História Império negro - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~SaraHime

Postado
Categorias Naruto
Personagens Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Inochi Yamanaka, Itachi Uchiha, Izuna Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Kurama (Kyuubi), Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Mebuki Haruno, Menma Uzumaki, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Temari, Tsunade Senju
Tags Gaaino, Itasaku, Naruhina, Nejiten, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 190
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente quem tá postando o capitulo hoje é a Sara ele foi feito com muito carinho, torcemos para que gostem, sintam-se a vontade para comentar, vamos ficar felizes em responder beijo.

Capítulo 3 - O acordo.


- Oh! -Começou ele com deboche- olha quem veio aqui, Sakura Haruno, princesa do Clã Haruno ou... mais conhecida como Anjo da morte! Bem você para mim parece ´´frágil´´.

Ela ficou com a expressão de raiva, odiava ser chamada de frágil só porque era uma mulher que liderava as tropas do seu Clã. Ela se segurou para não degolar o mesmo.

-Não me diga. Um general do meu exército, nem sequer pode derrotar uma menina como você! São uns inúteis mesmo! - Disse ele a provocando.

- Há...- murmurei engolindo em seco.

´´a aura assassina em torno dele me deixa sem fôlego´´ pensei.

 

Lá estava eu a princesa do Clã Haruno passando por essa situação, enfrentando nesse momento um inimigo do meu povo, arrogante, frio e pior parece fazer piada com a situação ainda tem a audácia de me chamar de frágil, só por que sou mulher, deveria me tratar com mais respeito também sou da realeza, homem prepotente. Pensava ela enquanto ouvia as palavras dele.

 

-Bem recebe a mensagem de vossa majestade, e vim imediatamente, o conflito já tirou muitas vidas do meu Clã, para falar a verdade de ambos os lados, por isso imaginei que talvez o motivo para esse encontro fosse um acordo de paz? – Falou Sakura com segurança na voz, aguardando a resposta de Sasuke.

 

-Acordo de paz, do que fala, não viu o tamanho de meu exército menina?  – Disse ele com ironia na voz. – Posso ter o que eu quero a hora que desejar, a qualquer momento posso ordena-los para que voltem lá e acabem com que sobrou do seu Clã. – Falou ele se levantando de seu trono.

 

Não acredito quanta arrogância da parte dele, só por que tem um exército a sua disposição, parece um tipo de criança mimada que quer tudo com estalar de dedos, então é assim que um futuro imperador se comporta? Ele não pensa nas pessoas que já morreram, inclusive de seu exército? É um completo tolo, só rezo para que ele não cite nenhum tipo de pedido insensato. Pensava ela nervosa enquanto a irritação e o ódio cresciam, observando-o se aproximar.

 

-Não vai falar nada? – Perguntou ele a sua frente.

-Falar o que? O senhor me parece bem seguro com suas palavras se tem tanta certeza de sua vitória, por que já não o fez? – Falou ela com raiva na voz, logo em seguida arrependendo-se, não conhecia o homem a sua frente, mas sabia que ele era perigoso. - Para falar a verdade não entendo o motivo dessa conversa. - Disse ela por fim olhando em seus olhos.

 

Sasuke tinha vontade de pega-la pelo pescoço e matá-la como ela ousava falar com ele daquela maneira ainda mais olhando em seus olhos, era uma mulher, mulheres deveriam ser submissas, e não desafiadoras falando de igual para igual com os homens, quando o seu General falou que quem liderava o exército do Clã Haruno era uma mulher sendo que a mesma era a princesa não pode acreditar, tinha que conhece-la o mais rápido possível saber que tipo de pessoa era essa que se meteu em seu caminho foi mera curiosidade, pensou em todas as possibilidades menos um ser de beleza tão exótica, e com língua afiada, mesmo com o ímpeto de matá-la não podia negar era bela e cheirava a desafio.

 

-Você deveria tomar cuidado com suas palavras, sabe quem está em vantagem aqui, não é? – Disse ele levantando a mão para pegar em seu queixo.

-Tenho consciência disso. – Falou ela se afastando rapidamente dele quando ele fez menção em toca-la. – Mas por isso mesmo, falo novamente em acordo, meu povo já sofreu de mais você já os fez ver sua força por que não para? - Falou ela com certa calmaria.

-Por que eu não sou assim. – Respondeu ele com certa raiva pela distância que ela impôs, passando a mão em seus longos cabelos negros. – Eu não gosto de sair de uma batalha sem nada, falou ele a olhando de cima a baixo, observando agora com calma o belo kimono que ela usava, era de seda branco com algumas flores de cerejeira na barra das mangas e da saia, era amarrado com uma faixa rosa de tom mais escuro, nos cabelos havia um coque.

            Sasuke se via hipnotizado por ela, as suas curvas eram visíveis e ficou imaginando na beleza que existia por debaixo do kimono, não poderia deixa-la ir embora, foi nesse momento que pensou em algo.

 

-Deseja salvar o seu povo princesa? -Perguntou com divertimento na voz.

-Mas é claro que sim é meu dever. - Respondeu ela convicta, achando que poderia sair da tenda com boas notícias.

-Você falou em um acordo e tenho. – Falou ele voltando a se sentar em seu trono- Se torne minha serva pessoal venha comigo para o meu palácio, irá me servir QUANDO, ONDE e da MANEIRA que eu quiser, e em troca mandarei retirar as minhas tropas imediamente da região e não farei nada a seu Clã, você terá minha palavra, do contrário acabo com todos. – Disse ele olhando-a.

-O que? – Falou ainda tentando assimilar o que acabara de ouvir- “serva pessoal” – repetiu ela - Isso é um absurdo eu sou uma princesa, não tem cabimento. -Falou Sakura sem acreditar colocando uma das mãos em seu peito. – Meu reino é muito rico por que não tentamos outro tipo de acordo? -Perguntou ela com certo nervosismo.

-O acordo que quero é esse, você tem até o amanhecer para me dar a resposta, se não me disser sim já sabe o que vai acontecer, amanhã não haverá mais Clã Haruno, agora me diga você será capaz de conviver com isso princesa? – Perguntou ele de braços cruzados. – Saber que a salvação ficou em suas mãos e você disse não. – Falou ele com um sorriso sem sentimento, lhe lançando um olhar frio.

-Que garantias eu teria que você cumpriria sua parte? – Perguntou ela dando um passo à frente.

-Minha palavra basta. – Mas se ainda não tiver certeza, pense um pouco você tem até o amanhecer, para me dar a resposta. – Disse ele por fim com divertimento na voz.

Continua..

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Bom por hoje é isso, nos digam o que acharam beijo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...