História Imprescindível - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Dakota, Giles, Iris, Jade, Kentin, Kim, Leigh, Letícia, Manon, Melody, Nathaniel, Peggy, Personagens Originais, Professor Faraize, Professora Delanay, Rosalya, Viktor Chavalier, Violette
Tags Ken, Kentin, Kentin X Docete
Exibições 38
Palavras 3.448
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


~Alguns avisos nas notas finais <3

Capítulo 9 - Descobrindo algo novo!


Fanfic / Fanfiction Imprescindível - Capítulo 9 - Descobrindo algo novo!

~ Carolina on ~

Acordei cedo demais... Ter problemas com ansiedade é um saco mesmo!

Fiquei parada em frente ao espelho do meu armário... Que roupa vestir? Que penteado fazer? É meu primeiro dia numa nova escola, quero causar boa impressão...

Mexi em algumas roupas, optei por um vestido branco com um laço vermelho no pescoço, e bem, para o cabelo... Vou apostar no clichê da trança lateral... Vai ficar legal!

Felizmente meu quarto já estava todo arrumado, as paredes pintadas e os móveis no lugar, só faltava decorar, mas isso, só durante a semana irei resolver! Meu armário ficou na parede ao lado da porta, a cômoda ao lado direito e a cama ao lado esquerda, no pé da cama minha mesa de estudos, já o meu aquário... Bem, tia Agatha quis colocar na sala, segundo ela "Os peixes precisam ver gente e movimento", não discuti, até por que esse quarto é menor e não tinha um bom espaço para coloca-lo.

- Acorda borboletinha - minha tia abriu a porta bruscamente - Você vai se atra...

Parou de falar no mesmo instante que me viu de pé.

- Já estou pronta!

Falei sorrindo e alinhado meu vestido.

- Tão fofinha, que lindinha!

Os olhos dela brilharam.

Olhei-me novamente... Realmente eu estava fofinha, parecia uma criança no seu primeiro dia de aula... Além do fato de eu ser baixa, pra ser mais exata, tenho 1,62 de altura, o vestido e o cabelo ajudavam ainda mais essa minha aparência!

- Estou muito infantil?

Perguntei ainda me encarando!

- Claro que não, você está fofinha demais! Ainda bem que não quis colocar aquelas roupas rasgadas, tá tão lindinha de vestido!

Eu sorri, meu estilo é bem diferente disso, mas eu sinto que preciso mudar... Eu vou mudar, a velha Carolina morreu definitivamente!

A mudança começou pelo meu quarto, agora minhas roupas e depois a gente vê, vou melhorar o meu jeito, slá!

- Não quero chegar na escola parecendo aquelas meninas rebeldes!

Comentei, minha tia riu, provavelmente achando graça dessa minha mudança!

- Acho que eu ganhei a filha que queria ter!

Ela saiu e fechou a porta...

Eu me senti feliz em vê-la assim, parece que eu também ganhei uma mãe do jeito mais louco e legal que alguém poderia ter!

Falei com meus pais no sábado, eles estavam tão felizes... Contaram as novidades da casa nova, do museu e do pouco que conheceram na cidade e etc... Eu só espero que eles se sintam felizes com essa nova vida, assim como eu desejo ser!

- Vai lá e arrasa!

Pisquei pra mim mesma em frente ao espelho!

Coloquei uma sapatilha da cor do laço e peguei minha bolsa. Antes de sair dei uma olhada no celular... Lety até agora não apareceu, mas sei status mudava todos os dias... Pergunto-me se fiz algo a ela! Depois olhei rapidamente o chat de Viktor... Sem status, sem fotos... Não acredito!

- Ele me bloqueou?

Falei alto para eu mesma ouvir aquela pergunta... Mandei uma mensagem, não posso acreditar que ele fez isso...

Carolina: _ Oooi! _

Viktor: _ A mensagem não pode ser enviada, usuário inexistente! _

Não... Não to acreditando nisso...

Carolina: _ Pq isso? _

Viktor: _ A mensagem não pode ser enviada, usuário inexistente! _

Carolina: _ Jkl _

Viktor: _ A mensagem não pode ser enviada, usuário inexistente! _

Carolina: _ sbsjsbai _

Viktor: _ A mensagem não pode ser enviada, usuário inexistente! _

Comecei a floodar o chat dele com letras aleatórias e a maldita mensagem chegava toda hora!

Viktor: _ A mensagem não pode ser enviada, usuário inexistente! _

Ele realmente me bloqueou... Fiquei parada encarando a tela do celular completamente perplexa... Ele realmente me bloqueou... Mas por quê? Eu não estou acreditando que Viktor fez isso comigo sem motivo al...

