História Inadequado, mas irresistível (Harry Potter) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Dumbledore, Angelina Johnson, Arthur Weasley, Bellatrix Lestrange, Blásio Zabini, Cedrico Diggory, Cho Chang, Córmaco Mclaggen, Cornélio Fudge, Dino Thomas, Dobby, Dolores Umbridge, Dominique Weasley, Draco Malfoy, Ernesto Macmillan, Fleur Delacour, Fred Weasley, Gilderoy Lockhart, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Horácio Slughorn, Hugo Weasley, Jorge Weasley, Lilá Brown, Lino Jordan, Lucius Malfoy, Luna Lovegood, Minerva Mcgonagall, Molly Weasley, Murta Que Geme, Neville Longbottom, Newton Scamander, Nymphadora Tonks, Olívio Wood, Padma Patil, Pansy Parkinson, Parvati Patil, Personagens Originais, Remo Lupin, Ronald Weasley, Rúbeo Hagrid, Severo Snape, Sirius Black
Tags Dramione, Harrypotter, Harrypotterhot, Hogwarts, Sevmione, Snamione
Exibições 139
Palavras 1.210
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Magia, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ooii amores <3
obrigada aos 90 favs *--*
vocês me encorajam 😍
voltei logo, rsrs
espero que gostem desse capítulo. Continuem comentando, isso é importante pra mim. rsrs

Capítulo 12 - Decisões


Fanfic / Fanfiction Inadequado, mas irresistível (Harry Potter) - Capítulo 12 - Decisões

- E agora, vamos dar às boas-vindas as adoráveis moças da Academia de Magia de Beauxbatons.

Dumbledore estava vestido em um sobretudo azul cetim, seus oclinhos meia-lua sobrepostos em seu nariz cudunco. A sala estava cheia, os alunos estavam vestidos com seus costumeiros uniformes, com cores específicas, de acordo com suas casas. Vermelho da Grifinória, Verde de Sonserina, Azul de Corvinal e Amarelo da Lufa-lufa.

A sala foi tomada por um silêncio após a porta se abrir, revelando veelas. Estavam usando vestidos de um vermelho opaco, diferentemente da última vez que estiveram em Hogwarts, que na cerimônia de abertura usaram azul. Dessa vez elas estavam com um ar mais maduro, estavam mais mulheres.

- Elas são tão lindas. - Rony estava hipnotizado, igual ao restante dos alunos homens de Hogwarts. Diferente das meninas, que olhavam aborrecidas para a cara de bobocas que os garotos faziam. - Eu poderia passar o dia todo as olhando.

As veelas rodopiaram pelo salão, fazendo uma coreografia que chamou a atenção de todos presentes. Nas suas mãos faziam crescer rosas vermelhas vivas, que inalavam um cheiro de recém-colhidas, deixavam pelo salão.

- E aquela é... - Rony começou a falar, se engasgando enquanto Harry e os outros meninos se empurravam para ver a veela mais bonita de todas. 


Gina apontou para uma veela, alta, de cabelos loiro escuro, e com tatuagens. 

- ... A Chanel Oberlin. 

Ela deu um giro e levantou os braços. Entre suas vestes saíram borboletas, de várias cores. Ela sorriu para o salão e foi se juntar a Madame Maxime, diretora de Beauxbatons.

- Oh, Madame, quanto tempo... Como vai à França? - Dumbledore cumprimentou a meia-gigante com um beijo na região posterior de sua mão. Ela sorriu, e falou com sotaque bem carregado de francês , disse que estava bem, e foi se sentar. 

- E como as moças de Beauxbatons já estão acomodadas, vamos dar as boas-vindas aos rapazes da Delegação de Durmstrang.

Com um baque, as portas do salão principal se abriram, delas saíram rapazes, que usavam roupas pretas com azul escuro, e por cima um sobretudo.

Agora foi a vez das meninas suspirarem, Gina olhou de relance para Hermione que logo afastou o olhar. Harry e Rony se viraram para ver as veelas, mostrando desinteresse aos rapazes, mas logo voltaram sua atenção. 

Nas costas dos alunos de Durmstrang, haviam arcos com flechas encantadas. Que logo puxaram e atiraram na direção dos garotos da Sonserina, que deram gritos e se assustaram, o que fez o todo o salão rir.

Alguns dos alunos apontaram na direção de Gina e Hermione. Mas quando atiraram saiu um coração que logo em seguida se transformou em uma bela rosa, que caiu no colo de Hermione. Ela riu, e pegou na mão.

Da mesa dos professores, Snape via toda a cena. Sua raiva se impulsionou quando viu Granger pegar uma rosa atirada por Vítor Krum, e cheira-lá, e logo rir com isso. Seu punho se fechou em fúria.

