História Impossible - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, TWICE
Personagens Dahyun, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Momo, Personagens Originais, Rap Monster, Sana, Suga, V
Tags Bts, Comedia, Drama, Got7, Jikook, Namjim, Romance, Twice, V-hope, Yaoi, Yuri
Visualizações 6
Palavras 1.105
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieeee

Capítulo 2 - Pequeno garotinho


Fanfic / Fanfiction Impossible - Capítulo 2 - Pequeno garotinho

Park jimin on

-Momo eu ja te disse que estou bem!

-Você pode parar com isso?

-Parar com o que?

-De finjir que nada te machuca você!

-Eu não estou finjindo nada Hirai me deixa em paz!

-Jimin eu sei que você esta chateado pelo que...

-VAI EMBORA HIRAI!

-Não eu não...

-VAI EMBORA AGORA,EU NÃO LIGO PRO QUE VOCÊ TA FALANDO EU NÃO ME IMPORTO PARA DE TENTAR MUDAR AS COISAS!

Pude ver a expressão chateada no rosto dela,ela e minha irma e eu estava a tratando como se ela fosse um lixo,não foi intensional.

-Desculpa eu não queria gritar com você!

-Ta tudo bem eu não te culpo!

Foi assim que eu vi ela sair pelas portas,mal sabia eu que seria a ultima vez,como eu fui idiota!

Os dias passarão e minha irma continuava desaparecida,eu sabia que eu era culpado por ela ter ido embora,vocês devem estar me vendo como o pior ser do mundo certo?

CERTO!

Mas tem um motivo pra eu ser assim e cada um de vocês terão a oportunidade de ouvir o motivo.

Alguns anos atrás eu me apaixonei,sim um demonio bebedor de sangue se apaixonou,eu perdia todos os sentidos perto dele e sabe o que aconteceu?eu não pude ficar com ele,ele era um humano e eu um monstro,então enquanto eu estava a caminho da casa dele ele estava morrendo por um miseravel humano,humanos matam seus semelhantes como se fosse a coisa mais comum do mundo e sabe o pior?

O pior e que eu não pude fazer nada,ele se foi e eu fiquei sozinho,então não me julguem vocês vão ter muito tempo para saber a fundo o que aconteceu com mais detalhes.

Desde então Momo vem tentando me convencer que os humanos podem ser bons e que nem todos são iguais,mais isso e uma pura mentira são todos iguais,eu sofri não eles,não vocês!

Enfim...

Peguei minha ferrari preta e sai na esperança de que no caminho poderia achar momo.

Em uma certa parte da cidade não pude deixar de ouvir alguns barulhos vindos de um beco enquanto eu dirigia devagar por ali,parei o carro e me dirigi tranquilamente vendo que havia uma luz,fraca mais boa o suficiente para que eu enxergasse a cena ali,alguns garotos do tipo valentões estavam espancando um jovem garoto,eu disse a vocês que humanos são seres insignificantes,parece estar doendo bastante,o garoto moreno cuspia sangue no chão e eu juro que me controlei mais não podia ver aquilo e não fazer nada com os outros garotos,continuei caminhando so que dessa vez mais rapido até o local da cena e quando cheguei segurei um garoto pelo queixo virei seu rosto rapidamente para o lado quebrando o pescoço do mesmo os outros tentaram me atacar de varias formas diferentes,eu não preciso explicar pra vocês o que fiz com eles,mas não foi uma cena bonita para o muleque que estava à minha frente!

Vi suas costas irem de encontro com a parede e ele se encolher abraçando as pernas,me aproximei dele.

-Você vai esquecer tudo que acabou de ver entendido?

Um silencio preencheu o lugar.

-Quem e você e o que vai fazer comigo?

-O que?

Não funcionou nele?como assim?ele e um humano eu posso sentir isso mais esse garoto com dentes de coelho não caiu na minha hipnose.

-Quem e você?

