História Fica Comigo - Ezarel - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Eldarya
Personagens Erika, Ezarel, Jamon, Keroshane, Leiftan, Mery, Miiko, Nevra, Personagens Originais, Valkyon
Tags Aventura, Eldarya, Ezarel, Romance
Visualizações 71
Palavras 800
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura!❤

Capítulo 3 - "O Pequeno Cristal"


-Bem-Vinda à Eldarya! 

-Eldarya? - perguntei confusa.

-Sim, Querida, Eldarya. - disse Miiko - Ezarel, tem certeza que você não conhece nenhum método para levá-la para o mundo dela? 

-Já afirmei que não, Miiko. - respondeu Ezarel

-Bom, nesse caso... -Miiko virou-se para o ogro. -Jamon, leve-a para cela novamente. Quando descobrirmos uma maneira de mandá-la de volta para o seu mundinho, nós a tiramos de lá.

Jamon veio em minha direção, determinado a me levar de volta para a cela. A medida que ele ia se aproximando, eu me afastava. De jeito nenhum eu volto para aquela gaiola. Ele finalmente conseguiu segurar o meu braço e estava prestes a me levar para a escada, mas Miiko gritou:

-ESPERA! O que é isso no seu pescoço? - Miiko se referia ao meu colar. O mesmo era constituido por um cordão e uma pedrinha de brilhante como pingente.

-Óh, é um colar que a minha bisavó me deixou - disse mostrando o objeto.

-Mas é... É um pedaço do cristal! - Miiko se aproximou -Você o trouxe do seu mundo?

-Bom, creio que sim! - eu tirei o colar do pescoço e o estendi para Miiko -Quer ver?

Miiko fez que sim com a cabeça e pegou o objeto da minha mão. Ela tirou o cordão que envolvia a pequena pedra do meu colar e se aproximou do Grande Cristal.

- E-ei, mas o que você está fazendo com... - Miiko colocou a pedrinha próximo ao Grande Cristal e ambos se fundiram, formando assim um só. Uma luz forte tomou conta de toda a sala e uma mulher com forma fantasmagórica, porém muito bela, apareceu na minha frente. Ela me deu um doce sorriso e levantou a mão direita lentamente, apontado seu dedo indicador para mim. Ela suspirou fundo e disse calmamente:

-Senti a sua falta... - ela abaixou o braço e desapareceu novamente.

Como assim ela sentiu a minha falta? Eu nunca a vi na vida. Isso tudo está ficando cada vez mais estranho...

-O Oráculo apareceu pra ela? É sério? - Ezarel parecia estar tão chocado quanto eu. Na verdade, todos ali estavam tão chocados quanto eu.

-Annie, de onde você conhece o Oráculo? - Kero me perguntou.

- M-as eu nunca a vi em toda a minha vida - respondi. -Não sei porque ela disse que sentia a minha falta se eu não a conheço...

-Mas o Oráculo conhece você! - falou Nevra -Miiko, o que vamos fazer com ela agora?

-Vamos colocá-la na cela novamente e fingir que tudo isso nunca aconteceu! - sugeriu Ezarel. Esse cara já está me irritando.

-Nem pensar! Eu não vou voltar para aquela cela denovo. 

-Humanos são tão folgados... - Ezarel revirou os olhos. -Nós damos uma cela todinha só para você se você descer as escadas de bico calado, que tal?

Eu já disse que esse azulzinho está me irritando? 

-Eu acho que não devemos colocá-la numa cela depois deste acontecimento! - uma voz masculina soou de um canto escuro do cômodo. O dono da voz era um rapaz de cabelos loiros que saiu de trás de um dos pilares da sala.

-Leiftan? Você estava aqui esse tempo todo? - Miiko e os outros também ficaram surpresos com a presença deste rapaz. Ele responde pelo nome de Leiftan.

-Acho que nenhum de nós vimos que você estava aqui! - disse Kero.

-Só porque vocês não conseguiam me ver, não significa que eu não podia ver vocês!

-Eu imagino então que você deve ter visto o...

-O Oráculo? Eu vi isso sim e tudo mais o que aconteceu. Vi que vocês estão tratando isso com tamanha indiferença também. - É impressão minha ou esse tal de Leiftan está dando um sermão?

-Não estamos tratando isso com indiferença. - Miiko fechou a cara.

-Quando Ezarel disse que deveriam prendê-la na cela e figirem que nada aconteceu, deu a entender que era exatamente isso, não acha? - Leiftan jogou um olhar desafiador a mulher raposa e ao restande das pessoas que estavam presentes.

-Olha, nós apenas estamos decidindo o que vamos fazer com ela diante desta situação! - disse Miiko, com um tom de voz bem alterado.  

-Então vocês estão cientes de que isso tem que ser decidido de forma bem delicada. O que aconteceu aqui não foi coisa boba! - falou Leiftan. Eles falam como se eu não estivesse aqui. Pff.

-Bom, eu sei, eu vou fazer isso. - Miiko se virou em minha direção. -Annie, pode nos deixar á sós para resolvermos esse problema?

-O quê? Por quê? - Disse indgnada. Qual é, esse "problema" é completamente relacionado á mim. Por que eu sou a única pessoa que tem que sair da sala?

-Não faça perguntas, apenas saia daqui! - Miiko não parece muito amável agora... -Anda, sai daqui!

Mesmo contra a minha vontade, eu sai de lá. Eu não quero mais arrumar confusão nesse lugar, vou esperar aqui fora mesmo. O que será que eles estão falando lá dentro, hein? 


Notas Finais


Obrigada por ter lido❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...