História In Heartbeat - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Marco Reus
Personagens Marco Reus
Tags Bastian Schweinsteiger, Holland Roden, Jogadores De Futebol, Manuel Neuer, Marco Reus, Thomas Muller
Exibições 115
Palavras 272
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem a demora, estou com problemas.

Capítulo 15 - Sad


Fanfic / Fanfiction In Heartbeat - Capítulo 15 - Sad

Marco Reus pov’s:

  Estar com Margot me faz bem. Apesar de todas as diferenças, nós nos completamos. Quando eu soube da gravidez, confesso que fiquei um pouco assustado, mas feliz, afinal quem não gostaria de ser pai do filho de Margot? Ela é humilde, carinhosa e linda. São diversas qualidades.

— Gostaria de conhecer a Suécia. — falou Margot com um sorriso no rosto.

— Por que a Suécia? — perguntei curioso.

— Os pontos turísticos de lá são maravilhosos, sem falar que, é o país que Zlatan Ibrahimovic nasceu! — exclamou animada, e eu revirei os olhos.

— Ele nem é isso tudo. — murmurei.

Margot é uma grande fã de Zlatan, e sinceramente eu não vejo tudo isso nele. Se eu estou com ciúmes? Claro que estou, eu sempre fui ciumento com o que é meu.

  A tarde passou rápida, Margot dormiu a tarde toda, ela se sentia cansada e eu achei melhor a mandar descansar. Eu passei a tarde jogando FIFA 17, é estranho me ver em um jogo.

    O celular de Margot tocou e é um numero de Katleya, achei melhor atender do que acordar ela.

— Oi é o Marco.

— Oi Marco, será que pode passar para Margot? — Seu tom de voz é preocupado.

— Acontece que ela está dormindo, poderia me dizer? Passo a mensagem para ela.

— É que o papai sofreu um acidente e vai passar por uma cirurgia com urgência.

— Oh meu Deus deixe que eu aviso. — não ezperei por respostas, desliguei o celular e corri para o quarto.

 Fiquei com dó de acordar Margot, mas é necessário.

— Margot, acorde. — chamei baixinho e ela abriu os olhos lentamente. — Precisamos ir para o hospital, agora!


Notas Finais


Não esqueçam de comentar e favoritar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...