História Incontrolável - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook
Exibições 704
Palavras 1.025
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem sz

Capítulo 16 - Gemidos


A mordaça é arrancada com violência da boca de Jimin, ele lambe os lábios para conter um pouco a dor que começava a surgir. Sente mãos agarrando sua nuca, fazendo-o levantar e o lançando com força para frente. Jimin solta um grito assustado, esperando o atrito do seu corpo no chão, mas seu grito é abafado pela macies do travesseiro em seu rosto. O cheiro dos lençóis limpos inunda seus pulmões, obrigando seu coração a desacelerar um pouco ao constatar que estava na cama de Jungkook. 
- Você é magnifico, Jimin. - A voz que ouvira á pouco sussurra em seu ouvido. - Sublime, eu diria. 
A respiração de Jimin vai ficando entrecortada. 
- Ho-Hoseok? - Pergunta em voz baixa.
Ele escuta uma risada fraca, mas cheia de malicia. O hálito de Hoseok é quente em seu pescoço. 
- Não gostou da surpresa? 
- E-Eu não estou entendendo mais nada! - Jimin tenta se desvencilhar das algemas, mas logo sente mãos firmes segurando seus pulsos.
- Não é para você entender, - Jungkook sussurra no outro ouvido - é para você sentir. 
Jimin sentiu todos os seus pelos se eriçarem, rendendo-se ás fortes mãos de Jungkook e tentando inutilmente relaxar na cama. 
Não acredito que o Hoseok está aqui! AQUI! Por quê o Jungkook fez isso comigo? Isto não fazia parte dos planos.
- Por que ele está aqui? - Pergunta, cerrando o maxilar.
- O que há? Qual o problema desta vez? - Jungkook pergunta, sorrindo.
- “Qual o problema?”! - Jimin solta uma risada sem humor- Isso não faz parte do acordo!
- Sou eu quem faço as regras, você está aqui para cumpri-las, então obedeça.
- Eu não irei mais compactuar com seu jogo imundo!- Rosna, tentando se desvencilhar das algemas. - Estou fora disso! Quero ir embora agora! Solte-me! 
Jungkook o imobiliza com força.
- Tem certeza que quer desistir agora? Você sabe o que vai acontecer.
- Você está trapaceando...
- Não me faça pôr a mordaça novamente em você. - Acaricia suas costas, o examinando com um olhar fulminante. 
- Se sabia que eu ia falar porque retirou a mordaça? - Jimin sente o sangue ferver - Você sabe que está errado fazendo isso!
- Jimin, - Jungkook puxa o seu cabelo, deixando a cabeça dele erguida - só tirei a sua mordaça porque quero ouvi-lo gemer desesperadamente. E depois, ele só virá aqui essa noite, o resto da semana você será apenas meu. 
- Eu não... 
- Tome cuidado no que irá falar, já lhe avisei que não quero ouvir nenhuma palavra ser proferida de sua boca agora. 
Jimin respira fundo, sentindo seu pescoço doer pela posição desconfortável. 
- Eu não vou te dá esse prazer. - Diz baixinho. 
- Como? - Jungkook sussurra em seu ouvido, dando leves mordidas em sua orelha. 
- Nem você, - os dentes de Jimin estão cerrados - nem ele ouvirão meus gemidos essa noite. 
Jungkook sorri, provocante. Morde o lábio inferior ao puxar ainda mais forte o cabelo de Jimin.
- Ah, vai. Como nunca gemeu em toda sua vida. 
- Você está louco... Ahhhh!
Jimin geme sentindo Jungkook entrar nele devagar, o preenchendo por completo. 
- Os preservativos... - Jimin afunda os dedos na cama, cerrando os dentes. - Por favor, vá com calma.
- Está doendo?
- O que você acha? - Hoseok interfere, cruzando os braços.
- Acho que a pergunta não foi direcionada á você. - Jungkook se vira ligeiramente para ele.
- Esta doendo. - Jimin assente com a cabeça, recebendo um carinho no rosto por Hoseok. 
Jungkook sai de dentro dele com delicadeza, observando-o respirar entrecortadamente. Poucos segundos se passaram para que Jungkook entrasse nele novamente, sem piedade alguma.
- Ahhhh! - Jimin solta um grito surpreso, reprimindo os outros que insistiam em vir.
-Jungkook, por favor... por favor... - Jimin sussurrava, ofegante. 
Jungkook agarra sua nuca, iniciando um ritmo constante de suas estocadas.
- Você vai gostar, querido. 
Jungkook o puxa pelas algemas, deixando-o ajoelhado na cama, de costas para ele. As estocadas continuavam incessantes. 
Hoseok beijava e chupava seu pescoço, ombros, peito, abdome, braços, dirigindo-se para o membro duro de Jimin. Escutou murmúrios e gemidos quando o pôs na boca, fazendo com que ele chupasse com mais vontade ainda. 
- P-Pare... Pare... Ahhh! - Jimin sussurrava. 
Seu corpo ganhava brilho por culpa da leve camada de suor que o envolvia, fazendo sua pele parecer ainda mais suculenta que o devido. Jungkook segurou o seu pescoço sem muita força, inspirando o cheiro doce de sua pele. 
- Você me enlouquece. - Diz em seu ouvido, mantendo-se dentro de Jimin por um tempo, apenas respirando em seu pescoço. - Você é tão incrível... Seu corpo, seu cheiro... Cada detalhe do seu rosto é perfeito.
Jimin entreabre a boca, ofegante. 
- Ahhh... - Hoseok continuava os movimentos, chupando mais fundo. - Ohhh... Ohhh...
Jungkook desceu a mão para o seu peito, acariciando seus mamilos.
- Tão sexy. - Jungkook recomeça os movimentos, dessa vez lento e bem mais prazeroso. 
- Ahhhh... - Jimin geme, erguendo a cabeça, reclinando-se em Jungkook. 
Jimin goza abundantemente na garganta de Hoseok, fazendo-o engolir tudo. Hoseok sobe até sua boca e lhe dá um beijo quente e intenso. 
- Tem razão, - Hoseok sorri em direção a Jungkook - ele fica mais lindo quando goza.
Jungkook o joga novamente na cama, retirando as algemas e a venda. O vira de frente e o monta, beijando sua boca com um desejo incontrolável, com urgência. Logo o beijo foi ficando mais lento, suave, os toques mais sutis e discretos. Jungkook se afasta, o encarando. 
- Acho que está bom por hoje. - Sua voz é fria e sem expressão.
Ele deita ao seu lado, virando de costas. 
- Eu ainda não estou satisfeito. - Hoseok protesta, ficando por cima de Jimin. 
- Apenas não demore muito, - Jungkook sai da cama, caminhando até a porta - ele precisa descansar. 
- Tudo bem. - Hoseok sorri, mordendo os lábios.
Jimin lhe dá uma última olhada de súplica, engolindo seco, mas tudo o que recebe em troca é a porta do quarto se fechando lentamente. 

 


Notas Finais


Desculpa a demora, obrigado por ler e até o próximo sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...