Um barulho de notificação me chamou a atenção!

Kentin: _ Acabei chegando cedo demais kkkk estava mt ansioso, vou ficar na porta de esperando, tá bom? _

Carolina: _ Tudo bem, já estou saindo! xD _

Coloquei o celular na bolsa ainda perplexa pelo o bloqueio de Viktor... Então é assim que acaba uma amizade de anos?

 

***

 

Depois de tomar café correndo com Tia Agatha e sair voando pela casa a fora cheguei à escola. Ken estava lá usando suas roupas de sempre, calça jeans e um suéter verde! Ele estava encostado na parede ao lado do portão. Aproximei-me lentamente o fazendo não me notar.

- Demorei muito?

Fiquei em frente a ele, coloquei as mãos nas costas e fiquei o esperando reagir. Ele foi levantando seu olhar que estava no chão me observando atentamente, acabou me deixando um pouco sem jeito!

- BOM DIA LINA!

Que saudades de ouvir essa empolgação dele... Ouvi umas risadas abafadas passando por nós, mas não me importei para olhar!

- Vamos, não quero me atrasar!

Falei o puxando pelo braço.

Entramos na escola, o pátio é muito maior que o da nossa antiga escola... Era enorme!

- Essa escola parece ser muito grande!

Comentei, eu nunca tinha ido ali.

- É mesmo, eu quase me perdi!

Ele afirmou atrás de mim.

- Temos que ir ao grêmio pegar nossos horários!

Ele falou me fazendo lembrar que tia Agatha tinha me avisado sobre isso!

- Onde fica o grêmio?

Perguntei me virando para ele.

- Eu não sei...

Olhou para os lados e coçou a nuca, ele semp...

- VOCÊ!

Ouvi alguém gritar com tom de acusação, me virei lentamente...

- Eu me lembro de você!

Quando vi não acreditei, a mesma garota de cabelos brancos que esbarrei esses dias estava ali de pé apontando o dedo pra mim... Que vergonha! Ela deve me achar uma louca!

- Ah você se lembra...

Eu falei sem graça sorrindo e coçando a nuca...

- Você esbarrou em mim e depois saiu correndo!

Ela estreitou os olhos e cruzou os braços.

- Sobre isso eu peço desculpas, eu estava...

- Distraída!

Ela completou o que eu ia dizer. Eu comecei a ficar muito sem graça e dei uma olhada pra Kentin pedindo socorro, mas ele estava tão constrangido quanto eu!

- Prazer meu nome é Rosalya!

Ela falou com um largo sorriso no rosto me deixando confusa... Essa menina, ela está com raiva ou esta sendo legal?... O que está acontecendo aqui?

- Aquele dia você parecia bem atordoada, foi engraçado a sua cara!

Ela começou a rir... Então ela é legal?

- Meu nome é Carolina, esse é o Kentin!

Falei tentando diminuir a tensão que sentia!

- Então são vocês os novos alunos? Fico surpresa pela coincidência de ter te encontrado antes!

Eu ri afirmando com a cabeça, que situação...

- Vocês já pegaram seus horários?

Ela perguntou... Vou pedir para ela nos levar ao grêmio!

- Estávamos procurando o grêmio para ver isso, você pode nos mostrar onde é?

Perguntei sorrindo pra ela.

- Claro! Vem vou levar vocês!

Ela começou a dar passos na nossa frente, apenas a seguimos. Entramos na escola, o corredor era bem maior que o da nossa antiga escola, na verdade acho que toda esta escola. Ela parou em frente à primeira porta do corredor!

- Aqui é o grêmio, vocês devem falar com o Nathaniel, ele é o representante de turma.

Assenti com a cabeça.

- Bem, eu vou indo, até mais tarde!

Ela falou dando tchau e se dirigiu em direção ao pátio novamente! Ken deu três batidinhas na porta.

- Entra!

Uma voz masculina falou.

Assim que entramos vimos um garoto loiro, parecia ter a mesma idade da gente, só que as roupas pareciam de um homem bem mais velho!

- Sim?

Ele falou nos encarando.

- Estamos procurando o representante de turma!

Eu falei segurando minha bolsa.

- Olá, sou eu, Nathaniel. Vocês precisam de algo?

- Sim! Precisamos dos nossos horários!

Respondi sorrindo tentando ser bem simpática.

- Ah! Vocês são os novatos! Claro vou olhar só um instante!

Ele suspirou e começou a mexer em alguns papeis que estavam soltos pela mesa, depois ele caminhou tranquilamente até um armário no canto da sala, pegou duas chaves e um pequeno bolo de folhas. Ken e eu nos entre olhamos em silencio.

