

~ ☯ ~

Estava escurecendo então foram a um prédio abandonado de Busan, compraram umas bobagens — salgadinhos, balas e refrigerante — e deixaram de lado, estavam em pé escorados esperando o Sol se por.

- Eu ainda não acredito que estamos juntos novamente... - Jimin fala sorrindo bobo.

Jeongguk olha o menor e sorri involuntariamente.

- Isso que aconteceu conosco é o oposto de carma? - Jeongguk Pergunta curioso.

- Mais ou menos isso. - Jimin ri.

Mas mesmo assim Jimin estava Inseguro, com o pouco tempo que passou com Choi o mesmo só apontava suas imperfeições.

"Jimin coma menos... Seja mais delicado..."

"Você devia ir ao dentista, seu dente está feio demais..."

"Jimin fale direito! Sua voz é muito fina!"

"Aish... Não dá para te carregar, você é pesado!"

Jimin suspira, por quê esteve com esse homem por tanto tempo?

- Está chorando? - Ouve Jeongguk perguntar segurando seus pulsos ouvindo Jimin gemer de dor baixinho. - Jimin eu não apertei seu braço... Tem algo que quer me contar...?

- N-Não é nada... - Jimin fala e Jeongguk o encarava sério. - É sério Kookie-ah! Eu estou b-

Jimin não termina de falar pois Jeongguk levanta a manga de sua blusa vendo uns 4 cortes.

- Amor... Por que...?

Jimin puxa a manga para baixo novamente.

- Eu parei de fazer isso faz uma semana já... Está melhorando... Não vamos falar disso agora e estragar o clima... Por favor...

Jeongguk decide não falar nada então apenas abraça o menor por trás, enterrando o rosto no pescoço do menor que se arrepiou quando o mais novo cheirou.

- Eu te amo... Prometa não fazer mais isso... Não é a primeira vez... Eu lembro de quando você se cortava em 2013, pouco depois do debut...

- Você já fez isso também... Eu lembro das suas cicatrizes em 2015...

- Muitos ídols tem segredos Amor... Muitos piores do que esse...

Jeongguk beija o pescoço do menor, logo começando a dar lambidas.

Jimin sabia o que viria depois disso e então arfou.

Jeon começa a dar chupões e então já tinha a mão dentro da blusa de Jimin, arranhando seu abdômens enquanto a outra estava dentro de sua calça, masturbando o membro do menor.

- H-Hm... Kookie-ah...

Estava tudo perfeito, Jeongguk amava os gemidos de Jimin, Jimin arfava, e estava duro, a masturbação do maior era lenta no mesmo ritmo em que roçava seu membro na bunda do menor — por cima das vestes — que gemia baixo.

- E-Eu e-esperei tanto por I-Isso... A-Ah Kookie-ah... - Jimin estava quase lá.

Jeongguk forçou mais contra a entrada do menor, imprensando ele no "murinho" estavam de frente ao Sol, o céu estava alaranjado.

- Ei quem está aí?! - Ouviram uma voz alta e grossa.

Ambos arregalaram os olhos e pelo susto aconteceu algo clichê para o casal.

Jeongguk apertou a glande de Jimin que gemeu alto e gozou na mão do maior.

- Ah porra Jimin! - Jeongguk limpa na parede e pega Jimin no ombro, pegando a sacola com as bobagens e saindo correndo.

- Parados!

- Corre mais Maknae! - Jimin chutava suas costas e dava socos no ombro do maior.

- Jimin, caralho já não basta sua calça suja roçando nas minhas costas ainda vem essa?!

- Jeongguk ele tá perto! corre mais!

~ ☯ ~

Estavam ofegantes no táxi, Jimin tinha a blusa do maior para cobrir sua calça, já que a mesma ia até suas coxas.

- Jeongguk estamos chegando né? Eu preciso de um banho. - Jimin o fita.

- Já chegamos. - Jeongguk suspira. - Obrigado. - Ele paga o taxista.

Ambos saiem e entram no condomínio do maior pegando o elevador.

Eles gargalham.

- Céus Jimin! - Jeongguk limpa as lágrimas de seus olhos. - Você tinha que gozar bem naquela hora?!

- Ya! - Jimin lhe dá um tapa, mas ria também.

