História Impulso - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha
Tags Narusasu, Naruto, Omegaverse, Romance, Sasuke, Sasunaru
Visualizações 85
Palavras 4.161
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Fantasia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yoo, enfim o cap. OneShot, espero que não tenha ficado confuso, pois é a primeira oneshot que escrevo desse tema, mas se ficar, me avisem que eu reviso. Toda a crítica é bem vinda!!
DICA 1: Prestre atenção nas mudança de pontos de vistas dos personagens, sorry se for cansativo >:, mas não consegui fazer de outra forma ~~
DICA 2: Capítulo quase inteiramente LEMON, bom, se não gosta, recomendo não ler ;)
Boa Leituraaa e aproveiteem <3~

Capítulo 2 - Capítulo 1 - Único


Fanfic / Fanfiction Impulso - Capítulo 2 - Capítulo 1 - Único

“Os espaços que temos entre os dedos foram feitos para serem preenchidos por outra pessoa”.

- Autor Desconhecido.

Sexta-feira

Pov’s Naruto [on]

Hoje Uchiha Sasuke virá me buscar na estação, mas como sempre, ele está um pouco atrasado. Pego meus fones e os coloco para passar o tempo enquanto ele não chega, após alguns minutos meu celular vibra e logo vejo sua mensagem que dizia: “Olhe para cima”.

Levantei o olhar e lá estava ele, moreno de olhos ônix, cabelos negros e pele clara, seus músculos eram visíveis. Possuía um sorriso mínimo nos lábios. Sua expressão era serena.

- Quanto tempo Naru - Sasuke tirou-me de meus devaneios.

- Quanto... tempo...

Me chamo Uzumaki Naruto, sou loiro, pele bronzeada, olhos azuis, não possuo muitos músculos comparado a Sasuke, mas não sou magricela.

Eu sou um ômega órfão e Sasuke é um alfa, descobrimos nossa orientação depois de começarmos a namorar. Talvez eu percebesse seus feromônios subconscientemente. Nos apaixonamos e nos tornamos amantes independentemente disso. O que nos impede de nos vermos com frequência é a nossa distância, moro em outro distrito, já que ômegas não tem muitas opções na capital. Como nos encontramos? Destino. Porém sempre há obstáculos e eis que sempre me perseguem.

- Hein! Não deveríamos compartilhar um beijo caloroso desde que não nos vimos há algum tempo? – Sasuke dizia sorrindo.

- Devo te dar um soco logo cedo? – Disse brincando, não gostava muito de carícias em público, ficava com muita vergonha.

- Um cara bonito como eu e você vai desperdiçar? – Sasuke disse me provocando e me puxando para um selinho demorado. Claro, fiquei vermelho e lhe deu um leve soquinho no ombro retirando um sorriso satisfeito de seus lábios.

- Pare de brincar Sasuke – Falei me desvencilhei de seu enlace.

Talvez você possa pensar que já somos “companheiros/parceiros”, mas não somos porque ainda não tive meu período fértil. Sasuke é paciente quanto isso, pelo fato de quando meu período vier meu corpo se ajustará também, assim não será tão difícil para eu ter minha primeira vez. Não faz muito tempo que Sasuke disse com um tom sério: “Nós não precisamos fazer sexo para sermos amantes”, mas eu odeio isso, nos conhecemos há quase um ano e nada aconteceu.

- Há um novo café não muito longe da estação, podemos ir a pé, eles têm muita variedade de bolos. Está com muita fome? – Sasuke me olhava um pouco preocupado.

Estava com meu raciocínio longe enquanto ele me encarava. Não sabendo o que estava acontecendo em meus pensamentos... Me tornar um com a pessoa que amo ...

- Se vamos ir comer ... – Sasuke ainda dizia.

- Sasu ... – Chamei sua atenção.

- Hmm? O quê? Ou podemos simplesmente ir comendo bolo... – Sasuke ainda falava.

- Quero ir para o seu apartamento – Olhei-o suplicante.

