História Inexplicavelmente amor - Capítulo 11


Escrita por: ~

Exibições 331
Palavras 723
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Tá aí galera o capítulo , gente sinto em informar mas a fic já está perto do seu inesperado fim. Vocês vão se surpreender com os acontecimentos a seguir. BOA LEITURA.

Capítulo 11 - Confuso e mistérios.


Fanfic / Fanfiction Inexplicavelmente amor - Capítulo 11 - Confuso e mistérios.

Mari on
E lá estava eu na casa dos Agreste,  organizando a grande e tão esperada festa .
Biel-Eu te  agradeço muito pelo o que tá fazendo.
Eu- É um prazer ajudar.
Eu estava tão feliz por ser a organizadora do meu ídolo que o sorriso bebo não saia da minha cara.
Fui arrumar as cortinas que me esconderia,  na hora do pedido , ninguém ia ver de perto mas graças a cortinas eu ia ter acesso VIP.
Alguém colocou as mãos tampando os meus olhos impedindo de ver quem era .
Adri- Adivinha quem é?
Eu- O bicho papão.
Adri- Nossa My Princess , me ofendeu.
Eu- É você é bicho papão que gosta de pegar as crianças indefesas.
Adri- Eu estou mais para o lobo mal, e você é a chapéuzinho vermelho.
Eu- Sáfado , me ajuda aqui.
Ficamos organizando as coisas até as cinco da tarde .
Faltavam três horas para festa começar , por isso fui da uma volta para relaxar. Tikki se mexia na bolsa impaciente.
Eu- Pode sair.
Tik- Estou sentindo como se alguém do mal estivesse nos observando .
Eu- Kkk , sério Tikki ? Tem criminosos espalhados por todo canto , e claro que alguns estão aqui.
Tik- Não Mari , é uma aura ruim , como a de outro kwam, só que do mal .
Eu- Esta bem  , vou ficar em alerta .
Sai andando até que dei de frente com uma casa com uma padaria  em baixo .
Eu- Olha Tikki que interessante .
Tik- O q...
Eu- O que foi?
Tik- Acho melhor irmos para a casa , aqui parece abandonado .
Eu- Se tá abandonada , por que não entrar ?
Tik- Não M-mari acho melhor não.
Ignorei o que ela disse e me trasformei , entrei pela janela do quarto .
O quarto era lindo,  tinha muitas fotos do ADRIAN . Fui até umas delas e tinhas pequenos corações no canto de cada uma.
Eu- Nossa seja lá quem for essa garota , é obcecada pelo loirinho.
Fucei o quarto inteiro , resolvi ir embora.  Quando eu ia saindo bati o pé em uma caixa em formato de coração .
Abaixei e peguei a mesma,  abri e vi umas fotos minhas com o Adrian.
Eu- Nunca tirei essas fotos .Tikki desligar.
Tik- Mari eu falei que não era pra vim aq. ....
Eu- Por que?  Por que essa garota parece comigo.
Tik- N-Nao sei.
Eu- Aí vamos , mas essa foto fica comigo.
Fui para casa me arrumar , tomei um banho bem demorado,  vesti o vestido vermelho longo com detalhes dourados em cima, fiz um coque que formava uma flor .
Botei Tikki em sua caminha  e desci as escadas. Bridgitte olhou para mim boqui-aberta.
Bri- Mari você está linda.
Eu- Não tanto quanto você.
Segurei na mão dela , e fomos para festa.
Quando chegamos todas as atenções se voltaram para nos.
Do nada senti uma tontura ,  tudo na minha volta ficou escuro.
Quando abri os olhos ainda estava no lugar escuro.  Vi uma silhueta vermelha se aproximando , era eu só que como ladybug.
Eu-Quem é você ?
Lady -Eu sou vo. ..
Ela foi interrompida por um estrondo muito alto, do nada a mesma desapareceu e foi substituída por um homem vestido de roxo com uma máscara prateada.
Eu- Quem é você ? O que quer?
***- Eu sou a borboleta da escuridão , que espalha o caos por onde passa. Você costumava dizer que o amor sempre é o mais forte , mas não tão forte para salvar você.
Eu- Do que você tá falando ? Eu nunca disse nada disso.
***- Você é como uma pedra no meu sapato ,e eu estou  disposto a eliminar você é aquele gato de rua.
Eu- Mas. ..
Tudo voltou ao normal , eu estava em frente a uma roupa laranja , e pelo penteado logo reconheci , todos olhavam para ela com atenção.
Adrian veio na direção dela e estendeu a  mão para chamala para dançar. Aquilo me doeu, não sei o por que .
Adri- Quer dançar comigo meu amor?
Lila- Claro amor , e até que em fim sua visão voltou.
Adri- Desculpe Lila , mas não é com você que estou falando , é com essa linda princesa atrás de você.
  Continua
 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...