História In Pieces (Strong) - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Icebluedark

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, D.O, Kris Wu, Lay, Suho
Tags Deathfic, Drama, Exo, Lemon, Morte, Romance, Sadfic, Suícidio, Sulay Chansoo, Yaoi
Exibições 15
Palavras 574
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Icebluedark~
Olá hehe, então, é nossa primeira fic \o/ eu estou nervosa ._.
Enfim, eu desenvolvi esse plot “inspirado'' no filme “Orações para Bobby'' então nós duas vamos fazer o máximo para agradar vocês ou não haha... ~SPOILER~
AAAh, antes que eu esqueça rs gostaria de agradecer ao Francisco (amigo da escola u.u) por nos dar apoio e dar um de escravo escritor rsss. O capítulo foi revisado 5 vezes então qualquer erro ME DESCULPA MESMO.

~Invisible†hings
I† Primeiramente, gostaria de pedir que dessem bastante amor à Fic, já que é a nossa primeira e...
I† Segundamente = Primeriamente.
I† Enfim, boa leitura.

Capítulo 1 - Prólogo: Mesmo que seja a última vez


Fanfic / Fanfiction In Pieces (Strong) - Capítulo 1 - Prólogo: Mesmo que seja a última vez

15/03/2012 – Avenida  Soichi (Seul)

Suho

Era uma manhã fria e chuvosa. Tinha a impressão de que junto ás minhas lágrimas a chuva tocava o chão.

As pessoas a minha volta murmuravam perguntas sobre o que havia acontecido com aquele garoto estirado no chão, coisa que nem eu mesmo sabia. Eles me perguntavam se eu o conhecia, mas não conseguia responder nenhuma das perguntas que eram feitas, estava completamente estático, tentando absorver o que estava acontecendo.

 Logo depois os policiais chegaram e começaram a analisar seu corpo e eu continuava imóvel me perguntando o porquê de tudo isso está acontecendo.

 

Delegacia

– L-Lay era uma pessoa extremamente calma, e todos gostavam dele, n-não consigo pensar em um motivo que o levasse a... - Respirei fundo, completando. - a se matar.

– Qual foi a última vez que vocês se encontraram? - Perguntou batendo levemente a ponta da caneta em seu bloquinho de notas.

– Um dia antes deste acontecimento, nós estávamos comemorando o White Day*...

 

14/03/2012 - Casa do Suho.

Faltava exatas duas horas para ele voltar do trabalho e já estava tudo pronto, nunca fui uma pessoa paciente, muito menos para fazer surpresas. Preferi arrumar o quarto antes que ele chegasse.

 E passaram-se uma, duas, três horas... o relógio marcava dez e vinte e sete, e Lay ainda não tinha dado sinal de vida. Já havia desistido de esperá-lo, talvez tenha se esquecido, pensei.

 Alguns minutos depois, ouvi a porta principal fechando-se com força, levantei a cabeça rapidamente encarando-o.

– Aonde esteve? - Empurrou a haste do óculos com o dedo médio.

– Eu... - Tentou argumentar antes de ser interrompido.

– Estava preocupado com você... - Suspirou massageando o cenho.

– Me desculpe, eu fui ao shopping comprar seu presente, mas demorou mais do que o esperado... - Tateou seus bolsos traseiros a procura da pequena caixinha e ao achá-la retirou do bolso esquerdo, estendendo-a para o namorado. – Feliz dia dos Namorados.

Suho sorriu levemente pegando a pequena caixa das mãos do namorado, abrindo-a em seguida, vendo a pequena aliança.

– Obrigado Lay, eu... eu não sabia que - Foi cortado pelo maior.

– Está tudo bem, teria a mesma reação.

– Também lhe comprei um presente - Subiu a escadaria envergonhado, descendo minutos depois segurando um grande urso de pelúcia com uma estampa engraçada engraçada na região da barriga. – Feliz dia dos Namorados, meu amor. - Disse colando seus lábios nos dele.

 

(...)

 

15/03/2012 - Delegacia

– Quatro horas atrasado? Não acha estranho? - Coçou o queixo.

– O que você está insinuando? - Aumentou o tom de voz.

– Nada, deixe para lá. - Se acomodou melhor na cadeira. – Com que ele trabalhava? Há conhecidos no local?

– Ele trabalha com crianças, na área de pediatria. Trabalhava, perdão. - corrigiu-se. – Junto aos seus melhores amigos.

– Nomes, por favor.

– Park Chanyeol e Do Kyungsoo. - Anotando seus nomes continuou.

– Você mantém contato com eles? - Perguntou.

– Usualmente, na maioria das vezes em datas comemorativas.

– Ok, está liberado. - Assim fechou seu bloquinho e caneta.

 

Narrador

Ele caminhava de forma desleixada pelas ruas de Seul com as mãos em seus bolsos, chutando pedrinhas até encontrar o barbeiro mais próximo de si. O sininho do local tocou assim que a porta se abriu, revelando um homem alto esguio que caminhava em direção ao velho homem parado ao lado da cadeira giratória.

 Se sentou, dizendo:

– Me transforme em outra pessoa.

 

"Même si elle est la dernière fois."                                 – Lay

Mesmo que seja a última vez, por favor seja forte."
                     – Lay

 


Notas Finais


*White Day

Comemorado em quatorze de março, é a vez dos homens darem doces e presentes para expressarem seus sentimentos.  Seguindo o padrão do Dia dos Namorados, os presentes podem ser dados à quem já se tem um relacionamento ou àquele(a) com quem se deseja ter um relacionamento. Entre os presentes mais comuns estão doces – exceto o chocolate – joias, flores, bonecas, acompanhados de jantares e eventos românticos.


Icedbluedark~Yooo PESADO *risada* Então, aqui devo agradecer ao Google Tradutor pela frase em francês e pelo meus trabalhos de inglês rss. Então até mais putos (@Icedbluedark continha no site para os stalkers de plantão.)

~Invisible†hings
I† PUTOS?! Se ela é louca? Fato. (-qq, te amo, amor S2)
I† Mesmo o Lay tendo morrido, colocaremos lembranças do relacionamento deles então poderemos, ainda assim, aproveitar o OTP, okay?
I† Gostaria de dar créditos à um colega de turma que se dispôs a escrever o resto enquanto ditávamos (nós duas somos consideravelmente preguiçosas).
I† Espero que tenham gostado desse prólogo^^
I† Obrigada por lerem, espero que acompanhem a Fic e por favor comentem, isso nos incentiva muito a continuar escrevendo, até o próximo capítulo^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...