História Inazuma Eleven - Nova Geração - Capítulo 89


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inazuma Eleven (Super Onze)
Tags Futebol!, Inazuma Eleven, Shonen
Visualizações 63
Palavras 2.395
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Escolar, Esporte, Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Shounen
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom pessoal, depois de umas semanas sem capítulo, eu decidi voltar para terminar esse jogo! Me perdoem pela Semana Nova Geração "falhar", eu fiquei realmente sobrecarregado e naquela época sexta-feira era um dia cheio de coisas para serem feitas, eu realmente não consegui. Mas foi cinco dias de capítulo e especiais, espero que tenha valido a pena.

Bom, fiquem com o capítulo 89, e se lembrem: se existe algo por qual lutar, lute!

Capítulo 89 - Lute, Salve! New Raimon vs Perfect Zeus - PARTE FINAL



“Mas não é por esse motivo que me darei o luxo de perder pra você!”

Os dois amigos pensam. Yubetsu segura a bola e Théos coloca seu pé direito um pouco pra trás.

Yubetsu: Eu fiz essa promessa, e dela eu não largo mão! — Yubetsu diz isso e joga a bola pro alto.

Sophie dá um sorriso estranho. Era uma mistura de ódio e empolgação, era visível que ela estava furiosa com a ideia de meros “plebeus” tentarem fazer algo contra ela, mas ao mesmo tempo, parecia que ela estava gostando da sensação de usar toda sua força. Ela tenta correr até a bola usando o Divine Flash mas Yukiny passa do lado dela, a segurando com suas fitas e dizendo:

Yukiny: Oi! Meu nome é Tsunami Yukiny! — A menina dá um sorriso e Sophie quase grita de raiva. Nesse meio tempo Matsuda já estava no alto, pegando a bola e dizendo:

Matsuda: Essa é a minha técnica mais poderosa. Sinta a fúria da espada!

O goleador de fogo começa a ser envolvido em chamas. Ele parecia um sol de tão brilhante e quente no ar. Aos poucos ele tomava a forma do Deus do Fogo, Kagutsuchi, porém feito inteiramente de chamas. O avatar gigante cria uma espécie de espada de chamas e Matsuda diz:

Matsuda: Técnica especial da Henkan Key Divina..

A bola flutuava no ar. O avatar de fogo apontava a espada pra bola e Sophie estava quase vomitando de tanto nervoso, ela sabia que o leão de fogo da Raimon era poderoso, mas não tanto.

Matsuda: Hell Style: Kagutsuchi Sword! — Matsuda faz o avatar de chamas dar um golpe de espada na bola e ela avança como uma lâmina de chamas comuns e chamas puramente vermelhas até o gol. Todos no campo estavam abismados, era como se o próprio Deus do Fogo xintoísta fosse aquele jovem rapaz.

Ventos dispara uma rajada de vento de sua boca usando a Divine Breath, mas o ar apenas abastece as chamas e a bola entra no gol. As arquibancadas chegam a estremecer de tantas comemorações, aquele placar de três a dois parecia impossível, mas a New Raimon estava se mostrando ser mais forte do que já tinham visto. Ventos pega a bola com raiva devido a sua falha e entrega a Thanatos e Éris. Eles dão o pontapé inicial e começam a correr em direção ao gol juntos, porém Umigame aparece ali e diz:

Umigame: Shark Cutting! — O rapaz é envolvido numa aura azul em formato de tubarão e transpassa os atacantes da Zeus, pegando a bola. No final uma espécie de navalha giratória feita de água se forma entre os dois e os joga para os lados.

Sophie: Fire Hula Hoop! — A princesa é tomada numa aura azul e cria um bambolê de chamas azuis em sua mão e dispara em direção a Umigame. O bambolê gira em torno dele e o prende, dando a brecha para Sophie pegar a bola. Matsuda olha aquilo chocado, ela copiou sua técnica especial que é originalmente usada na Henkan Key.

