História In the other side - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Coréia, Imagine, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Namjon, Suga
Visualizações 8
Palavras 688
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Fantasia, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - A hora da ida!


"Nessa melodia que já chegou ao fim, eu estou lutando para aguentar isso sozinho
Diga-me agora, me deixe saber que tudo acabou"

Cap 1

Após 7h e 30min de viagem deixei Belo Horizonte para trás , meus pais não vieram comigo, eles contrataram um carro para me levar até Guarulhos, na hora da despedida meu pai me deu um longo abraço e minha mãe também, apenas falaram que sentiriam minha falta e foram trabalhar, minha irmãzinha me deu uma carta, ela chorava muito, foi difícil ver a babá carregando-a para dentro de casa. Me cortava o coração ver a indiferença da minha mãe em relação a minha irmã, se não fosse meu futuro em jogo ficaria com ela, mas cansei de fazer o papel de outras pessoas.

O motorista colocou minhas malas na calçada empoeirada, e foi embora, peguei o carrinho que alguém tinha deixado no meio do estacionamento e coloquei minhas malas ali, me direcionei até a porta automática quando esbarro em um menino, meio japa, ele me olha, preocupado digo que tudo bem e sigo meu caminho. Já havia feito o check-in pela internet, então coloquei meus fones e fui para a sala de espera, tocava Arctic Monkeys I Wanna Be Yours. Lembrei de quando fazíamos viagens em família, eu amava já Bernardo, meu irmão, odiava tudo aquilo mas se esforçava, ele ficava bravo com o papai por ele ficar apenas no celular e minha mãe deixar a gente com a baba, naquele tempo ficava imaginando como seria se nossos pais dessem atenção para a gente talvez tudo poderia ser diferente. Dei uma cochilada quando percebo que alguém senta do meu lado, cheio de malas assim como eu, não dou muita atenção, até perceber que ele ficava me encarando, olhei para o lado e era o mesmo menino que havia esbarrado em mim na entrada.

-Oi, queria me desculpar por ter esbarrado em você, eu realmente estou muito nervoso, porém você deixou cair essa cartinha da sua Irma, desculpa novamente não me aguentei e li, mas o seu nome me chamou atenção, me lembrei de ter visto na lista de intercambistas que vão para a Coréia do Sul, eu fiquei muito feliz, estou falando demais desculpa- ele da um sorriso envergonhado- aliás meu nome é Vinicius, e o seu? 
-Muito prazer, meu nome é (  ) mas é muito legal socializar com alguém que tem o mesmo desejo de ir para a Coréia do Sul- falei sorrindo.
- Nem me fale eu estou mega feliz, menina do céu, você vai pra lá fazer o que? 

- Eu vou estudar na Korea National University of Arts, meus pais organizaram tudo então estou tranquila em relação a tudo- falei rindo de mim por lembrar que meus pais são muito sistemáticos. 
-Nossa é uma das melhores hein! Eu vou para Pohang University of Science and Technology.
-Nossa! Ela também é realmente boa- trocamos sorrisos, os olhos dele quase fechavam quando ele sorria daquele jeito ele realmente era muito fofo.

Ainda falta 1h  para o embarque, revelo para ele minha imensa vontade de um smoothie do starbucks e ele diz que a minha vontade não se comparava a dele, a fila estava grande e demorou muito, acabamos ficando com fome e pedimos torta de amora. Se passou 1h e quando percebemos tentamos catar nossas malas o mais rápido possível mas não deu tempo  perdi o embarque da minha classe e ele fingiu perder a dele também, esperamos todas as outras entrarem, para não estragar a "organização" das filas. Nossos bancos eram muito longe um do outro, mas como meu pai comprou dois  da classe executiva dei  um deles para Vinicius  em troca ele me deu um de seus fones e ficamos, provavelmente, muito tempo dançando e cantando músicas de  Kpop ele foi dançando cada vez mais devagar, até cair no sono. Eu demorei um pouco mais para cochilar, pois dormi na viagem de carro até Guarulhos, estava exausta depois de tudo o que aconteceu com o Vitor, após ele me deixar em casa não consegui dormir e fiquei ensaiando passos que estava com dificuldade. Acabei caindo no sono como Vinicius.

 

 


Notas Finais


Bom não gosto muito de notas no começo então coloquei aqui. Bom galerinha, não quis colocar "s/n" optei por colocar apenas "( )" então não estranhem quando verem isso. obrigado por ler e desculpa se ficou meio confuso, vou tentar melhorar conforme o desenrolar do imagine. Beijos da titia monstrinha.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...