História Império Uchiha - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Anko Mitarashi, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Izumi Uchiha, Kabuto, Kakashi Hatake, Karin, Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Mikoto Uchiha, Minato "Yondaime" Namikaze, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Sarutobi, Sasuke Uchiha, Tsunade Senju
Tags Gaasaku, Itasaku, Sasunaru, Sasusaku
Visualizações 183
Palavras 1.255
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 26 - Uma guerra


Sakura

- é que....você sofreu algum abuso sexual?

- NÃO! FALA LOGO

- você está grávida!

Grávida?, Eu grávida?, Do Sasuke?. Não, não, é mentira, eu não posso estar grávida do Sasuke! Não! Dele não!.

Eu acho que tô passando mal.

- eu tô passando mal... - eu seguro firme o colchão da maca

- respira, eu sei que é um choque - o médico tenta me acalmar

Eu criei um laço com o Uchiha.... não, isso é um sonho né?! Um sonho que tá mais para um pesadelo.

Claro a criança não tem culpa de nada, mas um filho com o Uchiha, com a pessoa que eu mais odeio e ainda mais com essa idade que eu tenho. Sasuke pode ser preso por causa disso, e isso até que não seria uma má ideia, mas eu quero que meu filho tenha um pai que não esteja na cadeia. Mas eu não quero que Sasuke saiba dessa criança. É TUDO TÃO CONFUSO!...eu preciso pensar

- quer um copo d'água? - o médico pergunta

Eu faço um sim com a cabeça. O médico sai da sala e volta com um copo d'água nas mãos. Pego e bebo com se fosse a última água do mundo.

- Sakura - alguém atrás do médico me chama

Um homem de cabelos vermelhos, olhos claros, claros igual ao céu claro. Gaara, você não mudou nada. Fico feliz em vê-lo de novo. Parece que o tempo não passou para ele, bem, passou sim na verdade. Ele ficou mais gostoso.

- Gaara...- falo gentilmente

- quanto tempo - ele se aproxima de mim

- é faz tempo....

Eu e ele trocamos olhares, mas não por muito tempo. Olho para baixo e coro. Ele não mudou nada. Sorte, porque eu não gosto de mudanças, se ele tivesse mudado eu sinceramente não sei com eu iria aguentar.

- o que que ela tem? - Gaara pergunta para o médico

- ela está...- eu logo corto o médico

- Mal! - Gaara olha para mim - mal por causa do calor

- é isso doutor? - Gaara pergunta

É, definitivamente ele não mudou. Ele sempre quer ter certeza.

- é...é isso - o doutor fala meio desajeitado

Fico feliz que o doutor respeitou minha decisão de não contar. Se Gaara soubesse da verdade, ele iria querer saber quem é o pai, porque eu engravidei tão cedo e outras coisas. Imagino a confusão que isso ia dar. “Haruno Sakura grávida do príncipe Sasuke!”.

Eu até que tenho um plano, mas vou precisar da ajuda do Gaara, mas para isso ele vai ter que saber da verdade. Ou meia verdade. Eu posso falar que engravidei de um camponês qualquer e que ele não quis saber da criança, assim posso pedir para o Gaara me ajudar a criar essa criança. Só criar mesmo, não precisa ele se casar comigo ou me amar, só quero ajuda. Só tem um problema em todo esse plano, minha mãe. Conhecendo Gaara como eu conheço, vai querer saber se minha mãe sabe e se eu falar que não, ele vai querer mandar uma carta para ela avisando, e se eu falar que sim, ele vai querer trazer minha mãe até aqui. Merda, um plano perfeito, não sendo perfeito.

- Nós precisamos conversar - Gaara fala

- aqui? - eu encaro o doutor

- Você já pode ir, e tome cuidado - ele tenta falar em código

- sempre tomo - Gaara estende a mão para me ajudar a levantar

Eu estou esperando o tanto de pergunta que Gaara vai fazer. Eu vou ter que mentir um pouco, mesmo não querendo.