A princesa continua a correr em direção ao gol como um flash azul, a cada passo dela era uma dor descomunal por todo o corpo, aquela técnica de reforço deixava ela muito prejudicada. Théos olha para aquilo com um aperto no peito. Amaterasu fecha os olhos, evitando ver aquela loucura, e Yubetsu se prepara, focalizando o som em seu braço e fazendo seu sangue se agitar. A pele dele fica vermelha e vapor exala, fazendo sua manga comprida se mover.

Sophie: E-Eu não irei.. NÃO IREI DEIXAR MEROS PLEBEUS ME VENCEREM!!

Aphrodi olha aquela cena um pouco assustado e Sophie tropeça, caindo no chão. Hiro olha aquilo e já ia se mover para pegar a bola, mas Tsubasa o impede. Sophie começa a chorar de decepção e se lembra de algumas coisas que seu pai disse:

“Um garoto bem estranho me ensinou o significado de justiça”

Ela se levanta e as lágrimas dela caíam por terra. Yubetsu olha para ela e por um momento tudo fica um silêncio.

“O nome dele era Endou. Endou Mamoru. Ele era um intrometido cabeça-dura, mas eu acho que eu estava precisando de alguém assim na vida. Ele sabia o que era a verdadeira força!”

Sophie: Por que..? — Ela pergunta a Yubetsu, trincando os dentes e com os olhos cheios de lágrimas.

“Ele sabia o motivo..  De continuarmos lutando.”

Sophie: POR QUE VOCÊS CONTINUAM LUTANDO?!! — Ela grita, se jogando ao chão. Todos ficam surpresos com aquilo e Théos corre até ela, mas seus passos são impedidos pela voz de Yubetsu. Ele tremia desde a ponta de seus dedos até os pés com aquelas palavras.

Yubetsu: Por que..? — O goleiro dá um sorriso e ele é rodeado por um furacão de vapor. As veias de sua mão direita saltam e ele a fecha. Todos da New Raimon dão um sorriso e Hiro diz:

Hiro: Ele vai realmente salvar ela..? Até onde esse idiota vai querer ir?! — Hiro grita, se lembrando de seu pensamento no jogo da Teikoku contra a Raimon:

“O Yubetsu tem a pior capacidade de todas! Ele faz todos serem do lado dele!”

Yubetsu: PORQUE TEM ALGO QUE EU ACREDITO E QUERO DEFENDER! — Ele solta um grito e Sophie fecha os olhos, um pouco triste. Ela não queria ouvir aquilo. Era como se a verdade estivesse sendo jogada na sua cara. Ele olha para baixo e grita de novo, desesperado:

—SE TEM ALGO QUE VOCÊ ACREDITA, LUTE POR ISSO!!

Aphrodi dá um sorriso e Yubetsu continua:

Yubetsu: SE EXISTE ALGUÉM QUE VOCÊ QUER PROTEGER, LUTE!! — Yubetsu grita mais alto e uma cratera se forma abaixo dele.

Furosuto e Anna ficam um pouco assustados. por algum motivo, eles precisavam ouvir isso.

Yubetsu: MESMO QUE SEU CORPO NÃO RESPONDA E TODA A ESPERANÇA TENHA ACABADO, LUTE!!! — O goleiro olha para Sophie e ela engole seco. Finalmente, finalmente ela conseguiu achar algo verdadeiramente maior que ela, ela conseguiu aceitar.

Ela achou um rei.

Yubetsu: SE EXISTE ALGO A SER CONQUISTADO.. LUTE!!! — Yubetsu salta e avança como um raio até Sophie, pegando a bola. Os cabelos da garota voam pelo vento e Yubetsu ressurge no ar, com as sete luvas atrás dele. Ele estava preparado para chutar a bola mas Théos aparece em frente a ele, impactando seu pé contra a bola. Os melhores amigos trocam olhares e os dois pensam inconscientemente:

“Obrigado, Yubetsu.”

“De nada, Théos!”

Yubetsu utiliza a luva azul escura para fazer um fortíssimo centro de gravidade em Théos, o jogando pro chão. Rapidamente ele chuta a bola para Yahiko e ela vai como uma bala até o companheiro, que fica no centro de duas pessoas: Sakin e Tsubasa. Os dois começam a correr e Sophie olha aquilo, falando:

Sophie: E-Eles.. Conseguiram? — Um forte vento surge dali, balançando os cabelos da loira.

