História In the sky - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Justin Bieber, Madison Beer, Selena Gomes
Exibições 18
Palavras 1.469
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eai geeenteeeeee!
Vou falar a verdade pra vocês, só com um comentário eu já tô me achando um máximo! hahahaa
É incrivel como apenas um comentário me motiva.
Me desculpem porque fiquei sem postar no fim de semana, fiquei sem net. Vocês já devem até saber quão merda é essa internet da Oi.
É isso boa leitura ae pra ocês, e leiam as notas finais pq tem novaaas!!

Capítulo 4 - Verdade ou desafio


Eu tirei meu vestido ficando só de calcinha, ouvi os meninos comemorarem e elogios. Eu ri e entrei na piscina.
- Ei vamos brincar de verdade ou desafio? - perguntei.
- Sério isso? - disse Edward.
- Ué porque não? Vamos! Vai ser divertido! 
- Tudo bem, quem começa?
- Pode ser eu, mas, vamos começar com algo leve tá?
- Okay.
- Verdade ou desafio?
- Pra que isso Kat? - disse Chaz na escuta.
- Desafio. - respondeu Edward.
- Deixa eu ver, uunn... ( pausei) Te desafio a beber toda essa garrafa de vinho sozinho. - disse apontando pra garrafa ao seu lado.
- Quer me embebedar?
- Kat ele vai desconfiar! - disse Chaz nervoso na escuta.
- Ela sabe oque ta fazendo. - disse Justin.
- Não! Isso é uma brincadeira. - respondi Edward.
- ok, minha vez? - Edward disse pegando a taça e a enchendo com vinho.
- Sim.
- Verdade ou desafio?
- Verdade.
- Você é virgem?
- Não. - menti.
- Coitada. - disse Justin dando uma risadinha na escuta.
- Verdade ou desafio? - perguntei tentando mudar o clima.
- Verdade.
- Oque você pretende?
- Apenas sexo. - ele disse dando um último gole esvaziando a taça.
- Sua vez.
- Verdade ou desafio?
- Desafio.
- Eu te desafio a... - interrompi. 
- Vai com calma...
- Eu te desafio a me beijar.
Eu fui colando meu corpo no dele e o ameaçando a beijar, enquanto ele lutava pra me beijar eu afastava.
Enchi a taça mais uma vez e dei pra ele beber, comecei a dar leves chupões e beijinhos sobre seu pescoço enquanto o mesmo bebia o vinho. Parei e o encarei, estava quase terminando o primeiro passo. Colei mais meu corpo no dele e o beijei lentamente, ele pediu passagem para língua, mas, não cedi. O encarei novamente e ele deu um gole na bebida fazendo o mesmo. 
- Vamos entrar? - ele perguntou.
- Acaba de beber primeiro. 
 Ele bebeu saindo da piscina e eu o segui até o quarto. Pegou uma toalha e se secou deitando na cama.
- Eu vou tomar um banho pra tirar esse cheiro de cloro do corpo, tem problema?
- Nenhum, eu te espero princesa. 
Enquanto eu caminhava até o banheiro Chaz falou na escuta.
- Disfarça e vai até a porta.
- Oque houve? Ele ainda ta acordado! - disse sussurrando.
- Vai logo!
Eu o obedeci caminhando até a porta passando pelo quarto e Edward me encarou.
- Onde você vai? - perguntou Edward.
- Vou ver se a porta está trancada, não quero que um de seus seguranças entre aqui e nos atrapalhe.
Ele assentiu com a cabeça e eu fui até a porta.
- Tá já tô aqui, e agora? - sussurrei 
- Pega esse saquinho que esta no chão.
- Oque é isso? 
- Coloca isso dentro de alguma bebida dele, vai fazer ele dormir mais rápido.
Eu abaixei pra pegar reparando ser um pozinho branco em um saquinho transparente, e quando levantei minha cabeça bati em algo, olhei e vi que eram chaves na fechadura da maçaneta. Verifiquei se Edward não estava vindo e voltei minha atenção para as chaves. 
- Oque houve? - perguntou Justin.
- Acho que achei o cartão. 
- Calma! Não pega ainda, deixa ele dormir primeiro você corre menos risco.
-  Coloca a droga na bebida dele e demora no banho, vai dar tempo de fazer efeito. 
- Okay.
Eu voltei ao quarto e notei que a taça do Edward ainda estava com um pouco de vinho em cima da cômoda, fui até ela e coloquei todo o pozinho dentro e balancei. Logo já tinha se misturado e estava imperceptível.
-  Ei, você ainda não acabou de beber tudo. - disse andando em direção a Edward e o entregando a taça.
- Estava trancada? - ele disse pegando a taça da minha mão.
- Oque? - disse nervosa.
-  A porta, você não foi conferir? -  ele disse e em seguida deu um gole
-  Ah sim! Estava. - dei um sorriso de lado.
- Vai logo tomar seu banho. - ele disse dando um último gole e colocou a taça na escrivaninha ao lado.
-  Sim senhor! - ele riu.
Fui até o banheiro e tranquei a porta.
-  E agora?
- Toma seu banho e espera, você tá com a cópia do cartão ai? - respondeu Chaz.
- Ah não, e agora?! Fudeu.
- Oque? - perguntou Justin.