Pov’s Naruto [off]

Pov’s Sasuke [on]

Naruto me olhava como aqueles filhotinhos fofos e ele sabia que era esse meu ponto fraco. Ele “arruinou” todo meu plano para nosso encontro: primeiro comer algo, passear pela cidade, fazer coisas de casais, jantar e depois ter uma noite romântica... Ele já pulou para noite romântica, mas ainda não é noite ... não que eu esteja reclamando, mas demorou para eu planejar tudo..

- Ugh ... Para mim não tem problema, para você está bem?

- Sim, desde que você não se importe ... – Naruto dizia simples.

- Por mim tudo bem, devemos comprar um bolo para comermos? – Falei tentando desfazer o clima tenso que se instalara.

- Obviamente sim – Naru sorri, esse loiro amava doces.

Pov’s Sasuke [off]

Pov’s Naruto [on]

Apartamento de Sasuke

Pegamos o carro de Sasuke que não estava muito longe e fomos para seu apartamento depois de comprarmos meu bolo favorito.

- Licença – Disse entrando no enorme apartamento de Sasuke. Como ele é um alfa sua família tem muitos bens, e não esperava menos, já tivemos alguns altos e baixos pela nossa diferença social, mas aos poucos nos acertamos e estamos nos acertando ainda.

- Entre – Sasuke me disse gentilmente e seguiu para cozinha, antes falou para que eu esperasse em seu quarto e como já conhecia segui até lá e sentei em sua cama – Desculpe Naru, esqueci de comprar algo para bebermos, esqueci de ir ao mercado antes. Beba isso.

Ele me entrega um copo com algo.

- Ah... Eu trouxe um pouco de chá para bebermos, então se quiser pode pegar  – Disse um pouco inquieto. Estamos sozinhos, nesse enorme apartamento, claro que estaria nervoso – Erm... Sasuke...

- Naru, porque você está tentando tanto? – Sasuke me olhou tranquilo se sentando ao meu lado.

- !! – Aquilo me pegou desprevenido.

- Eu já lhe disse antes? Você não precisa estar tão nervoso, não farei nada – Sasuke disse sério.

- Não, eu não estou realmente nervoso, é ... – Não conseguia expressar o que queria dizer.

- Mas... Como devo dizer isso primeiro... ah, é fofo que você disse algo corajoso realmente. Desculpe, mas você poderia se sentar ali, longe da cama? Ou então, não conseguirei me conter. – Sasuke disse apontando para a mesinha de centro, com alguns pufies e aquilo me indignou.

- Sasu ... Não é injusto que só você apenas esteja se segurando. – Falei de uma vez sem sair do lugar.

- O-O que? – Sasuke disse com os olhos arregalados.

- Primeiro você tenta decidir demais as coisas por conta própria! Eu nunca disse uma vez sequer que não gostaria de fazer amor! Por que você acha que não vou querer fazer isso até eu estar no meu período fértil? Na-na verdade e-eu... com Sasu ... – Não consegui terminar de falar, estava vermelho de vergonha. Sasuke escutava cada palavra atentamente, até que pulou em cima de mim, me deitando em sua cama – Ah...!? Espere ... Sasu ...

Sasuke me beijou com profundamente, seus movimentos estavam diferentes do habitual, minha cabeça começava a ficar entorpecida ...! A língua de Sasuke invadia minha boca, seu perfume, seu gosto, agora eu só consigo pensar nele, mas um estalo me veio à mente.

- Sa ... Espere... ahhh! – Falei tentando manter o controle enquanto Sasuke atacava meu pescoço – Sasuke!

Estive escondendo meus desejos tanto assim, que não consigo mais me conter.

- Nhn ... não ... espere um pouco ... erm ... Sasuke aah...! Uh ...! Espere, espere, por favor, ah... merda. Espere um pouco, por favor! – Sasuke me acariciava como nunca tinha feito, sugava meu pescoço (um dos meus pontos mais sensíveis) com gosto e eu sabia que aquilo deixaria marcas depois, descia para meu tórax, até que segurei seu rosto e o fiz me encarar.

