História In the morning Teacher/In the evening Stripper - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, Jimin, Mark, V
Tags Imagine Bts, Imagine Jimin
Visualizações 215
Palavras 1.163
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


* Tô com sono e dor de cabeça *
Desculpem os erros >.<
Boa leitura 📚

Capítulo 9 - --Capítulo 8--Contas à acertar--


Fanfic / Fanfiction In the morning Teacher/In the evening Stripper - Capítulo 9 - --Capítulo 8--Contas à acertar--


Aquelas palavras roucas, aquele sorriso enlouquecedor, aquele cabelo sedoso, essa feição de anjo, Park Jimin é o pecado em pessoa.

Suas orbes negras se encontraram com as minhas, e ele sorriu mordendo os lábios enquanto analisava meu corpo.

Minha consciência mandava eu sair daquele local e correr o máximo que eu pudesse, mas meu coração que palpitava em meu peito estava falando mais alto.

Maldita hora para se ter sentimentos!

Ele tomou meus lábios para si novamente e entrelacei minhas pernas em sua cintura, e o mesmo começou a dar tapas em minha bunda.

Dor? Não.

Prazer? Exatamente.

Nos separamos pela falta de ar que se fez presente, ele encaixou sua cabeça em meus ombros e começou a dizer palavras obscenas em ouvido enquanto apalpava meus seios com uma mão e a outra as minhas coxas ainda por cima do pano.

No mesmo instante, lembrei-me daquela terrível noite em que perdi minha virgindade com três drogados, eles apertavam minha coxas e me chamavam de vadia.

Não, eu não sou assim, se não fosse por Jaebum ter me encontrado e levado-me à um hospital eu nem sei o que poderia ter acontecido comigo. E pensar que tudo isso aconteceu por Jimin ter me negado uma simples carona.

E cá estou eu, sendo tocada por aquele que me fez sofrer e perder noites de sono tendo pesadelos com a aquela cena terrível.

Sai de meus pensamentos e tirei suas mãos de mim descendo de seu colo, olhei para ele e o mesmo estava sem entender nada, lágrimas queriam sair de meua olhos, mas eu as enxuguei.

Prometi a mim mesma nunca mais chorar por quem não merece, aprendi do pior jeito que nem todos são dignos minhas lágrimas.

- O que foi S/N? - Ele perguntou.

- Se você tivesse me dado carona aquele dia...

- Carona? Que dia?

Claro, só quem sofre é quem se lembra por sentir a dor.

- Nada. - Fui saindo.

- Ei, você vai mesmo me deixar assim? - Perguntou apontando para sua ereção aparente em sua calça de couro colada.

- Divirta-se resolvendo isso. - Saí de lá.

Eu estava com raiva dele, mas adorei ter deixado ele daquele jeito.

Ele me puxou de volta para dentro do banheiro, começou a me beijar novamente e eu com todas as minhas forças tentava me soltar.

- O que você pensa qur está fazendo? - Perguntei soltando-me.

- Desculpe-me eu não sei onde estava com a cabeça. - Disse cabisbaixo.

Voltei para meu dormitório e ainda bem que Jackson não estava lá, deitei em minha cama, mas eu não conseguia dormir pensando para onde Jimin iria com aquela roupa.

Eu sei que não é da minha conta, mas eu estou muito curiosa. Saí de meu dormitório sem acordar Hayana e principalmente sem que Ynaiama me visse.

O carro de Jimin estava do lado de fora, eu pensei em entrar nele e me esconder mas no mesmo instante ele entrou no carro e deu partida.

Então resolvi voltar para meu quarto, chegando lá Hayana não estava, deve estar com Jackson. Deitei em minha cama e tentei dormir mas não consegui pois começou a chover e os relâmpagos estavam bem altos fazendo eu me assustar.

- TOC! TOC! - Alguém bateu à minha porta e fui abrir.

Era JB, ele estava todo molhado e entrou logo.

- O que fazes aqui? - Arqueei a sombrancelha.

- Não vi mais você, então estava lhe procurando. Onde você estava?

- Ah, nada de importante.

- Hum, sei. - Disse e tossiu.