Sua voz amedrontada veio de encontro aos meus ouvidos,e não foi mentir em dizer que ele e lindo e por incrivel que pareça ele me lembra muito sunhoo,sim ele me lembra muito ele.

-Eu me chamo Park jimin se e isso que quer saber!

-Vo.v..você bebeu..você bebeu o sangue deles?

-Hum você esta machucado não e?

Vi ele balançar a cabeça positivamente e não dizer nada,eu poderia mata-lo mais não consigo!

-Você e um vampiro?

-Gosgo mais que me chamem de demonio sugador de sangue!

Brinco e solto um pequeno riso,até ver que ele não estava achando graça alguma,pelo contrario ele acabaria dando um ataque cardiaco ali naquela hora.

-Eu não vou machucar você pode ficar tranquilo,agora vem comigo.

Peguei ele pelo pulso e começei a andar puxando o mesmo até meu carro,abro a porta pra ele e espero alguns segundos até ele entrar,seres humanos são tão medrosos que chega a ser preucupante!

Entrei no carro e dei partida com o carro,estava torcendo para achar uma farmacia proxima do lugar aonde estavamos.

-Eu vou ajudar você e em troca você me deve sua vida,resumindo você sera tipo meu servo e eu ja odeio você antes mesmo de te conhecer,e se você tentar algo ou tentar fugir eu mato você e sua familia,e não chore perto de mim.

Estaciono o carro na frente de uma farmacia.

-Fique aqui dentro esta me ouvindo?

-Hurum!

Ouvi seu murmurio e saio do carro entrando na farmacia,compro um kit de primeiro socorros e volto pro carro,ainda bem que o garoto sem nome ainda estava la,com seu rosto encharcado pelas lagrimas mais pelo menos estava la.

-Pare de chorar muleque!e vire se pra mim!

Quando o mesmo faz o que eu digo,limpo o rosto dele com um lenço e pus alguns curativos em seu rosto!

-Sua blusa ta suja tira ela!

-Que?

Ele me olhou assustado.

-Você me ouviu!

Levanto uma de minhas sombrancelhas e vejo seu rosto ficar avermelhado, patetico!

Vi ele retirar sua blusa e deixar a mostra seu abdomen definido demais para um garotinho como ele,tiro minha jagueta e entrego pra ele.

-Pode vestir!

-Mas ta frio...

-Eu não sinto frio pode ficar com ela!

Voltei a atenção para a estrada e olhei de relance para o lado vendo o garotinho vestido com a minha ex-jagueta digamos assim,ele a fechou e ficou olhando para fora da janela.

Eu estou achando bem estranho,por mais que ele chorou ele não parece muito triste por estar sendo levado embora com um vampiro o que pra muitos seria o fim do mundo.

-Qual seu nome garoto?

-Jeon jungkook

-Te chamarei de kookie e mais facil!

-Tudo bem Sr Park!

-E não precisa me chamar de Sr Park jimin,so jimin esta bom ou então de hyung v9u deixar você me chamar assim!

-Tudo bem!

Reparei que ele gosta bastante de dizer "Tudo bem" neh,fiquei novamente em silencio e liguei o som em um toque classico que costuma me relaxar.

Não demorou muito e o pequeno adormeceu no banco,cheguei em casa e estacionei nos fundos de casa,eu iha acordar o garoto mais aquele rostinho de anjo enquanto dormia me deixou com do,peguei o mesmo no colo e fechei o carro,entrei em casa e fui diretamente para meu quarto entro no mesmo e fecho logo em seguida,deitando o corpinho quente do garoto em minha cama,eu não uso cobertas e muito menos durmo,mas tenho cobertores em meu closet,pego alguns e cubro o pequeno corpo do garoto,apago as luzes e vou para a varanda do meu quarto me sentando na poltrona ali,vocês devem estar se perguntando por que eu fiz isso e eu tambem estou me perguntando,mais isso tambem não importa,eu estou sendo bom não e isso que minha irma queria?


Notas Finais


Ateeeee


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...