- Fwah ...! Me desculpe ... – Falou meio engraçado pelo aperto que fazia em suas bochechas não deixando que ele falasse direito.

- Sasuke, fiquei feliz quando você disse que esperaria até que eu estivesse no meu “cio”, porque é como se você pensasse que eu sou precioso para você e não quer me machucar, então eu pensei que estava bem no início deixar assim, mas honestamente em minha cabeça, saber o fato que meu período viria estava bem, mas é tão, tão assustador, talvez eu vá entrar em pânico e não sabemos o que irá acontecer comigo, já que seus instintos irão mudar, então ter s-sexo da maneira que todos dizem, de forma violenta, eu não gosto disso. Eu não me importo no quanto irá me doer, eu quero sentir você corretamente, eu quero que minha primeira vez permaneça em minhas memórias claramente, então... hoje... uhm... – Não conseguia concluir muito o que dizia.

- Naru ... – Sasuke me chamava.

- ... O que – Olhei-o e ele tinha uma expressão muito feliz em seu rosto novamente.

- Me dê um soco – Ele disse sério.

- Eh?! – Me assustei com aquilo, mas sabia que ele estava falando sério – Ah, okay.

Deu um sono não muito forte em belo rosto, sabia que ele estava perdendo o controle – mesmo eu não estando no cio - e que talvez aquilo o ajudaria.

- Ow... Ow .. – Sasuke reclamava um pouco pela dor.

- ??? – Fiquei esperando uma reação do moreno que logo veio.

- Eu só pensei em mim mesmo. Naru... eu realmente gosto de você, então eu tive medo de não poder me controlar, eu fugi. Estou realmente feliz por você me querer, então não vou correr mais ... está bem? – Sasuke me beijava cuidadoso.

- ... uh – Sasuke voltara a me acariciar.

- Um homem não volta com suas palavras – Sasuke falava ao mesmo tempo em que ia me despindo.

- ... aah ! – Não consegui segurar um gemido ao ser olhado com tanta luxúria por aqueles olhos ônix brilhantes.

Pov’s Naruto [off]

Pov’s Sasuke [on]

“Está é uma visão que não sairá da minha mente, Uzumaki Naruto está completamente nu na minha cama!” – O comia com os olhos – “aaah ... é demais... ele é como uma estátua...”

- Não me olhe assim, você também irá tirar ... – Naru estava totalmente envergonhado e indefeso em minha frente, como queria tê-lo logo.

- Aah yup. Ei, você não me olha com esse rosto fofo – Disse fazendo-o corar mais ainda e desviar o olhar do meu corpo enquanto eu me despia. 

- A-ah desculpe, estava pensando em como seu corpo é quente ... – Naru diz com um tom minimamente malicioso quando eu terminei de me despir.

- Bom, agora você será atendido por este corpo quente? – Perguntei fingindo inocência, beijando-o profundamente, seu corpo colado ao meu, parecia que minha pele levava leves choques elétricos, sua língua brincava em minha boca um pouco sem jeito. Me posicionei entre suas pernas, juntei nossos falos em torno de sua mão em uma masturbação simples e pude ouvir seu gemido, me inclinei para beijá-lo, aqueles lábios estavam me chamando.

- Não, eu não gosto disso ... é embaraçoso ... – Naruto me dizia entre o beijo, mas seu corpo dizia totalmente o contrário.

- Hahah não tem mais volta, faremos coisas ainda mais constrangedoras de agora em diante, vai desistir agora? – Falei quase perdendo a razão.

Naru avançou em mim, me assustei com aquele movimento. “O que?!”. O loiro me olhava com os olhos brilhando.

- Minha vez – O loiro disse pegando com vontade meu amiguinho.

Não acreditava no que estava vendo. Naru começou a lambe-lo da base até a glande, sua língua era quente. Em um movimento colocou em sua boca, sugando-o levemente, me encarava me provocando ao extremo.

- Aaah – Não aguentei e soltei um gemido, onde ele havia aprendido aquilo?!