Entraram no "quarto" de Jeongguk, o número de seu apartamento era vinte e dois, não era nem grande e nem pequeno.

Jimin viu na parede desenhos de "mal feitos" com lápis de cor, provável que tenha sido MinMin.

Viu marcas da altura de MinMin na parede e sorriu triste.

- Como ele conseguiu crescer tanto em dois meses? - Ele dizia para si mesmo, mas Jeongguk ficou olhando. - Você cresceu... Queria ter visto...

- Ei, não fica triste... Que tal terminarmos o que começamos no banheiro?

.

.

.

.

.

- Vai Jeongguk! Mete com força!

Jimin gemia alto, ele estava com as mãos apoiadas na parede, estava bem empinado enquanto a água quente caía em si e Jeongguk.

Jeongguk penetrava com força, segurando fortemente cintura fina do menor.

- H-Hm aaa-ah! - Jimin gemia alto.

- É assim que gosta? Forte e fundo? Peça mais Baby.

Jeongguk com a outra mão puxa os cabelos ruivos de Jimin por trás.

- A-Ah, mais... Mais... Fode seu garotinho... Fode com toda sua força!

Jimin se masturbava rápido, céus era a melhor foda de sua vida.

Jeongguk entra e sai com tudo fazendo Jimin arquear as costas.

Doía? Como o inferno! E o prazer? Era grande.

Jimi se masturbava mais rápido, estava quase gozando.

Jeongguk percebe e começa a pentear lentamente.

- Não... Jeongguk não! E-Eu to quase lá...!

Jeongguk se mexia mais devagar ainda no interior do mais novo enquanto sorria maldoso.

- Foram dois meses com imprestável do Choi não é...? - Jeongguk segura os cabelos do menor, descendo beijos por suas costas molhadas.

- J-Jeongguk o que vai fazer?

- Dois meses fora a noite que teve com ele...

Jeongguk se retira do menor e abre o box abrindo uma das gavetas da pia.

Tirou de lá um dildo.

- Sabe que ainda estou com raiva não é?

Jimin geme alto ao sentir o dildo dentro de si vibrando.

- Mas nada melhor do que descontar a raiva em algo assim não é?

- O que- OH A-AAH! P-Para Jeongguk!

Jimin arqueou as costas ao sentir o membro de Jeongguk o invadindo e o "rasgando".

Quando estava dentro do menor começou a masturbar o membro esquecido do mesmo.

- Você é tão delicioso... - Jeongguk solta o membro do menor e abre mais suas nádegas fazendo Jimin gemer. - Sua entrada está tão maltratada... Tão vermelhinha... Tão pulsante...

- Está doendo... - Jimin sussurra. - Tira...

- Vai melhorar okay? - Jimin confirma respirando pesado, céus isso doía e muito!

Jimin esperou em torno de cinco minutos e movimentou o quadril para os lados.

- P-Pode ir... Mas vai devagar...

Jeongguk queria ser malvado com o pequeno mas ao ouvir o pedido atendeu o mesmo.

Se movimentou devagar enquanto fazia o mesmo com o dildo.

- H-Hm... - Jimin gemia baixo.

Jeongguk foi acelerando com o tempo e céus Jimin iria enlouquecer, realmente melhorou com o tempo e melhorou muito!

Ele sentia um prazer imenso fora os espasmos, seu segundo orgasmo do dia estava chegando.

Jeongguk estava enlouquecendo, Jimin o apertando mais que o normal e com o dildo vibrando ele goza primeiro no interior do menor.

Jimin​ sentiu um líquido quente escorrendo por suas pernas e então gozou.

Ficou ofegante e suas pernas vacilaram, Jeongguk segurou sua cintura, se retirando de dentro do menor.

Jogou o dildo no chão e encheu a banheira, desligou o banheiro e se sentou na banheira com a água quentinha.

- Estou com sono... - Jimin fala sonolento.

- Te machuquei muito? - Como sempre Jeon preocupado.

Jimin nega sorrindo fraco.

- Se as "punições" forem assim, te irritarei mais vezes.

Eles riem e Jimin continua falando:

- somos confusos... E bem te reconquistei em menos de uma semana, porque ninguém resiste aos encantos de Park Jimin. - ele sorri de olhos fechados, a voz já estava baixinha, provavelmente lutando contra o sono.