- Pronto!

O loiro falou nos fazendo olhar para ele.

- Aqui esta! – ele girou dois chaveiros entre os dedos - Essa é a chave do armário de vocês, precisam assinar esse termo de uso!

Ele entregou uma folha para mim e outra para Ken.

Fingi que estava lendo aquele termo de uso, olhei rapidamente para Kentin, ele estava lendo aquilo bem serio, fiquei ali enrolando com a folha na mão para espera-lo. Quando ele finalmente terminou entregou, em seguida entreguei também.

- Obrigada Nathaniel!

Eu falei dando um meio sorriso.

- Está tudo ok com a inscrição de vocês! - ele nos entregou uma folha para cada – Esses são seus horários! Para facilitar para vocês, vou explicar que os corredores são divididos por letras! Bem, o corredor A é este assim que sai desta sala, B é o próximo só seguir direto e o C é bem lá no fundo onde fica a escadaria. Já o segundo andar todo é D e o terceiro E! – ele fez uma pequena pausa – Mas enfim, bem vindos a Sweet Amoris!

- Obrigada!

- Obrigado!

Eu e Kentin falamos juntos, demos um sorriso sem jeito e saímos da sala.

Paramos ao lado da sala, dei uma olhada no chaveiro que tinha recebido.

- Peguei o armário A14 e você?

Perguntei curiosa.

- B21!

Ele respondeu.

- Parece que não vamos ser colegas de corredor!

Falei rindo um pouco desanimada.

- Ei, vamos ver os horários!

Levantei minha folha, ele colocou a dele ao lado da minha, ficamos analisando. Ah não, que droga! Nossos horários eram completamente diferentes, a única aula que tínhamos juntos era educação física!

- Ah não! Não acredito que estamos em turmas diferentes!

Reclamei... Claro que vou reclamar, queria ficar na mesma turma que ele!

- Posso tentar trocar de turma!

Ele sorriu animado...

- E se não conseguir?

Perguntei bufando...

- Podemos cabular as aulas de educação física!

Ele falou, começamos a rir igual a dois idiotas... Saímos de uma escola achando que ia ser diferente, mas pelo visto está seguindo o mesmo roteiro do ano passado!

O sinal tocou, olhei para meus horários rapidamente, iria ter aula na sala A1, depois dei uma espiada no dele, ele vai pra A3.

- Vamos pra sala, no intervalo nos encontramos!

Falou sorrindo pra mim.

 

***

 

Não tinha ninguém na sala, mas as carteiras estavam dominadas pelas mochilas. Tinha pouquíssimas mesas livres, olhei logo para fileira da janela, só tinha uma carteira livre ali, era logo na primeira fileira, fazer o que? Vou me sentar ali mesmo. Lentamente as pessoas foram entrando, a tal de Rosalya entrou, logo atrás dela estava um menino de cabelo prata, ele era muito alto e usava umas roupas chamativas. Quando ela me viu veio andando e rindo na minha direção!

- Oi Carolina!

Ela falou com um sorriso.

- Olá Rosalya!

Falei tentando ser simpática.

- Cadê o seu irmão?

Irmão? Ela acha que o Kentin é meu irmão?

- Oh, ele não é meu irmão!

Ela franziu o cenho!

- Ele é meu melhor amigo!

Falei sorrindo.

- Ah, vocês são tão fofinhos, achei que fossem irmãos! Ah, e esse aqui é o Lysandre.

Ela pós a mão no ombro do menino que estava atrás dela.

- Olá, prazer em conhecê-la!

Ele falou estendendo a mão, eu fiz o mesmo, ele a pegou e suavemente depositou um beijo. Eu levei um susto, achei que ele só iria apertar! Senti meu rosto ficar quente!

Reparei mais em seu rosto... Seus olhos têm duas cores, um é amarelo e o outro verde, é lindo demais, eu nunca vi olhos assim, me sinto hipnotizada com eles.

- Acho melhor fechar a boca, se não vai começar a babar!

Rosalya falou me despertando do meu pequeno transe!

- Oi?

Falei virando meu rosto em direção a ela, não tinha entendido o que ela falou.

- hahahahaha você ficou encarando o Lys!

Quando olhei pelos cantos dos olhos, vi ele estava só um pouco vermelho, ao contrário de mim que devo estar um tomate.

- Me desculpa, é que seus olhos - eu olhei para ele diretamente - São muito bonitos! Eu nunca tinha visto olhos assim!

Eu devo tá parecendo uma idiota.

- Obrigado!

Ele me respondeu, agora sem rubor nenhum nas bochechas.