Começou a fazer movimentos de vai e vem ao mesmo tempo em que sugava a glande e a lambia, aquilo estava me dando arrepios pelo corpo, queria mais, não queria gozar na boca do loirinho, não agora. Em um movimento avancei sobre Naru, o mesmo levou um leve susto, mas sussurrei em seu ouvido o quanto havia sido bom. Juntei nossos sexos usando as mãos de Naru, fazia movimentos lentos de vai e vem. Queria que aquele momento durasse para sempre.

Pov’s Sasuke [off]

Pov’s Naruto [on]

Sasuke guiava minhas mãos em movimentos de vai e vem em nossos falos, aquilo estava me matando de prazer, não conseguia me conter. Ele beijava meu pescoço e descia para meus tórax, lambeu levemente meu mamilo esquerdo, me fazendo não conter um gemido, beliscava de leve o direito enquanto dava a devida atenção ao esquerdo sugando-o.

- Esse som, eu não gosto dos sons!

- Não tem o que fazer se você já está pingando todo esse líquido lascivo... – Sasuke para o que estava fazendo e me olha profundamente, me comento com os olhos.

Ele aumentou a velocidade dos movimentos, sentia um formigamento em meu corpo, aquela sensação era maravilhosa, meu ápice estava próximo.

- Não! ... aah, Sasuke ... espere ... aaah!! Nhaan .. vindo...

Espasmos tomavam conta do meu corpo e sinto jorrar meu sêmen entre nossos abdomens, perdia totalmente a noção do que estava acontecendo, pude ouvir Sasuke sussurrar para si mesmo: “Merda, ele é tão fofo enquanto goza ... “, aquilo me arrepiou ainda mais.

- Você não faz isso sozinho? – Sasuke me questionava em relação a masturbação enquanto lambia meus dedos sujos pelo sêmen de forma provocativa.

- Pare ... – Olhava-o e um arrepio passou pela minha espinha.

- Olhe quanto ... – Sasuke me mostrava o quanto havia gozado.

- Você não precisa me mostrar – Sentia meu rosto queimar, minha respiração estava descompassada.

“Não faço isso sozinho? Que idiota, não podemos nos encontrar muitas vezes por causa da distância ...”

Fui totalmente tirado de meus devaneios ao sentir Sasuke forçar um dedo em minha entrada e depois outro em que ambos entravam facilmente.

- ...uh ... Naru... você... talvez... realmente... deve ter provocado muito aqui? – Sasuke dizia o óbvio, não há como eu não ter ..., seus movimentos dentro de mim confundiam minha mente.

- Sim, está certo, algum problema? – Dizia envergonhado – Não queria ser pego de surpresa e te sobrecarregar.

- Heh... realmente, obrigado – Sasuke dizia enquanto encontrava meu ponto g e investia contra ele.

Pov’s Naruto [off]

Pov’s Sasuke [on]

- Nhaaa – Naruto gemia fortemente e eu percebi que havia encontrado seu ponto de ápice, seu falo já se encontrava mais uma vez rijo. Seus mamilos me provocavam.

- Ah... Eu encontrei seu ponto em uma só tentativa? – Falei investindo meus dedos ainda mais dentro dele – Isso? Aqui? Se sente bem? Quando você fez isso sozinho, você pensou em mim e continuou se tocando aqui?

Sua entrada se apertava contra meus dedos. “O que é isso? Ele realmente estava pensando e se preparando para mim? Há um limite para ser fofo, eu quero investir nele agora!”.

- Ca-calado... i-idiota – Ele tentava focar sua fala.

- Como é? Estou realmente tocando você, estou melhor que o eu na sua imaginação? – Perguntei o provocando.

- Mm.. na minha imaginação você era mais gentil e amável – Ele disse com os olhos lacrimejados enquanto eu retirava meus dedos de dentro dele e ele dava um gemido de reprovação.

Não aguentava mais, peguei o preservativo na gaveta do criado mudo ao lado da minha cama, rasguei a embalagem com minha boca e logo revesti meu falo completamente. Naru observava atentamente cada movimento meu e eu percebia que a velocidade de sua respiração aumentara.

