História Impossible love Suga - imagine BTS - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Romance
Exibições 317
Palavras 1.811
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


PODEM ME MATAR, ME XINGAR, EXTRASSALHAR MEU KOKORO... Desculpa por n ter postado TODO esse tempo... Nem ler fics eu li... PORISSO PODEM ME XINGAR MUITOO. EU ME XINGUEI TBM.

Bom Sem mais nd pra dizer... Mintira. OBG PELOS FAVORITOS, COMENTARIOS, essas coisas q vcs podem dizer para se msm q n tem importância, TEM importância para nois leitoras, isso incentiva a ela continuar sua história. IREI RESPONDER TDS OS COMENTARIOS ANTERIORES ❤😍
Boa Leitura Bjs no KoKoRo 😘

Capítulo 20 - ~Despertar~


Fanfic / Fanfiction Impossible love Suga - imagine BTS - Capítulo 20 - ~Despertar~

   *Jinie On


 Seguro firme a mão de Doce, deixando cair algumas lágrimas de medo. Sim tenho medo, medo de perder duas pessoas especiais em minha vida de uma só vez. Faz exatamente meia hora que estamos na merda do trânsito, sendo levados para o hospital por uma ambulância, um engarrafamento no local deixa a situação pior. 

 Yoongi está em outra ambulância, os ferimentos dele foram muito graves, os médicos tiveram que realizar parte da operação cirúrgica no carro, para tentar fazer com que o corpo resista até chegarmos no hospital. Não sei o seu atual estado, o doutor não quiz revelar ainda, disse me que a faca atingiu um ponto sensível do estômago, e ela estando amolada só deixa a situação dele pior, e que as chances que ele tem para sobreviver são poucas. 

 Jackson não resistiu e morreu, sua faca foi de encontro ao coração, ferindo e causando uma hemorragia interna grave, fazendo ele falecer. Sei que é errado pensar assim mas a morte dele me aliviou. Agora eu acho que Suga e ______ viverão em paz, mesmo que eu ache que não seria uma boa idéia os dois continuarem juntos. Mas quem sou eu para me meter entre os dois?

 Faz pouco tempo que a conheci, mas já gosto muito dela e vê-la daquele jeito me deixou arrasado e triste. Ao ver seu estado pensei que ela não sobreviveria, afinal estava realmente péssima. Para mim a pior parte foi quando notei seu dedo, o qual estava no chão, ela ainda sangrava um pouco. Aquela foi a pior cena que já presenciei em toda a minha vida, e espero que ela saia da minha cabeça com o tempo, não só da minha mas da de _______ também. Espero que esses acontecimentos não venham fazer ela deixar de viver, de sonhar. Ela vai superar isso e eu vou está ao seu lado para apoiar em tudo.

 Vejo a porta se abrir, mostrando o rosto do médico, o qual fez sinal para eu sair do carro. Saio rapidamente do mesmo, Vejo o corpo de Yoongi ser levado rapidamente para dentro do hospital, provavelmente eles vão completar a operação. Caminho em direção ao hospital, pego o celular com as mãos tremendo, discando com dificuldade o número de Nam. Logo ele atende parecendo aflito

 - Alô Hyung? Notícias? Como está _______? Cadê Yoongi? Onde você está? - fala rápido 

 - Annyeong pra você também! _______ sofreu ferimentos graves, mas comparados ao de Yoongi ela está bem. Estou no Hospital *****, você vai vir? Doce está...

 Ele desliga o celular, provavelmente deve está se arrumando para vir pro hospital ou nem vai se arrumar, do jeito que está aflito eu não duvido de nada. Vou até a recepção, vendo uma mulher mechendo em seu computador.

 - Com licença... Sou Seokjin - ela olha pra mim - Onde fica a sala de ______ ______? - Ela não diz nada apenas volta a mecher no PC. Talvez foi procurar os dados de _______. 

 - Ela está em uma das salas de cirurgia... - fala me olhando séria. 

 - Assenhora sabe se ela corre algum risco ou... O que acontecerá nessa cirurgia?

