História Impossible Love? - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aaron Taylor-Johnson, Anahí, Capitão América, Chris Evans, Elizabeth Olsen, Jeremy Renner, Mark Ruffalo, Os Vingadores (The Avengers), Robert Downey Jr., Scarlett Johansson, Sebastian Stan, X-Men
Personagens Aaron Taylor-Johnson, Anahí, Anna Marie (Vampira), Anthony "Tony" Stark, Chris Evans, Clint Barton, Dr. Bruce Banner (Hulk), Dr. Henry "Hank" McCoy (Fera), Elizabeth Olsen, Erik Lehnsherr (Magneto), Feiticeira Escarlate (Wanda Maximoff), James "Logan" Howlett (Wolverine), James Buchanan "Bucky" Barnes, Jean Grey (Garota Marvel / Fênix), Jeremy Renner, Johann Schmidt (Caveira Vermelha), Kurt Wagner (Noturno), Mark Ruffalo, Natasha Romanoff, Nick Fury, Ororo Monroe (Tempestade), Pantera Negra (T'Challa), Personagens Originais, Pietro Maximoff (Mercúrio), Piotr "Peter" Rasputin (Colossus), Professor Charles Xavier, Robert Downey Jr., Sam Wilson (Falcão), Scarlet Johanson, Scott Summers (Ciclope), Sebastian Stan, Sharon Carter (Agente 13), Steve Rogers, Visão
Tags Anahi, Bucky, Capitão América, Feiticeira Escarlate, James Buchanan Barnes, Romance, Sexo, Soldado Invernal, Steve, Steve Rogers, Triângulo Amoroso, Vingadores, Wanda, Wanda Maximoff, X-men
Exibições 50
Palavras 1.347
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Magia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey gente ^-^
Quero agradecer a todos os leitores que estão me motivando muito com comentários maravilhosos, realmente muito inspiradores e adicionando a história aos favoritos!
Esse capítulo é muito especial pra mim, fiz ele ouvindo uma das minhas músicas favoritas, chamada Turning Page (Página virada)
Eu identifiquei muito essa música com Buckanda ♡ (Pelo menos quando escutei ela, lembrei desse casal muito amado por muita gente e até por mim, admito)
Espero que gostem do capítulo

Capítulo 14 - Capítulo 14 - Turning Page


Fanfic / Fanfiction Impossible Love? - Capítulo 14 - Capítulo 14 - Turning Page

P.O.V Wanda

 As palavras do Bucky fizeram meu coração acelerar e também me deixaram suando frio, eu estou com a certeza que amo ele, mas não quero que nossa amizade acabe se der algo errado no nosso relacionamento. Suspiro aproximando dele lentamente, acaricio seu rosto encarando seus olhos e beijo sua bochecha na ponta do pé.

- Então? - Diz ele nervoso

- Eu aceito - Falo encarando seus olhos e vejo ele sorri

- Isso me deixa muito feliz - Diz ele segurando minha cintura me levantando sorrindo muito

 Sorrio sem perceber sem mostra os dentes muito tímida encarando seus olhos, sentindo o mesmo me rodar no ar e sinto ele me colocar no chão.

- Seu sorriso é lindo - Diz ele sorrindo acariciando meu rosto encarando meus olhos

- Obrigada - Falo corada - O seu é mais!

- Obrigado - Diz ele envergonhado e vejo ele olha em volta - O que achou de tudo?

- Tudo está perfeitamente romântico e estranho - Falo rindo de leve e vejo ele me olhar preocupado - Eu amei

 Vejo ele respira aliviado e beijo seu rosto.

- Você é muito fofo - Falo e vejo ele sorri

- Eu tento ser com você - Diz ele - Ah arrumei um jantar especial pra gente, na verdade a lanchonete preparou e eu ajeitei aqui - Diz ele se afastando de mim - Senta - Diz ele se sentando na cama improvisada no chão e me sento do seu lado - Temos para comer, xbacon galinha e pra acompanhar, um milk shake do sabor oreo incrível

- É meu lanche preferido - Falo e vejo ele sorri mais - Parece está uma delícia

 Pego uma caixinha, abro a mesma e mordo meu sanduíche pegando o mesmo.

- Isso tá muito bom - Falo olhando ele

- Sua boca - Diz ele encarando meus lábios e coro

- O que? - Sussurro

- Está suja de molho verde - Diz ele

- Isso é um truque pra roubar um beijo? Está velho isso já - Sussurro

- Tá suja mesmo - Diz ele envergonhado, coro muito e encaro seus olhos suspresa sentindo ele limpar minha boca delicadamente com seu polegar direito - Agora ta limpinha

- Você tá sendo muito educado - Falo corada demais

- Eu posso te beijar? - Diz ele

 Grudo nosso lábios de olhos fechados muito corada, sinto minha língua invadir a boca dele por impulso, nosso beijo fica mais intenso e sinto ele aperta minha cintura se afastando de mim.

- Algum problema? - Falo encarando ele

- Eu to com medo de te machucar... por causa do braço - Diz ele de cabeça baixa

 Levanto sua cabeça e encaro seus olhos mordendo meu lábio.

- Eu te amo - Sussurro

- Eu também te amo - Diz ele e volto beijar o mesmo

 Sinto ele deitar me puxando pra cima dele, mordo seu lábio e beijo seu pescoço em cima dele.

