História Incógnito VKook - Taekook


Escrita por: ~


Sinopse:
[ Taekook - Vkook ] Jeongguk era só um garoto de ensino médio entediado que por acaso encontrou um caderno velho - pessoal até demais. Sua curiosidade fica atiçada pelo objeto recém adquirido, mas ele não faz ideia de quem possa ser o dono de pensamentos tão incomuns.

- high school - fluffy as fuck - plot clichê porque sim <3
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Visualizações 53.428
Favoritos 1.504
Comentários 1.291
Listas de Leitura 270
Palavras 104.882
Terminada Não
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, V
Tags Bts, High School, Jungkook, Taehyung, Taekook, Vkook

Fanfic / Fanfiction Incógnito VKook - Taekook
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Fluffy, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Um caderno
55
3.760
3.986
 
2.
Um garoto
44
2.915
3.689
 
3.
Uma conversa
41
2.654
3.104
 
4.
Um livro
40
2.704
4.049
 
5.
Um amigo
34
2.521
3.873
 
6.
Um broche
29
2.327
4.298
 
7.
Um jogo
42
2.402
3.992
 
8.
Um hyung
44
2.310
4.079
 
9.
Um dia
55
2.427
4.113
 
10.
Um voto
58
2.233
3.970
 
11.
Uma noite
57
2.403
4.461
 
12.
Um tênis
47
2.376
5.231
 
13.
Um louco
65
2.443
5.213
 
14.
Uma fuga
49
2.421
4.941
 
15.
Uma certeza
64
2.422
4.661
 
16.
Uma resposta
61
2.428
6.458
 
17.
Um som
58
2.280
5.345
 
18.
Um ingresso
65
2.219
6.598
 
19.
Uma febre
81
2.228
5.538
 
20.
Um ponto
84
2.162
5.447
 
21.
Um tempo
76
2.048
6.999
 
22.
Uma besteira
142
1.745
4.837

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~joengguk
Capítulo 21 - Um tempo
Usuário: ~joengguk
Usuário
Não pude deixar de comentar dessa vez, simplesmente não dá pra passar e agir como leitora fantasma depois de um capítulo desses. A real é que morro de orgulho de incógnito de uma forma que ninguém nesse site ou em outros tem noção. A forma como você desenvolve tudo de forma calma, como tudo tem que ser, fazendo jus a realidade, é incrível. Eu consigo sentir as personagens, consigo fazer parte do mundo delas, sem ao menos perceber que de fato não estou lá, mas sim lendo por um aplicativo de celular ou um site do computador. Sabe o quanto é difícil fazer seus leitores se sentirem dentro da história? Você consegue isso com uma perfeição absurda.
Não consigo não olhar para Incógnito e pensar "puta merda, essa é a melhor estória que já li" porque, de fato, é a melhor em todos os sentidos possíveis e plausíveis. Até hoje me pergunto como diabos você conseguiu transformar um plot tão clichê e simples em algo tão bonito e fascinante. É impossível não se apaixonar por cada pedacinho da sua história. Eu me apaixonei por tudo: escrita, personagens, enredo, plot... Tudo o que está ai dentro fez com que eu me encantasse e fizesse parte de uma das histórias mais belas que já li.
Sobre esse capítulo e a forma como você construiu essa situação com o Jeongguk nem tenho o que falar, só tenho a dizer que me encontro extremamente orgulhosa de você e de como abordou isso de forma realista. Eu lembro quando me encontrei na mesma situação e consegui identificar total a eu de anos atrás com esse Jeon totalmente perdido sobre quem ele realmente é e seus sentimentos. Você conseguiu captar exatamente tudo o que sentimos quando a ficha cai e nosso cérebro entra em pane sobre tudo o que somos e sentimos. Esse capítulo me fez sentir inúmeras coisas, mas a agonia se fez presente em cada palavra lida porque me senti no lugar do Jeongguk, explorando o novo que acabou por vir a tona. Senti a agonia dele de não conseguir colocar os sentimentos pra fora de uma vez. Senti o "gostar" dele pelo Taehyung e, mesmo que todo o pov seja concentrado nele, ainda consegui sentir os sentimentos do Taehyung vivos, como se eu pudesse ler ele de alguma forma.
Orgulho, é a palavra que pode me resumir mais brevemente possível agora – medo também, principalmente sobre o que vai acontecer de agora em diante. Continue assim, vou estar aqui sempre aguardando mais e mais.
Postado por ~tudonaboavey
Capítulo 20 - Um ponto
Usuário: ~tudonaboavey
Usuário
Obrigada obrigada obrigada O BRI GA DA O B R I G A D A. Gratidão é o que eu mais sinto por você mulher.
Essa história está tão linda, viva, real. Me aquece o coração ao extremo, me faz querer viver algo assim, cuidar de alguém assim. Eles finalmente se viram te fato, permitiram seus corações se encontrarem nos abraços. E o quão corajosos são por vencerem todos os medos e indícios que fazem a gente querer fugir e correr.
Obrigada novamente, por escrever. Por ser tão delicada ao ponto de me fazer fissurar em detalhes como ponto final, você tem um encanto de nos fazer perceber o pouco, e que esse pouco significa imensamente muito.
Além da amizade do Jimin, que pra mim tem sido mais que essencial. Sinto que ele não saiba ainda como lidar com o amigo, por se preocupar com que pode acontecer a ele. Mas que independente de qualquer coisa, o ama muito.
Eu tô nas nuvens com esse capítulo, com esses amores, e sempre me permito surpreender por suas palavras. Obrigada por se importar tanto com a riqueza que cada palavra escolhida carrega.