- Pois é, acho que vou ficar mais um tempo brigado com você.

- Não faz isso... Tem que ficar comigo...

Jeongguk não ouviu mais nada e percebeu que Jimin dormia.

Terminou de banhar o menor e enrolou o menor na toalha.

Se agasalhou e fez o mesmo com Jimin. Secou seus cabelos e os do menor, deitando o menor em sua cama.

Foi até a escrivaninha pegando suas alianças de noivados, colocou a sua e olhou para Jimin.

"É cedo demais para perdoar você...? Pode ser mas... Não consigo ficar mais tempo longe de ti... MinMin sente sua falta, o Bangtan sente sua falta, meus pais e meu Hyung também, eu senti sua falta..." - Jeongguk pensava.

Colocou a aliança no dedo pequeno e gordinho do menor, que se remexe na cama e puxa a coberta grossa para si.

Jeongguk ri baixo.

Sentia saudades de Jimin roubando as cobertas

Sentia saudades de Jimin queimando o arroz

Sentia saudades de Jimin lhe dando tapas enquanto ria envergonhado

Sentia saudades de Jimin roncando.

Sentia saudades de Jimin dançando GirlsGroups em seu quarto

Sentia saudades de Jimin lhe beijando

Por que as imperfeições do menor eram as coisas que Jeongguk mais gostava.

~ ☯ ~

Jimin acorda primeiro olha para cima e estranha não estar em seu quarto.

Ele arregala os olhos dando tapas e chutes na pessoa ao seu lado.

- KYAAAA! DE NOVO NÃO! EU NÃO BEBI ONTEM! JEONGGUK VAI ME MATAR!

Jimin dava socos na pessoa até ela cair da cama.

- Caralho Jimin calma! - Ele ouve a voz de Jeon e arregala os olhos.

- Desculpa Kookie-ah! - Jimin o abraça.

- Por que me bateu?! - Jeongguk coloca a mão no braço.

- Eu achei que fosse outra pessoa!

- Aish!

Jeongguk o abraça também com um biquinho nos lábios.

- Doeu, o que andou comendo? Espinafre? - ele murmura irritado.

Jimin ia responder se não recebesse uma dor enorme do quadril.

- Meu quadril... Céus Jeongguk, ontem foi a melhor noite da minha vida! Quer dizer.. acho que sempre que estamos juntos são os melhores momentos da minha vida.

Jeongguk sorri.

- Vem, vamos deitar. - Jeongguk o pega no colo enquanto Jimin ri.

Estavam morrendo de saudades um do outro mas ainda estavam "receosos" sobre isso.

Jeongguk o deita na cama.

- Eu vou pegar um remédio pra ti e-

Jeongguk é interrompido por Jihyun e MinMin.

- Appa's! Eu sabia! Vocês voltaram não é? - JeonMin pula neles e eles riem. - Podem dar beijinhos agora não é?

- Sim, podemos. - Jeongguk fala rindo e Jimin? Seu olhar ia para seu Dongsaeng.

Ele estava incomodado com a cena, ainda mais pois seu Hyung descobriu sobre sua paixão por Jeongguk.

- São noivos novamente? - Jihyun pergunta mordendo o lábio inferior.

- Teoricamente... Acho que sim não é ? - Jeongguk fita Jimin.

Jimin que estava distraído olhando seu irmão mais novo olha para Jeongguk.

- A-Ah sim, claro... - Ele sorri e volta a encarar Jihyun.

Precisavam resolver isso de uma vez.


Notas Finais


❤ ▶ CHEGUEI

TÔ PREPARADA PARA ATACAR

QUANDO O GRAVE BATER EU VOU QUICAAAR, NA SUA CARA VOU JOGAR AA E REBOLAR AA ◀ ❤

Pabllo rainha ❤

Gostaram? Amanhã terá att? Não sei, não terminei o capítulo e tenho uma prova oral de história #sofrendo odeio estudar a tarde credo

Obrigada pelos comentários e favoritos e MANO

MANO

ESTAMOS COM QUASE 200 FAVORITOS ❤❤❤❤❤

OBRIGADA ❤❤❤❤❤❤❤❤

🍡Twitter: @ Trakinas_Swan

09.08.17


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...