História Impossible love - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~DanPlatzman14

Postado
Categorias Originais
Tags Lgbt, Love, Preconceito, Sexy
Exibições 9
Palavras 654
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa Leitura , galerinha, esta e a naomi... e uma ideia de como ela seja hoje.

Capítulo 3 - Naomi


Fanfic / Fanfiction Impossible love - Capítulo 3 - Naomi

Quando tinha 14 anos de idade eu não sabia muito bem o que significava a sigla LGBT, na verdade eu nem sabia o que era isso, foi só depois que eu completei 17 anos que eu fui entender. Eu cresci em uma pequena cidade chamada Florence, uma cidade pequena um pouco afastada da cidade, e que todos, mas todos se conheciam... então era só fazer algo que todos já sabiam.

Um exemplo é o meu pai, ele sempre bebeu muito, bebia tanto que ninguém queria um bêbado como empregado, foi tanto a pressão em cima dele para ele conseguir um emprego e para de beber, que ele fugiu e nunca foi visto, no começo foi bem difícil... mas isso foi ficando para trás.                                                                              A única que não ficou para trás foi meu grande e único amor... Victor, um garoto que trabalhava em uma fazenda que ficava bem pertinho de Florence... (ele era forte, bonito, cabelos castanhos e um pouco encaracolados, tinha olhos castanho claro e era muito bonito, hehe)

Por muito tempo eu tentei esconder o que eu sentia por ele, mas isso foi se soltando, como resultado nós nos aproximamos mais, mas o problema e que ele via essa aproximação como algo normal, segundo ele...era normal que os amigos se aproximassem, eu tenho certeza que algum de vocês já passaram por isso uma vez ou outra...                                                                                                                                                                           Depois de um tempo vivendo isso, eu decidi contar tudo para Victor, foi em uma tarde de verão bem quente, ele tinha acabado de chegar da cidade grande e estava um pouco suado, ele retirou a camisa e deixou a mostra o seu peitoral e seu tanquinho... (Ai Deus... foi bem difícil contar, não lembro como que consegui), eu contei mais ou menos assim :

"Victor... eu tenho algo para... para te... te contar..." -- eu respirei bem fundo para não cair duro no chão

"... há um tempo que eu sinto algo por uma pessoa bem especial, essa pessoa e bem bonita e eu gostaria que ela soubesse disso... bom eu gosto muito, mas muito de você..." -- Ele pareceu bem assutado no começo, se levantou bem devagar e se aproximou de mão, me beijou tão forte que eu achei que ele iria me comer vivo, foi um beijo bom... na verdade o melhor de todos.

Em pouco menos de um dia todos na cidade já sabiam do nosso beijo, no começo foi inacreditável, mas foi só ele me beijar que para tudo mudar. Nos primeiros dias depois disso, foi uma loucura, todos na cidade olhavam para mi de um jeito um pouco nojento, algumas pessoas até aceitavam, mas eram uma ou outra. Era bem difícil, pois parecia que tudo estava contra a minha pessoa, foi em uma manhã de verão (também), eu estava prestes a entrar em um bar quando um homem se aproximou e disse que conhecia a minha vida, conhecia as minhas dores e sabia o que eu precisava no momento, disse que eu precisava mudar de vida, me levar para longe dali e mudar a minha vida completamente... ele disse que trabalhava com o tempo e que tudo iria se encaixar. Basicamente em um dia eu estava em Florence, e no outro eu estava em Londres... devido a essa mudança eu perdi contato com Victor.

O homem que havia me ajudado tinha me deixado em um hotel, me levou até um dos quartos e me deixado com dinheiro e com muita vontade de crescer na vida, dai para frente minha vida começou de verdade, primeiro veio trabalho, fiquei mais ou menos dois anos morando no hote, depois comprei uma casa e logo em seguida um carro, depois fiz amizades leais, vivi amores reais e falsos e muitas dificuldades e claro, quem nunca passou por dificuldades na vida? Mas eu acho que maior dificuldade que passei foi... foi a mudança de sexo.      Meu nome é Naomi, eu tenho 27 anos e sou transsexual. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...