Te vejo no próximo 😘💕
Postado por ~cygnuspitzer
Capítulo 20 - Um ponto
Usuário: ~cygnuspitzer
Usuário
Eu li essa fanfic porque um amigo me recomendou. Eu me arrependo de não ter comentado em todos os capítulos passados, mas a verdade é que não o fiz porque estava ansioso demais devorando essa história. Eu me vejo demais no Taehyung dessa fanfic em questões de personalidade, então fiquei fascinado com todo o desenvolvimento do personagem e a consistência dele. Maioria das fanfics (e histórias em geral) tem personagens rasos e com pouca consistência nas atitudes, ideais e personalidade... A forma como você escreve e descreve me passa o contrário disso. Eu acho toda a história algo bem gostosinho de ler, a sensação do primeiro amor (espero um dia viver isso) e toda a magia por trás do ato de se apaixonar. Assim, simples, tão genuinamente e cheio de inocência. É a coisa mais maravilhosa do mundo e eu fiquei ansioso esperando por esse capítulo. Estou simplesmente fascinado com Incógnito, então por favor não me faça esperar tanto! E esse capítulo, como todos os outros, teve a dose certa e foi exatamente tudo o que eu queria ler. Espero que o próximo capítulo seja tão cativante quanto, confio na sua escrita e sei que não ficarei decepcionado. ♡
Postado por ~MinMei
Capítulo 18 - Um ingresso
Usuário: ~MinMei
Usuário
Está decretado: Ler um capítulo novo e fresquinho de Incógnito é o melhor remédio para acalmar mentes revoltas e almas entristecidas. Além de, também, curar doenças físicas. Porque ó, nem lembro mais o que era a dor que eu estava sentindo até pouco antes de saborear essa delícia de capítulo. Sua escrita é uma cura milagrosa, Noona.

Acho que, até agora, esse capítulo é o mais lindo que já li. Claro que teve toda a confusão em que o Jungkook iria se meter por ser lá esse jovem sem nenhum espírito de mansidão e temperança que conhecemos bem, mas é que, a partir do momento em que começou a narrar a cena do pátio, eu mergulhei tão profundamente em cada detalhe que foi citado, que tudo ao meu redor pareceu parar. Nossa, foi lindo.

E ainda tem o final, que foi, definitivamente, o que me fez me perder em meio à história. O Jeongguk se deixando ficar encharcado com a chuva foi tão poético, e me lembrou muito uma frase que certa vez usei de base para escrever uma drabble justamente sobre tomar um banho de chuva, que diz assim: "Algumas pessoas sentem a chuva, outras apenas se molham".

