História In hiding - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Eddie Vedder, Pearl Jam
Personagens Eddie Vedder, Jeff Ament, Mike McCready, Stone Gossard
Tags Amizade, Drama, Romance
Visualizações 16
Palavras 1.049
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 35 - Off he goes


Fanfic / Fanfiction In hiding - Capítulo 35 - Off he goes

Seattle,  26 de novembro de 1998

- Amor, eu não quero te apressar, mas meu pai fica impaciente quando nós nos atrasamos... – Stone passa na porta do banheiro e fala com Anna.

- Já estou indo! Já estou indo! – ela fala em um tom mais alto.

- Ele gosta muito desses feriados e quase nunca estou aqui, então... – é interrompido por Anna saindo pela porta.

- Eu já entendi. Já entendi. – ela parecia estressada. – Só vou ao quarto pegar a bolsa. – passa correndo em frente a ele e não demora muito para voltar. – Pronto. Vamos!

- Wow! – Stone exclama ao vê-la.

- O que? – Anna indaga com estranhamento e o faz sorrir. Stone se aproxima dela e a puxa para si pela cintura.

- Você está realmente linda! Valeu cada minuto esperado. – encosta seus lábios brevemente. – Acho que vale a pena até atrasar mais um pouquinho... Já estamos atrasados mesmo...

- Ah! Pára com isso, Stone! Vamos logo! – ela se liberta dos braços dele.

- E tão estressada quanto linda também! – ele brinca.

- Palhaço... – Anna ri e caminha em direção à porta.

 

_______________________________________________________________________________________________________

- Eu amo minha família, mas não suporto Ação de Graças... – ele sussurra ao ouvido dela enquanto Anna conversa com sua irmã, Shelly.  Anna o encara com um olhar de repreensão.

- Vocês vão para a casa de quem encher a cara este ano? – Shelly indaga e Anna a encara assustada. Shelly ri. – Fique tranquila, Anna. Stone sempre odiou Ação de Graças. Eu acho até que ele torce para marcarem shows durante este período. – ela ri. – Todo ano ele vai para a casa de alguém encher a casa. Eu até iria com você, mas tempos que ir à casa dos pais de David ainda.

- Eu sei que você também adora esta parte, Shelly. – Stone abraça Anna por trás.

- Mas e aí? – a irmã insiste.

- Vamos para a casa de Mike. –  Anna conta.

- Oh! Mike! Adoro o Mike! Desde criança. Justo este ano tinha que ser lá? Pffff! – ela bebe um pouco do copo de vinho.

- O Mike é uma unanimidade nesta casa, aparentemente. – Stone brinca e beija o pescoço da namorada.

- Anna, Shelly e Stone, vocês podem me ajudar aqui, por favor? – a mãe de Stone os chama.

- Não disse? – ele brinca e ri.

Durante o jantar todos conversam e põe os assuntos em dia. Stone conta das últimas viagens e o pai dele, como sempre, pergunta sobre os novos livros que Anna anda editando. Por volta de onze da noite Stone chama Anna para irem. Eles se despedem e seguem para a casa de Mike.

- Ei, baby... – Stone chama a atenção de Anna enquanto ela retoca o batom no espelho do carro. – A gente bem que podia dar uma rapidinha antes de entrar... – brinca.

- Você é inacreditável, Stone! – Anna ri.

- Você me provoca! – ele retruca também rindo.

- Se a gente chegar em casa bem, pode ter certeza dessa rapidinha. – ela passa a mão sobre o membro dele e sai do carro, deixando-o reclamando lá dentro.

- Isso é sacanagem! – Stone corre para se aproximar dela. – Mas eu topo a sua proposta. – a abraça. Anna beija seu pescoço e os dois seguem o caminho. Tocam a campainha e não demora muito para serem atendidos, quem abria a porta era Matt. Eles se cumprimentam e entram.  Fazem o mesmo com os demais .

- Sua preferida. – Mike entrega nas mãos de Anna uma garrafa de cerveja e a abraça.

- Obrigada, Mike! Como você sabia? – ela se surpreende.

- Porque Stone nunca tomou Carlsberg e hoje em dia sempre que viajamos ele enche a cara dela e diz que é porque lembra você. Logo imaginei que você gostasse. – conta e ri ao abraçar o amigo.  Anna ri junto.

- Justo. Muito justo. – ela beija Stone e em seguida brinda com Mike.

- Ah! Chris está aqui, acredita? Disse que está louco para falar com você. – Mike fala com Stone.

- Que ótimo! – Stone exclama. Logo em seguida Jeff e Matt se aproximam e a conversa fica animada. – Amor, acabei de ver o Chris, vou cumprimenta-lo, vem comigo? – ele sussurra ao pé do ouvido de Anna.

- Não... Depois eu falo com ele... Mike disse que ele queria falar com você, então depois eu vou. – Stone assente e se afasta. Anna inicia uma conversa entusiasmada com jeff.

- Oh! aí está ele! – Jeff exclama em direção à porta e faz anna virar-se. ela dá de cara com Eddie chegando ao local. ao mesmo tempo que seus olhares se cruzam o sorriso dele desaparece. Anna fica sem jeito com a situação.

Eddie cumprimenta a todos ali até se aproximar dela. – oi, Anna. – fala um pouco acanhado.

- oi. – ela abre um meio sorriso. – Onde está beth? – questiona quase sem pensar.

- viajando.

- stone? – ele faz o mesmo e é respondido por uma aceno dela. – oh! casal feliz. – ele sorri com certa ironia. – Eu vou... – ele aponta para uma mesa. anna assente. – a gente se fala... – Não demora muito para Stone estar de volta com Chris.

- Nossa! você está linda! – chris era sempre muito cordial. neste instante Eddie passa por eles. – meu irmão! – chris o puxa e o abraça. e ele faz o mesmo com Stone. – Bom estarmos todos aqui junto! – parecia meio embriagado. – estava dizendo agora para o Stone que ele nunca teve uma namorada bonita assim como você! e tão interessante também.  você não concorda, Eddie?

- é... – eddie dá um gole na cerveja que bebia. – sim... é verdade. – diz meio sem jeito.

- e isso graças a você! – chris ri e bate no ombro dos dois amigos. anna sorri sem jeito.

- obrigada, Chris. – ela tenta cortar o assunto.

- E digo mais! Se algum dia o Stone resolver colocar um anel no seu dedo, eu quero ser padrinho! eu sei que o Eddie é a primeira escolha, mas eu quero fazer parte também!

- vamos com calma, chris! muita calma... não vá assusta-la, por favor... – stone a abraça e sorri.

- só estou dizendo... – ele levanta as mãos em rendição. anna olha para eddie que parecia estático com a situação.

- quer fumar um cigarro? – stone murmura e chama sua atenção.

- uhum... – anna concorda e eles saem em direção à varanda.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...