História In-Desejável - Capítulo 11


Escrita por: ~

Visualizações 88
Palavras 835
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HEEEEEELLLOOOOOOW MEUS CHUCHUS

ESTOU MUITO FELIZ COM TODA ESSA POSITIVIDADE E CARINHO SZSZ

OBRIGADA INFINITAMENTE.

Capítulo 11 - Você nunca me desejou mesmo


Eu estava nervoso e não só por tudo que vinha acontecendo, não só pela declaração de Jungkook ou pelo beijo, mas também pelo fato de eu ter retribuído aquilo. Atravessei a casa rápido demais, tanto que quase cai da escada ao tropeçar em um dos degraus ali, mas isso não me impediu de continuar até finalmente estar longe o suficiente para conseguir respirar.

Caminhei por algum tempo enquanto minha mente vagava completamente vazia e turva. Parei em uma pracinha pouco movimentada enquanto me sentava em um banco embaixo da sombra de uma grande árvore.

Suspirei encarando minhas próprias mãos postas em meu colo de forma despreocupada. Meus dedos pareciam tremer, na verdade todo o meu corpo parecia assim. Meu peito também doía e não tinha certeza se era falta de ar pela corrida. Passei os dedos, mesmo que trêmulos por meus cabelos livrando minha testa suada.

- O que está acontecendo? Porque? – Perguntei para mim mesmo antes de pender a cabeça para trás sobre o encosto do banco enquanto tampava meus olhos com um dos braços.

Queria sumir, não queria ter que voltar para casa e encarar Jungkook. Na verdade não sabia como faze-lo. Como alguém poderia agir normalmente após ter sido beijado a força... na verdade nem eu mesmo tinha certeza se havia sido a força.

Trinquei os dentes incomodado com meus próprios pensamentos, não poderia me deixar abalar por aquilo. Talvez tudo que fizera era só um sinal da minha recente decepção com Yuna. Era isso, o beijo com Suga, com Jungkook, tudo não passou de uma desculpa para eu esquece-la. Ao menos queria que fosse isso, mas estranhamente havia sido completamente diferente.

Havia me sentido atraído por Suga, mas era algo mais de momento e mais físico. Com Jungkook não pareceu ser só isso, eu estava desestabilizado e de alguma forma acabei me rendendo e... gostando.

Esmurrei o bando com a mão livre enquanto grunhia xingamentos inaudíveis à mim mesmo. Ouvi quando alguém parou ao meu lado com a respiração ofegante parecendo cansada e eu ainda assim não me dei ao trabalho de olhar quem era.

- Finalmente, encontrei. -  A voz familiar de Jungkook ressoou em meus ouvidos me fazendo encolher e virar o rosto para o lado oposto à aquela voz. Estava cansado demais para correr e estávamos em público, ele não poderia fazer nada ali.

Fiquei em silêncio enquanto mantinha meus sentidos em alerta máximo. O outro havia se sentado no mesmo banco, mas ele não parecia perto o suficiente para me encostar.

- Desculpe. – Ele soltou me pegando de surpresa. – Não quero que as coisas fiquem estranhas de verdade. Não quero que você se afaste. – A voz de Jungkook ainda era falha por sua respiração instável. – Eu achei que... bom achei que você pudesse...

Ele se interrompeu me fazendo trincar os dentes incomodado com toda aquela conversa.

- Tsc... -  soltei irritado antes de ouvir um suspiro pesado do outro.

- Eu vou embora. – Ele começou rapidamente me deixando tenso. – Acho que é a melhor maneira de lidar com isso.

Aquelas palavras me incomodavam, mais do que eu gostaria, mais do que eu esperava. Apertei meus lábios fortemente ao ouvi-lo continuar.

- Eu não consigo te ver como um irmão e você até disse que iria tentar. – Ele riu ironicamente. – Mas eu não quero isso. – Houve uma longa pausa, uma dolorosa pausa entre seus pensamentos e palavras. – Eu realmente gosto de você e não seria fácil para mim ficar tão perto de você se esse sentimento não é reciproco. Eu não quero atrapalhar sua vida e não posso simplesmente parar a minha. – Mais uma longa pausa antes dele finalmente rir sem graça. – Você nunca me desejou mesmo no fim das contas.

Escondido daqueles olhos, meu rosto tomava uma coloração avermelhada e toda aquela conversa me deixava não só irritado mas realmente incomodado. Queria conseguir dizer algo mas não sabia o que dizer. Talvez fosse mesmo melhor que nos afastássemos, talvez fosse tudo por causa da convivência ou não sei... estava jogado em um mar de incertezas.

- Você esta certo. – Soltei ironicamente. -  Você sempre foi indesejável ! – completei friamente. Minhas palavras soavam duras e distantes e incrivelmente contradiziam o que eu estava sentindo no momento.

Jungkook estava em silêncio, só era audível o som de sua respiração pesada.

Ainda não tinha certeza se aquela conversa havia finalmente acabado e nem fazia ideia da expressão que o garoto tinha em seu rosto. Alguns minutos em meio àquele silencio torturante e ele finalmente se levantou.

- Adeus Taehyung! – Era visível a tristeza embutida naquelas palavras, porém não tive tempo de reagir ou falar algo, mesmo que quisesse meu corpo simplesmente se negava a reagir. Ele já havia ido.

Fiquei ali na mesma posição que estava por sabe-se lá quanto tempo até que, finalmente senti uma lágrima escorrer pelo canto de meus olhos, me pegando realmente de surpresa. Talvez eu estivesse irritado demais ou apenas incomodado com tudo que estava acontecendo.

- EU NUNCA DESEJEI VOCÊ! – Soltei para mim mesmo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...