 - Não senhor, ela não corre riscos. O médico apenas irá costurar a parte lateral do rosto dela, para ver se cicatriza mais rápido - fala olhando pro seu celular, já iria falar mas ela me interrompe - Acredito que hoje não terá horário de visita, aconselho a ir para casa e tomar um banho... - ela fala me olhando de cima para baixo. Ela está me chamando de fedorento? É isso Brasil? Bufo inclinando minha cabeça para debaixo do meu braço, cheirando o mesmo e fazendo careta, sim eu realmente preciso de um banho. Vejo a recepcionista rir - Eu falei senhor Seokjin - Dou um sorriso falso e vou me sentar no banco de espera. Nem que eu passe a noite toda aqui, eu não vou deixar Doce sozinha. 

 *Namjoon On


 Largo o celular no sofá e corro pro meu quarto. Eu acho melhor não contar para Lena agora, irei contar quando (S/A) estiver acordada e falando normalmente. Visto meu casaco e deço rapidamente o as escadas, acabei de tomar banho então não preciso tomar outro, até porque não vai dar tempo, tenho que sair daqui o mais rapido possível. 

 - Pra onde vai Nam? - pergunta Lena me seguindo com o olhar até a porta, a olho e dou um sorriso mínimo.

 - Vou sair com o Jin e o Hope amor... - vou até ela, selo nossos lábios rapidamente e vou até o carro, já abrindo a porta do mesmo e acelerando até o hospital. 

 *Quebra De Tempo


 - Como ela está Jin? - pergunto aflito, o mesmo vira pra mim e da um sorriso largo, vindo me abraçar. O que me deixou calmo, isso é um bom sinal. - E então... Ela e Ele estão bem? 

 - Ela está bem Nam, o médico acabou de vir da a notícia - Ele exibi um sorriso largo, mas aos poucos seu sorriso desmancha, fazendo ele abaixar a cabeça. Pego em seu seu ombro, e ele direciona seu olhar para o meu - Yoongi está com dificuldades para respirar... Ele precisa de aparelhos, sem eles o Suga morre, os batimentos cardíacos dele estão fracos. Eles fizeram de tudo, disseram que agora é so esperar ele reagir aos procedimentos... - sem falar nada abraço ele, o mesmo retribui e começa a chorar. 

 Jin hyung realmente está triste, ele sempre protegeu e se preocupou com todos nós. Yoongi sempre foi o que menos se pronunciava entre agente, mesmo assim Jin sempre se preocupou com ele, e isso chegava a ser engraçado. Ele não vai sair desse hospital até o Suga melhorar... 

 - Jin Hyung não quer ir tomar um banho? - pegunto sentindo o cheiro de seu corpo, o qual está cheirando a suor. - Eu fico no hospital...

 - Até você Kim Namjoon? - fala cruzando os braços - Talvez eu precise mesmo de um banho... Mas não quero deixar os meus doces sozinhos... - ele abaixa a cabeça. As vezes acho que ele sendo o hyung, ele acha que tem obrigação de está presente sempre.

 - Eu estou aqui hyung, eu irei cuidar deles. Qualquer notícia eu te ligo. Quando acabar de tomar banho e comer venha, eu estou te esperando. - ele sorri, reverência e sai do hospital. Sento no banco do hospital e boto minhas mãos na cabeça, permitindo uma lágrima escorrer de meus olhos. Talvez seja melhor que ______ e Suga se afastem por um tempo, pelo menos até tudo se resolver... 

 *Nandah On* 


 Bato com força minha mão na porta da casa de _______, na esperança de alguém abri-lá. Assim que Hope me contou tudo vim correndo até aqui. Espero receber boas notícias... Bato novamente na porta, já que ninguém abriu a mesma. Logo vejo o rosto de Elena abrir cautelosamente a porta. 

 - O que faz aqui Nandah? - Falo pondo a mão direita em sua boca bocejando. Dou um sorriso mínimo e cansado, a abraço forte não deixando Lena Falar Nada. 

 - Como Você está? E... Tem notícias de ______? - ela separa o abraço, me olha com um olhar curioso. Talvez esperando eu falar alguma coisa, pensando bem o Nam não falaria algo assim a ela, pelo menos não agora. 

