História In My Arm! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Malévola (Maleficent)
Personagens Diaval, Malévola, Princesa Aurora
Tags Maleficent X Aurora
Visualizações 11
Palavras 772
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


oi pessoal tudo bom?

Capítulo 1 - Capítulo único


Fanfic / Fanfiction In My Arm! - Capítulo 1 - Capítulo único

 Me desculpe...

 Eu errei com você, eu nunca vou me perdoar por isso...

 Você foi a pessoa que eu mais amei... Mas eu errei com você. Eu eu deixei que rancores do passado interferisse m no meu, quero dizer, no nosso futuro.

 Eu me lembro bem de ver você correndo e sorrindo pela floresta, cantando como se fosse um anjo, ah, como doi meu coração em saber que nunca mais vou ouvir sua voz, suas risadas... talvez eu não merecesse seu amor, por isso aconteceram essas coisas, talvez aquele nosso primeiro beijo, durante aquela noite quente de verão, debaixo daquela árvore, talvez ele nunca deveria ter acontecido...

 Lembro-me das suas doces palavras, aquelas que você disse bem perto do meu ouvido, depois que fizemos amor pela primeira vez.

 São doces lembranças... que não voltarão mais e tudo por minha culpa.

 Meu ódio e rancor me cegaram a razão, dei ouvidos a eles, algo que eu nunca deveria ter feito... Eu fui tola... e agora você está pagando as consequências desse erro.

 Está fadada a dormir para sempre, não consegui, por mais que tentasse, achar um modo de quebrar essa maldição, o que foi feito já não pode mais ser desfeito.

Odeio a mim mesma pelo que fiz a você... minha amada Aurora...

 Agora só me resta, enquanto todos dormem, vir aqui uma última vez e dizer-lhe adeus. Vê-la dormindo assim, tão tranquila, me faz pensar que você pode acordar a qualquer momento, mas sei que é impossível... Eu sinto muito...

- Adeus... Aurora...- me debruço e lhe dou um último beijo, nesses lábios doces, que para sempre guardarei na minha mente e no meu coração.

 Agora já de costas para você, respiro fundo várias vezes tentando reunir minha coragem para sair. Diaval está me esperando ao lado da porta, seu olhar triste se dirige a você, vocês foram sempre melhores amigos.

- Está... pronta para ir, Malévola?- sua voz era arrastada e cheia de tristeza.

- Sim... estou.- respondo ele no mesmo tom.

 Já proxima a porta ouço sua voz fraca me chamar...

- M...Malévola...- me viro rapidamente, "isso não pode ser verdade" pensei... Mas era... Você me nos encara, tentando manter abertos, seus olhos ainda pesados de sono.

- Aurora!!- Diaval gritou e correu até a cama.

Eu não conseguia acreditarno que meus olhos estavam vendo. minhas pernas agiram mais rápido do que eu pudesse pensar e em um instante eu já estava ajoelhada ao lado da cama, eu senti as pequenas mãos da Aurora acariciarem meu cabelo, grossas lágrimas rolaram pelo meu rosto.

- Por que choras?- ela disse, com a voz de sono.

- M... me d-desculpe...- um soluço me fez parar.

- Shh...- ela disse erguendo meu rosto- Não precisa se desculpar...- ela me beijou a testa.

- Aurora...- eu segurei suas mãos entre as minhas e a beijei.

- Vamos embora.- ela disse quando nos separamos- Quero ir para casa.

- Mas aqui, o castelo, é a sua casa.- disse Diaval passando as mãos nos cabelos.

- Não Diaval, a floresta é a minha casa.- ela disse sorrindo, aquele sorriso que eu pensei que nunca mais iria ver.

- Se preparem...- eu disse me recompondo- nós vamos para casa. Diaval...- ele sorriu e se transformou em corvo e voando foi até a minha mão- Aurora...- a garota se levantou devagar, foi até mim e me abraçou. Bati o cajado uma vez no chão e logo estávamos na floresta.

- É tão bom voltar.- Aurora disse sorrindo.

- E é tão bom tê-la conosco aqui novamente.- Diaval sorriu para ela- Bem... eu tenho assuntos para resolver. Vou deixar vocês duas sozinhas.- ele nos deu as costas e foi embora.

 Eu caminhei com Aurora até o lago onde costumávamos nos encontrar para conversar, as várias criaturas que passavam cumprimentavam Aurora animados e aliviados.

- É bom vê-los novamente também.- ela disse quando a última roda de criaturas foi embora.

- Eles te adoram.- eu disse a abraçando pela cintura.

- Eu também os adoro.- ela colocou a cabeça no meu ombro.

- Estou tão feliz que você tenha acordado.

- Foi graças a você.

- Foi graças a mim que você ficou daquele jeito.

- Por favor... - ela segurou meu rosto com as mãos, me fazendo encara-la- Esqueça isso.- ela me beijou, nossa línguas dançavam juntas, eu apertei sua cintura e a puxei para mais perto de mim, porém o ar se fez necessário e nos separamos.

- Se me der mais um beijo desses... eu prometo fazer o que você quizer.- nós duas rimos. 

 Ficamos abraçadas até a noite cair observando as criaturas que iam e viam.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...