- Espera - Diz ele levantando e continuo onde estava ajoelhada, sentada em cima dos meus pés e olhando ele - Eu roubei seu celular, na verdade o T'Challa, pra descobrir quais são suas músicas favoritas - Diz ele pegando o celular dele - Então ele baixou no meu celular pra mim

 Sorrio ouvindo a música "Turning Page" começar tocar e vejo ele se ajoelhar na minha frente, da mesma maneira que eu estava.

- Essa música é sua preferida - Diz ele e sorrio assentindo - Eu pesquisei sobre ela, a mesma fala de um amor que muda a vida da pessoa, por isso chama página virada

- Isso mesmo - Sussurro sorrindo - Esse amor conseguiu virar a vida da pessoa pra melhor

- Como aconteceu comigo - Sussurra ele - A partir desse momento, essa é a nossa música!

 Beijo ele intensamente de um jeito lento, sinto ele segurar minha cintura e abraço seu pescoço. Sinto ele me deitar ficando em cima de mim com cuidado, o mesmo morde meu lábio e me arrepio sentindo ele beijar meu pescoço. Sinto suas mãos levantando meu vestido, suspiro um pouco nervosa muito envergonhada e vejo ele encarar meus olhos.

- Eu posso tirar seu vestido? - Diz ele e assinto muito corada mordendo meu lábio

 Ajudo ele tirar meu vestido, suspiro mais corada que o normal enquanto ele observa meu corpo ajoelhado do meu lado, me arrepio muito quando ele passa a mão entre meus seios até a beirada da minha calcinha encarando meus olhos e suspiro muito corada mordendo meu lábio.

- Olha, eu não sei muito o que fazer! - Diz ele - Eu vou agir por impulso, você parece nervosa, não sei se isso vai te tranqulizar, mas... pode considerar que isso vai ser minha primeira vez

- Você também é virgem? - Falo surpresa e vejo ele respira fundo encarando meus olhos

- Eu não lembro da minha vida, muito menos se já transei com alguma mulher antes - Diz ele - Então posso me considerar virgem

- Eu te amo muito - Sussurro e vejo ele sorri

- Eu amo você muito mais - Diz ele enchendo meu rosto de beijos e seguro o seu dos dois lados encarando seus olhos

- Eu que amo mais - Sussurro e beijo ele intensamente

 Abraço seu pescoço sentindo o beijo mais intenso quando ele fica em cima de mim, suspiro sentindo ele se ajeitar entre minhas pernas e sinto o mesmo morder meu lábio. Continuo de olhos fechados muito arrepiada sentindo ele dar um chupão demorado no meu pescoço, o mesmo faz um trilha de beijos até entre meus seios e encaro seus olhos.

- Posso tirar seu sutiã? - Diz ele e assinto

 Quando vou desabotoar meu sutiã na frente, sinto suas mãos segurando as minhas por cima e encaro seus olhos muito corada.

- Vou desabotoar com você... pelo menos eu aprendo isso - Sussurra ele

 Desabotou meu sutiã junto com ele encarando seus olhos muito corada, vejo ele encarar meus seios como se estivesse hipnotizado e coro mais ainda. Arfo sentindo ele chupar o esquerdo e acariciar o direito em seguida continuar fazendo a mesma coisa só que dessa vez invertendo as ações nos meus seios. Acaricio seu cabelo observando o mesmo, vejo ele fazer uma trilha de beijos pela minha barriga me deixando mais arrepiada e encaro seus olhos quando ele levanta a cabeça.

- Posso tirar sua calcinha? - Sussurra ele brincando com a beirada da mesma entre seus dedos

 Mordo meu lábio assentindo e vejo ele sorri de um jeito fofo bem tímido, mas ao mesmo tempo um pouco malicioso. Levanto meu corpo um pouco pra cima, facilitando ele tirar minha calcinha, vejo ele ficar em pé e coro mais ainda vendo ele encarar meu corpo com um olhar que nunca vi antes.

- Você é tão linda - Diz ele

 Vejo ele se ajoelhar entre minhas pernas encarando meus olhos, tiro sua blusa com sua ajuda e desabotou sua calça. Observo o mesmo levantar rapidamente se livrando da calça dele junto com a cueca, mordo meu lábio com força encarando seu membro muito corada e vejo ele se ajeitar entre minhas pernas, se deitando em cima de mim com cuidado acariciando meu rosto encarando meus olhos.

- Pronta? - Sussurra ele e assinto em seguida sinto ele beijar minha testa - Eu te amo muito - Sussurra ele segurando minhas mãos levantando meus braços deixando os  mesmos um pouco acima da minha cabeça

 - Eu também te amo muito - Sussurro

 Sinto ele penetrar seu membro de uma vez só na minha intimidade e gemo o nome dele sentindo um pouco de dor apertando suas mãos.

• Torre dos Vingadores •

P.O.V Tony

 No meu escritório distraído revisando alguns documentos no meu notebook, percebo que chegou um e-mail novo e abro o mesmo em seguida leio em silêncio. Engulo seco levantando rápido com os olhos arregalados encarando a foto na tela e apoio as mãos na mesa sem piscar muito surpreso.

- Meu pai... está vivo - Sussurro suando frio


Notas Finais


Tentei fazer esse capítulo dedicado apenas a Buckanda, mas minha criatividade não deixou kkkkkjjjj
Então resolvi colocar um pequeno "Bônus" no final
Escrevi uma nova fanfic, e vou adorar se vocês começarem lê ela
Link dela, caso queiram: https://spiritfanfics.com/fanfics/historia/the-psychopathic-patient-and-the-suicidal-psychiatrist-7098531


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...