História Inequação - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Suga
Tags Amorzinho, Aniversário Do Beachu, Fluffy, Hoseok, Perdoa Os Vacilo, Yaoi, Yoongi, Yoonseok
Exibições 34
Palavras 473
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Perdoa os vacilo, Beachu q

Capítulo 1 - I - único (a matemática do teu ser)


        I - único (a matemática do teu ser)

Uma inequação. Duas expressões matemáticas. Várias variantes.

Tu eras uma expressão matemática que ia além de meus pensamentos quadriláteros. Dono de sorrisos grandes que irisiam meu dia, arrancando-me do meu quartinho sujo e inóspito. Suportava a fumaça devastadora dos meus cigarros e ouvia silenciosamente meus pensamentos malucos sobre como o conhecimento nos regia. Não me interrompia uma vez, sabia ser o silêncio nas horas certas, oposto de mim que falava em demasia.

Teu refúgio eram lugares ermos, onde gostava de pensar sozinho e discutir consigo mesmo em voz alta; nunca havia entendido o motivo de usar tua voz alta para dirigir-se à si. Já eu chamava de lar o parque que se encontrava cheio todos os dias, sem exceção, onde fumava meus cigarros em um canto isolado e contemplava todo o tipo de gente que ali passava.

Vivias imerso em livros de aventura e romance, porém eu gostava das poesias realistas e dos botecos com música ao vivo. O verde era sua paixão, todavia eu era apaixonado pelo preto que, por coincidência, era a cor da capa do meu livro favorito.

Eu dizia-te como detestava indie, até você me apresentar sua banda favorita. E você não era aquela pessoa apaixonada pelo rock psicodélico composto por mais solos de guitarra e efeitos sonoros do que canto, mas aí, apresentei à você o Pink Floyd e passamos um dia inteiro ouvindo meus álbuns favoritos.

Você preferia os dias quentes, de sol e mesmo assim estava sempre de jeans preto, Hoseok. Tinha conhecimento que eu não me dava bem com dias ensolarados demais; abraçava-me com a chuva que caía no verão e escondia-me da primavera.

Tu me chamavas de poeta, eu discordava e dizia à ti que estavas completamente errado, pois eu era apenas um cara que gostava de descrever as coisas. Descrição e realidade eram o meu forte e imaginação era o teu. Sua mente carregava um mar de histórias imaginárias onde quase tudo dava certo, eu conhecia todas e sempre que ouvia-as, guardava em meu coração, como um livro ao qual eu sempre voltaria à ler.

Recordo-me das horas discutindo sobre como dois opostos não conseguem andar juntos, até dizer-me que nós dois éramos o exemplo disto. Eu nunca concordei com você, Hobi, até este momento chegar. O momento em que abri meus olhos minúsculos para enxergar o que antes dizias com firmeza e uma pitada de paixão.

Você dividiu comigo uma parte de si mesmo e eu a guardei em mim, adotando alguns de seus gostos e manias. Fiz o mesmo e aceitastes; seu sorriso se esboçando até transformar-se no pôr-do-sol que eu tanto amava. E eu, tornei-me aquele poeta que você teimava em me chamar, para descrever em poesias apaixonadas como o nosso amor igualou nossas variantes.

Agora, uma equação. Duas expressões matemáticas que se igualavam em sentimentos mútuos. 


Notas Finais


Oi oi.
Primeiramente, já vou tacar a bomba de purpurina. Isso tudo é dedicado à @yoongw, hoje é aniversário dele. Enfim, trago aqui uma pequena história como uma demonstração do meu amor por você. Não ficou muito bom, até porque não sou bom em escrever fluffy, mas espero que veja minha intenção. Depois tem textinho por MP.
Agradeço à todos por lerem até aqui, né non? Sou gay meixmo e amo ficar agradecendo.
Pra quem não entendeu: Yoongi casa com Hoseok no final.
Tamo junto e é isso aí!
Ah, agradeço também à @tatsuo_ por ser sempre a pessoa que me aconselha à postar. Tinhamo.
Beijos do Açúcar ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...