História Impossible Love - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon, Matthew Espinosa
Personagens Matthew Espinosa, Personagens Originais
Tags Drama, Ilfanfic, Romance
Exibições 165
Palavras 824
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AHHHHH SENHOR AMADO COMO EU DEMOREI PARA ATUALIZAR ESSA FIC MAAAANO
ME DESCULPEM
ME DESCULPEM
MEEEEEEEEEEEEEEEEEEE DESCULPEM!
NÃO VAI SE REPETIR, EU PROMETO!!!!!
ESPERO QUE NÃO TENHAM ESQUECIDO DE MIM, NEM DESSA FIC, PQ EU JÁ ESTOU TENDO IDEIAS PARA ELA!
ESSE CAP FICOU MEIO CURTINHO, SINTO MUITO, MAS NÃO HAVIA MUITO O QUE DIZER. UMAS MUDANCINHAS ESTÃO POR VIR, E ESPERO QUE VCS GOSTEM!
DE QUALQUER MODO, UMA ÓTIMA LEITURA PARA TODOS VCSSSSSSS <333333333

Capítulo 27 - Reversed


Alice´s point of view

— Ah, então é assim? Eu me afasto de vocês sem querer, e digo isso porque realmente não havia percebido estar tão distante assim, e ao invés de me falarem, vocês preferem se envolver em um plano para me separar do cara mais legal que eu já conheci e estragar a minha vida? Nossa, muito obrigada! Sinto muito, Gabriela, mas já ouvi tudo o que você tinha a me dizer, mas não me importo. O que vocês fizeram comigo não tem perdão. Me magoou de verdade! Por isso, sai da minha casa, e para de falar comigo. Eu já não quero e não me importo em ser sua amiga. 

Fiquei durante um bom tempo pensando nas coisas que eu havia dito. Gabriela era aminha melhor amiga desde que eu me conheço por gente, e eu fui extremamente grossa com ela. Me senti culpada demais por tudo que eu havia dito. Me senti realmente muito péssima.

Até que a minha cabeça começou a funcionar de outro jeito. Passei a enxergar que a culpada era, na verdade, a própria Gabriela, e seu “amiguinho” Matthew. Essa sensação era como um soco no peito. As pessoas que eu mais amava, e menos esperava, me traíram de um jeito absurdo.

As pessoas dizem que todas as coisas acontecem por uma razão. E aí que eu comecei a entender a real razão de tudo isso ter acontecido. A vida muda as pessoas, e isso foi o lembrete que é a minha vez de mudar. Que graça tem em ser a menina boazinha que nunca sai com ninguém e fica o dia inteiro assistindo séries? Ah, não, não tem graça nenhuma. O que realmente deve ser divertido é sair para festas o tempo inteiro, viver sem preocupações, e estar sempre rodeada de gente; ainda que sejam amigos falsos, pelo menos são uma companhia...

E ficar pensando tanto sobre isso me deu uma excelente ideia...

Matthew´s point of view

― Você conseguiu terminar a lição de espanhol?  ― Gabriela perguntou, enquanto pegava seus livros no armário e eu a esperava do lado.

― Sim. Era só substituir aqueles artigos por pronomes relativos. Estava muito fácil, na verdade... ― Dei de ombros, me encostei em alguns armários, e fiquei encarando a larga porta de entrada do corredor. E nessa exata hora, meus olhos se paralisaram com o que viram;

Alice estava vindo, ao lado de Ashely, os jogadores do meu time de futebol, e ainda algumas meninas que eu não conheço. Ela estava com o cabelo totalmente liso, usava uma saia preta curtíssima de couro, um par de sapatos de salto alto e uma blusa bem curtinha. Ela ria e conversava com Ash sobre alguma coisa que eu não consegui ouvir, mas mataria para ter conseguido escutar.

Ela começou a caminhar na minha direção, parando em frente a mim. Ela não dizia nada, só ficava me fitando com aqueles olhos lindos, que agora estavam totalmente cobertos por rímel e lápis de olho preto. Eu não tinha a menor reação, se não ficar imóvel, tentando encontrar algo para dizer.

― Você ainda não se tocou que eu quero licença? Idiota, você está na frente do meu armário! ― Ela esbravejou, e eu demorei alguns segundos para perceber que ela estava comigo. Então, todo desajeitado, eu movi meu corpo para o lado, e ela começou a revirar os livros e me olhar com cara de desprezo.

O que havia acontecido? essa não era a Alice que eu conhecia. Ela acabara de me chamar de idiota! Isso não estava nem um pouco certo. As coisas não estavam normais.

― Alice, o que aconteceu? Você está bem? ― As palavras saltaram da minha boca, com muita dificuldade, já que eu estava meio nervoso e meu queixo teimava em ficar caído.

― Alguém escutou alguma coisa? Eu só ouvi uma abelhinha zumbindo no meu ouvido. ― Ela zombou, e eu baixei meus olhos para o chão. Ela se aproximou e se inclinou sobre mim, sussurrando no meu ouvido; ― Como é que era mesmo, Matthew? “Por qual razão eu estaria falando com gente como você, sabe, da sua posição social?”. Parece que o jogo virou, não é mesmo?

Dito isso, ela saiu andando e conversando com um dos garotos do time, seguida por Ashley. Eu e Gabriela não sabíamos o que fazer, e ficamos ambos com cara de idiota, sem ter o que fazer, muito menos o que falar. Depois de alguns segundos de silencio, ela finalmente decidiu falar alguma coisa.

― O que ela disse no seu ouvido? ― Ela perguntou, meio tímida.

― Umas coisas horríveis que eu já disse para ela. Coisas das quais eu não me orgulho, e faria de tudo para não ter dito. Ela também disse que o jogo virou. E está certa; eu estou sendo como ela era antes, e ela está sendo do jeito que eu costumava ser. Agora eu sou o nerd, e ela a popular. 


Notas Finais


AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH NÃO SE ESQUEÇAM DE DEIXAR SUAS OPINIÕESSSSSSSSSSSSS
BEIJOSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...