História Império De Cartas - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias The 100
Personagens Anya, Bellamy Blake, Clarke Griffin, Dra. Abigail "Abby" Griffin, Lexa, Octavia Blake, Raven Reyes
Tags Aob Dynamic, Austrália, Baralho, Cartas, Clexa, Dapperlexa, Finestudlexa, G!plexa, Império, Linctavia, Ranya
Exibições 42
Palavras 1.082
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Mistério, Policial, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


1. Primeiramente, fora Temer!
2. Então gente, primeiro lugar eu quero avisar para as pessoas que acompanham minha outra fanfic ‘’Cartas do Passado’’, ela será atualizada essa madrugada ou amanhã. O real motivo é que estou na reta final da escola técnica e de uns meses pra cá tive que ficar tempo integral e os dias que aconteciam ocupações, eu escrevia vários capítulos mas acabava não postando.
3. Eu estava com essa ideia da fanfic há um bom tempo atrás mas nunca cheguei a botar as ideias no rascunho. Final do mês passado eu comecei e fiz várias tentativas de capítulos, mudei enredo, mudei característica de personagens, enfim.. Até que finalmente cheguei em um acordo com a minha mente e reescrevi toda a histórias e os três capítulos a mais que tinha feito. Deu muito trabalho!
4. Já tinha ouvido falar dessa dinâmica em fanfic chamada AOB (Alfa, Ômega, Beta) e li muitas fanfics, gringas também, para me informar melhor. Acabei gostando e decidi juntar isso a essa nova fanfiction, e devo admitir que as coisas ficaram mais emocionantes. A dinâmica em si é muito complicada, no decorrer da história eu vou contando pra vocês.
5. Esse tópico tem ligação com o terceiro, só não botei ali porque ficaria muito longo. A questão é a seguinte, muitos autores tratam a AOB de maneiras diferentes, e eu vou seguir esse exemplo. Vocês saberão a diferença pois será explicado na história ou nas notas do autor.
6. Gente, eu não me incomodo com qualquer tipo de comentário, mas só quero deixar avisado que se você não curte Intersexualidade(G!P) ou não gosta da dinâmica, ou até mesmo do estilo da história. Por favor, não venham nos comentários falar mal, se não gosta apenas não leia. Será diferente se em algum capítulo você não tenha gostado do rumo que levou ou até mesmo da ação de um personagem.
7. Vamos agradecer por ser final do ano e eu já estar passada, tenho que aguentar apenas mais duas semanas de aula. Então, vamou deixar avisado que não sei se irei atualizar nessas duas semanas, porém, depois vai vir capítulo atrás de capítulo porque eu tenho alguns preparados.
8. Já imaginei algumas cenas com uma música de fundo, vou deixar para vocês no link e se quiserem faço uma playlist no Spotify,
9. A fanfic será postada em breve no Wattpad

Capítulo 1 - Capítulo 1. (Prólogo)


Fanfic / Fanfiction Império De Cartas - Capítulo 1 - Capítulo 1. (Prólogo)

New South Wales, Sydney - Austrália.

Império; do latim imperium = poder autoridade, palavra que segundo o dicionário, indica um Estado que é governado por um imperador. Também pode indicar um território vasto de uma só nação, independentemente do seu formato de governo.

Cartas. O Baralho; conjunto de cartas em um jogo. Na maioria das vezes, ganha aquele que possui o conjunto de maior pontuação.

...

''Sr. Alexander'' o homem com cabelos grisalhos falou, chamando a atenção de seu chefe ''Fui informado que Jake Griffin já chegou. Devo mandá-lo subir?

''Obrigado, George. Pode o mandar subir e não se esqueça de oferecer alguma bebida para nosso convidado''

George fez uma reverência e desceu as escadas do iate, indo de encontro ao Sr. Griffin que esperava nas docas. Alexander pegou seu copo de uísque e retornou a olhar a magnifica paisagem na sua frente. Seu luxuoso iate estava parado nas docas, a parte descoberta estava de frente para a famosa Casa de Ópera de Sydney e a ponte Harbour. Uma arquitetura de dar inveja.

Estava anoitecendo tornando tudo ainda mais lindo, Sydney inteira começava a iluminar. O céu com tons de laranja e azul combinava com as luzes que iam se acendendo pela cidade. Não demoraria muito para que tudo ficasse escuro, sendo banhados pela luz da lua e das luzes dos pontos turísticos. Austrália é um lugar que tira seu fôlego e isso seria algo que Alexander nunca cansaria de assistir.

Jake pigarreou atrás do homem, que na mesma hora virou com um sorriso amigável. ''Ora ora, mas veja se não é o grande Jake Griffin, dono do segundo maior império da Austrália.'' Alexander depositou seu copo na mesa ao lado e recebeu o amigo com um grande abraço de urso. Jake deu uma rosnada pela tamanha força do Alfa e pensou que estava prestes a ter todos seus ossos quebrados.