- Até logo Carolina!

Ela me deu um tchauzinho e ambos foram seguindo mais pro fundo da sala.

Não demorou muito um homem que parecia ser o professor entrou. Ele era alto e bem magro, tem o cabelo bem escuro e usa um pequeno óculos que ficava preso sobre seu nariz. Seus olhos procuraram pela sala e pousaram exatamente onde eu estava. Ele colocou sua bolsa sobre a mesa principal e depois ficou de pé em frente ao quadro!

- Bom dia turma!

Ele falou chamando a atenção de todos.

- Todos estão sabendo sobre os novos alunos, então, por favor!

Ele olhou para mim e fez um gesto para eu me levantar. Timidamente fiquei de pé.

- Pode se apresentar!

Ele falou pra mim gesticulando para eu prosseguir.

- Bom dia! - sorri largamente - Eu me chamo Carolina, tenho quinze anos... Espero me dar bem com todos vocês!

Eu me virei para turma e fiquei acenando com a cabeça. O professor fez um sinal de positivo com a mão.

- Prazer Carolina! Chamo-me Faraize, sou o professor de história!

Eu assenti com a cabeça enquanto sorria.

- Como de costume, dou cinco minutos para turma fazer perguntas aos novos alunos, alguém quer começar?

Um garoto loiro com um sorriso enorme nos lábios levantou a mão.

- Pode falar Dakota!

O professor falou.

- Então gatinha, você tem namorado?

Ele fez uma voz sedutora e me olhou de cima a baixo. Eu encolhi meus ombros querendo esconder minha cara, ele me deixou totalmente sem graça. A turma inteira riu e isso me deixou mais embaraçada ainda!

- Não é esse tipo de pergunta que eu libero fazer!

Faraize falou, mas mesmo assim a turma não parou de rir.

- Silêncio, vamos iniciar a aula!

Eu me sentei totalmente constrangida. Abri meu caderno querendo enterrar minha cara nele.

- Ei guria! Não precisa ficar assim por causa do Dakota!

Alguém cutucou meu braço, olhei para trás, era uma menina morena de olhos verdes.

- Ele é idiota!

Ela mordeu a ponta do lápis!

- Obrigada, é que, ele me pegou de surpresa!

Ela riu e jogou as mãos para trás da cabeça.

- Eu me chamo Kim, relaxa guria, é seu primeiro dia!

Ela sorriu e piscou pra mim. Eu devolvi o sorriso e me virei para continuar acompanhando a aula!

 

***

 

Eu não conseguia parar de pensar em como Kentin estava. Ele é bem tímido e se comigo já foi embaraçoso imagina com ele... Não quero nem pensar. Sai da sala e fui procurar meu armário no corredor principal, até que várias risadas foram se aproximando, eu me virei pra olhar.

- Oh, então você é o outro bicho do mato!

Uma garota loira falou. Ela estava acompanhada de duas outras meninas, uma de cabelos castanhos e outra de cabelos negros, essa tinha uns traços orientais. As três pararam e ficaram na minha frente.

- Não sabe falar também?

A loira falou e começou a rir, as outras duas acompanharam.

- Só veio gente patética pra essa escola!

Dei de ombros, me virei e continuei andando... Devem ser as idiotas da escola, nem merecem minha atenção! Senti duas mãos me empurrando, eu acabei tombando pra frente, mas consegui me segurar nos armários para não cair.

- Toma cuidado novata! Hahahaha

As três saíram rindo. Elas me empurrando? E se eu tivesse caído?

- Idiotas!

Falei fechando minhas mãos em punho, elas vão ver só, eu ainda vou...

Meus olhos pousaram exatamente em Kentin, ele estava vindo do outro corredor, ao seu lado estava uma menina ruiva, muito bonita por sinal, eles estavam conversando tranquilamente... Senti algo ferver dentro de mim, ele estava totalmente tranquilo e descontraído com ela, eu nunca o vi assim com ninguém, ainda mais com uma menina... Então ele se enturmou rápido não é?

Eu me virei rapidamente tentando fingir que não tinha o visto, comecei a olhar para os armários... Minhas mãos estavam trêmulas, que merda é essa?

- Lina te achei!

Ken falou colocando a mão em meu ombro!

- Oi!

Eu me virei e falei totalmente seca!

A garota ruiva estava do lado dele, ela abriu um enorme sorriso.

- Oi, prazer em te conhecer Carolina, eu me chamo Íris!

Eu não sei por que, mas essa menina tá me deixando bastante incomodada!

- O prazer e todo meu!

Falei com ironia, mas acho que ela nem notou.

