História Impossible love Suga - imagine BTS - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Romance
Exibições 125
Palavras 1.434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


😉🎊DEMOREI MAS POSTEIII!!! É sério descupem a demora... Eu já tinha feito e salvado, mas quando fui olhar tinham apagado, vcs n sabem a raiva q fiquei 😡

Não está dando para está atualizando o imagine, por isso quero logo terminar.
Acho que depois dessa voltarei para a categoria leitora. Eu sinceramente não nasci para escrever 💔 (poriso so meio anafabeta😁)

OBS: ESSE NÃO É O ÚLTIMO CAPÍTULO, ENTÃO NÃO VÃO PENSAR BOSTA QUANDO LEREM ELE. (ta meio psicopata então... Tentem imaginar, afinal isso é um imagine)

Boa leitura... Bjs da Unnie ☺😘

Capítulo 20 - ~Sangue, Suor e Lágrimas~


Fanfic / Fanfiction Impossible love Suga - imagine BTS - Capítulo 20 - ~Sangue, Suor e Lágrimas~

   *Jackson On* 

 Enjoado de ouvir as bobagens de Yoongi, largo o celular na cama e vou até minha princesa. Pode parecer doentio mas não é, eu realmente amo essa teimosa, não vai ser dessa vez que iremos ficar juntos, mas garanto que ela também não ficará com Yoongi, isso já está destinado. 

 Queria que me entendecem, eu realmente estou louco, louco por uma pessoa que não corresponde meus sentimentos, por alguém que me traiu. Ninguém sabe como me senti quando a vi de mãos dadas com outro, ou quando vi aquela maldita foto, a pior parte foi saber que as juras de amor eram falsas, e enquanto fazíamos amor ela pensava em outro, isso tudo me destrói, mesmo assim não consigo sentir raiva dela, eu sou um troxa por entregar meu coração para a pessoa errada, Yeon só fez esmagar ele sem dó nem piedade. 

Arrasto o criado-mudo de perto dela, ponho a cadeira em frente a Yeon, sentando na mesma e a observo fixamente, dá para ver o medo em seu olhar, eu a deixo nervosa... 

 - Não queria que as coisas chegassem a esse ponto Taeyeon... Meu único objetivo é que você esteja ao meu lado para sempre... - com a faca em mãos, encosto ela na bochecha da minha amada. Vejo a mesma ficar nervosa, seu coração está tão acelerado que dá para ouvi-lo daqui. - Não vou matar você querida, até porque eu não conseguiria, só quero mostrar para todos que eu marquei você e seu coração de uma maneira incompreensível, quero que nunca esqueça de mim pekena. Se doer grite, não se preocupe com isso, só não se mecha, senão irá machucar muito. - preciono a ponta da faca contra sua pele lisa e delicada, já vendo ficar vermelha a ponto de cortar, solto um sorriso com a sena. Pode parecer meio estranho, mas ver aquela imagem de sua pele se rasgando, cortando sua carne, me traz uma ótima sensação, é meio que excitante e prazeroso. Logo sai uma boa quantidade de sangue de sua bochecha, ela grita o mais alto possível, amo ouvir sua voz, nem que seja assim, gritando de dor. Movimento a faca de leve para baixo, como a faca está bem amolada, é muito fácil cortar sua pele fina, faço cortes nem tão profundos nem tão rasos por seus braços e pernas, a deixando cheia de arranhões. Suas lágrimas se misturam com seu sangue, trazendo uma visão digna de um filme. Acredito que terá dificuldade para falar, por causa do corte, o qual está grande e profundo. Seu olhar está sem vida, consigo ouvir sua alma gritando por socorro - Sei que sem mim por perto você se achará no direito de ficar com alguém, até mesmo de se casar... Vai doer meu bem, não vou mentir doerá muito, mas como você não pode gritar, aconselho a morder seus lábios - levanto, vou pra trás dela desamarrando sua mão esquerda, ela não tenta nada, até porque está fraca, boto sua mão encima da cadeira, a olho por um estante, ela não transmiti nenhuma reação, seu olhar está direcinado até a porta, daria tudo para saber o que a mesma tanto pensa nesse momento. Pego somente o dedo anelar, encolhendo os outros, a olho mais uma vez, eu estou pensando em considerar o fato que vou passar dos limites. 

 Olho para sua mão, parece até uma tentação, algo em mim diz pra eu fazer isso. Sem pensar mais, em questão de segundos abaixo a faca com toda a força que meu corpo exercia no seu dedo anelar, cortando o mesmo, fazendo ele cair no chão por conta da força. Taeyeon mordia com muita força seus lábios, chegando a sangrar, consigo ouvir seu coração acelerado, lágrimas de dor cai de seus olhos, daria para fazer um rio com seu sangue, suor e lágrimas. Não demorou muito e logo vejo Taeyeon desmaiar, algo que eu estava esperando faz um tempo para acontecer. Jogo a faca em um canto qualquer do quarto e sento na cadeira já esperando Yoongi, o qual não demorará muito para chegar

~Quebra de Tempo~ 


 *Yoongi On* 


 Chego em uma casa abondonada, o delegado disse para que eu entrasse, caso ele tente algo é para apertar o sinal, que é um pequeno botão vermelho que carrego no bolso de meu casaco. Entro na casa, a qual está totalmente empoeirada e cheia de telha de aranha, vou até uma porta de ferro grande e chamativa, abro a mesma devagar e com calma.

