História Imperfeitamente Perfeito - KaiSoo - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Kai, Kris Wu, Lu Han, Sehun, Tao
Tags Abo, Exo, Kaisoo, Mpreg, Sookai
Visualizações 224
Palavras 1.068
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não sei se ficou muito bom,espero que gostem. Boa leitura XOXO

Capítulo 17 - Sixteen


Fanfic / Fanfiction Imperfeitamente Perfeito - KaiSoo - Capítulo 17 - Sixteen

O corpo de Jongin estava totalmente quente,o alfa suava e rosnava alto,olhou para Kyungsoo e viu que este já estava despido,assim como o alfa,Kyungsoo não sabia muito o que fazer mas primeiro optou por tomar o membro de Jongin pela boca,passou a língua pelo falo do alfa que estava completamente vermelho e escorria pré-gozo,e então começou as sucções no membro de Jongin,a parte do membro que Kyungsoo não conseguia engolir ele masturbava com as mãos,Jongin já estava delirando com aqueles toques em seu membro,já não conseguia mais controlar seu alfa interior,parou Kyungsoo e o fez ajoelhar no chão,se posicionou na frente do menor e começou a estocar a boca dele,eram movimentos tão rápidos e fundos,Kyungsoo pensava a todo instante em relaxar a garganta para conseguir abrigar todo o membro de Jongin,o alfa segurava com força nos cabelos de Kyungsoo e praticamente fodia a boca do ômega com toda a avidez,Kyungsoo sentiu as veias de Jongin engrossarem mais ainda e logo o membro do alfa despejou o líquido viscoso na boca de seu ômega,Kyungsoo tratou de engolir tudo.

Jongin deitou o ômega na cama o colocando de bruços,e se preparou para penetrar o mais novo embaixo de si,seu alfa pedia pelo se ômega,aquela ligação que ambos tinham se tornava mais forte e Kyungsoo podia sentir,Jongin passou o dedo pela entrada de Kyungsoo o que fez ele suspirar,o moreno tirou o dedo daquela entradinha que tanto adorava e logo penetrou o ômega,Kyungsoo sentiu seus olhos umedecerem e lágrimas se formaram por conta do incômodo,não fora preparado devidamente mas entendia que naquele momento Jongin precisava saciar seu alfa,era algo natural.

Jongin estocava Kyungsoo com força,e os músculos do menor apertavam o membro do alfa,o que deixava tudo mais gostoso.

-J-Jongin...Jongin-ah!-Kyungsoo gemeu o nome de seu alfa ao sentir sua próstata ser maltratada por aquele membro.

-MEU!-Jongin rosnou e saiu de dentro de Kyungsoo mas logo o estocou novamente indo até o fundo.

Kyungsoo já não sentia mais seu corpo,não sentia mais seus membros responderem a comandos,estava tão mole e tão entregue,Jongin o virou o fazendo ficar frente à frente para si e separou bem as pernas do menor,e logo voltou a penetra-lo,Jongin estava delirando,passar o cio atado ao seu omega era totalmente diferente,era a coisa mais maravilhosa que pudera sentir durante um cio,ele estocou mais algumas vezes e se desfez dentro do ômega,Kyungsoo sentiu aquele nó dentro de si e se permitiu a sorrir,Jongin ficou por cima dele durante alguns minutos até que o nó se desfizesse,Jongin deitou ao lado do ômega,estava ofegante,sorriu para o menor e beijou a testa do mesmo.

-Obrigado.-Jongin disse antes de cair no sono do cansaço.

Kyungsoo se levantou com dificuldade,sentia dores pelo corpo todo mas precisava ligar para Sehun,teria de avisar alguém que seu alfa estava no cio,não avisaria diretamente os pais do marido pois a vergonha tomava conta de si.

"Jongin!"-Ouviu a voz Sehun do outro lado da linha.

"Sehun-ah,sou eu, Kyungsoo."

"Oh,Kyungsoo como vai?"

"Eu estou bem,obrigado Sehun-ah,e LuHan como ele está? Está tudo bem com ele e com seu filhote?"-Kyungsoo perguntou ao se lembrar de LuHan esperava um filhote de Sehun.