 - Aconteceu algo que eu não saiba? - fala forçando um sorriso. Ela deve estar me ameaçando nos pensamentos - Vamos Nandah! Aconteceu algo com minha filha? 

 - N-Não... Não aconteceu nada... É que eu... Eu estava brincando!!! - Falo dando o sorriso falso, ela não parece acreditar, mas suspira e rir leve.

 - Não tire brincadeiras assim comigo Nandah - fala inocente - Pode ir agora, preciso dormir...

 -M-Mas... - ela fecha a porta em minha cara. Deslizo minhas costas na porta sentando no chão, o qual está frio. Estou preocupada de verdade com ______ e não tem ninguém que possa me dizer como ela está. Eu não vou sair daqui até alguém me dizer o que está acontecendo...

 ~Quebra De Tempo~

 - Nandah? O que você faz aqui? - alguém fala meu nome balançando de leve meu ombro. Abro os olhos e vejo Jinie em minha frente com uma expressão preocupada.

 - Jinie Como ela está? - Falo levantando e coçando meus olhos - Vamos para o hospital agora? Preciso vê-la

 - Só vou pegar algo no quarto do Namjoon e nois vamos okay? - acinto levemente, ele pega sua chave e abre a porta. Pego meu celular olhando a hora, vejo que está de madrugada. Eu realmente passei muito tempo aqui, eu dormir na rua praticamente.

 - Vamos - Jin me puxa pela mão, entramos no carro rapidamente. Ele acelera o carro, suas mãos estão tremendo.

 - Você está bem Oppa? - pergunto e ele acenti soltando um sorriso forçado. - Eu sei que não está... Aconteceu algo? 

 - Só um pressentimento ruim... Espero que seja coisa da minha cabeça... 

 Chegamos no hospital, ja vendo o Nam sentado na cadeira, julgo que o mesmo está dormindo, deve está bem cansado. Jin Oppa vai até ele o chacoalhando pra ver se ele acorda.

 - Alguma notícia? - pergunta Jin aflito, assim que ver Namjoon acordar

 - Nenhuma até agora Hyung... - vou até eles e sento ao lado de Namjoon, dando um sorriso forçado. Tento ser forte, mas algumas lágrimas escorrem pelas minhas bochechas e logo Nam me abraça também chorando. - Vai dá tudo certo...

 - Com licença... - uma médica para em nossa frente, fazendo agente da um salto da cadeira esperando a mesma falar algo - Ela acordou...

 - Podemos ver ela? - Jin pergunta curioso. Ela acenti pedindo para que agente acompanhe a mesma. Ela parou em frente a uma porta e abriu a mesma, fazendo sinal para entrarmos. Vou até ______, ela olha pro nada, como se não ligasse para nossa presença naquela sala. 

 - Oie amiga... Como está se sentindo? - falo mas a mesma continua a olhar pro nada - _____? Você está bem? - seu olhar sem vida e atordoado encontra o meu. Seus olhos profundos e com olheiras não demonstram expressão alguma. Ela desvia lentamente o olhar do meu olhando novamente para a parede do quarto. Seokjin e Namjoon se olham com uma expressão preocupada, abaixam levemente a cabeça e saiem do quarto. Me aproximo dela tocando em seus cabelos. - Está tudo bem... Estou aqui com você... - vejo algumas lágrimas escorrerem de seus olhos, seu olhar percorre por todo seu corpo parando em sua mão. 

 *Nandah Off* 


 Não é Como Se Eu Acreditasse...

 Eu Estou Apenas Suportando...

 Porque Tudo Que Posso Fazer é isso... 

 Quero Ficar... 

 Quero Sonhar mais... 

 Mas é Hora De Ir Embora... 

 Sim é a Minha Verdade...

 Eu Estaria Cheio De Cicatrizes...

 Mas é o Meu Destino...

 Ainda Assim, Quero Lutar...         


Notas Finais


Bom esse foi o capítulo!!! Para quem n conhece essa é uma parte da letra da musica Awake de Jinie ❤
OBG DE CORI A TDS QUE COMENTAM VCS ESTÃO NO MEU CORI PARA SEMPRE 😍❤
Ate o próximo capítulo! Podem me xingar nos comentários 😄😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...