História Indestrutível - Camren. - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello
Tags Camren
Visualizações 43
Palavras 1.229
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem a demora, meus amores.
Postarei outro ainda hoje e postarei Sexta-feira também.
Boa leitura! s2

Capítulo 9 - Precisamos conversar


Fanfic / Fanfiction Indestrutível - Camren. - Capítulo 9 - Precisamos conversar

Lauren POV

Saímos da casa da Mila depois do almoço, o dia foi ótimo até a despedida, não sabia como me despedir, então apenas dei um abraço e um beijo em sua bochecha reçebendo um sorriso iluminado e lindo em troca, foi impossível não sorrir bobo enquanto estou com ela, as meninas também se despediram e saímos da casa, inventei uma desculpa para as meninas falando que esqueci meu celular e voltei lá pra cima, toquei a campainha e ela abriu perguntando "Resolveu ficar, Mani?" mas quando ela me viu seu sorriso aumentou, senti meu coração bater forte em sua caixa toráxica, e as borboletas que antes estavam adormecidas a um bom tempo, reviverem, meu sorriso saiu antes que eu raciocinasse, empurrei ela pra dentro e fechei a porta com um pé segurando sua cintura enquanto iniciava um beijo, senti ela sorri durando o beijo e sorri junto, a gente separou e eu falei "não poderia ir embora sem um beijo seu " ela sorriu e falou "eu realmente pensava que você iria sem me dar um último beijo, mas veja só, não me decepcionou" gargalhei "não será o último, baby" soltei uma piscadela para ela e dei mais um selinho nela saindo em seguida.

E cá estou eu repassando os acontecimentos de hoje mais cedo sentada no sofá da casa de Vero, tenho certeza que estou com uma cara de trouxa, me assustei quanto escutei Vero gritar no meu ouvido.
"LAUREN, JÁ É A DÉCIMA VEZ QUE EU TE CHAMO, QUAL É? EM QUE MUNDO VOCÊ ESTÁ? E QUE SORRISO É ESSE?

"Por que você está gritando? sóestou pensando nos trabalhos da faculdade, são muitos e estão acabando com minha sanidade mental"

 Joguei minha cabeça pra trás bufando e passando as mãos no rosto, só para parecer convincente, Mas com a Vero não tinha jeito.

"Isso tem cara de mulher, você aina pensa que me engana? te conheço a anos, gasparzinho, vamos, fala logo quem é a vítima? ou quem te fez de vítima com essa cara de trouxa que você está..."

"Tá.. o nome dela é Camila.. ela mora junto com a Mani agora, ela quem alugou a casa para morarem juntas e tals, você sabe, mas enfim, a gente bebeu ontem, eu e as meninas e a gente acabou ficando.."

"Vocês foram beber e não me chamaram? putas, estava afim de uma vodca, afogar minhas magoas num copo de uísque e quem sabe morrer com um cigarro na mão?"

"Depressiva, isso é falta de sexo, você sabe."

"Como se você tivesse transado a noite toda.." ela olhou para mim "pera.. você comeu a Camila??NÃO ACREDITO"

"Eu realmente não sei como os inquilinos ainda não te expulsaram, só faz gritar"

"Você fodeu a menina"

"Eu transei com ela, sim, mas para deixar claro ela tomou a iniciativa.. e eu não quero só sexo com ela"

"Lauren? cadê você? devolvam a minha amiga"

"Você precisa ver ela, ela é incrivelmente fofa, sabe aquelas borboletas no estômago? Voltaram, Vero, eu só não sei se é reciproco ainda.. se não teria pedido ela em namoro hoje mesmo!"

"Cara, essa sapatão tem o que? mel? se apaixonou rápido em Jauregay"

"Paixão é uma palavra muito forte ainda..."

Nós ficamos conversando sobre tudo, passado e tal, gargalhamos tão alto que o porteiro ligou pelo interfone dizendo que os vizinhos estavam reclamando o que fez a situação ficar mais engraçada para a gente, ficamos tendo crise de riso por um longo tempo, até começarmos a comer e eu ter que ir embora para casa, eu resolvi ir dormir na casa dos meus pais hoje, sinto saudades deles.