- Kentin fala muito de você, finalmente conheci a famosa Lina!

Nossa, ela fala como se conhecesse ele há muito mais tempo...

- Vocês já se conheciam?

Perguntei, afinal não posso ser tão famosa assim só por causa de uma manhã.

- A gente fazia aula de música juntos!

Ela me respondeu ainda sorrindo, sério esse sorriso dela está me irritando muito!

- Não me lembro dele ter comentado de você!

Respondi ríspida, eu sabia que Kentin fazia aula de música, mas não me lembro dele ter comentado sobre essa menina!

- Oh, eu comentei com você, ela é a menina que toca violino e guitarra!

Olhei pra ele... Lembro-me vagamente sobre essa história, mas quando ele me contou achei que fosse uma pessoa bem mais velha...

- Eu não toco tanto Kentin, quem toca guitarra é meu irmão! hahaha

Ela falou ficando um pouco corada...

- Você toca muito bem, eu me lembro no dia que você tocou no curso!

Ele falou admirado.

Por que eu estou tão incomodada com esses dois?

Meu incômodo aumentou mais ainda... Eles começaram a conversar entre si, ficaram falando sobre música e eu comecei a me sentir de lado... Eu sou sempre o segundo plano não é? Respirei profundamente, toda minha empolgação com esta escola passou!

- Lina?

Ken falou gentilmente desviando sua atenção da conversa.

- Sim?

Respondi sem olhar pra ele...

- Está tudo bem? Você parece distante!

Ah, agora ele notou...

- Não é nada!

Respondi encarando meus pés, maldito sinal... Toca logo! Tira-me dessa situação!

- Olha que bonitinhos os bixos do mato! Hahahahaha

Aquelas garotas passaram novamente! Estou me segurado pra não dar um murro nessas meninas...

- Não liguem para Ambre e suas amigas, elas são assim com todo mundo, não pense que é algo pessoal, viu?

A tal de Íris falou, que vontade de dar um murro nela também!

- Elas são da sua turma Ken?

Perguntei ignorando totalmente Iris, se forem vão ter um problema!

- Elas são! Mas não se preocupe, só fizeram algumas piadas, nada demais!

Ele falou tentando me tranquilizar, provavelmente percebeu que eu já estava nervosa!

- Hm ok!

O sinal finalmente tocou.

- Eu nem mostrei o resto da escola para vocês, como sou distraída!

A ruiva falou, essa garota não notou que estou incomodada com ela ou está fingindo?

- Não tem problema!

Respondi dando de ombros e seguindo novamente pra sala... Deixei os dois para trás!

Por que eu estou tão incomodada assim? A menina parecia ser legal... Eu não sei o que está havendo comigo...

Fui direto para a mesma cadeira de antes! Sentei e encostei minha cabeça na janela e fiquei olhando pra fora... O vento estava bem fraco, poucas folhas se moviam, devia estar tão tranquilo lá fora! Peguei meu celular, coloquei fones de ouvido e deixei uma música rolando... Ultimamente fico tensa e incomodada com qualquer besteira.

Idaí que eles são colegas, amigos ou sei lá o que eles são! Eu não tenho direito de ficar com raiva disso, tenho? Não! Eu não tenho direito nenhum! Eu deveria estar feliz por ele já estar se enturmando, mas por que isso me incomoda tanto?  Por que aquela garota com aquele sorrisinho bobo me deixou tão nervosa?

 

“But I think they call that jealousy” (Mas acho que chamam isso de ciúmes)

 

Espera um pouco...

 

“What is taking over me? Jealousy” (O que está tomando conta de mim? Ciúmes)

 

Eu estou com...

 

“A bubbling inside of me? It's jealousy” (Um borbulhar dentro de mim? É o ciúmes)

 

Ciúmes?

 

“Controlling me, it's coming after me” (Controlando-me, está vindo atrás de mim)

 

Ficar tão incomodada de vê-los juntos...

 

“It's so easy, when you don't belong to me” (É tão fácil, quando você não pertence a mim)

 

Isso é ciúme?

 

“Jealousy, it's jealousy” (Ciúmes, é ciúmes)


Notas Finais


~ Esses trechos usados no fim do capitulo é de uma musica (Marina and the Diamonds - Jealousy), que eu adoro <3 ~

Olá pessoas, como vocês estão?
Demorei um pouquinho, mas cheguei... Como eu disse nas notas anteriores eu estava bem desanimada, mas minha animação voltou, AMÉM!
Desculpe por algum erro :v
Obrigada por estar acompanhando <3
Beijooooos <3 OBRIGADA POR TODOS OS COMENTÁRIOS :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...