História In Love with an Uknown - Capítulo 49


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Kendall Jenner
Personagens Justin Bieber, Kendall Jenner, Personagens Originais
Tags Amor, Anonimo, Festa, Jenners, Justin Bieber, Kendall Jenner, Mensagens
Visualizações 212
Palavras 1.748
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OOOOI MEUS AMORES, QUE SAUDAAAADESSSS. PEÇO MILHÕES, BILHÕES, TRILHÕES E INFINITAS DESCULPAS POR TER DEMORADO TAAAANTO PARA ATUALIZAR, MAS COMO EU HAVIA DITO NO OUTRO CAPÍTULO, EU QUEBREI MEU DEDO E DOI ATÉ HOJE, FIZ UMA RESSONÂNCIA MAGNÉTICA E DESCOBRI QUE MEU OSSO ESTÁ INFLAMADO, E IREI TER QUE FAZER FISIOTERAPIA. Enfim, espero que vocês ainda estejam aqui, não me abandonem nunca, eu amo todos vocês e sou imensamente grata por ter cada um de vocês aqui comigo. ❤️❤️

Capítulo 49 - 49 Kendall


Kendall Jenner P.O.V

O dia da festa de Anwar chega, Kylie está tão animada (não me contou o motivo) para ir a esta festa, que começou a se arrumar desde cedo. 

Eu estou simples, deixei meu cabelo ondulado, coloquei um vestidinho leve florido e um tênis branco. A festa é na piscina, então eu estou com um biquíni preto por baixo. 

— Ky, você pode passar para pegar os amigos de Justin? 

— Pra que? Justin vai levar eles.

— Eu quero ir pegar Justin, aí você pode passar na casa de Chaz, eles iam para lá esperar Justin. 

— Vão transar no carro é? — Kylie pergunta e eu jogo um pincel de maquiagem nela. 

— Para de ser nojenta, eu só quero conversar com ele. 

— Vou fingir que acredito. Irei pegar os meninos, só não garanto que Chris vá também.

— O garoto te ama, e você ama ele também. — ela revira os olhos e pega uma jaqueta, indo até a porta e joga um beijo no ar para mim. 

Passo perfume e dou uma conferida no espelho, será que hoje beijo Justin? 

Meu celular vibra várias vezes e eu o pego animada, já imaginando quem é, e acerto. 

Jay: Bom dia flor do dia. 

Jay: Irei à festa do seu amigo. 

Jay: Tenho que ficar de olho em você, não é mesmo? 

Kendall: Uh, vai falar comigo? 

Jay: Hum, será? 

Jay: Nem eu sei, não irei dar certeza pois você irá ficar ansiosa. 

Kendall: Tudo bem, caso você não converse comigo, pelo menos tenho Justin.

Jay: Sem chantagens, Kendall. 

Kendall: Você irá ficar com raiva se...

Jay: Se? 

Kendall: Se eu ficar com o Justin. 

Jay: Ficar do tipo, com a companhia dele ou ficar de beijar? 

Kendall: Os dois. 

Jay: Eu não entendo isso de você gostar de nós dois. 

Jay: Mas eu a amo e se sua felicidade for ele, eu estou feliz por você <3 

Jay: Créditos: Demi Lovato. 

Kendall: Aaah, não fala assim. 

Kendall: Eu me sinto mal. 

Jay: Não se sinta mal :) 

Kendall: Tudo bem. Já se arrumou? 

Jay: Acabei de acordar, e você? 

Kendall: Já me arrumei, estou indo pegar Justin na casa dele. 

Jay: Entendi. Kenny, tenho que ir me arrumar, até mais.

Jay: Amo você. 

Kendall: Também lhe amo. 

Desço as escadas e dou um beijo na bochecha da minha mãe. Sky corre até mim e fico com dó de deixá-lo, talvez amanhã irei dar uma volta no parque com ele. 

Destranco o carro e entro no mesmo, ligando o som que tocava “Young Dumb & Broke” do Khalid, eu amo esse cara e essa música. 

Durante o caminho eu começo a me sentir suja, como se estivesse usando Jay e Justin. 

Os dois gostavam de mim, eu gostava dos dois. 

Mas eu não poderia namorar os dois, eu teria que escolher um...e isso cortava meu coração. 

