História Incest Prostitution - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bts, Drogas, Improprio, Incesto, Irmãos, Ódio, Prazer, Segredos, Sexo
Visualizações 188
Palavras 2.102
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


AAHH mais de 60favs, EU TÔ BERRANDO!
#Saranghae

Capítulo 22 - Tudo por você


Fanfic / Fanfiction Incest Prostitution - Capítulo 22 - Tudo por você

Jungkook On 

 

Flashback On 

 

Estava a completar sete anos quando o amigo e amiga do meu pai aparecem com uma garotinha, eles estavam chorando e eu não entendia direito mas a menina parecia ser legal e por isso a chamei pra brincar; estava perto dos meu pai quando a mãe da menina começou a falar algo como 

 

"Você precisa ficar com ela, eu sei que você é meu melhor amigo e pode me ajudar"

 

Significa que ela iria ficar lá? Isso era ótimo pois a gente poderia brincar bastante, a garota que antes era bem quieta foi se soltando e quando menos pensei já estava brincando com meus carrinhos mas não reclamei pois adorava brincar com as pessoas. Brincávamos de corrida pela sala e pelo que eu havia notado, a menina usava um macacão rosa desajeitado e folgado mas nela ficava bonito o que a deixava bonita também, enquanto eu via a mãe da menina chorar, a garota ao meu lado brincava sem parar com meus carrinhos mas ver sua mãe chorando me deu curiosidade, não vou mentir, eu sou uma criança curiosa.

Após um tempo a mãe e o pai da menina saem e a deixa lá em casa e logo ouso em falar com o papai enquanto a menina sequer ligava com a saída dos seus pais 

 

 -Appa...ela vai ficar aqui?

Kwan: Vai...por bastante tempo...o nome dela é Caroline...ela é sua mais nova irmã 

 -Irmã? 

Kwan: Sim...depois eu te explico melhor filho 

 

Não falo nada e logo volto a brincar com a menina enquanto via meu pai subir as escadas; a Caroline era uma ótima amiga e eu adoraria brincar por bastante tempo com ela. 

Brincávamos e riamos, ela era tão legal, espero que ela fique mesmo e que os pais demorem pra buscar ela porque eu havia brincado tão pouco mas já adorava brincar com ela 

 

No outro dia...

 

Kwan: Filho...-fala calmo me acordando- tá na hora de ir pra escola 

 -Eba...irei ver meu amigo Jimin 

Kwan: Vamos lá, eu irei fazer o café da manhã e irei voltar aqui pra ver se você já está pronto, certo? 

 -Certo papai 

 

Ele sai e logo levanto para me arrumar, tomo um banho e assim que termino vou vestir minha farda, tinha dificuldades mas o appa já havia me ensinado e demorei mas por fim consegui; fui correndo até o appa e logo me deparo com o ele dando comida para a Caroline que usava um vestido bonito rosa 

 

 -Papai...olha...eu consegui me vestir sozinho -falo saltitando-

Kwan: Que ótimo filho, esse é o meu garoto bate aqui -ele estende sua mão e eu bato nela com força- sua comida está logo ali, fiz biscoitos do jeito que você gosta 

 -Caroline não quis biscoitos? -falo me sentando-

Kwan: Ela preferiu papa de chocolate, então fiz pra ela

 -Você não quer mesmo Caroline? Os biscoitos do papai são ótimos -falo pegando um e lhe entregando-

Carol: Não jungkook, obrigada, eu prefiro papa

 -Tudo bem então 

 

Comi meus biscoitos e o appa termina de dar a comida da Caroline, eu e ele fomos até o carro e por fim entramos e ele começa a dirigir mas algo me incomodava, a Caroline ficaria sozinha em casa o dia todo? Isso era estranho, ela não poderia ficar sozinha

 

 -Appa...a Caroline não vai pra escola?

Kwan: Eu vou resolver hoje com a diretora para vocês estudarem juntos, enquanto isso eu vou ficar pagando uma menina pra cuidar dela lá em casa

 -Eba...assim posso mostrar minha irmã para meu amigo Jimin...assim ficamos três 

Kwan: Espero que dê tudo certo 

 -Mas papai...se ela é minha irmã...porque ela estava com outra mãe e outro pai 

Kwan: Depois eu te explico filho, você ainda é muito novo pra entender isso tudo...com um tempo eu te falo tá? -estaciona na frente da escola- espero que brinque bastante com seu amigo e cuidado viu mocinho 

 -Ok appa...te amo, tchau 

 

Assim que entrei na sala me deparei com o Jimin, ele era um ótimo amigo e por mais que eu tenha conhecido ele esse ano, ele é bem legal e sempre trás seus brinquedos para no recreio a gente brincar. Sento ao lado dele e fazemos um toque que havíamos aprendido 

 

Jimin: E aí amigo...sabe o que eu trouxe hoje? -nego com a cabeça- carrinhos 

 -Falando nisso...eu agora tenho uma irmã sabia? 