Não há nada mais calmo e revigorante que parar em meio à chuva e sentir as gotas cristalinas que caem do céu, lavar sua alma. Traz um sentimento de paz e tranquilidade tão grande... E enquanto o Jungkook narrava aquela cena, foi como se eu quem estivesse lá. Como se aquela chuva estivesse caindo sobre mim, mesmo que sem nem me molhar de verdade...

Perdoe meus devaneios, é que está frio e nublado aqui, e a melancolia instalada no ar me faz ficar sensível à narrativas como essa hahaah

Antes de terminar meu comentário, eu queria muito fazer uma pergunta (mesmo sabendo que você não irá/poderá responder diretamente, afinal, se for verdade, vai estragar toda a surpresa): O Jimin está agindo todo estranho assim, falando aquelas coisas de antes sobre o Kook estar indo longe demais, fechando a cara quando põem os nomes Taehyung e Jungkook na mesma frase, porque está com ciúmes? Meu Deus, o Jimin gosta do Kook? Está me parecendo isso, e socorro, isso não pode ser verdade! Como assim, Jimin? Aaaaaaaaa

Cada dia que passa me sinto mais e mais viciada em tua escrita, em tuas histórias, em tudo que envolva você. Você é maravilhosa! Mal posso esperar para ler o próximo capítulo. As coisas estão ficando cada vez mais intensas e não sei se vou aguentar quando a bomba-relógio de Incógnito explodir (porque a de Hipnosis já explodiu e o estrago em mim foi grande, viu?).

Parabéns por este incrível capítulo. Obrigada por se dedicar tanto para nos apresentar o melhor do seu trabalho, por ser tão atenciosa conosco, e por nos dar a honra de poder ler esta maravilhosa fanfic.

Que nunca falte inspiração e ânimo em ti para continuar com esse seu trabalho magnífico!

Beijos,
Mei.
Postado por ~TaesKook
Capítulo 17 - Um som
Usuário: ~TaesKook
Usuário
Eu não sei nem mais o que falar sem soar repetitiva... você deve estar acostumada a ler comentários que dizem o quanto a sua fanfic faz os dias das pessoas mais felizes. E os problemas cotidianos parecerem mais leves, também.
Coitado do Jk... eu sei um pouco do que é esse sofrimento todo e sentimentos confusos dentro de nós! Mas aos poucos ele vai aceitando,e com certeza vai ser capaz de ver que ele anda conquistando o Tae tanto quanto o Tae anda conquistando ele... E o mais bonito é ver a mudança positiva dele! Ele vai se tornando uma pessoa melhor ainda e isso é muito bom. Ah, e eu ri muito com a irmãzinha do Tae hahahaha. Me lembra um pouco eu mesma quando mais nova! E eu sei que a sua maior intenção é transmitir seus sentimentos, é o dos artistas de qualquer cunho. Não se assuste ou pense que estou te chamando de artista pra paparicar. Mas de coração, eu penso que uma história dessas, tão pura e repleta de uma linguagem tão simples mas tão singular... isso pra mim é coisa de artista. Porque qualquer um aqui no site pode escrever sobre o que quiser, certo? Mas são poucos que nos prendem assim! São poucos os que nos fazem ficar refletindo em como podemos ser melhores pessoas... eu penso muito que eu deveria ser mais como o Taehyung dessa fic. Ele passa por poucas e boas e consegue ver o lado mais bonito da vida, que a gente normalmente vai perdendo o interesse ao longo da vida. O interessante é que isso é algo que meu pai, que já é um senhor, semp4e ensinou pra mim, e eu hoje valorizo muito a beleza das coisas simples. Mas isso parece preencher o Tae da fic de modo que eu nunca pensei que pudesse preencher minha vida também
E lendo a fic eu comecei a ver que só não preenchia por escolha minha, porque tava tudo na minha cabeça. Vou deixar afrouxar meu lado sensível pro mundo! É uma lição muito bonita mesmo, moça! 😆😆