É estranho sentir isso novamente, com Harry foi completamente diferente e eu lembro que quando eu estava no chão, despedaçada e chorando de saudades do nosso relacionamento, eu jurei a mim mesma que não me apaixonaria novamente, mesmo que eu soubesse que não iria cumprir esse juramento, mas eu não esperava que fosse tão rápido assim. 

Nem que fosse por dois garotos. 

Chego a casa de Justin e respiro fundo, indo até a porta e batendo, e dessa vez ele atende. 

— Kendall, você chegou rápido. — ele fala e eu franzo a testa, era para ser uma surpresa. 

— Como assim? Eu não falei que viria hoje. SURPRESAAA. — digo e dou um beijo em sua bochecha. Ele dá espaço para eu entrar. 

— Eu estava com Chaz Kylie chegou e eles foram. — ele diz tudo embolado e confuso, eu rio e ele fica envergonhado, um fofo! 

— Entendi, você ainda está se arrumando né? 

— Sim, vem comigo ao meu quarto, já eu termino. — me surpreendo, achei que ele iria pedir para que eu fosse esperá-lo no sofá. 

Subo com ele e entro em seu quarto, que por incrível que pareça está mais arrumado que o meu. 

— Seu quarto é impecável, estou com inveja. — digo e ele ri. 

— Se dependesse de mim, estaria uma zona, mas dona Pattie não deixa. 

— Tá explicado. — me sento na cadeira de seu computador e vejo ele pentear o cabelo. 

— Me deixa pentear seu cabelo? — peço fazendo um biquinho e ele me entrega o pente.

Justin normalmente usa seu cabelo partido para o lado, não fica formal porque quando o vento bate, acaba bagunçando e fica bonitinho. 

— Tem um secador aí? — pergunto e ele arqueia as sobrancelhas. 

— O que você quer fazer, Kenny? — ele me chama pelo apelido e eu morro de amores. 

É, eu estou mesmo apaixonada.

— Confia em mim, Boo. 

Ele me entrega um secador e eu procuro uma escova em sua penteadeira, acabo achando e começo a escovar seu cabelo em um topete, e olha... Justin parece outra pessoa. 

— Você está muito, mas muito gato. — digo e ele cora as bochechas. — Você tem que aprender a se acostumar com elogios, você é tão lindo, Jus. — ele ri envergonhado — Eu estou falando sério, amor. — Ok, estou provocando e ele fica cada vez mas vermelho. 

O abraço de surpresa e ele fica sem reação por uns segundos, mas depois rodeia seus braços no meu corpo e eu me sinto a garota mais protegida de todo o mundo. 

— Você me faz tão bem. — digo, ainda abraçada. 

— Você também me faz bem, Kendall. 

Me solto um pouco e olho diretamente para seus olhos castanhos claros, mais um pouco seriam verdes. 

Acaricio suas bochechas e deixo um beijo em seu rosto, ele sorri tímido, como sempre. 

— Vamos? — pergunto e estendo minha mão. 

— Claro. 

Entro no carro e começo a conversar com Justin sobre o acampamento, ele parece bem animado com a ideia de estarmos no mesmo grupo. 

— Chegamos, amor. — digo e ele ri baixinho, vou começar a chamar ele assim mais vezes, para ver se desse jeito ele se acostuma com a ideia de ter algo a mais comigo, talvez ser realmente o meu amor.

Descemos do carro e Justin entrelaça nossas mãos, esse garoto me surpreende a cada segundo. 

O som está super alto, tocando alguma música que eu não conheço, ou que não me recordo de ter ouvido. Cumprimento muitas pessoas que passam por mim, Justin não conhece muita gente por conta de seu jeito tímido, então ele só me acompanha. Algumas garotas o olham, e eu as encaro de um jeito que logo elas tiram o olho de Justin. Justin para mim é o garoto mais bonito de toda a escola, ele só não sabe usar a beleza a favor dele, mas com o tempo eu tentarei mudar isso. 

— Você está conseguindo ver os meninos? — ele pergunta em meu ouvido por causa da música alta, e eu acabo me arrepiando. 

— Acho que eles estão na... — sou interrompida por alguém, ou melhor, Chris Beadles. 