Os três correm cada vez mais rápido e Yahiko larga a bola no meio do caminho. Sakin e Tsubasa cruzam a rota de Yahiko e as três rotas que eles formaram são incendiadas por chamas verdes. Um grande tornado verde se forma e ergue a bola no alto. Os três saltam e chutam a bola, um por vez, gerando uma aura no formato de um imenso unicórnio verde. A bola é disparada em direção a gol junto daquele ser mitológico.

—THE UNICORN!!

Théos: Não.. Eu não irei perder, pessoal! — Théos dá um sorriso e estala os dedos. Uma pulsação de energia surge do atrito que o estalar fez e tudo fica cinza, exceto ele. Era o “Tempo Celestial”. Até mesmo a gravidade de Yubetsu parou. Ele se move até ficar de frente pro gol e conjura o Escudo de Égide, o cobrindo com energia celestial e energia negra. O tempo volta ao normal e a bola se choca brutalmente contra o escudo.

Amaterasu: I-IMPOSSÍVEL!! ELE USOU O HEAVENS TIME E FEZ ISSO?!! — Amaterasu grita, chocada.

Ele rebate a bola e por pouco ela não vai em direção ao gol, mas sim toca na trave e é rebatida em linha reta até o gol da Raimon. A esse ponto Yubetsu já estava lá, mas mesmo assim Noraneko e Sora chutam a bola ao mesmo tempo, a impedindo.

—SINTAM A IRA DO DRAGÃO!

Um longo dragão turquesa surge atrás deles. A bola é envolvida numa massa turquesa e Théos fica boquiaberto, ele reconhecia aquilo, era como se fosse ontem. A “Descendência Dracônica”. Noraneko e Sora chutam a bola e todos da New Raimon sorriem, junto com Théos. Agora sim! Aquele era o jogo que o mundo todo ia se lembrar!

Théos: DEFENSE OF OLYMPUS! — Ele estende seu braço e coloca o escudo em frente ao chute. O Escudo de Égide fica ainda maior e defende a bola, a jogando em direção ao gol numa velocidade tremenda. A bola atinge a rede e todos vão ao delírio novamente, três a três. Estava empatado de novo. Théos estava muito forte e muito determinado, ele sentia que agora pertencia a Raimon novamente.

A New Raimon não estava magoada com a situação, mas sim empolgada. Aquele jogo estava muito emocionante, eles sentiam não só vontade de ganhar, mas sim de brilhar.

Narrador: GOL DA PERFECT ZEUS!! AFURO THÉOS CONSEGUE REBATER A TÉCNICA DE SORA E NORANEKO E MARCAR UM GOL PARA O TIME!!

Yubetsu sorri e pega a bola na rede, a jogando para Matsuda e Sora. Os dois sorriem e olham Tsubasa, que balança a cabeça em aprovação. Eles dão o pontapé continuativo e Sora chuta a bola pro alto.

Tsubasa: Minha chance! — Ele salta em direção a bola, mas Deimos surge um pouco abaixo dele e dá uma cabeçada na bola, a disparando em direção ao chão como um cometa. Assim que ela atinge o solo uma grande explosão de luz ocorre, era como se fosse o próprio sol.

Deimos: SOLAR COMET!

Quando a luz se dissipa, Théos estava ali, com a bola. Ventos e mais ventos ocorrem por todo o local, a plateia estava louca. Aquele era o jogo digno das finais, aquele era o jogo que dizia “O futebol japonês está aqui! Essa é uma nova era, uma nova lenda!”. Théos cria as botas de Hermes e começa a correr por todo o campo, driblando todos. Anna tenta criar uma pista de gelo para o fazer escorregar mas ele simplesmente desvia. Sophie, imóvel, estava intimidada pela capacidade do irmão. Ele estava mostrando o motivo do seu nome significar “Deus”.

Théos: Yubetsu.. — Théos dá um sorriso e do nada tanto ele quanto o goleiro se encontravam num espaço todo amarelo e brilhante. Eles sorriam um pro outro, na aparência de jovens crianças.

