História Inconsequente - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Aventura
Exibições 0
Palavras 369
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Festa, Ficção, Policial, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - 01


6 da manhã, 25 de Novembro de 2015.

 

Acordo com o som do alarme e já com vontade de jogar o celular na parede. Levanto e faço o mesmo de todos os dias: arrumo minha cama, visto o uniforme, tomo um café, penteio meu cabelo, vou ao banheiro, escovo meus dentes, calço meu tênis e enfim vou para o pior lugar do universo: a escola .

Meu pai me deixa perto da escola como sempre, já que acha que o estacionamento está sempre difícil para estacionar. Enquanto eu caminho até o inferno, começo a pensar... Eu não entendo e nunca vou entender como nos obrigam a ficar 5 horas e 30 minutos naquele lugar ouvindo e fazendo coisas que nós nem queremos para o resto de nossas vidas. Acabei de sair de uma semana de provas, minhas olheiras estão enormes e não conseguem medir o tamanho do meu cansaço no momento, mas nem descansar se tornou uma possibilidade para mim, meu objetivo na vida se tornou estudar e estudar, para entrar em uma boa faculdade e conseguir um emprego que pague bem, depois trabalhar e trabalhar para enfim me aposentar.

Enquanto refletia percebi que já estava de frente para o meu armário, ótimo! Olhei o horário e percebi que seria mais um loooongo dia dentro daquele lugar. Entrei na sala e cumprimentei minhas amigas, gostava delas pois me distraíam, eram as únicas pessoas que eu poderia conversar por horas sobre qualquer bobagem. O resto da manhã se consagrou em muito cansaço, até que o sinal (finalmente) tocou. Hoje foi um dos poucos dias que minha mãe  apareceu para me buscar no horário e eu agradeci à Deus por pelo menos naquele dia uma coisa boa acontecer comigo. 

Depois de jantar, percebi que o ar entre minha mãe e meu pai estava pesado, mas decidi ignorar, eles sempre brigam por coisas inúteis. Horas depois, enquanto tentava me concentrar no dever de física reparei que eles já tinham iniciado a gritaria e pra variar, não parou, só me irritou ainda mais. Eu simplesmente não aguentava mais isso, meus pais brigando entre si, comigo pelas minhas notas e essa rotina perturbadora todos os dias de escola, casa, estudo....

Eu não aguentava mais.

 


Notas Finais


Sim, esse capitulo está pequeno mesmo, desculpa. Meu objetivo é criar um livro, então aceito críticas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...