- Assim você vai pegar um resfriado. - Falei e mandei ele tirar a blusa para eu estender, pois estava muito molhado.

Ele retirou sua blusa e eu tenho certeza que eu estava da cor de um pimentão, pois ele começou a rir de minha cara, eu já tinha visto ele sem camisa na piscina, mas toda vez eu ficava olhando para seu abdômen.

Peguei a blusa e estendi em um local do lado de fora, mas coberto para não pegar chuva.

Voltei para dentro e ele estava deitado em minha cama.

- Folgado você hein! - Deitei-me ao lado dele.

- Eu sou assim, não posso fazer nada. - Riu divertido.

Aquela risada era tão boa, era música para meu ouvidos.

- O que você quer fazer, oppa? - Perguntei olhando ele nos olhos e o mesmo mordeu os lábios.

- "Oppa" é? - Tomou meus lábios para si e pôs sua mão em minha cintura desnuda pois eu ainda estava de biquíni.

Puxei seus cabelos para mim em busca de mais contato e aprofundamos o beijo. Ficamos um tempo assim como se diz "Aos Amassos", até ele colocar a mão por dentro da minha calcinha do biquíni.

- Jaebum-ah. - Gemi seu nome.

Ele começou a descer minha calcinha e eu coloquei minha mão em seu abs arranhando com as unhas.

Tomou novamente meus lábios e comecei a ter flashs em minha mente "daquela noite", no mesmo instante separei-me dele e uma lágrima escapou de meus olhos, droga.

- O que foi S/N? Fiz algo de errado? - Perguntou confuso.

- Não, é que eu ainda lembro daquela noite. - Outra lágrima e coloquei minha calcinha novamente.

- Ei, não chore, estou aqui! - Disse limpando minhas lágrimas e me aconcheguei em seu peito e adormeci, com ele eu me sentia segura.

Até quando não vou poder ficar com alguém sem me lembrar daquilo?

Pov's Jaebum 

S/N ainda está muito fragilizada com o que aconteceu, bom não é para menos, não acontece essas coisas todo dia nem por acaso.

Quando ela dormiu, resolvi ir até a janela do dormitório para olhar a chuva e vi meus dois amigos passando, Yoongi e Namjoon do 2° ano.

- Ei, eu nem sabia que vocês tinham vindo para o acampamento. - Sai do dormitório e fui até eles.

- Ah, deu vontade. - Namjoon riu.

- Eu fui arrastado. - Bufou Yoongi.

- E aí? Já ficou com ela? - Namjoon perguntou malicioso.

- Não, ela ainda está muito fragilizada.

- Mas nós não temos culpa do que aconteceu. - Yoongi sorriu cínico.

- Aish, xau vocês! - Falei e voltei pro dormitório para dormir.

 Pov's S/N

~Dia Seguinte~

Acordei e já era de manhã, JB não estava mais na cama, e presumi que já tinha ido tomar café. Levantei, fiz minhas necessidades matinais e troquei de roupa, vesti uma jardineira jeans, uma blusa preta por dentro e um tênis branco.

Chegando no refeitório, Jackson estava sentado com Hayana e eles comiam parecendo um casal fofo, o mesmo com Taehyung e Bia.

De longe avistei JB e Bambam na mesma mesa já comendo.

- Bom dia. - Falei sentando-me com eles.

- E o que tem de bom? - Bambam perguntou, ele estava com uma cara nada boa.

- O que foi? - Perguntei a ele, e o mesmo apontou para Jackson e Tae.

- O que vai ser de mim? - Disse Bambam sofrido e eu e JB rimos dele - Aff, seus idiotas, não tem graça. - Ele riu dele próprio.

- S/N, por favor me conte onde você estava ontem. - JB disse sério.

Contei tudo para eles, afinal eu não podia esconder, e contei até a parte que Jimin queria ficar comigo à força.

- Professor Park, apareça!!!! - JB levantou-se imediatamente gritando. - Temos contas à acertar!!!!


Notas Finais


Treta!Treta!

Estou pensando em deixar essa fic em hiatus um pouco, pois acho que não está ao agrado de vocês pelos comentários terem diminuído.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...