História Incontrolável - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 8
Palavras 1.238
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Estava voltando da faculdade, deixei o carro na garagem e entrei em casa, só havia minha mãe, a casa estava silenciosa, era um alívio.

-Oi querida, como foi o primeiro dia?- disse minha mãe vindo me abraçar

-Foi um pouco confuso, mas eu dou conta- pisco pra ela, dou um beijo na mesma e quando vou subindo a escada, ele me interrompe

-Esqueceu que hoje vai ser a festa de seu pai?

Puts! Já tinha me esquecido que hoje vai ser a festa do papai, ele é empresário, e ta com um objetivo de construir um prédio, fico tão orgulhosa dele, vejo que ele batalhou muito pra conseguir chegar esse nível.

-Ai mãe- sorrio cínica, ela apenas ri e sai pra cozinha.

Subo a escada, tomo banho e desço pra comer alguma coisa.

Assim que chego na cozinha sinto o cheiro de lasanha que acaba tomando conta da casa. Minha mãe é uma ótima cozinheira, nunca nos preocupamos em ter uma empregada, ela adora cozinhar e ser dona de casa.

Isabella Brandt Minha mãe, ela é delicada, tem os cabelos claros como chocolate , é a pessoa mais maravilhosa que eu conheço, eu á vejo como meu espelho.

-Já decidiu o que vai vestir?- Pergunta ela

-Sim! Não sei- digo , ela apenas ri, sou muito confusa, não me preocupo em escolher uma roupa dias antes porquê sempre que chega na hora eu acabo mudando algo, então eu deixo pra cima da hora.

Papai chega com Alicia e Felipe, eles trabalham pro meu pai, eu também fazia parte do time até começar a faculdade, mas sempre que der eu vou dar uma mãozinha.

-Estão ansiosos?- diz papai entrando na cozinha

-Sim! Respondemos juntos.

Depois de almoçarmos eu fui ajudar Alicia á escolher um vestido.

-Que tal esse?- mostro um vestido azul escuro de mangas longas de renda acima dos joelhos pra Alicia que está sentada na cama

-Humm, eu não sei

-Alicia! Você já experimentou vários vestidos, o que você quer?

-Eu não sei, preciso de algo que mostre "eu não sou galinha, mas também não sou virgem " disse ela imitando uma fala D'as branquelas.

Começo a rir com a Alicia, ela sempre faz essas piadinhas.

-Está decidido, você vai usar esse! Mostro pra ela um vestido preto de veludo, de mangas médias acima do joelho.

Entro no box tomo banho, depois saio e vou me arrumar, vou no closet e escolho um vestido rosa salmão colado, com mangas longos e detalhes em pedrinhas brilhantes e salto scarpin bege, faço uma make e em seguida finalizo passando um batom vermelho.

É né, dá pra da-lhe penso me olhando no espelho

Desço junto com Alicia, ela está simplesmente linda, com o vestido preto, salto vermelho, e uma make arrasadora.

Quando desço vejo mamãe ajeitando a gravata do papai ele está usando um terno preto com uma gravata azul escura, e mamãe um vestido longo azul escuro realçando seu belo corpo. E Felipe está usando um terno parecido com o do meu pai e uma gravata cinza.

...

Chegando lá o lugar estava cheio de paparazzis e tinha muitas pessoas, a decoração estava linda, era bem sofisticada com preto, branco e dourado, cada mesa tinha um jarro de flores brancas, estava tudo muito lindo.

-Quero apresentar vocês ao Richard Paker, o empresário que irá fazer negócios. Papai nos direciona á um Homem alto que está acompanhado de uma mulher que indago ser sua esposa , uma Garota e mais um Homem.

-Richard Parker! Diz papai cumprimento o mesmo, deixe me apresentar minha família. Esses são meus filhos , Felipe, Agnes e Alicia, conforme

Papai ia nos apresentando íamos cumprimentando. -E essa bela mulher é minha esposa Isabela Brandt.

-Prazer em conhecer todos vocês, que família linda, você teve sorte senhor Brandt- ele diz ao papai que sorri e agradece.

-Bom esses são meus dois filhos Dylan e Ashley, e minha esposa Emma Parker.- eles nos cumprimentam

.....