- Ficou no meu vestido na piscina.
- Não tem problema, você lá e pega ele vai estar dormindo mesmo.
- Mas e os seguranças? 
- Você também vai pegar seu vestido eles nem vão desconfiar.
- Vai logo tomar banho, mas, tira a escuta pra não molhar!
- Tá! 
Fiz o mesmo, demorei uns 10 minutos no banho, coloquei um roupão a escuta novamente e enrolei uma toalha no meu cabelo.
- Já posso sair?
- Acho que sim da uma espiada e se ele ainda estiver acordado espera mais um pouco. - disse Chaz.
Fiz o mesmo.
- Ele já ta dormindo.
- Vai lá buscar o outro cartão então.
 Eu sai devagarzinho e destranquei a porta do quarto, passei pelos seguranças naturalmente e fui até a piscina peguei minhas coisas e voltei pro quarto. Coloquei meu vestido e meu salto, fui até a porta e troquei os cartões, coloquei o original no bojo do vestido e sai lentamente.
- Onde você vai? - um segurança perguntou agarrando meu braço e eu estremeci.
- É- é então, é que ele dormiu, sabe come é né, ele estava muito cansado. Se eu fosse vocês nem tentava o acordar ou vão perder o emprego.
- Libera a garota. - disse um outro segurança que me acompanhou até a porta.
- Obrigada. - sorri de lado.
- Some antes que ele acorde!
Eu sai desconfiando do segurança, como ele sabia? Encontrei com Justin e Maejor no corredor.
- Mandou bem Kat! - disse Maejor.
- Como ele sabia? - perguntei nervosa.
- Ele quem? 
- O segurança!
- Eu subornei ele pra colocar a droga em baixo da porta. - disse Justin. 
- Ele não vai contar pro Edward?
Justin me encarou e eu rapidamente entendi aquele olhar, obviamente o cara perderia a vida se contasse algo.
- Vamos meter o pé daqui! 
- Nós vamos embora amanhã cedo.
- Como vai ser... Quando ele descobrir?
- Deixa que disso a gente cuida.
 Nos voltamos para as suítes e arrumamos as nossas coisas antes de dormirmos.
Não queria ter que ir embora amanhã cedo, acabamos de chegar. E esse lugar é tão lindo. Logo quando me livrei da prisão de Dave não posso aproveitar minha "liberdade". Falando em Dave como deve estar a boate sem ele? - minha expressão mudou.
- Oque foi? - perguntou Justin.
- Não é nada, só não queria ir embora, ma, infelizmente eu tenho que viver fugindo junto com vocês sem poder ter uma vida normal. 
- Então se acostume. - ele disse se virando e saindo.
- Mas e minha liberdade?
Ele riu sarcástico e saiu em direção ao banheiro. E então percebi que tudo era uma farsa, o pior é que eu já sabia desde o início, mas, deixei levar. Cai em prantos e deitei na cama prendendo meu rosto no travesseiro e me afogando nas minhas próprias lágrimas.
...
Acordei desesperada depois de um pesadelo enquanto eu tentava tapar a luz do Sol que entrava pela sacada e refletia em meu rosto, até que percebi que Justin estava deitado do meu lado com uma cueca boxer branca.
- Aah! - gritei assustada.
- Você tem problema? - Justin disse coçando os olhos e se espreguiçando.
- Não era pra você dormir comigo! 
- Me desculpe, mas, esse aqui é meu território. Você dormiu aqui porque você quis.
- Mas eu... - interrompi quando percebi que estava só de calcinha. - Oque houve? - perguntei nervosa enquanto me cobria com o lençol.
Justin deu um sorriso malicioso se ajeitando na cama. 
- Justin a gente transou? 
- Porque, você não se lembra? - ele riu de lado.
- Não acredito que eu fiz isso... Não com você! 
- É meio difícil de acreditar quando um sonho se torna realidade. - ele riu malicioso 
 Eu o encarei e dei um soco em seu peitoral. 
- Mão pesada você einh! - ele disse passando a mal pelo local da dor. - Fica tranquila... Seu tesourinho ainda ta guardado. - ele disse se levantando da cama.
Eu me joguei na cama dando um suspiro de alívio, Justin olhou pra trás e riu e eu joguei um travesseiro nele.
- Mas não por muito tempo! - ele riu e  foi pro banheiro. 
...


Notas Finais


Gostaram??
Cara eu já tenho toda a história montada na minha cabeça e parece que acada dia surge uma ideia nova!
Eu fico louca pra escrever e postar porque quero que vcs também saibam oque vai acontecer hahahaha.
Estava pensando em fazer uma brincadeirinha só pra interagir e saber oque vocês estão achando oque gostam pra eu incluir na fanfic:
Vou criar uma meta de coments e de acordo com a quantidade dos mesmos, vou selecionar dias da semana pra dar dar um spoiler pra vcs.
Deixem ai nos comentários oque acharam da ideia, não sei se vou começara fazer isso agora, pois ainda tenho que divulgar, maaaas, quem sabe.
Um beijãaaao!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...