- Haha, eu estava sendo no começo, mas você continuou me provocando e agora não posso mais – Me posicionei entre as pernas de Naru pronto para entrar em seu interior.

- Ah ... quando eu te provoquei ...? – Naru perdeu toda linha de pensamento, sua expressão era de ansiedade e medo.

Pov’s Sasuke [off]

Pov’s Naruto [on]

 - Sasu... Você realmente está colocando ...? – Sentia o falo enorme e grosso de Sasuke se forçando contra minha entrada, com toda certeza não iria entrar. Fechei meus olhos fortemente esperando pela dor.

- Estou realmente colocando isso haha, vai ficar tudo bem, eu serei gentil, por isso suporte um pouco ... – Sasuke falou enquanto se inclinava sobre mim e beijava de leve minha testa, e se forçando de uma vez em mim.

- O que ... aaah ... espere! – Parecia que minha entrada iria rasgar, segurei minha respiração. Sasuke está tão profundo em mim, seu pênis parece que completou totalmente meu interior.

- Respire devagar – Sasuke dizia dando selinhos pelo meu rosto, sem se mover.

- Não consigo – Falei tentando compassar minha respiração, apertava o lençol da cama com toda minha força.

- Está tudo bem – Sasuke falava enquanto eu me acalmava – Bom, bom, devagar ..., está bem, está bem, eu ficarei assim por enquanto.

- Sasuke.. quente.. – Sentia seu falo pulsar dentro de mim, por mais que ainda doía, o queria ainda mais em mim.

- Sim, está realmente quente dentro de você – Sasuke parecia se controlar ainda mais – É tão bom.

- Sasuke ..

- Sim – Sasuke respondeu suspirando.

- Desculpe, eu menti antes – Disse.

- O que? – Sasuke parecia confuso.

- Sasu em minha imaginação você não era desse tipo para mim... você pode fazer isso da formar que quiser, da forma mais desordenada que quiser... está ok, então ...

- Já deu o suficiente, vou fazer você perder a razão! – Sasuke disse movendo seu quadril. Pegou meu falo fazendo movimentos de vai e vem para que eu esquecesse um pouco da dor que sentia e estava funcionando.

- Aaaaah... ngh... Sasuke...

- Tão bom dentro... tão quente ... – Sasuke gemia entre as investidas.

Fazendo isso normalmente me sinto tão bem. O que acontecerá quando eu estiver em meu período... eu não me sinto eu mesmo, estou com medo. Agarrei Sasu e surrei em seu ouvido...

- Sasu.. chama meu nome ..

Se eu não conseguir ver que Sasuke é o Sasuke – Estou com medo de me tornar estranho –, mas agora, corretamente, eu posso sentir Sasuke corretamente, e Sasuke está me sentindo.

- Naru.. aaha – Sasuke gemia chamando meu nome, suas estocadas eram forte, estava me deixando louco, fazia movimentos rápidos em meu falo, não iria aguentar mais.

- Sasuke ... aaah... ngh...

Eu quero que Sasuke me queira mais, eu quero senti-lo mais, eu quero ser apenas dele, eu quero tudo dele, eu quero ser amado, quero ser seu parceiro, apresse-se Sasuke e me torne seu parceiro!

- Está vindo... não... agora, ah, está chegando ... vou gozar .... nhaaan ...

Sasuke estava olhando para mim com aqueles ônix lascivos, olhando apenas para mim. Aah... um pouco mais, maaais!

- Aaah vou gozar Naru... ugh! – Sasuke parecia preencher meu interior com seu líquido quente, mas como poderia se estava de preservativo?!

Pov’s Naruto [off]

Pov’s Sasuke [on]

“Isto foi muito bom, eu pensei que eu iria derreter ...”

- Fuu... uhn ... haaa – Acalmava minha respiração - Naru... vou tirar...

Retirei meu falo de dentro de Naru, sua entrada não parava de jorrar, olhei atentamente o preservativo e concluí o que havia acontecido.