- vamos para a sala do trono - ele segura minha mão e me guia até lá

Gaara se senta em seu trono enquanto a mim ficava em pé ao seu lado. Estou me sentindo um pessoa importante estando do lado de Gaara

- então o que aconteceu? - ele pergunta

- é uma longa história

- eu tenho tempo - ele sorri

[....]

A versão que eu contei para Gaara foi essa.

“Izumi (ele a conhece) sabendo que minha família não tinha muito dinheiro, me recomendou ao líder do país do fogo. Depois de ir morar no castelo, o príncipe Sasuke me convidou para sua festa particular, eu recusei claro, mas ele ficou insistindo e acabou me irritando, e acabei criando um ódio por ele.

Depois de um tempo o príncipe Sasuke tentou o suicídio, por causa de uma pessoa. Mesmo o odiando fiquei preocupada, sabe que eu sempre me preocupo com qualquer pessoa, até mesmo alguém como ele. Só que ele não ligou para minha preocupação.

Ele me humilhou. Então voltei para casa e avisei a minha mãe que queria ir para cá. E ela aceitou, e a convidei para vir junto comigo, mas por algum motivo ela não quis.”

Foi isso que eu falei para ele e ele acreditou, porque ele confia em mim e eu não teria motivos para mentir para ele. É isso que ele acha

E eu não contei que estou grávida, acho melhor esperar um pouco. Não quero que todos já fiquem sabendo. Porque você conta para alguém e depois todo mundo fica sabendo. Se sasuke souber, ele vai ter que matar o bebê. Meu filho não tem culpa de nada. Nada.

- você quer vingança? - ele me manda essa do nada

- não! Digo, é que vingança não vai adiantar em nada - mentira!

- o que?! Alô eu quero falar com a minha Sakura - eu rio

- certo, eu quero vingança

- agora estou falando com a minha Sakura!

- você tem um plano?

- já tinha esse plano a anos

Anos? Como assim.

- como assim anos?

- os Uchihas não merecem estar onde estão, por isso eu vou começar uma guerra

Guerra? Meu filho vai nascer no meio de uma guerra.... guerra dura anos. Uma criança que nasce e cresce no meio de uma guerra fica traumatizada e fica ainda mais sabendo que o pai dela é um filho da puta.

- uma...guerra?

- sim, a gente já tem uma informante lá

- quem?

- acho que você a conhece - ele se acomoda mais em seu trono - ela se chama Tsunade, Senju Tsunade

Tsunade! A maluca, como que ela pode ser uma informante sendo daquele jeito. Mas é claro, ela é a última do clã dela, ela não tem o que perder

- sim a conheço

Gaara não fala nada. Ele olha para frente. Ele parece estar pensando.

Uma guerra, um filho a caminho, sasuke, itachi, Izumi, o filho de Izumi. Por falar nele, será que Itachi sabe que vai ser pai? Espero que ele não mate o bebê. Mas itachi não mataria o filho. Assim espero.

Fico imaginando se sasuke fosse igual itachi. Ele seria tão melhor se fosse igual ao irmão. Se fosse igual a itachi, eu falaria que eu estou grávida e a gente seria uma família feliz, bem, tem o pai dele, então a gente nunca seria feliz.

Esse mundo só joga com as regras dele. Mas se eu fosse o mundo teria que jogar com as regras dele. Então vou jogar conforme as minhas regras. Agora eu sou o mundo. O mundo injusto.

Filho, juro que vou te protejer de todos. Dos Uchihas, do seu pai, do seu avô e de todo o resto.

Para proteje-lo vou precisar treinar. Claro, treinar com cuidado para não acontecer algo de ruim para ele. Filho, por favor poxa a mamãe, não ao papai. Mas mesmo que você puxe seu pai, eu sempre vou te amar. Porque você é umas das últimas coisas boas que me resta.

- Sakura....- Gaara me chama

- sim.... - saiu dos meus pensamentos

- quer... - ele parece envergonhado

- quer?

- quer se casar comigo?

COMO É QUE É?!


Notas Finais


MUITO OBRIGADA PELOS + DE 100 FAVORITOS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...