Yubetsu: E aí, tá gostando do jogo?! — Yubetsu fala com uma voz infantil e dá um sorriso.

Théos: Mas é claro. Eu estou jogando com o time mais forte do mundo. — Diz Théos, sorrindo singelamente.

Yubetsu: Sabe, o plano inicial era eu me vingar da sua falta de consideração e ganhar o jogo, mas.. O pessoal e todos que joguei contra me mostraram algo bem maior: nós não tínhamos que salvar só você. Tinhamos que salvar você, a Sophie, a Zeus, os colégios, os institutos, as esperanças e os sonhos. Por isso estamos jogando com um sorriso. Para mostrar a todos que a nossa vontade de “salvar” é maior que a de  “lutar”.

No campo, tudo estava tremendo. Théos estava sorrindo e todos olhavam ele intimidados e empolgados. O segundo tempo estava quase no final, agora era tudo ou nada, ganhar ou perder. O jovem loiro flexiona um pouco as pernas e uma grande massa de energia amarela celestial sai do lado esquerdo de seu corpo, enquanto vários espinhos e pilares negros emergiram do chão à direita dele.

Théos: Você nunca vai parar de me surpreender, não é, capitão? — Théos estende sua mão a Yubetsu naquele espaço e os dois riem.

Yubetsu flexiona também os joelhos e sai de sua conversão. Se ele fizesse o que estava planejando naquela forma, com certeza ele iria explodir. As veias de seu corpo começam a brilhar e vapor exala de seu corpo. Sua manga direita rasga e um pouco de sua calça também rasga, ele estava colocando mais de 100% do Pumping Sound em sua perna direita e em seu braço direito. Os dois amigos estavam decididos.

Yubetsu: Claro que não! Vamos dar tudo de nós aqui e agora, Théos!

Tenma: N-NÃO, YUBETSU!! — Grita o técnico, desesperado.

Aphrodi: THÉOS, É MUITA FORÇA!! — Terumi grita, olhando seu filho.

Diversos pilares negros vão em direção ao gol e Théos chuta a bola com toda sua força. Ela vai como um raio celestial rumo ao gol. As duas crianças somem daquele espaço brilhante com um forte sorriso no rosto e Yubetsu salta em direção a bola, quebrando sua perna direita. A sua velocidade, por um momento, superou a do som. Théos fecha a mão e ao redor dele tudo esquenta, um rastro de energia amarela saía de sua mão e ele diz:

Théos: Yubetsu.. — A Henkan Key de Théos se despedaça e todos os jogadores dos dois times estavam boquiabertos, chocados.

Yubetsu: JET..!! — Yubetsu grita, lacrimejando.

Théos: Obrigado. — Ele abre sua mão e dispara uma rajada colossal de energia amarela celestial junto com a bola, aquela horda de poder negro e celestial se une e forma uma onda de energia gigantesca. Yubetsu grita “PUNCH!” e soca a bola, provocando uma explosão. A pressão do ar foi tanta que tudo ali começou a voar, as pessoas precisaram se segurar nas arquibancadas.

A poeira estava se abaixando bem aos poucos, toda a grande área estava devastada. Tudo que se podia ao menos sentir ali eram os olhares espantados de todos os jogadores. Théos estava de pé, com metade de sua camisa rasgada na horizontal, e Yubetsu dentro do gol, segurando a bola, com o braço completamente destruído, estilhaçado. O juíz apita, finalizando o jogo com um placar de 4 a 3.

Narrador: O-O time vitorioso e campeão do Futebol Fronteira Nacional..

Todos ali tinham entendido o que aconteceu. Yubetsu não perdeu de propósito, ele devolveu a luz de um companheiro, de um aliado, de um amigo.

Narrador: É A ZEUS!! — O narrador grita, levando o público a loucura.

Théos suspira de nervosismo e todos da Raimon estavam com uma estranha mistura de sentimentos, uma mistura de felicidade com tristeza e preocupação. Sophie estava abismada com aquilo. Yubetsu cai no chão com um sorriso e todos correm em direção a ele.


Notas Finais


Então, o que acharam? :)

Qualquer dúvida, me pergunte aí em baixo!

Obrigado por ler!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...