História Império - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Psicose
Personagens Personagens Originais
Tags Trafico
Exibições 4
Palavras 1.094
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, essa é minha primeira história, espero que gostem... não liguem muito para os erros de português, e até mais.

Capítulo 1 - Capítulo 1


  O Meu helicóptero, desce na minha pista de pouso na minha casa no Rio de Janeiro, segundos antes da porta se abrir eu vejo meu reflexo da janela, meus cabelos negros e lisos

estávamos brilhosos e lindos como nunca, meu óculos escuro escondia meus olhos pretos, minha pele é bronzeada. Joguei meu cabelo para um lado só e então se viu um brilho no meu dedo, meu anel de ouro, apesar de pequeno chamava atenção e todos. Então a porta se abriu e eu desci com um magnífico salto muito alto e um vestido preto, que mais parecia um cropped e uma saia longa.

  -Cleópatra -Ouço um grito, e então apareceu um grupo de pessoas, vieram até meu encontro pra me cumprimentar.

  Avisto de longe vindo um homem de 1,80 moreno, alto, de corpo definido, com a pele um tom um pouco mais leve que o meu, Logo ao seu lado e encontram um Loiro, pela clara, um pouco mais alto que o moreno 1,85, com traços fortes e marcantes, ao outro lado do moreno está uma moça de 15 anos( com cara de 18), alta 1,70, pele bem clara e cabelos castanhos escuro, olho verde, estava de salto e vestido floral longo, ao lado da moça estava um outro homem, esse com uma cara sedutora e mal ao mesmo tempo, olhos e cabelos preto e liso, forte e alto 1,83.

  Que falta de educação a minha, vou me apresentar, sou Katherine Scott, mais você deve me conhecer por Cleópatra, tenho 15 anos, e sou a chefe do tráfico Brasileiro, eu mando aqui, e acredite sou muito mais perigosa que a máfia inteira, apesar de ser boa com qualquer arma, minha especialidade é facas. A minha frente está Euller Garcia, ou como você sabe conhece-lo, Vagalume, ele é meu braço direito, e cuida de tudo quando estou fora, sua especialidade é armas de fogo. O Loiro ao seu lado é Henrique Martins, A Fenix,nosso sicario, sua mira é considerada perfeita. Ao outro lado do Vagalume está a Fernanda Gonçalves, Nox,  ela é nossa inteligência, nossa racker, nossa proteção cibernética. Ao lado de Nox está Eduardo Abraão, Nosso cobra, especialista em artes marciais.

Eles vem me cumprimentar na ordem de sempre, Vagalume primeiro.

  -Vagalume -O abraço, mesmo de salto ele tem que se abaixar um pouco (tenho 1,60)

  - Fênix -Ele me abraça e me da um beijo no rosto.

  -Nox -Ela me abraça com todas suas forças, como se não nos vissimos a séculos.

  -Cobra - Ele veio me abraçou e me ergueu e me rodou.

   -Estava com saudade- Cobra diz me colocando no chão.

   -Todos estávamos -Diz Nox entrando no meio da conversa.

  -Principalmente Eu -Diz uma voz masculina vinda de dentro da casa, vejo alguém forte e alto, muito parecido comigo.

  -Natan eu não sabia que você estava em casa- Natan é meu irmão mais velho ele tem 19 anos.

  Eu e Natan Herdamos todas as empresas de meu pai, ele era o cara mais rico da cidade, porém eu herdei algo que meu irmão nem sabia que existia, herdei o Império, esse é meu primeiro ano como como chefe, e um dos meus desafios é enganar Natan, não será nada fácil.

  -Não vai cumprimentar seu irmão? -Ele diz abrindo braços pra mim lhe dar um abraço.

  -Bobão -Falo e o abraço.

  -Bem, eu ja vou indo, tenho que cuidar das coisas da empresa. -Diz Natan

  -Vai lá maninho -Ele me da um beijo na testa e sai.