Jimin: E ela é mais velha ou mais nova? 

 -Mais nova...agora eu sou o responsável da casa 

Jimin: E ela brinca com você?

 -Sim...ontem brincamos de carrinhos, ela é muito legal e você precisa conhecer ela 

Jimin: Omma não deixa eu sair sozinho...mas vou pedir pra ir na sua casa, vai que ela me leve né?

 -Não precisa, meu appa vai falar com a diretora pra colocar ela aqui, ela vai vim comigo e você vai poder conhece ela 

Jimin: Espero que seu appa consiga colocar ela aqui

 -Mas ela é minha, minha irmã ouviu? 

Jimin: Eeee olha lá...ela não é somente sua tá, ela pode ser minha amiga tá bom Jungkook?  

 -Não é isso, é que ela é minha irmã e eu gosto muito dela, ela é muito legal mas é só minha ouviu? -faço cara feia e ele ri-

Jimin: Tá se achando por que tem uma Irmã mais nova e agora se acha o mais Velho 

 -Tá, tá, vamos prestar atenção na aula 

 

Mesmo prestando atenção na aula, eu estava ansioso, doido pra chegar em casa e ver a Caroline para que pudéssemos brincar bastante.

Um tempo se passou e assim que toca para o recreio eu e o Jimin vai para o pátio com seus carrinhos, ele me dá um e fica com outro e assim começamos a andar para todos os lados apostados corrida, Jimin era um ótimo amigo, meu melhor amigo.

Após um tempo brincando até soar, o sinal toca e assim que bebemos água fomos pra sala juntos, entrego seu carrinho e ele guarda na bolsa e começamos a prestar atenção na aula 

 

Flashback Off

 

Chung: Concentra Jungkook, pensa que aquele papelão é o desgraçado quem pegou sua Irmã 

 

Assim que ele fala eu respiro fundo e miro no papelão disparando em seguida três vezes contra ele, Chung move em um controle o papelão e o mesmo se aproxima aos poucos 

 

Chung: Vejam só quem conseguiu...vamos lá você consegue novamente?

 

Flashback On

 

 -Appa...agora que tenho meus sete anos completo, me fala sobre a Caroline 

Kwan: Você não vai entender filho 

 -Por favor appa, estou curioso e ela está dormindo agora e também eu não contarei nada a ela 

Kwan: Tudo bem -ele suspira- se senta aqui do meu lado -fala batendo no sofá e logo em seguida sento onde ele havia mandado- A Caroline....ela....não é sua irmã 

 -Não? Como assim papai? -falo surpreso-

Kwan: Os pais dela, não podem cuidar dela e por eu ser amigo da mãe dela, ela me deu a filha dela pois sabia que eu poderia ajudar...tá entendendo?

 -Sim appa...estou entendendo...mas...significa que não somos nada?

Kwan: Claro que são, são irmãos de consideração 

 -O que é irmão de consideração?

Kwan: É assim....não ser irmão de sangue...como por exemplo seu amigo Jimin...vocês não são irmãos de verdade mas são bem próximos, são irmãos de consideração...entendeu?

 -Não -rio com semblante confuso-

Kwan: Deixa eu ver uma forma mais fácil....você e a Caroline...não são irmãos do mesmos pais, mas são bem próximos então podem se considerar irmãos de consideração, por serem bem próximos...entendeu?

 -Entendi...por ser muito próximo dela...eu posso chamar ela de Irmã de consideração 

Kwan: Isso, porém, não chame ela assim de irmão de consideração, só Irmã...é um segredo nosso ok? Agora que ela está entendendo as coisas e dizer isso a magoaria e ver sua Irmã triste não seria bom, certo?

 -Verdade appa, o sorriso dela é lindo e eu gosto de ver ela sorrindo

Kwan: Verdade, ela é uma menina linda, agora vá pra sua cama, já esta tarde mocinho e amanhã tem escola 

 -Tudo bem...boa noite appa, durma bem -o abraço e levanto dali-

 

Antes que ir para o meu quarto, entro no quarto da Caroline e calmamente vou até ela e começo a reparar nela enquanto dormia, ela era tão bonita

 

Flashback Off

 

Chung: Você não tá se concentrando, não tá se concentrando 

 -Não dá, não consigo para de pensar nela 

Chung: Pense que ela agora pode está sofrendo e você só vai poder vê-la se passar nesse teste 

 

Flashback On

 

Meus onze havia chegado e pra ser sincero acho que estou gostando da Caroline, ela me faz bem, ela é tão bonita, ela brinca comigo bastante e sempre que estou desanimado ela vem e me anima, eu estaria apaixonado?

