História Imprevisível(texting) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Depressão, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Segredos, Suga, Texting
Exibições 244
Palavras 767
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Postando cedão pq sim :V

Capítulo 10 - Uma boa costureira e as palavras de uma pessoa não sóbria.


– Ou, ou, ou! – Ele pronunciou, balançando as mãos na frente do corpo, assustado. Eu parei de me aproximar, o encarando com uma sobrancelha arqueada. – O que você vai fazer com isso? – Ele perguntou, dando um paço para tras, mantendo os olhos fixos no kit de costura que eu carregava.


– Eu vou dar os pontos nesse corte. – Falei, como se fosse óbvio. – Você não quer ir no hospital, e isso não pode ficar aberto. – Dei de ombros. – Não se preocupe, eu sou boa em costura. – Sorri, talvez achando graça do desespero dele.


– Mas costurar roupa não é o mesmo que costurar pele! – Ele deu mais um paço para tras, e eu o encarei de um jeito repreendedor. Ele suspirou pesadamente, tentando se acalmar. – Você tem certeza? Quer dizer, é a primeira vez que você vai fazer isso...


– Quem disse? – Apontei para a cama, e ele se sentou nela, me encarando com uma sobrancelha arqueada. Soltei uma pequena risada. – Eu namorei com Zico por um tempo. Ele sempre aparecia com machucados desse tipo por causa dos "serviços" que ele faz. Sobrava para mim costurar as feridas, já que era perigoso ele ir para o hospital.


– Serviços? – Ele perguntou, e eu permaneci em silêncio, com a cabeça abaixada. – Você não vai me contar, certo? – Eu assenti, e ele suspirou pesadamente, bagunçando seus cabelos. – Tudo bem. Vamos ter tempo para discutir sobre isso outra hora. – Eu arqueei uma sobrancelha, porém não disse nada.


– Pronto. – Passei a linha pela agulha, me virando para ele. O mesmo voltou a ficar assustado, e eu sorri. – Se acalme, tudo bem? Vai doer um pouco, mas o corte não foi tão feio assim, então não vai demorar muito. – Ele assentiu, engolindo em seco.


Eu me abaixei a sua frente. Ok, essa situação era um tanto quanto constrangedora, se você for considerar que estávamos trancados no meu quarto, ele sentado na cama e eu ajoelhada na frente dele. Eu espero que Changkyun continue dormindo até eu acabar aqui, porque não gostaria de ser pega nessa situação.


Taehyung parecia pensar o mesmo que eu, porque ele também estava um pouco sem graça. De qualquer forma, ele ergueu sua blusa, deixando o corte a mostra. A agulha adentrou sua pele de leve, e ele deu um pulo, surpreso. 


Ele fechou os olhos, tentando se concentrar em outra coisa que não fosse a dor. Terminei aquilo o mais rápido que pude, e ele sorriu para mim. É estranho pensar esse tipo de coisa, mas acho que eu nunca vou me cansar do sorriso desse menino.




[ 3:00 ] Sky


[ Áudio ] – EI, V!


[ Áudio ] – VOCÊ ESTÁ ACORDADO?! VOCÊ ESTÁ?!


[ Áudio ] – EU TÔ NA FESTA DO YOONGI AGORA, TÁ MUITO LEGAL! EU TROPECEI NA FRENTE DE TODO MUNDO HAHAHA


[ Áudio ] – VOCÊ JÁ REPAROU EM COMO A MINHA VOZ É ENGRAÇADA EM ÁUDIOS?!



[ 3:05 ] V


Sky, você está nessa festa?

E espera... Você está bêbada?



[ 3:06 ] Sky


[ Áudio ] – QUEM TE CONTOU?! FOI O ZICO, NÃO FOI?! EU MANDEI ELE PARAR DE ME ENCHER O SACO E ME DEIXAR BEBER! ELE LIGOU PARA VOCÊ?!



[ 3:06 ] V


O Zico está aí? Isso não é bom...

Sky, cadê seu irmão?



[ 03:07] Sky


[ Áudio ] – Não sei, ele não me disse nada...



[ 3:07 ] V


Caralho Sky, você não tá mais falando coisa com coisa!

Você consegue voltar para casa sozinha?



[ 3:08 ] Sky


[ Áudio ] – Não, Daddy. Você podia vir me buscar...



[ 3:08 ] V


Eu tô quase indo mesmo!

Olha o seu estado!



[ 3:09 ] Sky


[ Áudio ] – E por que você não vem, Daddy?



[ 3:10 ] V


Não me chame assim.

E para com essa voz manhosa.



[ 3:11 ] Sky


[ Áudio ] Mais por que Daddy? Você gostava!



[ 3:11 ] V


Sky, não comece a fazer pirraça!

E você não tem noção do que está dizendo!



[ 3:12 ] Sky


[ Áudio ] – Daddy, eu sinto saudade de você. Eu ainda consigo sentir as suas mãos pelo meu corpo, e eu quero te sentir de novo! Só que dessa vez, te sentir dentro de mim!



[ 3:13 ] V


Sky, sério, para.

Você não está sã, guarde esse celular e volte para casa!



[ 3:14 ] Sky


[ Áudio ] – Eu sei que você está excitado, Daddy... Não tenha vergonha disso, só imagine que eu estou aí.



[ 3:14 ] V


Eu não sei o que dizer...



[ 3:15 ] Sky


[ Áudio ] – Diga que você me quer do mesmo jeito que eu te quero...



[ 3:15 ] V


Sky, eu não acho que seja uma boa idéia, eu...

Eu preciso tomar um banho, desculpa, eu simplesmente não posso.



[ 3:16 ] Sky


Por que você me maltrata tanto, Daddy?

Eu só quero você, quero saber quem é você!



[ 3:17 ] V


A gente conversa amanhã.

Me desculpa, Sky.


Notas Finais


Não sei o que aconteceu nesse cap, eu juro :V


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...