A música está alta, eu fico parada em uma das mesas em seguida saio pra pegar uma bebida, vou em direção ao bar derrepente sinto uma dor e caio no chão, alguém pisou no meu pé.

-Porque não presta atenção aonde anda imbecil- digo passando a mão no meu pé. Até sentir alguém me puxando com força me fazendo ficar em pé. Olho pra ele é reconheço que é o filho do empresário que o papai nos apresentou 

Ele me olhava de uma forma tão séria que me causava arrepios, dava sentir sua respiração bem pertinho.

-Acha que foi de propósito?- Pergunta ele me segurando com os dois braços, olhando no fundo dos meus olhos.

-Me larga-digo me soltando dele, olho em volta e vejo algumas pessoas nos olhando. Grr

-Você é doida garota- disse ele saindo

-E você é um imbecil- quando digo isso ele para, olha pra trás e sorri. Puta que pariu, que sorriso lindo, balanço minha cabeça pra afastar esses pensamentos. -Mas é um imbecil.

....

Estava sentada na mesa com minha família e a família Parker, Dylan me olhava sério, como quisesse me irritar, já estava agoniada, meu pai e o senhor Parker estava conversando com uns patrocinadores sobre a novo construção. Até que um barulho de batida no microfone chamou atenção de todos que estavam ali.

-Boa noite senhoras e senhores, é com grande orgulho que quero chamar aqui os empresários que deram início à essa grande obra, Recebam David Brandt e Richard Parker.

(Aplausos)

-Boa noite á todos, espero que tenham aproveitado a festa, então vamos ao que interessa o principal objetivo de estarmos hoje aqui. Há um tempo venho conversando com Richard Parker sobre abrir um novo prédio, pois queremos explanar mais as empresas com o objetivo de cada cidade ter essa unidade, será mais prático não ter que usar somente o prédio central , estamos com intuito de abrir novas oportunidades e assim fazer crescer ainda mais o nosso desempenho.

.....

Depois do discurso da nova construção, a festa já estava acabando e fomos nos despedir dos patrocinadores e da família Parker.

Fui no banheiro com Alicia, quando estávamos voltando vejo que Alicia se esbarrou com Dylan.

-Ai!- disse ela

-Ora ora, parecem até gêmeas de atitude- disse Dylan

-Ora Ora, parece até que ficou mais imbecil- digo encarando ele, enquanto Alicia nos encara com a cara de que não está entendendo nada.

-O que tá acontecendo? Como assim?, e você porquê não presta atenção garoto?

-O papai de vocês estão esperando

-Vai se fuder- digo puxando Alicia e saindo dali

-Vocês já se conheciam ?- perguntava Alicia enquanto estávamos saindo.

- Não.

Chegamos em casa , estávamos muito feliz com papai, cada vez mais alcançando seus objetivos

Já eram 00:20, cada um foi pro seu quarto,

Amanhã seria um longo dia, pois depois da faculdade eu iria pra casa de Raul pegar os novos assuntos.

Depois de ter tomado banho, fui deitar e lembrei de Dylan, era tão bonito, vi algumas mulheres dando em cima dele, era o sonho de qualquer uma, ele é realmente encantador. Mas pera, que diabos estou pensando? Droga.

Meus pensamentos são interrompidos com Felipe adentrando o quarto.

-Puta que pariu! Ninguém aqui sabe bater na porta não?- falo irritara

-shhhh cala a boca- dizia Felipe chegando perto de mim

-O que você quer?

-Preciso que me ajude

-Lá vem

-Preciso que me dê cobertura, vou na casa da Harley e a mamãe não pode saber

-filhinho de mamãe- digo rindo e debochando dele

-é sério porra!

-Não vou me responsabilizar por nada Felipe! Porque não conta logo pra ela? Trás a Harley aqui.

-Ela não é minha namorada

-É o quê então?, Felipe não vou poder fazer isso toda vez, vai logo

-Vou ficar te devendo essa.-diz ele apontando pra mim e saindo do quarto.



Notas Finais


Já era, agora foi, Dylan e Agnes vão ser um casal briguento, do jeito que eu gosto, espero que gostem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...