Alexander se afastou rindo. ''Perdão, sempre me esqueço de como nós alfas temos uma tendência a ser fortes''. George preparou um copo com uísque e gelo e entregou para o Sr. Griffin. O alfa fez menção para que sentassem no sofá ao lado. ''Espero que tenha gostado de visitar Sydney novamente, uma pena Abby não estar presente''

''Abby fica a cada dia mais teimosa, sabe. Acho que é efeito da gravidez'' Os dois riram ''Ela disse que não quer que sua bolsa estoure aqui, com todo o respeito, prefere que nossa herdeira venha nos hospitais de Melbourne. Eu lhe disse o contrário, tentei argumentar dizendo que Clarke poderia até nascer em Brisbane, contanto que seja na Austrália está tudo ótimo. ''

''Catelyn também foi assim, diga-se de passagem, minhas duas meninas nasceram em Sydney por pura teimosia de minha esposa. Não contestei é claro, ambas são alfas, herdaram quase todas as características da minha família'' Alexander comentou sorrindo ''Tenho um orgulho por elas, são as mulheres da minha vida''

Os dois alfas jogaram papo fora, comentavam sobre jogos, sobre amigos e até relembravam algumas memórias da infância. Passado algumas horas, Jake levantou-se e encarou o amigo.

''Bom, acho que já podemos ir para o ponto principal, estou ficando cansado e preciso ligar para Abby antes que ela comece a ter um surto achando que estou a traindo''

'' Claro claro. Prometo não tomar muito do seu tempo agora'' Alexander levantou-se e ficou de costas para o amigo, reparando nos detalhes da ponte Harbour ''Como sabe, meu império e o de Azgeda esta indo de mal a pior. Eles querem dominar tudo, conquistar tudo o que é meu e de meus ancestrais. Nos últimos meses resolvi fazer um acordo de paz, mas eles recusaram e prometeram jogar sujo. Muitos de meus homens morreram, assim como os deles. Nossos recursos estão se esgotando e isso não é nada bom. E é ai que você entra meu amigo. ''

O alfa agora havia se virado com uma expressão séria. Jake não esperava que o assunto fosse mais leve, afinal, era só em casos de emergência que Alexander o fazia sair de Melbourne e ir até Sydney ou qualquer outro lugar do país.

''Quero propor uma aliança entre nossos impérios. Algo que vou ser obrigada a admitir é que nunca vi o posicionamento dos Griffin quando essa guerra começou, enquanto eu estou na esquerda, Azgeda na direita, vocês estão no meio. Já mataram meus homens, mas também mataram Azegda. Já fizestes acordo com eles, mas a verdadeira amizade é comigo. Eu preciso do seu total apoio agora, Jake.''

''Está me pedindo para dar um passo para a esquerda?''

‘’Estou lhe pedindo que se vire e caminhe para a esquerda. Não pretendo começar um banho de sangue com Azgeda, porém não posso garantir isso da parte deles. Minhas empresas estão enfraquecendo em relação à resistência e armas, e nós dois sabemos que juntos podemos colocar o inimigo em seu lugar. Eles que compraram essa briga há anos atrás, Jake, e não eu. ’’

‘’E o que me da certeza que não serei traído caso ocorra essa aliança?’’ O alfa o olhou desconfiado e Alexander sabia que, pelos hormônios que ele liberava, poderia atacar a qualquer momento. ‘’O real motivo de meu império estar no meio é fomos traídos por ambos e você sabe disso. Apesar de que nossa história foi há anos atrás, com o seu avô. ’’

‘’Tens total minha palavra e meu voto de nunca mais lhe trair, Griffin, prometo servir e zelar pela paz de ambos os povos. O nosso povo. Porém, tem algo que gostaria de esclarecer antes. Como você sabe, por séculos e séculos meus ancestrais tinham o costume de selar a aliança com algo diferente, era escolhida uma pessoa de minha linhagem e outra pessoa da linhagem que faríamos a aliança. As duas eram submetidas ao casamento e geravam herdeiros que comandariam ambos os lados. ‘’

Jake estranhou o rumo da conversa e cruzou os braços, esperando que seu amigo entendesse o recado e chegasse logo ao ponto que queria.

‘’O que digo é, quero propor esse esquema na nossa aliança. Minha filha mais nova é uma alfa, gosta de me ver trabalhar tenho certeza que no futuro será uma grande comandante de meus bens. E, bom, não duvido que sua filha seja uma ômega, afinal foi um milagre você ter nascido alfa e quase toda família de Abby é composta por ômegas. ’’

‘’Alexander, você quer dizer qu... ‘’

‘’Sim, estou lhe propondo que a nossa aliança complete a última etapa com um casamento entre Alexandria e Clarke. ‘’


Notas Finais


Espero que tenham gostado desse prólogo ;)
XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...