História Incontrolável - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 9
Palavras 388
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Please have marcy on me
Take it easy on my heart...
~~~
Boa leitura '3'

Capítulo 10 - Don't Cry


Fanfic / Fanfiction Incontrolável - Capítulo 10 - Don't Cry

- Por que fez isso? 

Perguntei me levantando.

- Eu não sei... - ele deitou no chão e pôs as mãos na cabeça.  - Impulso? 

- Eu vou embora.

Disse no momento que um taxi dobrou a esquina. Peguei minha bolsa e fiz sinal para que o Taxi parasse. Jensen se levantou.

- Espera! 

Olhei para ele por cima dos ombros. Ele parecia transtornado, porém, nada justifica o que ele fez.

O taxi parou e eu entrei, passando o endereço para o motorista e deixando Jensen sozinho.

Você acabou de deixar seu unico amigo, bêbado, sozinho e confuso, no meio da rua em plena madrugada de domingo...

- Droga.

O motorista olhou para mim pelo retrovisor, provavelmente se perguntando por que eu estava falando sozinha e deixado meu amigo la.

Eu o ignorei.

Em meia hora eu estava em casa. 

Seu amigo pode ser morto lá, por causa de uma atitude egoísta sua...

Tudo isso por causa de um beijo? 

- Qual o meu problema? - me perguntei em frente ao espelho que tinha na sala.

A culpa que crescia dentro de mim me sufocava. Eu sabia que ter deixado Jensen la sozinho não foi uma escolha inteligente. E eu não sabia o por que havia ficado daquele jeito por causa de um simples beijo. Talvez nem tenha significado nada a ele, talvez tenha sido apenas uma brincadeira. 

Troquei de roupa e me deitei, mas não consegui dormir. 

***

Eram 13:00 horas quando eu me levantei, decidida a fazer algo e esquecer o que havia acontecido. Não que isso fosse facil.

Alice chegou, não sei de onde, ums hora depois. 

- Uou... sua cara esta péssima. - disse ela, se sentando ao meu lado no sofá. 

- Obrigada. - disse ironicamente. - Onde estava? 

- Por aí... - um sorriso malicioso surgiu em seu rosto.

- Uhum, aproveitou? 

- Sim. 

Apesar das desgraças da minha vida, eu ri. 

- E você, onde foi? 

O sorriso em meu rosto se desfez. 

- Ai, o que houve? - ela perguntou.

- Eu fui em um bar com Jensen ontem.

- E por que essa cara? 

- Ele... me beijou, não sei porque mas... estou confusa.

- Você acha que gosta dele? 

- Não sei. 

Ela ia dizer algo, mas a campainha tocou.

- Eu atendo. - ela disse se levantando.

- Hum... Kath? - Alice me chamou e eu olhei. 

 Jensen estava parado na porta, me olhando. 

- Oi.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...