Fui em casa e peguei algumas coisas, indo para meu carro e dando patida ruma a casa dos meus pais, cheguei depois de uns 10 mim, não demorava muito. Entrei em casa chamando meus pais e escuto conversas vindo da cozinha, quando chego lá, me arrependo profundamente de ter ido, Keana estava conversando com meus pais.

Eles pararam assim que me viram parada na porta da cozinha os olhando confusa, Keana levantou em um pulo só, ela sabe que não trago nenhuma garota para conhecer meus pais, com que liberdade ela resolveu fazer isso?. Olhei para ela séria, ela veio até mim e me abraçou

"Eu estava preocupada, Lauren, desculpe, nunca mais faça isso, te procuro desde antes de ontem de tarde e você não aparece, aqui foi minha única e última alternativa" ela se afastou para me olhar.

"Eu ainda tenho celular, Keana" falei grossa

"Pena que você não mexeu nele, né? onde você estava?"

"Eu não te devo satisfação, Issartel, não namoramos e você sabe bem o que temos, falando nisso precisamos conversar"

Ela nada falou, apenas assentiu, estava magoada, eu sei o que ela sente por mim, mas não é nem um pouco recíproco, ainda mais depois disso, tenho que conversar com ela sobre Camila, mesmo não tendo nada com Keana, se eu quero ter algo com Camila, tenho que estar totalmente livre. 

"Volto já, vou conversar com ela na varanda"

 Falei para os meus pais que com certeza estavam um pouco assustados com o jeito grosso que tratei a menina, nunca consegui ser grossa, não com eles ou com algumas mulheres, ALGUMAS. Saí com Keana até a varanda e comecei.

"Então, para começar.. você sabe que não gosto de trazer as pessoas que eu fico ou estou ficando para a casa dos meus pais e você fez isso sem o meu consentimento" ela fez menção de me imterromper apenas levantei a mão e continuei "Deixe-me terminar...o assunto não é bem esse, eu queria acabar com o que temos, sabe? acabar é uma palavra muito forte, eu não queria dar continuidade no nosso..seja lá o que temos"

"Sério? você vai fazer isso porque eu vim aqui? eu já pedi desculpas, todo mundo erra"

"Não, Keana, não é por isso, eu conheci outra garota e eu..realmente estou gostando dela..sabe? espero que me entenda"

"Você me traiu?"

"Não é traição se eu não estou namorando com você, então não, eu já falei o tinha para falar, vou entrar, estou com saudades do meus pais, e saiba que eu fiquei com raiva em ter te visto conversando com meus pais, nenhuma outra garota fez isso antes"

Os olhos dela encheram de lágrimas e ela levantou e saiu sem dizer nada 

"BOA NOITE PARA VOCÊ TAMBÉM, ISSARTEL" 

Ela se virou e me mostrou o dedo do meio indo embora, entrei em casa e fui na cozinha, a feição da minha mãe não estava nada boa e o meu pai estava normal

"Não acredito que você tratou a moça daquele jeito, Michelle"

"Mãe, ela não tinha o dieito de me exigir nada de mim, a gente só ficou, não quero nada com ela"

"E um dia você já quis algo com alguém?" Meu pai perguntou

"Sim pai, eu estou gostando de uma garota..ela fez minhas borboletas voltarem a voar no meu estômago toda vez que penso nela e aquele sorriso.. Meu Deus, vocês precisam conhecer ela" 

Parei de falar e arregalei os olhos depois de ouvir minha voz sair sem meu piscologico raciocinar, o mais estranho foi que eu realmente estava sentindo tudo aquilo e maisa um pouco, eu realmente queria apresentar Camz para meus pais.

"Adorariamos conhecer ela, filha" meu pai disse e minha mãe assentiu 

"nossa filha está apaixonada, Michael"

Fiquei vermelha na hora e sorri.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.
Até mais.
Comenta aí, cara?! s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...