 

 -Appa, o que é se apaixonar?

Kwan: Quando você sabe que realmente gosta de alguém 

 -Como por exemplo? -questiono semblante confuso-

Kwan: Eu e sua mãe...nós éramos bem unidos e com um tempo vimos que um gostava do outro e decidimos namorar.....por que? Esta gostando de alguém 

 -Não sei -suspiro- acho que sim 

Kwan: Quem roubou esse coraçãozinho?

 -hum...ninguém...eu só...estava perguntando 

 

Rapidamente corro depressa e vou para o meu quarto mas antes de entrar no mesmo, vou até o quarto da Caroline onde a mesma estava brincando agora com as suas bonecas 

 

 -Irmã?

Carol: Fala irmão 

 -Você gosta de alguém?

Carol: Não, por que?

 -Por nada, eu só achei...pensei algo 

Carol: E você, gosta de alguém?

 -Também não 

 

Saio um pouco triste dali e vou para o meu quarto, fecho-o, e me deito na cama, eu havia ficado tão triste quando vi ela dizendo que não gostava de ninguém, poxa, porque não me nota aqui?. Fico pensando e repensando até que caio no sono, era tarde como o após mesmo disse e eu precisava dormir pra ir a escola amanhã com a Caroline 

 

No outro dia...

 

Vou até à cozinha preparado para ir a escola e me deparo com a minha irmã comendo uma maçã, o que me surpreende porque ela sempre comia besteira na manhã, tipo biscoitos, como eu 

 

 -Por que está comendo uma maçã? Appa não fez a comida ainda?

Carol: Não, é que me sinto gorda...não me sinto bem é preciso emagrecer 

 -Mas você está bonita assim, não mude

Carol: Não me sinto bem com esse corpo

 -Mas eu gosto tanto de você assim, você é linda do jeito que é mana  

Carol: Você acha kook?

 

Era a primeira que ela havia me chamado de kook, sentia minhas bochechas arderem, eu estava corado por causa do apelido

 

 -Acho...você é bonita assim Carol -a abraço de lado-

 

Flashback Off

 

Chung: Pensa que você é a única salvação dela, pense que se você não conseguir isso ela vai morrer 

 -Eu não vou deixar

Chung: Ela tá sofrendo Jungkook, ela vai morrer 

 -Não me deixa nervoso porra 

-falo alto- 

Chung: Ela está morrendo 

 

Flashback On

 

Vê-la com aquelas vestimentas me dava uma dor na garganta e tudo aquilo parecia rolar em câmera lenta, seus movimentos, seu cabelo macio que eu tanto adorava acariciar, estava voando agora a cada vez que ela jogava-o sensualizando, seu corpo que ela tanto dizia que era somente meu agora dançando para outros mas felizmente a apresentação acaba e ela sai daquele palco, eu implorava para que ela não transasse com alguém depois mas ela fez o que me fez explodir por dentro

 

(...)

 

 -Não precisa explicar, eu sei que eu fui muito trouxa por acreditar que isso poderia ser real -suspiro-

Carol: Mas é real -fala choramingando-

 -NÃO, NÃO É -grito-

 

(...)

 

 -EU TE AMEI, CUIDEI DE VOCÊ, TRATEI VOCÊ COMO TRATARIA MINHA PRIMEIRA NAMORADA...VOCÊ É UMA INÚTIL, UMA RIDÍCULA, UMA PUTA DE ÚLTIMA CLASSE 

 

Quando menos percebi, eu havia batido nela, não era minha intenção mas a raiva me possuía de forma bruta e por mais que ela fosse a minha garota, a raiva não pensava nisso, eu estava furioso e infelizmente havia desferido minha fúria nela 

 

(...)

 

Carol: Eu acabei de ser estuprada e me sinto um lixo 

 -BEM FEITO! Isso é pra você aprender que é isso que você é...um lixo...

 

Flashback Off

 

Suspiro exausto, limpo meu rosto ao notar que uma lágrima havia caído e olho pro Chung, ele movia o controle remoto fazendo o papelão em que eu estava atirando contra se aproximasse da gente e ao perceber que eu havia conseguido, sorrio de orelha a orelha 

 

Chung: Boa garoto, acertou bem no meio...estou confiante sobre você, acho que você já está preparado 

António: Chung -chama a atenção de nós dois enquanto se aproximava- ela não foi ontem à noite mas notamos essa semana toda que vão todos os dias, tanto ela, quanto os capangas e o chefe 

Chung: Ótimo, vamos nos preparar 

 

"Aguarda Caroline...eu estou indo te buscar"


Notas Finais


Desculpa qualquer erro! 🌈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...