  Logo após de eu ver meu irmão saindo de casa falo

  -Vamos almoçar, quero saber como foram as coisas nessa semana que estive fora -Falo olhando pra Fernanda (Nox)

  -Vamos - o Fenix disse.

  -Vocês não, eu vou almoçar com a Fernanda, vejo vocês mais tarde.

  -Por que? -Ele perguntou

  -Primeiro porque alguém tem que cuidar dos novatos. -Falo

  -E Segundo -Fala o Fenix

  -Porque eu estou mandando -Falo seria e depois faço sinal pra eles irem. Todos saíram e então Jaime  (meu mordomo) chegou

  -Srta. Scott deixou que eu leve suas malas. - Ele diz

  -Obrigado Jaime. -Digo

  -Srta. Scott seus amigos já foram. -Falou Laura (governanta). Laura cuidou de mim desde que nasci ela é como uma mãe pra mim, e claro ela sabe do Império desde o começo.

  -Obrigado Laura, vá la em cima e desfaz minha mala. -Digo

  -Sim Srta. Scott -Ela diz e sobe às escadas em direção ao meu quarto.

  -Vamos Fernanda - Digo para a Nox

  -Claro -Ela diz indo em direção a porta.

 

  Chamo o meu motorista e vou em direção ao carro, fomos em total silêncio quando chegamos para quebrar aquele silêncio amedrontador a Nox diz.

-Kath você esteve muito tempo fora de casa.

- Não importa onde estamos, nossa mente é nosso lar -Digo

Entramos em um restaurante, um garçom me viu e me levou até minha mesa -em troca de proteção eles me cedem uma mesa longe da outra silenciosa, e o silêncio deles mesmo, o que eles ouvem não sai dali.

-Fernanda vamos direto ao ponto, me fale sobre a outra facção, quero saber tudo. -Digo com pressa

-Katherine - Ela diz e me entrega uma pasta.

Eu abro a pasta e então vejo quatro fichas:

-------------------------------------------------------------

APELIDO:ÔMEGA

NOME:DESCONHECIDO

FUNÇÃO:CHEFE

-------------------------------------------------------------

APELIDO:BETA

FUNÇÃO:BRAÇO DIREITO DO CHEFE

NOME: DESCONHECIDO

-------------------------------------------------------------

APELIDO: ALFA

NOME: DESCONHECIDO

FUNÇÃO: SNIPER

-------------------------------------------------------------

APELIDO: KAKAU

NOME: IONARA MARTINS

FUNÇÃO: GAROTA DE RECADOS

-------------------------------------------------------------

Olhei para Nox e vi o olhar de decepção dela.

  -O que mais sabemos sobre essa Ionara? - Pergunto

-Nada- ela disse

  Chamei o garçom e deixei 50 reais na mesa, logo após sai, deixando ela sozinha.

  Fui até a empresa, onde encontrei com meu irmão, nos dois resolvemos problemas.

  Já era umas 17 horas quando sai e fui até a delegacia, la me encontrei com o delegado.

  -A que devo a honra -Ele diz.

  Eu jogo um pequena ficha, a ficha de Ionara na mesa dele.

  -Quero saber tudo sobre ela. -Digo batendo o dedo sobre a ficha.

  O delegado pega a ficha e faz um sinal positivo com cabeça.

  Estou prestes a sair quando ele pergunta

  -Pra quando?

  -Pra ontem - Digo e saiu

  Vou até a praia, a essa hora e nesse clima, não tem ninguém aqui, tiro meu sapato e caminho sobre a areia, um vento leve toca minha pele, e eu ouço as ondas do mar nem de leve a marisia chega até meus pés e volta, a água é fria, mas não muito, por um momento único me sinto livre, sem problemas.

  Quando de repente alguém chega por trás, pega na minha cintura e tampa minha boca.

  Eu viro um pouco a cabeça pra ver quem é e vejo....


Notas Finais


Me ajudem a escrever a história, me dando dicas, ou me falando o que querem que aconteça...bjoss...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...