"Estão todos muito bem Kyung,mas o que devo a honra da sua ligação?"-Sehun perguntou divertido.

"É que bem,Jongin não está bem entende? Ele...ele entrou no cio Sehun"

"Oh sim,o macho alfa entrou no cio então? Está bem Kyung eu irei deixar avisado para o pai dele que ele está nesse estado e não poderá ir trabalhar,não se preocupe okay."

"Oh obrigado Sehun-ah,mande lembranças a LuHan logo eu irei visitar vocês e..."

-KYUNGSOO!-Kyungsoo ouviu Jongin rosnado seu nome,ele estava acordado novamente e não era só ele quem estava acordado,seu membro estava completamente duro e ereto.

"Sehun eu preciso desligar"

"Cuide bem desse alfa Kyung,qualquer coisa me ligue"

Kyungsoo deixou o celular em cima da cômoda e voltou para a cama onde um Jongin necessitado o tomou pelos lábios.

-Senta em mim,rebola em mim Soo!-Jongin disse se encostando na cabeceira da cama e segurando o corpo de Kyungsoo pela cintura,o ômega hesitou por um segundo mas logo acatou o pedido.

-Ahn...-Kyungsoo gemeu ao sentar de uma vez no membro de Jongin.

-Você é tão...apertado,você é meu!-Jongin disse e mordeu um lado do pescoço de Kyungsoo onde não tinha marca alguma,Kyungsoo havia ganhado mais uma marca em seu pescoço.-Meu,meu!

O cio de Jongin durou por todo um dia,e por toda a casa só se escutava a cama rangendo,Kyungsoo gemendo e Jongin rosnando,Jongin havia fodido Kyungsoo na parede,na cama,no sofá,na banheira,definitivamente um cio com seu ômega era algo magnifico,o corpo de Kyungsoo estava cheio de marcas,e seu pescoço tinha uma nova mordida,o menor estava tão exausto do dia que tivera com seu alfa,que quando teve oportunidade simplesmente desmaiou ao lado de Jongin.

O alfa acordou na manhã seguinte e se sentia um pouco cansado,mas sorriu ao lembrar do seu primeiro cio ao lado de Kyungsoo,olhou para o menor e seu sorriso sumiu ao ver o pequeno corpo todo marcado,haviam marcas roxas e avermelhadas,e notou uma segunda mordida no pescoço de Kyungsoo,agora seu omega era duas vezes mais ligado a ele,aquilo era possível? Para Jongin sim.

Jongin,se levantou e foi até a cozinha,onde preparou o que pode de café da manhã,ele e Kyungsoo não comeram por um dia todo,seu estômago já havia criado um buraco negro de tanta fome,subiu com a bandeija e a colocou em cima da cama.

-Carinho...acorde.-Jongin disse beijando todo o rosto de Kyungsoo.-Meu amor,está na hora de comer.

-Huuuum.-Kyungsoo se revirou e lentamente abriu os olhos.-Jongin!

-Ei meu amor calma,o cio já passou,se sente,eu trouxe comida para nós,vamos comer aqui no quarto,você não tem condições de se mexer por enquanto.-Jongin disse e trouxe a bandeira para perto.-Aqui tem de tudo um pouco,coma bem.

-Obrigado Nini,mesmo depois do seu cio,você estando cansado,ainda pensou em cuidar de mim.

-Carinho,eu vou cuidar de você mesmo que com 90 anos,eu que devo lhe agradecer,você passou o cio comigo,olhe para si mesmo está todo cheio de hematomas que eu fiz.-Jongin disse dedilhando cada marca no corpo de seu ômega.

-E eu não me importo nem um pouquinho sequer,eu vou passar todos os cios com você esse foi só o primeiro,e essas marcas servem para mostrar que eu pertenço a você.

-Isso é meio masoquista,carinho.-Jongin disse e Kyungsoo riu.-Eu fiz uma nova marca em seu pescoço está ligado duas vezes mais a mim.

-Isso é possível?

-Claro,você me pertence de alma,corpo e coração meu amor,agora duas vezes mais.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...