 Lá estava ela toda ensanguentada, seu rosto quase que deformado, com um grande corte em sua bochecha, não dá nem para saber a cor de sua roupa por causa do sangue. Seu cabelo bagunçado, seus lábios cortados e sua pele cheia de arranhões. O pior é que a culpa é minha, eu não deveria ter me envolvido com uma adolescente. Se eu tivesse deixado ela em paz, talvez isso não tivesse acontecido. A culpa é minha... Toda minha... 

 - Annyeong Yoongi... - meu olhar é direcionado para aquele aquele psicopata, no qual estava sentado em uma cadeira velha e acaba de levantar. A culpa não é só minha, ele fez isso, ele a machucou. Dou passos lentos e leves em direção a Jackson que não para de sorrir, como se aquilo fosse engraçado - A culpa disso tudo querido açucar, é sua e dela. - fala apontando pra _______ - Você porque a tirou de mim, e ela porque agiu como uma vadia e me traiu com o primeiro lixo que encontrou! - não conseguir me conter e dei um murro em seu rosto, que agora está vermelho.

 - Você não vale nada Jackson... Não vou ficar descutindo com você, _______ precisa de mim agora - viro de costas indo até a mesma, sinto uma mão me puxar, me fazendo virar para traz, quando olho ele dá murro em meu rosto, fazendo o mesmo ficar ardendo. Boto as pontas de meus dedos no canto da minha boca vendo sangue. Olho para ele com ódio no olhar, minha vontade de bater nesse desgraçado é imensa. Chuto com força sua barriga, o fazendo cair no chão, sem pensar subo nele dando murros em sequência no seu rosto, aperto seu pescoço com força, o deixando quase sem ar. - Sua morte favoreceria a muita gente, estou pensando mesmo em acabar com essa sua vida de merda... - vejo o olhar dele circular o quarto, mas depois parar em meus olhos. Ele não parece com medo para uma pessoa que irá morrer, mas também não está feliz. 

 - T-Tem certeza... q-que quer... i-isso? - fala pausadamente na tentativa de respirar. Não consigo e ele sabe disso. Eu não sou que nem ele, eu não tenho coragem, mesmo que eu tenha todas as razões possíveis, eu não sou um assassino... Solto de leve seu pescoço, já desistindo de por um fim naquela história - Escolha errada Yoongi... - Sinto algo adentrando minha barriga, uma dor terrível invade o local me fazendo cair no chão ao lado dele, começo a vomitar sangue, aquela sensação que dá a maldita impressão que estou vomitando todos os meus órgãos se faz presente, Jackson só faz rir de mim, ele realmente me odeia - Devemos saber quando devemos poupar uma vida, essa foi a pior escolha de sua vida Yoongi... - Maldito! Eu deveria ter matado ele enquanto era tempo! Minhas mãos começam a tremer, mas consigo dificilmente apertar o botão de alerta, começo a ouvir um barulho de sirene fora da casa. Jackson vai até ______ com sua faca em mãos, achei que ele iria matar ela, mas ele só fez selar sua testa. 

Ele olha para mim, vejo uma lágrima cair de seus olhos parecendo aflito, ele sorri e rapidamente enfia a faca contra seu próprio peito, caindo no chão, olho para o seu rosto e o mesmo sorria, acho que o coitado morreu feliz, a felicidade dele foi estragar a minha. Esse cara é doido, eu não consigo sentir pena dele, não depois do que ele fez com ______, ele até que mereceu. Vejo os policiais entrar no quarto, me pegarem e pegar minha princesa junto. Sinto meus olhos pesarem, a falta de ar invade meus pulmões, sem conseguir segurar meus olhos os deixo fechar. 

 Isso que Jackson tinha não é amor, nem chega a ser um amor doentio, quem ama cuida e não machuca. Minha vontade de abraça-la é maior que tudo agora, pouco me importa se eu sobreviver, eu só quero que ______ fique bem. 

 "E como último desejo queria poder ver seu sorriso, o sorriso pelo qual me apaixonei."           


Notas Finais


Como ta o dedo de vcs? 😂 Cortar o dedo é super normal gente... Pelo menos não cortou aquele dedo usado para tacar o foda-se 😂 (é o mais importante de tds gente!)kkk

😞💔 Coitado de Suga mozão... Será que ele fica vivo? Ou o mozão morre? 😕

Não sei os seus mas o meu utt é o Suga/Yoongi/Agust D mozão. Ele é nindão bora admitir... 💗

Boa Noite/Dia/Tarde/Madrugada e até o próximo 🏃🙋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...