“Merda ... O preservativo rasgou... Não fez... o que? Então este líquido é... !!”

- Hey, Sasu... Isso... – Naruto falava com uma expressão luxuriosa – Sasu, eu não gosto, o que é isso... o que devo fazer, é aqui...

Naruto mostrava ainda mais sua entrada que parecia estar mais chamativa e convidativa, uma visão magnífica.

- Naru... haaa o que é isso... isso, o que é isso... há um cheiro incrível vindo do Naru.. aaaah esse cara .. Naru é totalmente meu... – Um cheiro doce tomava conta da minha mente, não conseguia me controlar.

Virei o corpo de Naruto de bruços num ato, apenas pensava em como aquele cheiro era bom que vinha principalmente de seu pescoço. Passei levemente minha língua naquela parte sensível e senti seu corpo estremecer. Um instinto tomou conta de mim, mordi aquele local, agora éramos parceiros, finalmente, com Naru.

- Dói...! Ngh – Naru reclamava. Lambí de leve para amenizar o desconforto e percebi o que havia acontecido.

- Incrível, eu nem toquei em você e você já gozou com a mordida? Você está encharcado e se agachando como uma menina...

- Não... – Naru retrucava sem forças deitando de barriga para cima novamente, adorava o provocar.

- Totalmente como uma menina... Naru, o que devo fazer... o que você quer que eu faço... me diga de pressa.

- Nt.. Quero você, Sasuke! – Naruto falava com uma expressão muito convidativa, porém queria mais dele.

- Não consigo ouvir você. Diga-me “Enfie seu falo na minha entrada e faça forte e bem fundo”.

- Não posso dizer ... – Naruto me olhava um pouco tímido e vermelho.

Pov’s Sasuke [off]

Pov’s Naruto [on]

- Diga isso! – Sasuke mandava.

Não posso desobedecer... eu quero obedecer a essa pessoa, só essa pessoa, para sempre...

- Quero o de Sasuke dentro da minha...minha entrada e faça... faça forte e bem fundo... de pressa, me faça sentir bem, por favor – Falei inconscientemente.

Sasuke entrou em mim de uma só vez sem que eu percebesse e voltava com seus movimentos fundos e rápidos. Como ele não se cansava?!

- Aaaah, espere Sasu .... não, não .. nhaan...

“Sasuke não está usando preservativo...”

- Aaah ótimo... apertado... não consigo segurar, a entrada do Naru ... Você está gemendo alto ... Você está dizendo “não” mas está parte sua está me sugado – Sasuke falava malicioso - Está vindo!

- Sasuke agora, não mais... aaah, assim haverá um bebê... – Falei chamando a atenção do moreno.

Sasuke parou um pouco seus movimentos, deixando-os mais lentos, me olhou profundamente e disse:

- Fique grávido! Apenas fique grávido, eu acho que estou sonhando, Naru... irá dar à luz ao nosso filho.

Sua voz estava tremendo de alegria, quando suas lágrimas ou suar fez contato com minha pele, o instinto de ômega em mim se alegrou, ele desejava ter uma descendência comigo, aquilo me preenchia.

Sasuke voltou a investir fortemente em mim, não me contia nenhum pouco sequer. Algo estava acontecendo.

- Naru?? – Sasuke me chamava percebendo como eu estava ainda mais receptivo.

Perdi minha vergonha e racionalidade. Não podia suportar não balançar meus próprios quadris, meu corpo e a consciência estavam separados, meu corpo se tornando feminino, movendo-se para tornar o desejo de Sasuke realidade.

- Naru, Naru... eu te amo Naru... amo você! – Sasuke dizia entre beijos.

- Sasu...aah...ngh... eu também...

Sasuke brincava com meus mamilos que se encontravam ainda mais rijos e inchados, já não ligava para mais nada, apenas para aquele momento. Depois de alguns minutos naquela posição, Sasuke me colocou de quatro, pude senti-lo ainda mais dentro de mim, e aquilo me enlouqueceu de tão forma que perdi a conta de quantas vezes ele me fez gozar e o quanto ele gozou dentro de mim, me preenchendo totalmente.