— Cunhadinha, maninho, estão perdidos? — pergunta e se enfia no meio de nós, Justin revira os olhos com isso. 

— Estávamos procurando você. — digo mas Chris nem ouve, está prestando atenção no cabelo de Justin. 

— Tem dedo de Kendall Jenner nisso, não é? 

— E você ainda pergunta, cara? — eles riem e eu dou língua para Justin. 

— Usa essa língua para outra coisa, Ken. — lhe dou um empurrão e ele ri ainda mais. 

— Beadles acho que minha irmã não te quer mais por causa dessa sua babaquice, tomara que hoje ela fique com outro e esfregue na sua cara. — digo e ele me olha, talvez um pouco magoado, e logo trato de desfazer. — Tô brincando, idiota.

— Os meninos estão em um canto na piscina, vou mostrar à vocês. — ele nos guia até lá, e quando chegamos todos deram um grito, pareceríamos até um celebridade. 

Todos estão sentarmos no gramado ao redor da piscina, Justin se senta e eu me encaixo nas pernas dele. 

— Vamos beber alguma coisa? — pergunto e ele assente, se levantando. 

— Pode ficar aí, eu pego para você. 

— Não sei o que quero beber, pegue a mesma coisa que você. 

Vou até a mesa que está todas as bebidas e pego duas cervejas. 

— Oi amor. — sinto alguém me abraçar por trás e já sei quem é.

Harry Styles. 

— Harry! Oi. — me viro e te dou um abraço. 

— Quando você chegou? Só te vi agora. 

— Cheguei faz pouco tempo, estou perto da piscina com meus amigos. 

— Antes meus amigos eram seus amigos, agora você só anda com os idiotas. — reviro os olhos. 

— Eu não admito que você fale assim deles, agora se me der licença, eu preciso ir. — esbarro nele e vou até onde todos estão. 

Entrego uma cerveja a Justin e volto a ficar entre suas pernas. 

— Você demorou. — ele diz. 

— Imprevistos no caminho. 

— Ken, vamos para a piscina? — minha irmã pergunta enquanto tira sua roupa, e Chris obviamente fica babando no corpo dela. 

— Vamos. Você vem, Justin?

— Daqui a pouco eu vou. 

Tiro minha roupa e dou um beijo na bochecha de Justin. 

Kylie e eu pulamos juntos na piscina juntas e depois pegamos uma bola para brincar de vôlei na piscina. 

Os meninos se animaram e pularam na piscina para jogar conosco, Justin tira sua camisa e eu o olho com um sorriso malicioso, ele percebe, mas finge que não viu. 

Começamos a jogar e nosso time estava ganhando, logo outras pessoas da escola se juntaram a nós. 

— Cansei, vou sair. — falei e saí da piscina. 

— Também vou. — Justin diz e eu espero ele sair da piscina. 

— Jus, diga “X”. — ele me olha confuso e eu tiro uma foto perfeita, ele está lindo. 

— Kendall! 

— Olhe que obra de arte. — mostro a foto e ele sorri. 

— Também trouxe minha Polaroid, Kenny. — ele vai até sua mochila e pega, me mostrando. 

— Não sabia que você também gostava de tirar fotos. 

— Fotos me inspiram, deixe-me tirar uma sua. 

Faço várias poses e ele tira várias fotos, estamos nos divertindo e nem percebemos que não estávamos mais na casa de Anwar. 

Volto correndo para a casa e Justin vem atrás, estamos apostando corrida. 

— Kenny, você vai cair. — Justin fala e quando ele fecha a boca, eu escorrego e iria cair com a cara no chão, se ele não me segurasse.

— Ops. — digo e rimos, chego mais perto dele e percebo que estamos colados demais, posso sentir sua respiração.

— Kendall...

— Justin... — chego mais perto e seguro no seu pescoço, estou a milímetros de sua boca quando ouço uma voz.

— Uh Kendall, vim te procurar achando que estava precisando de ajuda, mas percebi que já está acompanhada. — Harry diz, e em seguida sai, me deixando sem reação.


Notas Finais


QUAAASE BEIJO JENDALL, SOU MUITO MÁ COM VOCÊS SOCORRO KKKKKKK Comentem o que acharam do capítulo, até mais ❣️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...