Não havia pensado nisso, mas o Baile seria daqui à alguns dias, e a lua cheia ocorreria na madrugada do dia festa.

Não estava interessado no baile, mas sabia que era aquele prazo que o Lord das Trevas havia predito para que Granger fosse entregue a ele.

Havia conversado com Dumbledore a respeito da mudança de planos, e o velho havia dito para que ele não se preocupasse antecipadamente e que enquanto a garota estivesse no castelo estaria segura. Mas como ele não se sentia seguro com isso, passou a vigia-lá nos dias em que se passou.  Sem ela perceber começou a segui-la, inclusive até quando ia à Cabana de Hagrid, mais seus amigos.

Se sentia mal pela noite que a mandou ir embora, mas sabia que aquilo era necessário. Nos dias seguintes ela havia passado tentando falar com ele, mas sempre azarava um feitiço em um dos alunos e fazia com que eles dissessem que ele não se encontrava na sala, e ela cabisbaixo, saia.

Aquilo o matava por dentro, mas era o certo. Pelo menos para ela.

Quando a cerimônia de abertura terminou, Dumbledore deu início ao banquete, a sala estava barulhenta e agitada. As meninas fofocavam e falavam dos garotos de Durmstrang. Os meninos se arrumavam e ficavam feito bobalhões olhando para as veelas.

Hermione olhou para a mesa dos professores, seu olhar se encontrou com os de Snape, e por um tempo que pareceu uma eternidade, eles se encararam. Snape estava inexpressivo  como sempre, e parecia mais arrogante.

- hm, Hermione? - Gina pigarreou, e olhou da amiga para a mesa. - Por que está encarando o professor Snape?

- Quê? Não estou...

A ruiva levantou as sobrancelhas.

- Estava sim. Você até ficou vermelha e desconcertada quando eu perguntei... - ela pareceu ponderar alguma coisa - Não me diga que... Você... Snape... JUNTOS?

Gina falou alto demais, alguns dos alunos as olharam curiosos, atraindo principalmente a atenção de Rony e Harry, que logo se viraram na direção delas.

- O que tem você e o Seboso, Mione? - Rony perguntou, nas suas mãos estavam coxas de frango assado, enquanto comia outra. 

Harry esperou calado a resposta.

- Eeer... Humm..

- Estava falando com a Hermione sobre o trabalho do Snape, e isso não é da sua conta, Ronald. Vamos à biblioteca Mi, preciso de sua ajuda. - E deus as costas aos garotos,  que ficaram calados. -- Vamos, Hermione!

Hermione a seguiu, desconcertada. Quando já estavam em uma distância de segura e que não havia ninguém, ela agradeceu a amiga.

-- Obrigada, Gina. Não teria arrumado uma desculpa assim.

- Quê? Não! A culpa foi minha mesmo. Me desculpa. - A castanha deu um meio sorriso. - Mas você vai ter que me contar a verdade.

- Certo. Mas prometa não contar nada a ninguém, tudo bem? Muito menos ao Harry ou ao Rony. 

- Posso até fazer o Voto Perpétuo, se pra você  isso importa. - a ruiva viu. 

- Não! - A castanha apressou-se em dizer para a amiga. - Tudo bem. Eu e o Snape, ficamos.

-OH MEU DEUS! 

- Gina, não! Não faça escândalo.

- Foi mal. Mas isso é sério? Vocês estão juntos?

- Ah, não... - ela se entristeceu. - Até que era isso que eu queria, mas depois que ficamos ele está me tratando como se eu não fosse ninguém. Nem mesmo uma aluna!

- Aquele maldito, como pôde fazer isso com você? - Hermione não respondeu, seus olhos estavam marejados de lágrimas.

- Acho que estou apaixonada por ele. - falou com a voz embarganhada de tristeza.  

Gina se aproximou dela e com a mão levantou a cabeça da amiga.

- Escute, você é a minha melhor amiga, e eu não vou te deixar sofrer por aquele... morcego! Se ele não te quer, vai se arrepender por isso. - Falou decidida.

A castanha a olhou. Limpou os olhos com a manga da camisa, e respirou fundo.

- Quer saber, você tem razão. Ele está agindo assim à semanas, e se ele quer distância minha, então acho que isso é a melhor coisa a se fazer. 

Gina riu. 


- É isso aí, garota!

- Gina, vou precisar de sua ajuda, tudo bem?

- Claro, no que quiser.

- Então vamos à Londres Trouxa! 



Notas Finais


Eita, o que será que vão aprontar, hein?!
Vem coisa por aí...
Tadinha da Mione né gente, :( mas Snape também tá sofrendo.
rsrs
comentem, amores XOXO 💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...