Fizemos mais três vezes depois, fizemos o suficiente para eu desmaiar, mas o calor do “cio” não diminuiu. Sasuke não podia suportar me assistir sofrendo com aquilo, era doloroso demais a sensação, então ele me fez tomar os supressores. Nós continuamos fazendo amor até que o medicamento fizesse efeito. Uma vez que o efeito do período sobre meu corpo se foi e a noite surgiu, reparamos que até esquecemos que não jantamos, queríamos ainda mais um ao outro. Silenciosamente, desejamos isso. Nossos corpos estavam totalmente exaustos, mas ainda nos mantivemos com tudo o que tínhamos, com uma voz terrível e rouca, chamei seu nome.

Tomamos banho juntos e mais uma vez nos amamos lentamente, lentamente até sentir como se eu fosse derreter. Na manhã seguinte, assim que eu abri meus olhos, eu disse a ele que ...

- Sasuke, seu rosto me irrita.

-  Hey, você não está sendo malvado com o rosto do homem mais feliz da Terra? – Sasuke respondeu com o rosto mais feliz do mundo. No fundo da minha mente, ele realmente me irritou. Eu pensei que iria chorar.

Em torno do almoço de alguma forma Sasuke recuperou a calma, desculpou-se sinceramente por ter entrado em mim sem preservativo e ter se derramado, dizendo coisas como "é um sonho estar dentro de mim e mais algumas coisas”. Comprou-me pílula de aborto e algumas coisas para que eu pudesse fazer o almoço enquanto ele foi se arrumar para seu trabalho de meio-período. Após comermos Sasuke estava preste a sair para o trabalho, já que eu passaria mais um dia ali, não iria para lugar algum.

-  Haa ... agora ... não pode ... – Sasuke balbuciava palavras sem nexo.

- ?? – Será que é algo para se eu me preocupar?

- Eu quero ficar com o Naru... argh... camisa do namorado e apenas de cueca, o que é isso? – Sasuke me apertava em um abraço não querendo largar, sentia seu falo rijo, sabia que aquela era a visão que todo namorado gostaria de ter, também amava o provocar, mas se fôssemos fazer algo em relação sua ereção ele levaria uma enorme bronca por chegar atrasado.

- Espere ...

- Isso é difícil, isso é difícil em mais de uma maneira – Sasuke dizia.

Sua mão que acariciava minha cabeça estava tão quente, naquele momento, com um rosto tão solitário. Eu o beijei primeiro... o surpreendendo.

- Não deixe que ninguém te veja assim, coloque uma calça também... – Sasuke dizia ao ir saindo do apartamento na espreita para que ninguém passasse no corredor e visse seu namorado daquela maneira.

- Você estará atrasado se ficar enrolando... – Falei sorrindo da atitude de criança de Sasuke.

No final fiquei da maneira que estava.

Coincidentemente, no dia seguinte em que nos tornamos parceiros e tivemos toneladas de sexo e amor, tive que ficar sozinho naquele enorme apartamento, geralmente ficaria sozinho sem nenhum problema, mas algo estava me incomodando...

Fui pegar algumas guloseimas para comer enquanto assistia televisão, aproveitei para jogar fora a caixinhas das pílulas de aborto. Sentei no sofá e pensei: se eu tivesse dito algo como "Não volte para casa tarde", talvez eu teria sido mais bonitinho, sorri com esse pensamento, aquilo era novo para mim, assim como era novo para o Sasuke, ainda precisávamos nos ajeitar.

 Desculpe, mas ainda gosto muito de passar um tempo sozinho, eu sei que agora não estou sozinho de qualquer modo – acariciei levemente meu baixo ventre liso -, mas há uma coisa que eu quero dizer ao Sasuke.

Venha para casa depressa!

 

 


Notas Finais


Então???? O que acharaam?
Espero que tenham gostado ^^ ~~
Vejo vocês! ~~ Kissus
Diey ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...